Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 1.035
Filtrar
1.
Psicol. Estud. (Online) ; 29: e53449, 2024.
Artigo em Português | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1529195

RESUMO

RESUMO Por meio da antropologia da saúde, podemos compreender o terreiro de umbanda como parte de um sistema popular de cuidado. Este estudo teve por objetivo investigar as concepções de saúde e doença produzidas por zeladores de terreiro de umbanda. Participaram dez zeladores de terreiro da cidade de Uberaba (MG/Brasil), sendo três mulheres e sete homens, com idades entre 40 e 76 anos. O tempo médio de atuação como dirigente foi de 18,4 anos, variando de cinco a 43 anos. Os terreiros chefiados por esses participantes atendem entre 15 e 280 pessoas por dia de funcionamento. Pela análise das entrevistas, destaca-se que o cuidado em saúde oferecido pelos zeladores ultrapassa os limites rituais, nas cerimônias públicas, sendo prestado de modo contínuo nos terreiros. As posturas assumidas pelos entrevistados envolvem ações de escuta, acolhimento e proximidade física no momento da urgência. Pelas narrativas, pode-se concluir que o zelar, no sentido de gerenciar o espaço do terreiro, espiritual e materialmente, não pode ser dissociado do cuidar, significando os zeladores como importantes agentes populares de saúde.


RESUMEN A través de la antropología de la salud podemos entender el terreiro de umbanda como parte de un sistema de atención popular. Este estudio tuvo como objetivo investigar las concepciones de salud y enfermedad producidas por los cuidadores del terreiro de umbanda. Participaron diez cuidadores de terreiro de la ciudad de Uberaba (MG/Brasil), tres mujeres y siete hombres, con edades comprendidas entre 40 y 76 años. El tiempo promedio como gerente fue de 18.4 años, que van de cinco a 43 años. Los terreiros encabezados por estos participantes atienden entre 15 y 280 personas por día de operación. Del análisis de las entrevistas, se destaca que la atención médica ofrecida por los cuidadores va más allá de los límites rituales, en ceremonias públicas, que se brindan continuamente en los terreiros. Las actitudes asumidas por los entrevistados implican escuchar, acoger y proximidad física en el momento de urgencia. A través de las narrativas, se puede concluir que el cuidado, en el sentido de administrar el espacio del terreiro, espiritual y materialmente, no se puede disociar del cuidado, lo que significa que los cuidadores son importantes agentes de salud populares.


ABSTRACT Through health anthropology we can understand the umbanda terreiro (specific place for the religious ritual) as part of a popular system of care. This study aimed to investigate the conceptions of health and illness produced by saint keepers of umbanda terreiro. Ten leaders of the terreiros in the city of Uberaba (MG/Brazil) participated, being three women and seven men, between 40 and 76 years old. The average time of performance as a manager was 18.4 years, ranging from 5 to 43 years. The terreiros led by these participants attend between 15 and 280 people working day. The health care offered by saint keepers exceeds ritual limits in public ceremonies and is provided on a continuous basis in the terreiros. The postures assumed by the interviewees involve actions of listening, welcoming and physical proximity at the moment of urgency. From the narratives, it can be concluded that care, in the sense of managing the space of the terreiro, both spiritually and materially, can not be dissociated from caring, meaning saint keepers as important popular health.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Terapêutica , Saúde Mental/ética , Cura pela Fé/ética , Autocuidado/psicologia , Comportamento Ritualístico , Emoções/ética , Acolhimento , Etnopsicologia/ética , Antropologia Cultural
2.
Psicol. Estud. (Online) ; 29: e54679, 2024.
Artigo em Português | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1529193

RESUMO

RESUMO. A implementação da reforma psiquiátrica é tema de recorrentes discussões no campo da saúde mental. Essa implementação não é padrão para todas as localidades brasileiras, uma vez que depende dos recursos materiais, humanos e aspectos culturais de cada região. A esta singularidade retoma-se a noção de arranjo assistencial. Este trabalho se propôs a conhecer a implementação numa regional de saúde da região Sul. Foi realizado um mapeamento descritivo, seguindo método empírico-fenomenológico. Descrevem-se serviços que acolhem todos os públicos, mas que encontram dificuldades no trabalho com a população usuária de álcool e outras drogas. Foram elencados sete dispositivos assistenciais: acolhimento, grupos terapêuticos, oficinas, atendimentos individuais, uso da medicação, encaminhamentos e reuniões de equipe. Expõe-se a ideia de que a estrutura de um serviço de saúde mental não pode ser estanque. Os arranjos assistenciais estão relacionados às vivências e soluções criativas e humanas como também práticas irrefletidas e normatizadoras na atenção do sofrimento mental.


RESUMEN. La implementación de la reforma psiquiátrica no se encuentra estandarizada para todas las regiones brasileras, una vez que eso depende de recursos materiales, humanos y de aspectos culturales. Por cuenta de esta singularidad, se retoma la noción de arreglo asistencial. En este trabajo se propone conocer la implementación en una regional de salud de sur de Brasil. Se realizó un mapeo descriptivo, siguiendo el método empírico-fenomenológico. Se describen servicios que acogen a todos los públicos, pero que encuentran dificultades en el trabajo con usuarios de alcohol y drogas. Fueran enumerados siete dispositivos asistenciales: Acogimiento, grupos terapéuticos, talleres, atendimientos individuales, uso de medicación, encaminamientos y reuniones de equipo. Se expone la idea de que la estructura de un servicio de Salud Mental no puede ser hermética. Los arreglos asistenciales están relacionados con las vivencias y soluciones creativas y humanas como también prácticas irreflexivas y normalizadoras en la atención del sufrimiento mental.


