Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Enriquecimento ambiental sonoro para matrizes suínas em sistema cobre e solta e convencional

JANAINA PALERMO MENDES.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-219867

Resumo

A pesquisa foi conduzida com objetivo de avaliar os efeitos do enriquecimento ambiental sonoro (musicoterapia) durante as fases de gestação e lactação de matrizes suínas em dois sistemas de alojamento após a inseminação artificial (Convencional e Cobre e Solta). Foram utilizadas 56 porcas de linhagem comercial entre 2ª e 6ª ordem de parto, distribuídas em delineamento em blocos ao acaso em esquema fatorial 2x2 nos tratamentos: Cobre e Solta - Música (CS-M), Convencional - Música (CV-M), Cobre e Solta - Controle (CS-C), Convencional - Controle (CV-C). As matrizes foram expostas durante toda fase de gestação e lactação a seis horas diárias de música clássica (sinfonias de Bach), reproduzidas em períodos de duas horas, seguidos por intervalo de duas horas. Foram avaliados os índices reprodutivos, temperatura corporal superficial (TS) e ocular (TO), comportamento das matrizes e dos leitões ao desmame. Leitões provenientes das porcas submetidas à musicoterapia, independentemente do tipo de alojamento, durante a fase de gestação, foram desmamados mais pesados (P<0,05). A TO de porcas gestantes alojadas em sistema cobre e solta foi menor em relação às alojadas em sistema convencional. Porcas gestantes e lactantes expostas à musicoterapia apresentaram menor TO em relação às que não tiveram acesso ao mesmo estímulo sonoro (P<0,05). Em ambas as fases, independente do sistema de alojamento avaliado (CS ou C) as fêmeas submetidas à musicoterapia apresentaram menor incidência de comportamentos agonísticos e estereotipados e maior interação social com outras matrizes e com seus leitões em relação às dos grupos controle (P<0,05), além de maior frequência de amamentação de suas proles. Leitões provenientes de porcas do tratamento CS-M, vocalizaram menos e apresentaram melhores resultados no teste de interação com humanos (P<0,05). A musicoterapia para porcas em gestação e lactação proporciona redução do estresse, maior peso ao desmame dos leitões, e auxilia-os a serem mais confiantes frente às situações adversas.
The research was conducted with the objective of evaluating the effects of environmental sound enrichment (music therapy) during the stages of pregnancy and lactation of swine matrices in two housing systems after artificial insemination (Conventional and Group house). 56 sows of commercial lineage between 2º and 6º calving order were used, distributed in a randomized block design in a 2x2 factorial scheme in the treatments: Group house - Music (GH-M), Conventional - Music (CVM), Group house - Control (GH-C), Conventional - Control (CV-C). The matrices were exposed during the entire gestation and lactation phase to six hours of classical music daily (Bach symphonies), reproduced in two-hour periods, followed by a twohour interval. Reproductive indices, superficial body temperature (ST) and ocular (OT), behavior of sows and piglets at weaning were evaluated. Piglets from sows submitted to music therapy, regardless of the type of housing, during the gestation phase, were heavier weaned (P <0.05). The OT of pregnant sows housed in a group house system was lower in relation to those housed in a conventional system. Pregnant and lactating sows exposed to music therapy had lower OT compared to those who did not have access to the same sound stimulus (P <0.05). In both phases, regardless of the evaluated housing system (CS or C), females submitted to music therapy had a lower incidence of agonistic and stereotyped behaviors and greater social interaction with other sows and their piglets in relation to those of the control groups (P <0,05), in addition to a higher frequency of breastfeeding of their offspring. Piglets from sows of the GH-M treatment, vocalized less and showed better results in the human interaction test (P <0.05). Music therapy for pregnant and lactating sows provides stress reduction, greater weight at weaning piglets, and helps them to be more confident in the face of adverse situations.
Biblioteca responsável: BR68.1