Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

20060117 / Estudo sobre a hematúria glomerular com base nas características morfológicas dos eritrócitos de urina de cães

Akamatsu, Angela.
Jaboticabal; s.n; 17/01/2006. 58 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-9477

Resumo

A hematúria é um achado laboratorial comum na Clínica de Cães e Gatos e pode resultar de várias doenças renais, urológicas ou sistêmicas. A indicação da fonte de sangramento como glomerular ou r1ãoglomerular é fundamental para determinar a escolha dos exames adicionais, evitando procedimentos desnecessários e de alto custo. A avaliação da morfologia dos eritrócitos no sedimento urinário é um método já difundido para avaliação de hematúria em medicina. Esse estudo teve por objetivo analisar microscopicamente hemácias presentes em urina de cães em busca dos dismorfismos descritos para pacientes humanos. Em havendo as alterações citadas, avaliar se os dismorfismos se apresentam em quantidade e qualidade adequada para o diagnóstico da origem da hematúria e comparar a eficiência do método que emprega o microscópio de contraste de fase com o microscópio óptico. Assim, foram avaliados 61 cães (26 fêmeas e 35 machos), com histórico de hematúria ou de proteinúria, sendo observados oito pacientes com glomerulopatia, 32 com glomerulopatia associada com doença urológica, sete com doença renal não glomerular associada com doença urológica e 14 com doença urológica. Dentre os pacientes, seis apresentaram hematúria de origem glomerular, com percentagem de células dismórficas variando entre 36 e 75%. Os acantócitos, considerados característicos de hematúria glomerular, foram observados em cinco dos seis pacientes, com percentagens variando entre 7% a 13%. Não houve diferença significativa entre os resultados obtidos com a utilização do microscópio de contraste de fase e óptico '(correlação de Pearson . de 0,9945). Considerando-se os resultados obtidos, a avaliação da morfologia dos eritrócitos à microscopia óptica, pode ser uma importante ferramenta diagnóstica para diferenciar a hematúria glomerular e não-glomerular em pacientes caninos
Hematuria is a common finding in canine and feline medicine and may result from various renal, urologic or systemic diseases. To know if the bleeding source is glomerular or non-glomerular is very important to direct the choice of subsequent investigations in order to avoiding unnecess
Biblioteca responsável: BR68.1