ABSTRACT. The psychiatric reform is not standard in all Brazilian places, as it depends on different factors such as material, human and cultural aspects of each region. As for its singularity, it is seen as a care arrangement. This article aims to study the psychosocial care network on a regional health department in south Brazil. A descriptive mapping has been performed, following the empirical-phenomenological method. The services described welcome the entire community, people from all walks of life, but when it comes Drug and Alcohol addicted, the approach becomes more challenging. There have been seven care services listed: Hosting, Therapeutic Groups, Workshops, Individual Treatment, Medication usage, Referrals and Support Group Meetings. The approach for care arrangement is related to the creative experiences and human solutions as well as thoughtless and normative practices in the attention of mental suffering.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Equipe de Assistência ao Paciente , Serviços de Saúde , Serviços de Saúde Mental , Psiquiatria , Terapêutica/psicologia , Preparações Farmacêuticas , Detecção do Abuso de Substâncias/psicologia , Acolhimento , Consumo Excessivo de Bebidas Alcoólicas/complicações , Uso Excessivo de Medicamentos Prescritos
3.
São Paulo; s.n; 2024. 163 p.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-1553852

RESUMO

Ao longo da década de 1980, a epidemia do HIV atingiu um grupo populacional já marginalizado, o dos homossexuais masculinos, e instigou preconceito semelhante aos infectados com lepra, independente de classe social. A epidemia, no entanto, desencadeou o surgimento de novas ONGs, o fortalecimento de antigas, a aprovação da união civil entre pessoas do mesmo sexo, tendo mobilizado entidades de classe, pastorais da igreja, profissionais de saúde e órgãos do governo para medidas de resposta ao problema inicialmente ignorado pela sociedade (MONTEIRO; VILELLA, 2009; CECÍLIO, 2009). A empreitada pelos direitos ao tratamento e à prevenção do HIV logrou êxito principalmente com relação ao princípio da universalidade do Sistema único de Saúde (SUS). Os princípios da equidade e da integralidade, entretanto, com relação ao tratamento dos que vivem com HIV, ainda está em construção. Nosso estudo, conduzido na Casa da Aids, em São Paulo, teve por objetivos: saber que tipo de acolhimento os pacientes recebem, se eles realmente têm abertura para falar sobre seus anseios e sobre seus hábitos mais íntimos; pesquisar se o acolhimento realizado pelos profissionais da instituição consegue animá-los para a próxima ida. Queremos saber como isso pode ocorrer e também como poderia garantir vínculo e adesão ao tratamento. Como metodologia, realizamos a observação participante, tendo por base as contribuições de Bosi (1979) e Minayo (1992). Trata-se de uma técnica de coleta de informações largamente utilizada na pesquisa qualitativa, sobretudo as de cunho etnográfico. Implica no observador se colocar em relação ao campo e aos sujeitos numa atitude a um só tempo aberta e expectante, todavia com escassa ou nenhuma intervenção no processo. Foram entrevistados 11 sujeitos, 6 pacientes e 5 profissionais de saúde, todos na Casa da Aids. Utilizamos o conteúdo narrado para coletar as histórias de vida dos personagens, e fizemos as nossas narrativas sobre eles em forma de hestórias patográficas (NUNES, 2018; NUNES, 2019; SOUZA, 2003) e de historiobiografias (CRITELLI, 2013). As narrativas conferem, para qualquer usuário do sistema de saúde, uma absorção da própria vivência na doença, uma maior oportunidade daquele sujeito se apropriar do seu processo e, quiçá, transformá-lo, dentro do processo de saúde, em fonte de vida; permite ao profissional ter uma maior visão dos reais sentimentos que o sujeito que vive uma doença tem por seu tratamento; também faz com que tanto o profissional quanto o usuário tenham visão do mundo do sujeito que experencia aquele processo e com que enxerguem uma luz para melhorar a trajetória dele no sentido de controlar aquela doença. Finalmente, sugerimos algumas mudanças no fluxo do serviço de saúde, a fim de suprir a necessidade de estreitamento na relação instituição-usuário.


