Unable to write in log file ../../bases/logs/bvs-vet/logerror.txt Ecobiometria nos modos A e B em cães da raça cocker spaniel inglês, com e sem catarata | Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Ecobiometria nos modos A e B em cães da raça cocker spaniel inglês, com e sem catarata

Silva, Miguel Ladino.
Jaboticabal; s.n; 02/26/2009. 27 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-3435

Resumo

A pesquisa foi desenvolvida visando-se a se avaliarem alterações nas dimensões de estruturas do bulbo de olho de cães da raça cocker spaniel inglês, machos e fêmeas, com e sem catarata, à ultrasonografia transcorneal nos modos A e B. Dezesseis pacientes (n = 16, 32 olhos, 10 machos, 6 fêmeas) com catarata e idade superior a 8 anos e um grupo controle sem catarata (n =7, 14 olhos, 2 manchos, 5 fêmeas) foram avaliados. Realizou-se ultrasonografia transcorneal nos modos A e B com transdutor de 10 MHz. Os dados referentes à ecobiometria, foram avaliados estatisticamente ao teste ANOVA de via única e os resultados expressos em média e desvio padrão (±DP). A incidência de catarata entre gênero foi avaliada estatisticamente ao teste de Fisher?s. O comprimento axial do bulbo do olho dos pacientes com catarata e dos do grupo controle respectivamente, foi de 19.909 ± 1,103 mm; 19,958 ± 1,050mm. Para a câmara anterior, encontraram-se 3,041 ± 0,828 mm; 3,373 ± 1,040mm, respectivamente. Para o diâmetro lenticular foram de 6,817 ± 1,117 mm; 7,062 ± 0,477mm, respectivamente, e para o segmento posterior foram 10,056 ± 0,754mm; 9,523 ± 0,705mm. Não se encontraram diferenças significativas entre olhos com catarata e os controles, tampouco entre machos e fêmeas com e sem catarata. Tampouco foi encontrada diferença em quanto à incidência das cataratas entre ambos os sexos (P > 0.05)
The present study was conceived to evaluate A- and B-mode ultrasonographic changes in the thickness of various structures of the eyeball in male and female English Cocker Spaniel dogs with and without cataracts. Sixteen dogs with cataracts (36 eyes, 10 males, 6 females), and seven normal dogs (14 eyes, 2 males, 5 females) older than eight years were selected. A- and B-mode ultrasonography was performed with a 10 MHz transducer. Echobiometry values were evaluated statistically by one way ANOVA. Incidence of cataract among gender was assessed by Fisher?s excat test. Mean and standard deviations of various ocular structures for dogs with and without cataracts were, respectively, anterior chamber: 3.041 ± 0.828 mm, 3.373 ± 1.040 mm; lens: 6.817 ± 1.117 mm, 7.062 ± 0.477 mm; vitreous: 10.056 ± 0.754 mm, 9.523 ± 0.705 mm; and axial length: 19.909 ± 1.103 mm; 19.958 ± 1.050 mm. Ocular measurements between right and left eyes, males and females, as well as in eyes with and without cataract were not significantly different. Incidence between gender were not significantly (P > 0.05)
Biblioteca responsável: BR68.1