Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Efeito do floral de Bach na resposta comportamental e hormonal de papagaios verdadeiros (Amazona aestiva) em ambiente cativo

ANA PAULA ASCARI GNOATTO.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-218503

Resumo

Nos últimos anos, a procura por pets não convencionais e animais silvestres tem crescido, se destacando o popularmente conhecido papagaio verdadeiro (Amazona aestiva). No entanto, a maior interação e a acomodação destes animais em cativeiro têm ocasionado alterações comportamentais nos grupos de animais cativos, uma vez que os animais não conseguem expressar seus comportamentos habituais. Na busca pelo bem-estar dos animais criados em cativeiro tem se intensificado o uso de técnicas de tratamento complementar, como a utilização de florais. Desta forma, o objetivo deste estudo foi determinar o efeito do fornecimento, do floral de Bach (Rescue Remedy®) na resposta comportamental e hormonal de papagaios verdadeiros mantidos em ambiente cativo. Foram utilizadas dez aves da espécie Amazona aestiva (Papagaio verdadeiro), divididas em dois grupos, tratados com o floral de Bach (Rescue Remedy®) e tratados com placebo. Estas aves durante a pesquisa ficaram em recintos individuais e recebendo mesmo manejo. O estudo experimental foi conduzido randomizado, duplo-cego e controlado por placebo. O tratamento foi fornecido via água de bebida em uma posologia de 20 gotas para dois litros de água para cada ave. Os tratamentos foram fornecidos inicialmente por um período de 15 dias, sendo posteriormente, realizada a inversão dos grupos. O grupo que estava recebendo placebo passou a receber o floral e o grupo que estava recebendo o floral passou a receber o placebo. O estudo comportamental foi realizado baseado em um etograma, quantificando os comportamentos de cada indivíduo no grupo durante os tratamentos e avaliando principalmente os comportamentos estereotipados, característicos de estresse em cativeiro, as observações foram diárias, de trinta minutos por ave. As excretas frescas das aves foram coletadas para quantificação do metabólito hormonal cortisol, sendo realizado duas mensurações por período avaliado para cada ave. Os grupos tratados com o Floral apresentaram uma menor frequência em comportamentos indicadores de estresse, como a auto limpeza das penas, bicagem de poleiros e bicagem de grades. As análises de metabólitos hormonais nas excretas, indicaram que os grupos tratados e não tratados com o floral apresentaram concentração semelhante. O fornecimento via água de bebida do floral de Bach (Rescue Remedy®) pode ser benéfico para a espécie Amazona aestiva mantidas em ambiente cativo.
In recent years, the demand for unconventional pets and wild animals has grown, highlighting the popularly known true parrot (Amazona aestiva). However, the greater interaction and accommodation of these animals in captivity have caused behavioral changes in groups of captive animals, since the animals are unable to express their usual behaviors. In the search for the welfare of animals bred in captivity, the use of complementary treatment techniques, such as the use of florals, has intensified. Thus, the aim of this study was to determine the effect of providing Bach floral (Rescue Remedy®) on the behavioral and hormonal response of true parrots kept in a captive environment. Ten birds of the species Amazona aestiva (Papagaio true) were divided into two groups, treated with Bach floral (Rescue Remedy®) and treated with placebo. These birds during the research were in individual enclosures and receiving the same handling. The experimental study was conducted randomized, double-blind, and placebo-controlled. Treatment was provided via drinking water at a dosage of 20 drops for two liters of water for each bird. The treatments were initially provided for a period of 15 days, followed by the inversion of the groups. The group that was receiving the placebo started to receive the floral and the group that was receiving the floral started to receive the placebo. The behavioral study was carried out based on an ethogram, quantifying the behaviors of each individual in the group during the treatments and mainly evaluating the stereotyped behaviors, characteristic of stress in captivity, the observations were daily, thirty minutes per bird. The fresh excreta of the birds were collected for quantification of the hormonal metabolite cortisol, being performed two measurements per period evaluated for each bird. The groups treated with Floral showed a lower frequency in behaviors indicative of stress, such as self-cleaning of feathers, pecking perches and pecking at crates. The analysis of hormonal metabolites in the excreta indicated that the groups treated and not treated with the floral showed similar concentration. The supply via drinking water of the Bach floral (Rescue Remedy®) can be beneficial for the species Amazona aestiva kept in a captive environment.
Biblioteca responsável: BR68.1