Throughout de 80s, the HIV epidemic reached an already marginalized population group, that of male homosexuals, and instigated similar prejudice to those infected with leprosy, regardless of social class. The epidemic, however, triggered the emergence of new NGOs, the strengthening of old ones, the approval of civil unions between the same-sex individuals, mobilizing professional associations, church, church pastoral groups, health professionals and government bodies to tackle a problem initially ignored by society (MONTEIRO; VILELLA, 2009; CECÍLIO, 2009). The advocacy for the rights to HIV treatment and prevention was particularly successful in relation to the principle of Universality of the SUS. However, the principles of Equity and Integrality concerning the treatment of those living with HIV, are still under development. Our study, conducted at Casa da AIDS, in São Paulo, had the following objectives: to find out what kind of sheltering the patients received, whether they felt comfortable to talk about their desires and their most intimate habits; research whether the support provided by the institution's professionals motivate them for subsequent visits. We sought to explore how this could happen, and also how it could ensure a connection and adherence to treatment. We proceeded with participant observation, based on the contributions of Bosi (1979) and Minayo (1992). Observation is a widely used information collection technique in qualitative research, especially in ethnographic research. It involves the observer adopting an open and expectant attitude towards the field and subjects, with minimal or no intervention in the process. Eleven subjects were interviewed, including 6 patients and 5 healthcare professionals, all at Casa da Aids. We used the narrated content collected the life stories of the characters, presenting our narratives about the characters in the form of patographic histories(NUNES, 2018; NUNES, 2019; SOUZA, 2003) and of historiobiographies (CRITELLI, 2013). Narratives provide any healthcare system user with an absorption of their own experience with the disease, offering a greater opportunity for the individual to take ownership of their process and, perhaps, transform it into a source of life within the health process. They allow professionals to gain a deeper understanding of the true feelings a person that lives with a disease has towards their treatment. Additionally, narratives enable both professionals and users to see the world from the perspective of an individual with that condition, shedding light on ways to improve their journey in controlling that illness. Finally, we suggest some changes in the healthcare services flow, in order to meet the need for a closer relationship between institution and user.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Síndrome da Imunodeficiência Adquirida , HIV , Atenção à Saúde , Acolhimento , Brasil , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Pesquisa Qualitativa
4.
Arq. ciências saúde UNIPAR ; 27(2): 829-842, Maio-Ago. 2023.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1424975

RESUMO

A Atenção Primária à Saúde (APS), definida a partir da Declaração de Alma- Ata, e, identificada mundialmente como uma estratégia de organização dos serviços de saúde, caracteriza-se como o primeiro nível de contato dos indivíduos, da família e da comunidade com o sistema nacional de saúde. Este trabalho constitui um relato de experiência desenvolvido a partir de uma atividade teórico-prática, que se propôs a analisar os atributos e os processos de trabalho da Atenção Primária à Saúde no contexto de uma Unidade de Saúde da Família (USF), no município de Foz do Iguaçu-PR, com o objetivo de relacionar a teoria com a prática, por meio de questionários, elaborados com base na literatura e, aplicado aos profissionais e usuários do sistema de saúde. Ademais, contou com a observação da rotina do processo de trabalho na unidade. A vivência oportunizou a identificação dos desafios e fragilidades referentes aos atributos da APS e dos elementos constituintes do processo de trabalho em saúde. Por fim, conclui-se que, no cotidiano dos serviços, a APS enfrenta muitas dificuldades em se estabelecer como previsto na literatura e, por isso, faz-se premente a participação social para sua efetivação e consagração como primeiro nível de contato com o sistema de saúde.


Primary Health Care (PHC), defined from the Declaration of Alma-Ata, and identified worldwide as a strategy for organizing health services, is characterized as the first level of contact of individuals, family and community with the national health system. This paper is an experience report developed from a theoretical-practical activity, which proposed to analyze the attributes and work processes of Primary Health Care in the context of a Family Health Unit (USF) in the municipality of Foz do Iguaçu-PR, with the objective of relating theory to practice, through questionnaires, prepared based on the literature and applied to professionals and users of the health system. In addition, there was observation of the routine of the work process in the unit. The experience made it possible to identify the challenges and weaknesses related to the attributes of PHC and the constituent elements of the health work process. Finally, it is concluded that, in the daily life of services, PHC faces many difficulties in establishing itself as predicted in the literature and, therefore, social participation is necessary for its effectiveness and consecration as the first level of contact with the health system.


La Atención Primaria de Salud (APS), definida a partir de la Declaración de Alma-Ata, e identificada mundialmente como una estrategia de organización de los servicios de salud, se caracteriza por ser el primer nivel de contacto de los individuos, la familia y la comunidad con el sistema nacional de salud. Este trabajo es un relato de experiencia desarrollado a partir de una actividad teórico-práctica, que se propuso analizar los atributos y procesos de trabajo de la Atención Primaria de Salud en el contexto de una Unidad de Salud de la Familia (USF) en el municipio de Foz do Iguaçu- PR, con el objetivo de relacionar la teoría con la práctica, a través de cuestionarios, elaborados con base en la literatura y aplicados a profesionales y usuarios del sistema de salud. Además, hubo observación de la rutina del proceso de trabajo en la unidad. La experiencia permitió identificar los desafíos y debilidades relacionados con los atributos de la APS y los elementos constitutivos del proceso de trabajo en salud. Finalmente, se concluye que, en el día a día de los servicios, la APS enfrenta muchas dificultades para establecerse como predice la literatura y, por lo tanto, es necesaria la participación social para su eficacia y consagración como primer nivel de contacto con el sistema de salud. PALABRAS CLAVE: Atención Primaria de Salud; Sistema Único de Salud; Políticas de Salud.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Atenção Primária à Saúde/organização & administração , Estudantes de Medicina , Saúde da Família/educação , Sistema Único de Saúde , Estratégias de Saúde , Acolhimento , Sistemas Nacionais de Saúde , Relatos de Casos como Assunto , Visita Domiciliar
5.
Rev. Ciênc. Plur ; 9(2): 29306, 31 ago. 2023. graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - odontologia (Brasil) | ID: biblio-1509303

