Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Efeitos do BandVet® sobre a reparação corneal em cães. Estudos clínico, morfométrico, histoquímico e imunoistoquímico

Ortiz, Juan Pablo Duque.
Jaboticabal; s.n; 07/05/2009. 94 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-3460

Resumo

Estudaram-se os efeitos do BandVet® na reparação corneal em cães após ceratectomia superficial. Utilizaram-se 16 cães adultos, sem raça definida, machos ou fêmeas, sendo oito tratados com o BandVet® (BV) e os demais, com cloreto de sódio a 0,9%, (CO) subdivididos em grupos para avaliação clínica diária durante os 3, 7, 14 e 28 dias de pós-operatório. Foram atribuídos escores para a avaliação clínica quanto ao blefarospasmo, congestão conjuntival, vascularização, pigmentação e edema corneais. Encontraram-se blefarospasmo e fotofobia nos períodos iniciais de pósoperatório. Houve diferença significativa quanto à congestão conjuntival e secreção ocular aos sete dias de pós-operatório. A vascularização manteve-se constante desde os períodos iniciais, desaparecendo no período final, apenas no grupo tratado. O edema corneal esteve sempre presente em ambos os grupos, diferindo estatisticamente aos 14 dias de pós-operatório. Ao término dos períodos, os olhos ceratectomizados foram enucleados e as córneas submetidas a estudo morfométrico (contagem de células inflamatórias, contagem de pontos de colágeno, contagem de fibroblastos e mensuração da espessura do epitélio e estroma corneais), histoquímico (Alcian Blue pH 1.0 e Alcian Blue pH 2.5), de análise digital (avaliação cromática tridimensional de superfície) e imunoistoquímico (expressão da fibronectina e da tenascina). Relativamente à contagem das células inflamatórias, observou-se maior quantitativo nos animais do grupo BV, durante os quatro períodos avaliados. Relativamente aos pontos de colágeno, observou-se nas córneas dos animais do grupo BV, um maior número de pontos nos quatro períodos avaliados, havendo diferença estatística, comparativamente aos valores das áreas...
The effects of Bandvet® on corneal repair was studied after superficial keratectomy. Sixteen adult cross-breed dogs were used, being eight treated with Bandvet® (BV) and eight with saline 0.9% (CO). Daily clinical evaluations were accomplished 3, 7, 14 and 28 days in the post-operative period. Blepharospasm, conjuntival congestion, ocular discharge, photofobia, vascularization, pigmentation, and corneal edema were assessed by means of clinical scores. Blepharospasm and photofobia were noted at early stages of the post-operative period. Conjunctival congestion and ocular discharge changed significantly at day 7 of the post-operative period. Vascularization advanced axially in a constant manner in the early post-operative periods, disappearing in the late stages, only in the treated group. Corneal edema was observed in all time points in both of groups, changing significantly at day 14 of the postoperative period. At the completion of the study, keratectomized eyes were enucleated and corneas submitted to morphometrical evaluation (inflammatory cell count, collagen patches count, fibroblast count, and corneal epithelium and stromal thickness measurement) histochemistry (Alcian Blue pH 1.0 and Alcian Blue pH 2.5), digital analysis (tridimensional chromatic evaluation of the surface), and immunohistochemistry (fibronectin and tenascin labeling). During the 4 time points evaluated, inflammatory cell count was increased in the BV group. An enhanced number of collagen patches were observed in the corneas of the animals of the BV group, in the four time points evaluated, being significant in comparison to values observed in the transitional areas (P = 0.040). A higher fibroblast count was noted in the BV group at days 3, 14, 28, and 28. At day 7, however, the CO group showed higher...
Biblioteca responsável: BR68.1