Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Avaliação da resposta ovariana na sincronização do estro e da ovulação utilizando protocolo de curta duração em ovelhas da raça Suffolk

Takada, Luciana.
Botucatu; s.n; 2004. 152 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-2591

Resumo

O experimento foi realizado em condições controladas, na pré-estação reprodutiva em fêmeas ovinas Suffolk visando estudar a eficácia do protocolo de curta duração na sincronização do estro, utilizando estrógeno para sincronização da emergência da onda folicular e consequentemente a ovulação. Os efeitos dos hormônios exógenos nos padrões de crescimento folicular ovariano através de exames ultra-sonográficos, quantificação de progesterona e observações do início do estro e ovulação. As ovelhas com estro induzido foram divididas em cinco grupos sendo o Grupo controle (MAP por 12 dias, e eCG na retirada da esponja). No Grupo experimental I foi utilizado o protocolo 0,1 mg de BE, esponjas com 60 mg de MAP por 4 dias e na retirada da esponja foi feita aplicação de PGF2a e 48 h após GnRH. No Grupo experimental II foi utilizado o protocolo de 35 mg de progesterona IM, 0,1 mg de BE, esponjas de MAP por 4 dias, e na retirada da esponja foi feita aplicação de PGF2a, eCG e 48 h após GnRH. No Grupo experimental III foi utilizado o protocolo de 35 mg de progesterona IM, 0,2 mg de BE, esponjas de MAP por 4 dias, na retirada da esponja foi feita aplicação de PGF2a, eCG e 56 h após GnRH. E no Grupo experimental IV foi utilizado o protocolo de 35 mg de progesterona injetável e 0,3 mg de BE, esponjas de MAP por 5 dias, e na retirada da esponja foi feita aplicação de PGF2a. Os ovários foram monitorados diariamente usando ultra-som a partir de dois dias antes de iniciar o protocolo até o décimo dia após a ovulação. Foram realizadas 4 colheitas de sangue por venopunção jugular, 10 dias antes da indução, no dia da inserção da esponja no 5° e no 10° dia após a ovulação, para se determinar as concentrações...
The experiment was conducted under controlled conditions, in the early reproductive season among Suffolk ewes aiming at to study the effectiveness of the protocol of short-term in synchronization of the estrous using estrogen for synchronization of the emergency of the wave folicular and consequently the ovulation. The effects of exogenous hormones in the folicular ovarian growth standards, through ultrasonographic exams, progesterone quantification and observations of the beginning the estro and ovulation. The females with induced estrus were divided in five groups being the control group MAP for 12 days, and eCG by removal of the sponge. In experimental Group I, the protocol of 0.1 mg of BE and 60 mg MAP sponges for 4 days was used and, by removal of the sponge, PGF2a was applied and 48h after GnRH. In experimental Group II, the protocol of 35 mg IM progesterone, 0.1 mg of BE, MAP sponges for 4 days was used, and by removal of the sponge PGF2a and eCG were applied, and 48 h after GnRH. In experimental Group III, the protocol of 35 mg IM progesterone, 0.2 mg of BE, MAP sponges for 4 days was used, and by removal of the sponge PGF2a and eCG were applied, and 56h after GnRH and in the experimental Group IV, the protocol of 35 mg of injectable progesterone and 0.3 mg of BE, MAP sponges for 5 days was used and, upon removal of the sponge, PGF2a was applied. Ovaries were monitored daily by using ultrasound starting 2 days before initiating the protocol up to the tenth day of ovulation. 4 Blood samples were collected through jugular vein puncture, 10 days before induction, on sponge insertion day on the 5th and 10th day after ovulation in order to determine the plasmatic concentrations of progesterone. Ultrasonography...
Biblioteca responsável: BR68.1