RESUMO

Considerando o ciclo das Políticas públicas, o planejamento e a avaliação são elementos cruciais, favorecendo organização e julgamento de valor a respeito de uma intervenção ou sobre qualquer um dos seus componentes, envolvendo tanto quem faz uso dos serviços como quem produz os mesmos. Na perspectiva da melhoria da assistência prestada à mulher e ao recém-nascido na porta de entrada dos serviços de atenção materno-infantis, é realizado o Acolhimento com Classificação de Risco Obstétrico que cursa como uma ferramenta de apoio à tomada de decisão clínica que tem como intuito a identificação da paciente crítica ou mais grave, permitindo um atendimento de maneira rápida e segura de acordo com o potencial de risco, com base nas evidências científicas existentes. Objetivo: Realizar uma reflexão teórica acerca dos avanços e limitações relacionados aoplanejamento e avaliação dos serviços deAcolhimento com Classificação de RiscoObstétrico.Metodologia:Trata-se de um estudo de caráter descritivo, em formato de artigo de reflexão, em que foram definidas duas dimensões categóricas que retratam o contexto do planejamento e avaliação dos serviços de Acolhimento com Classificação de RiscoObstétrico.Resultados:Percebemos que ainda é possível identificar muitas arestas no planejamento e na qualidade da prestação deste tipo de serviço, principalmente no que diz respeito à garantia da integralidade e do cuidado de acordo com as necessidades da mulher.Conclusões:Para que uma articulação entre os diferentes atores seja alcançada são necessárias estratégias de planejamento que tornem viável buscar a qualidade assistencial e que deem condições de avaliar essa assistência prestada (AU).


Considering the cycle of Public Policies, planning and evaluation are crucial elements, favoring organization and judgment of valuesregarding an intervention or any of its components, involving both those who use the services and those who produce them. With a view toimproving the care provided to women and newborns at the entranceto maternal and child care services, the Reception with Obstetric Risk Classification iscarried out as a tool to support clinical decision-making which aims to identify critical or more severe patients, allowing a quick and safe care according to the risk potential, based on existing scientific evidence.Objective:To carry out a theoretical reflection on the advances and limitations related to the planning and evaluation of Reception serviceswith Obstetric Risk Classification.Methodology:This is a descriptive study, in the form of a reflection article, in which two categorical dimensions were defined and that portray the context of planning and evaluation of Reception serviceswith Obstetric Risk Classification.Results:We realized that it is still possible to identify many edges in the planning and quality of the provision of this type of service, especially with regard to ensuring comprehensiveness and care according to the needs of women.Conclusions:In order to achieved thearticulation between the different actors, it is necessary to plan strategies that make it feasible to seek care quality and that provide conditions for evaluating this assistance provided (AU).


Considerando el ciclo de las Políticas Públicas, la planificación y la evaluación son elementos cruciales, favoreciendo la organización y el juicio de valor sobre una intervención o cualquiera de sus componentes, involucrando tanto a quienes utilizan los servicios como a quienes los producen. Con el objetivode mejorar la asistenciabrindadaa lasmujeresy recién nacidosen elingresoa los servicios de atención materno-infantil, se realiza laAcogidacon Clasificación de Riesgo Obstétrico como una herramienta de apoyo a la toma de decisiones clínicas que tiene como objetivo identificar las pacientes más graves, permitiendo una atención rápida y segura de acuerdo al potencial de riesgo, segúnla evidencia científica existente.Objetivo: Realizar una reflexión teórica sobre los avances y limitaciones relacionados con la planificación y evaluación de los servicios de Acogida con Clasificación de Riesgo Obstétrico.Metodología:Se trata de un estudio descriptivo, en forma de artículo de reflexión, en el que se definieron dos dimensiones categóricas que retratan el contexto de planificación y evaluación de los servicios de Acogida con Clasificación de Riesgo Obstétrico. Resultados: Percibimos que aún es posible identificar muchas asperezasen la planificación y calidad de la prestación de este tipo de servicio, especialmente en lo que se respectaa garantizar la integralidad y la atención acorde a las necesidades de las mujeres. Conclusiones: Para que se logre una articulación entre los diferentes actores, son necesarias estrategias de planificación que viabilicen la búsqueda de la calidad de la atención y que proporcionen condiciones para evaluar esta asistencia brindada (AU).


Assuntos
Qualidade da Assistência à Saúde , Gravidez , Avaliação de Processos em Cuidados de Saúde , Serviços de Saúde Materno-Infantil , Planejamento em Saúde/métodos , Epidemiologia Descritiva , Acolhimento , Avaliação de Resultados da Assistência ao Paciente
6.
Estud. pesqui. psicol. (Impr.) ; 23(2): 503-522, julho 2023.
Artigo em Português | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1532675

RESUMO

Este trabalho visa articular possibilidades e particularidades da realização de acolhimento psicológico no judiciário. A necessidade dessa reflexão se apresentou na experiência de extensionistas em dois projetos ofertados por uma universidade pública, um desenvolvido em assistência judiciária e outro em programa vinculado ao Ministério Público. Como metodologia utilizou-se o levantamento bibliográfico nas plataformas Capes e Pepsic, onde foram encontrados artigos que estruturam o acolhimento em diversas áreas de atuação da psicologia. O acolhimento, na extensão da assistência judiciária, possui perspectiva interdisciplinar que visa identificar não só as demandas jurídicas, mas psicológicas dos sujeitos atendidos. Na proposta em parceria com o MP, este acolhimento está presente em todo o acompanhamento do caso, permitindo intervenção mais qualificada no conflito familiar. Na prática extensionista, articulada com as leituras encontradas, identificou-se que o acolhimento psicológico está presente na atuação no judiciário, porém, diferencia-se das perspectivas da clínica e da saúde. Logo, justifica-se a necessidade de ampliação de pesquisas e debates sobre os limites e as possibilidades desta prática no sistema de justiça.


