Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Padronização da técnica de reação em cadeia pela polimerase (PCR) para identificação e diferenciação de Mycobacterium bovis e Mycobacterium tuberculosis

Nassar, Alessandra Figueiredo De Castro.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-8737

Resumo

Foram analisadas 52 amostras de órgãos bovinos(linfonodo, pulmão e fígado) com suspeita de tuberculose, colhidas ao abate e encaminhadas ao Instituto Biológico no período de março a dezembro de 2005, 30 (57,7%) obtiveram crescimento no cultivo microbiológico, e foram classificadas como pertencentes ao complexo Mycobacterium tuberculosis. As mesmas amostras foram analisadas pela PCR com os “primers” NZ1 e NZ2, que hibridizam à seqüência de inserção IS 1081 presente nas espécies do complexo M. tuberculosis, sendo que 6 (11,5%) foram positivas. A identificação da espécie das colônias isoladas nas 30 amostras positivas para o complexo M. tuberculosis foi feita por PCR com “primers” pncA, na qual 100% das amostras foram classificadas como M. bovis. A padronização da técnica permitiu que todas as colônias isoladas fossem identificadas como pertencentes ao M. bovis. A concordância estimada entre as técnicas de PCR e cultivo microbiológico através do indicador Kappa foi considerada fraca (0,175) devido ao alto limiar de detecção da PCR
Biblioteca responsável: BR68.1