Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Cicatrização em pacus (Piaractus mesopotamicus) alimentados com ração suplementada com cromo trivalente e parede celular de Saccharomyces cerevisiae

Bortoluzzi, Neida Lucas.
Jaboticabal; s.n; 30/07/2009. 58 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-3531

Resumo

Neste trabalho foi avaliada a cinética da evolução do processo cicatricial em Piaractus mesopotamicus alimentados com ração suplementada por cromo trivalente e/ou parede celular de Saccharomyces cerevisiae, distribuídos ao acaso em quatro grupos; T1= controle sem suplemento; T2= com 0,3% de parede celular; T3= com 0,3% parede celular +18 mg de cromo trivalente/kg de ração; T4= com 18 mg de cromo trivalente/kg de ração. Após o período de alimentação de 105 dias, foram realizadas incisões na pele para a remoção da epiderme e derme. A avaliação do processo cicatricial foi realizada macroscopicamente e microscopicamente após um, três, sete, 14, 21, 28 e 35 dias de induzir as lesões. Na avaliação macroscópica foi utilizada a área de retração da ferida representativa da média de cada grupo. Para avaliação microscópica foram retirados fragmentos de pele do bordo superior até o inferior incluindo a musculatura. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância, e quando significativos foram comparados pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. No exame macroscópico e na análise histológica, as lesões dos animais que receberam ração suplementada por parede celular de S. cerevisiae ou cromo trivalente os eventos do processo cicatricial foram antecipados em relação ao grupo controle. A área de retração das feridas apresentou diferença entre os dias de avaliação demonstrando um aumento progressivo da velocidade do processo cicatricial, entretanto sem diferenças entre os grupos. A espessura da epiderme e derme, o número de células caliciformes e de neovasos não diferiram entre os grupos, contudo demonstraram a evolução do processo cicatricial nos diferentes tempos avaliados
This study evaluated the kinetics of the evolution of the healing process in P. mesopotamicus fed with ration supplemented with trivalent chromium and/or cell wall of S. cerevisiae, distributed at random into four groups; T1 = control without supplement, T2 = with 0.3% of the cell wall, T3 = with 0.3% cell wall +18 mg of trivalent chromium/kg diet, T4 = with 18 mg of trivalent chromium/kg diet. After the feeding period of 105 days, incisions were made in the skin to remove the epidermis and dermis. The evaluation of the healing process was performed macroscopically and microscopically after one, three, seven, 14, 21, 28 and 35 days induction of injuries. For macroscopical evaluation was used the rate of retraction of the wound representative of the average of each group. For microscopical evaluation pieces of skin were removed from the upper to the lower including muscle. Data were submitted to analysis of variance and when significant were compared by Tukey test at 5% probability. On macroscopic examination and histological analysis, the lesions of animals fed with ration supplemented with cell wall of S. cerevisiae or trivalent chromium the events of the healing process were anticipated in the control group. The area of wound retraction was different between the days of valuation showing a progressive increase of speed the healing process, however without differences between groups. The thickness of the epidermis and dermis, the number of goblet cells and neovascularization didn?t differ between groups, although, demonstrated the evolution of the healing process in different moments
Biblioteca responsável: BR68.1