This paper aims to articulate the possibilities and particularities of carrying out psychological embracement in the judiciary. The need for this reflection was presented in the experience of extensionists in two projects offered by a public university: one developed in legal aid, and the other in a program linked to the Public Prosecutor's Office. The methodology we have used was to run a bibliographic query on the platforms Capes and PePSIC, there, we have found articles that structure the embracement in several areas of psychology. The embracement, in the context of the legal aid, has an interdisciplinary perspective that aims to identify not only the legal but also the psychological demands of the subjects. In this proposal, in partnership with the Public Prosecutor's Office, the embracement should occur throughout the whole monitoring of the case, allowing a more qualified intervention on family conflict. In the extensionist practice articulated with the readings we have found, we identify that the embracement is present in the judiciary psychological practice, although it differs from the clinical and health perspectives. Therefore, there is a need for further research and debates about the limits and possibilities of this practice in the justice system.


Este trabajo pretende articular las posibilidades y particularidades de la implementación de la atención psicológica en el poder judicial. La necesidad de esta reflexión surgió de la experiencia de los extensionistas en dos proyectos ofrecidos por una universidad pública, uno desarrollado en asistencia jurídica y el otro en un programa vinculado al Ministerio Público. Como metodología, se utilizó un relevamiento bibliográfico en las plataformas Capes y Pepsic, donde se encontraron artículos que estructuran el acogimiento en diversas áreas de la psicología. La acogida, en la extensión de la asistencia jurídica, tiene una perspectiva interdisciplinar que pretende identificar no sólo las demandas legales, sino también las psicológicas de los sujetos asistidos. En la propuesta en colaboración con el MP, esta acogida está presente durante todo el seguimiento del caso, permitiendo una intervención más cualificada en el conflicto familiar. En la práctica extensionista, articulada con las lecturas encontradas, se identificó que la acogida psicológica está presente en el desempeño en el Poder Judicial, sin embargo, difiere de las perspectivas clínica y de salud. Por lo tanto, se justifica la necesidad de ampliar la investigación y los debates sobre los límites y las posibilidades de la práctica en el sistema de justicia.


Assuntos
Poder Judiciário , Acolhimento , Psicologia Forense
7.
Rev. baiana saúde pública ; 47(1): 258-268, 20230619.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1438392

RESUMO

A Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência, instituída em 2012, estabelece a atenção básica à saúde como elemento central para a garantia da integralidade e do acesso dessa população a serviços e ações em saúde, especialmente pela sua potencialidade enquanto coordenadora do cuidado. Os desafios para a efetivação da rede e consequente garantia do direito e acesso à saúde ainda persistem devido àdesarticulação dos serviços que a integram e à fragmentação das práticas de cuidado. Portanto, este ensaio tem como objetivo discutir alguns desafios e perspectivas relacionados à ampliação do acesso da pessoa com deficiência à atenção básica, de forma a fortalecer sua posição estratégica na rede. Superar as barreiras de acesso e garantia à saúde envolve refletir sobre novas estratégias, mas principalmente reconhecer aquelas já desenvolvidas e comprovadas ­ a exemplo do acolhimento e do apoio matricial ­, sem ignorar o contexto sociopolítico que ainda convoca à superação do recente processo de perda de direitos sociais, de desmonte de políticas educacionais, de inclusão e de saúde.


The Care Network for People with Disabilities, established in 2012, establishes primary health care as a central element to guarantee the integrality and access of this population to health services and actions, especially for its potential as a care coordinator. The challenges for the effectiveness of the network and consequent guarantee of the right and access to health and persists due to the disarticulation of the services that integrate it and to the fragmentation of care practices. Therefore, this essay aims to discuss some challenges and perspectives related to expanding access to primary health care for people with disabilities, to strengthen their strategic position in the network. Overcoming barriers to accessing and guaranteeing health involves reflecting on new strategies, but mainly recognizing those that have already been developed and proven ­ such as reception and matrix support ­, without ignoring the socio-political context that still calls for overcoming the recent process of loss of social rights, of dismantling educational, inclusion, and health policies.


La Red de Cuidados a las Personas con Discapacidad, que se constituyó en 2012, presenta la atención primaria de salud como un elemento central para garantizar la integralidad y el acceso de esta población a los servicios y acciones de salud, especialmente por su potencialidad como coordinadora de atención. Aún persisten los desafíos para la efectividad de la red y consecuente garantía del derecho a la salud y al acceso, debido a la desarticulación de los servicios que la integran y las prácticas asistenciales fragmentadas. Por lo tanto, este ensayo tiene como objetivo discutir algunos desafíos y perspectivas relacionados con la ampliación del acceso a la atención primaria de salud para las personas con discapacidad, con el fin de fortalecer su posición estratégica en la red. Superar las barreras para acceder y garantizar la salud implica reflexionar sobre nuevas estrategias, pero principalmente reconocer aquellas ya desarrolladas y probadas, como la acogida y el apoyo matricial, sin desconocer el contexto sociopolítico que aún exige superar el reciente proceso de desmantelamiento educativo y de las políticas de inclusión y salud, además de la pérdida de derechos sociales.


