Your browser doesn't support javascript.

BVS IEC

Instituto Evandro Chagas

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Avaliação de antígenos recombinantes candidatos para o desenvolvimento de vacina para leptospirose / Evaluation of recombinat anyigens as potential targets for development of leptospirosis vaccine

Siqueira, Isadora Cristina de.
Salvador; s.n; 2003. xi,65 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-359694
A Leptospirose , causada espiroqueta patogênica Leptospira interrogans, é a zoonose de maior distribuição mundial ( WHO 1999), atigindo principalmente países tropicais, onde representa um problema importante para saúde pública. Abordagens preventivas, como vacinas eficazes para seres humanos precisam ser desenvolvidas urgentemente. Estratégicas baseadas em antígenos recombinantes oferecem uma alternativa custo-efetiva e têm sido usadas para desenvolver vacinas licenciadas para o uso na prevenção de outras doenças bacterianas. Proteínas recombinantes de Leptospira interrogans têm sido caracterizadas e induzem resposta protetora parcial em modelo experimental de imunização para leptospirose. Com isso, surge a necessidade de avaliação e identificação de antígenos recombinantes candidatos para uma vacina segura e efetiva contra leptospirose. Com o recente sequenciamento do genoma de Leptospira, novas proteínas serão identificadas, tornando-se necessário a avaliação destas proteínas para seleção daquelas que possam representar potenciais alvos para o uso em vacina e métodos diagnósticos. Nesta dissertação, padronizamos e validamos ensaios de antigenicidade, imunogenicidade e localização, para caracterização de proteínas de Leptospira. Além disso, caracterizamos uma nova proteína, LigB, que possui homologia com outras proteínas como intimina e invasina, fatores de virulência de E. coli enteropatogênica e Yersinia pseudotuberculosis, respectivamente. A expressão de LigB está presente em cepa virlenta de L. interrogans e não é detectada em cepa atenuada, demonstrando que sua expressão está correlacionada com a virulência. Além disso, a expressão de Ligb está aumentada durante a infecção do hospedeiro e sua localização parece ser na superficie da membrana externa de bactéria. A caracterização de LigB aponta esta proteína como uma candidata promissora para uso no desenvolvimento de uma vacina eficaz contra leptospirose.
Biblioteca responsável: BR526.1
Localização: BR526.1; R615.372, S617a / BR344.1