Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Efeito de dietas fibrosas com redução de proteína bruta para poedeiras comerciais, visando a diminuição do impacto ambiental

Praes, Maria Fernanda Ferreira Menegucci.
Jaboticabal; s.n; 26/02/2010. 67 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-3583

Resumo

O objetivo foi o de avaliar diferentes fontes de fibras com diferentes níveis de proteína bruta sobre o desempenho, qualidade dos ovos, biodisponibilidade do nitrogênio, morfometria intestinal e viabilidade econômica. Foram utilizadas 392 poedeiras comerciais com 48 semanas de idade, de linhagem Isa Brown, em um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 x 2, mais um testemunha, resultando em sete tratamentos, com sete repetições de oito aves em cada unidade experimental. Os tratamentos foram constituídos por três ingredientes fibrosos (casca de algodão, casca de soja e casca de arroz) com dois níveis de proteína bruta (12% e 16%). As dietas contendo baixo nível de proteína bruta foram suplementadas com aminoácidos sintéticos. Os resultados obtidos mostraram que a casca de algodão proporcionou a pior conversão alimentar por dúzia de ovos produzidos quando associada ao maior nível de proteína bruta (16%), no entanto observa-se que o nível de 16% de proteína bruta proporcionou maiores valores para as características de consumo de ração, percentagem de postura, peso dos ovos, massa de ovos e melhorou a conversão alimentar por quilo de ovos produzidos, em contrapartida obteve baixa pigmentação da gema quando associada à casca de soja e menores valores para gravidade especifica quando associado com a casca de arroz. Ao nível de 16% de proteína bruta a casca de arroz proporcionou melhor conversão alimentar. A dieta testemunha apresentou maiores valores para massa de ovos, melhor conversão alimentar por quilo e por dúzia de ovos produzidos. As aves alimentadas com dietas formuladas com reduzido nível de proteína bruta (12%) ingeriram menor quantidade de nitrogênio e conseqüentemente excretaram menores valores de nitrogênio, retendo maior quantidade do mesmo. Observou-se que a casca de soja apresentou melhor desenvolvimento das vilosidades e ...
This worked was carried out to evaluate different sources of fibers by different levels of crude protein on performance, egg quality, nitrogen biovailability, intestinal morphology and viability in laying hens. Total 392 birds with 48 weeks of age from a commercial semi-heavy laying hens (Isa Brown), in a completely randomized design in a factorial arangement 3 x 2 +1 (three ingredients fibers x two levels of crude protein + control diet), in total of seven treatments by seven replicates with eight birds in each experimental unit. The treatments consisted of three dietary fibers (cottonseed hulls, soybean hulls and rice hulls) with two levels of crude protein (12.0% and 16.0%). The results of cottonseed hulls associated with 16% of CP shown the worst feed conversion per dozen eggs produced, however the 16% of CP had higher values for feed intake, laying percentage, egg weight, egg mass and improved feed per pound of eggs, however obtained lower yolk color by soybean hulls and lower values for specific gravity by rice hulls. At the level of 16% CP in rice hulls provided better feed conversion. The control diet had higher values for egg mass, feed conversion per kg and per dozen eggs produced. The birds fed 12% of CP reduce the nitrogen excreted. In the intestinal morphology was observed in soybean hulls diets had a better development of villous and crypt depth, also the level of 16% of CP increased the villus height and crypt depth of all segments analyzed (duodenum, jejunum and ileum). In the duodenum, the control diet provided greater development of villus height and crypt depth compared to diets containing fiber. However, the jejunum was observed to further develop the depth of crypts in birds fed fibrous diets. In the Ileum, the dietary diets promoted the development of crypt depth and increase in villus height when compared by control diet. Birds fed diets with reduced CP decrease ...
Biblioteca responsável: BR68.1