Assuntos
Acolhimento
8.
Rev. polis psique ; 12(3): 195-212, 2023-04-13.
Artigo em Português | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1517521

RESUMO

O objetivo deste artigo é dar voz a reflexões produzidas entre psicólogas, estudantes de psicologia e professoras e/ou trabalhadoras da saúde durante e após o desenvolvimento de uma experiência cartográfica de cuidado compartilhado, suscitada por rodas de conversa com cuidadores de pacientes internados em um hospital geral no interior do estado do Espírito Santo. Diante do trabalho realizado com as rodas, nos foi possível pensar e repensar a nossa atuação, colocando em análise as práticas da psicologia hospitalar, e como podemos reinventá-las diariamente, principalmente quando nos colocamos disponíveis para as modulações do campo e para os desvios das rotas planejadas. O caminho teórico-metodológico cartográfico, a partir de leituras esquizoanalíticas, possibilitou que colocássemos em xeque o lugar engessado do especialista, além de fortalecer a possibilidade do trabalho com grupos em uma emergência hospitalar. (AU)


The aim of this article is to give voice to reflections produced by psychologists, psychology students, teachers and/or health area workers, during and after the development of a cartographic experience of shared care, raised by circles of conversation with caregivers of patients admitted to a general hospital in the countryside of the state of Espírito Santo. Given the work done with the coterie, it was possible for us to think and rethink our performance, analyzing the practices of hospital psychology, and how we can reinvent them daily, especially when we are available for field modulations and deviations of the planned routes. The theoretical-methodological cartographic path, based on schizoanalytic readings, enabled us to put the specialist's plastered place in check, in addition to strengthening the possibility of working with groups in a hospital emergency. (AU)


El objetivo de este artículo es dar voz a las reflexiones producidas por psicólogas, estudiantes de psicología y maestras y/o trabajadoras de la salud durante y después del desarrollo de una experiencia cartográfica de atención compartida, generada por círculos de conversación con cuidadores de pacientes hospitalizados en un hospital general del interior dela província de Espírito Santo. Dado el trabajo realizado con las ruedas, nos fue posible pensar y repensar nuestro desempeño, analizando las prácticas de la psicología hospitalaria y cómo podemos reinventarlas diariamente, especialmente cuando estamos disponibles para modulaciones y desviaciones de campo. La ruta cartográfica teórico-metodológica, basada en lecturas esquizoanalíticas, nos permitió poner a prueba el lugar enlucido del especialista, además de fortalecer la posibilidad de trabajar con grupos en una emergencia hospitalaria. (AU)


Assuntos
Prática Profissional , Psicologia Médica/métodos , Cuidadores/psicologia , Acolhimento , Processos Grupais , Serviço Hospitalar de Emergência
9.
Tempus (Brasília) ; 16(4): 87-97, abr. 2023.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1425820

RESUMO

O objeto deste estudo é a percepção dos profissionais de enfermagem sobre o vínculo e o acolhimento na Atenção Primária à Saúde. O objetivo é analisar as potencialidades e os limites dessas ferramentas para efetivação do princípio da integralidade no cuidado em saúde. Trata-se de estudo descritivo de abordagem qualitativa que analisou 251 entrevistas realizadas com enfermeiras(os) atuantes no Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. As entrevistas, guiadas por roteiro semiestruturado, foram gravadas e transcritas. Os dados produzidos foram tratados e explorados com auxílio do software MaxQda. A maior parte das participantes eram mulheres, brancas, residiam na mesma cidade de trabalho, graduaram-se em instituições privadas e tinham especialização na área. Os resultados foram organizados em três categorias: longitudinalidade e continuidade do cuidado; relação de afetividade e confiança; garantia de acesso aos serviços de saúde, identificação das necessidades de saúde. Os enfermeiros entendem que o vínculo e o acolhimento, que perpassa a construção de afetividade e de confiança, favorecem a construção de um projeto terapêutico integral. Além disso, identificam que a prática em saúde amparada no vínculo e no acolhimento estão associados a uma maior valorização da profissão de enfermagem por parte da população. (AU)


The object of this study is the perception of nursing professionals about bonding and user embracement in Primary Health Care. The objective is to analyze the potentialities and limits of these tools to implement the principle of integrality in health care. This is a descriptive study with a qualitative approach that analyzed 251 interviews carried out with nurses working in Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro and São Paulo. The interviews, guided by a semi-structured script, were recorded and transcribed. The data produced were processed and explored with the help of the MaxQda software. Most of the participants were women, white, lived in the same city where they worked, graduated from private institutions and had specialization in the area. The results were organized into three categories: longitudinality and continuity of care; relationship of affection and trust; guarantee of access to health services, identification of health needs. Nurses understand that bonding and user embracement, which permeates the construction of affection and trust, favors the construction of an integral therapeutic project. In addition, they identify that health practice based on bonding and user embracement are associated with a greater appreciation of the nursing profession by the population. (AU)


