Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Estudo sobre a influência de técnicas de enriquecimento ambiental nos parâmetros endócrino-comportamentais de antropóides não-humanos mantidos em cativeiro

Pizzutto, Cristiane Schilbach.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-8694

Resumo

O enriquecimento ambiental consiste em uma série de medidas que modificam o ambiente físico ou social, melhorando a qualidade de vida de animais mantidos em cativeiro, proporcionando condições para a expressão de suas necessidades etológicas e de bem-estar. O objetivo deste trabalho foi avaliar a possível influência da introdução de técnicas de enriquecimento ambiental sobre variáveis comportamentais e endócrinas de diferentes espécies de antropóides não-humanos. Para tanto utilizamos 1 exemplar de orangotango (Pongo pygmaeus), 1 exemplar de gorila (Gorilla gorilla) e 12 exemplares de chimpanzés (Pan troglodytes), mantidos em ambientes cativos de circo e zoológico. Os animais tiveram seus comportamentos registrados em etogramas pelo método de amostragem focal por intervalo; as avaliações endócrinas foram feitas por métodos não-invasivos, através de dosagens dos metabólitos fecais de cortisol, estradiol e testosterona, pela técnica de radioimunoensaio. Os resultados demonstraram que houve diferença estatística significativa entre as variáveis comportamentais e hormonais mensuradas nas diferentes etapas do trabalho e entre as condições de circo e zoológico. Estes resultados sinalizam a importância da aplicação destas técnicas para melhorar a qualidade de vida de animais cativos
Biblioteca responsável: BR68.1