El objeto de este estudio es la percepción de los profesionales de enfermería sobre el vínculo y la acogida en la Atención Primaria de Salud. El objetivo es analizar las potencialidades y límites de estas herramientas para implementar el principio de integralidad en la atención a la salud. Se trata de un estudio descriptivo con enfoque cualitativo que analizó 251 entrevistas realizadas con enfermeros que actúan en Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro y São Paulo. Las entrevistas, guiadas por un guión semiestructurado, fueron grabadas y transcritas. Los datos producidos fueron procesados y explorados con la ayuda del software MaxQda. La mayoría de los participantes eran mujeres, blancas, vivían en la misma ciudad donde trabajaban, egresadas de instituciones privadas y tenían especialización en el área. Los resultados se organizaron en tres categorías: longitudinalidad y continuidad de la atención; relación de afecto y confianza; garantía de acceso a los servicios de salud, identificación de necesidades de salud. Los enfermeros comprenden que el vínculo y la acogida, que permean la construcción de afecto y confianza, favorecen la construcción de un proyecto terapeutico integral. Además, identifican que las prácticas de salud basadas en el vínculo y la acogida están asociadas a una mayor valorización de la profesión de enfermería por parte de la población. (AU)


Assuntos
Percepção Social , Saúde Pública , Continuidade da Assistência ao Paciente , Acolhimento
10.
Rev. ABENO ; 23(1): 1891, mar. 2023. tab
Artigo em Português | BBO - odontologia (Brasil) | ID: biblio-1519670

RESUMO

O presente artigoobjetiva relatar a experiência da aplicação de ferramentas digitais em encontros virtuais para o acolhimento de alunos ingressantes do curso de Odontologia da Universidade Estadual do Piauí (UESPI)durante a fase de isolamento social advinda da pandemia do novo coronavírus no ano de 2020. A ação extensionista foi realizada em cinco encontros virtuais por meio da plataforma de reuniões Google Meete foram aplicadas ferramentas colaborativas como Padlet, Mentimetere Google Formspara integração do grupo. A participação dos ingressantes foi integral, 100% dos estudantes matriculados no primeiro período do curso se fizeram presentes nos encontros. Diante das incertezas relativas ao início do período letivo no ano de 2020, a proposta realizada obteve êxito no objetivo principal de acolher os ingressantes e estabelecer o vínculo com a família do curso de Odontologia da UESPI. Desta forma a experiência mostrou-se positiva, proporcionando uma acolhida dos discentes durante o período mais crítico da pandemia de COVID-19 e forte isolamento social (AU).


Este artículo tiene como objetivo relatar la experiencia de aplicación de herramientas digitales en reuniones virtuales de bienvenida a estudiantes que ingresan a la carrera de Odontología de la Universidad Estadual de Piauí (UESPI) durante la fase de aislamiento social derivada de la pandemia del nuevo coronavirus en 2020. La acción de extensión se llevó a cabo en cinco reuniones virtuales utilizando la plataforma de reuniones Google Meet y se aplicaron herramientas colaborativas como Padlet, Mentimeter y Google Forms para la integración del grupo. La participación de los estudiantes de primer año fue plena, en las reuniones estuvo presente el 100% de los estudiantes matriculados en el primer periodo del curso. Ante las incertidumbres respecto al inicio del periodo académico del año 2020, la propuesta realizada tuvo éxito en su objetivo principal de dar la bienvenida a nuevos estudiantes y establecer un vínculo con la familia de carreras de Odontología de la UESPI. De esta manera, la experiencia resultó positiva, brindando a los estudiantes una acogida durante el período más crítico de la pandemia de COVID-19 y de fuerte aislamiento social (AU).


The present article aims to report the experience of applying digital tools in virtual meetings to welcome students entering the Dentistry course at the State University of Piauí (UESPI) during the social isolation phase resulting from the new coronavirus pandemic in 2020. The extension action was carried out in five virtual meetings using the Google Meet meeting platform and collaborative tools such as Padlet, Mentimeter and Google Forms were applied to integrate the group. The participation of freshmen was full, 100% of students enrolled in the first period of the course were present at the meetings. Given the uncertainties regarding the start of the academic period in 2020, the proposal made was successful in its main objective of welcoming new students and establishing a bond with the UESPI Dentistry course family. In this way, the experience proved to be positive, providing students with a welcome during the most critical period of the COVID-19 pandemic and strong social isolation (AU).


Assuntos
Modelos Educacionais , Tecnologia Educacional , Acolhimento , COVID-19/transmissão , Estudantes de Odontologia , Inclusão Escolar
11.
Artigo em Espanhol, Português | LILACS | ID: biblio-1523079

RESUMO

INTRODUÇÃO: A principal porta de entrada para a saúde pública no Brasil é a Atenção Primária à Saúde (APS), que é essencial para o funcionamento do modelo de atenção psicossocial proposto pelo Sistema Único de Saúde (SUS). OBJETIVO: Relatar as vivências de um psicólogo residente em Clínica da Pessoa e da Família, inserido no Complexo Comunitário Vida Plena (CCVP), uma unidade básica de saúde docente-assistencial, no acolhimento de pessoas em Sofrimento Psíquico Intenso (SPI). A unidade de saúde fica localizada no Distrito Sanitário Pau da Lima (DSPL), um território repleto de vulnerabilidade social e escassez de espaços comunitários e de cuidados ampliados. MÉTODO: Trata-se de um relato de experiência, de caráter qualitativo, sobre o acolhimento de pessoas em SPI no CCVP. RESULTADOS E DISCUSSÕES: Foi observado que o contexto do DSPL levou a uma sobrecarga do CCVP, e em especial dos profissionais da psicologia, no cuidado de pessoas em SPI. Apesar de exercer um papel importante no cuidado desses sujeitos, o CCVP enfrenta dificuldades na promoção da saúde mental, amparada pela perspectiva da atenção psicossocial. Entre os desafios observados destacam-se a fragmentação do cuidado, a dificuldade na articulação com outras unidades e a influência de modelos biomédicos ainda vigentes. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A experiência de formação pelo trabalho em serviços da APS favoreceu o desenvolvimento de reflexões críticas sobre os desafios da atenção às pessoas em SPI e propiciou a elaboração de estratégias de cuidado possíveis que se aproximam dos princípios da clínica psicossocial no SUS.


INTRODUCTION: The main gateway to public health in Brazil is the Primary Health Care (PHC), which is essential for the functioning of the psychosocial care model proposed by the Sistema Único de Saúde - SUS (Unified Health System). OBJECTIVE: To report the clinical experience of the psychologist residing in the Person and Family Clinic, located in the Complexo Comunitário Vida Plena ­ CCVP (Community Complex Vida Plena), a teachingcare primary care unit in the reception of people in Intense Psychological Distress (IPD). The unit is in the Distrito Sanitário Pau da Lima ­ DSPL (Pau da Lima Sanitary District), a place full of social vulnerability and scarcity of community spaces and broad health care. METHOD: This is a qualitative experience report on the reception of people in IPD in the CCVP. RESULTS AND DISCUSSIONS: It was observed that the context of the DSPL led to an overload of both the CCVP and the psychology professional, in the care of people in IPD. Despite playing an important role in the care of these subjects, the CCVP has difficulties in promoting mental health care, based on the perspective of psychosocial care. Among the challenges observed, the fragmentation of care, the difficulty in articulating with other units and the influence of biomedical models still in force are highlighted. FINAL CONSIDERATIONS: The experience of learning by work in PHC has fostered the development of critical reflections on the challenges of care for people in IPD and made possible the development of possible care strategies that approach the principles of a psychosocial clinic in the UHS.


INTRODUCCIÓN: La principal puerta de entrada a la salud pública en Brasil es la Atención Primaria de Salud (APS), que es esencial para el funcionamiento del modelo de atención psicosocial, propuesto por el Sistema Único de Saúde - SUS (Sistema Único de Salud). OBJETIVO: Reportar la experiencia clínica del psicólogo residente en Clínica de la Persona y Familia, insertado en el Complexo Comunitário Vida Plena ­ CCVP (Complejo Comunitario Vida Plena), unidad de atención primaria docente-asistencial, en la acogida de personas en Angustia Psicológica Intensa (API). La unidad está ubicada en el Distrito Sanitário de Pau da Lima (DSPL), territorio lleno de vulnerabilidad social y escasez de espacios comunitarios y de una amplia atención de la salud. MÉTODO: Se trata de un relato de experiencia, de naturaleza cualitativa, sobre la recepción de personas en API en el CCVP. RESULTADOS Y DISCUSIÓN: Se observó que el contexto del DSPL llevó a una sobrecarga del CCVP, y especialmente de lo profesional de psicología, en el cuidado de personas en API. A pesar de tener un papel importante en el cuidado de estas personas, el CCVP tiene dificultades en la promoción de la atención en salud mental, basada en la perspectiva de la atención psicosocial. Entre los desafíos observados están la fragmentación de la atención, la dificultad para articular las otras unidades y la influencia de los modelos biomédicos aún vigentes. CONSIDERACIONES FINALES: La experiencia de aprender por el trabajo en la APS ha favorecido el desarrollo de reflexiones críticas sobre los retos de la atención a las personas en API y ha propiciado la construcción de posibles estrategias de atención que aborden los principios de la clínica psicosocial en el SUS.


Assuntos
Angústia Psicológica , Atenção Primária à Saúde , Acolhimento
12.
Curitiba; s.n; 20230206. 87 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BDENF - enfermagem (Brasil) | ID: biblio-1443841

RESUMO

Resumo: A gestação é um fenômeno fisiológico e mesmo com o manejo de pré-natal adequado, as perdas gestacionais podem ocorrer. A Organização Mundial da Saúde estima uma ocorrência de 4,9 milhões de mortes perinatais no mundo todos os anos. No Brasil, a incidência em 2020, mostrou um total de 28.993 casos, sendo 1.062 no estado do Paraná e, destes, 117 na cidade de Curitiba. Não obstante, para além dos dados, tem-se o impacto emocional para todos os envolvidos, inquestionáveis para a mulher e família que sofre com a perda gestacional, mas também para os profissionais de saúde, em especial os enfermeiros, que se deparam com estas situações ao longo da vida profissional. Desta forma, este estudo teve como questão de pesquisa: qual a percepção do enfermeiro sobre o cuidado oferecido à mulher que sofreu perda gestacional? Ainda, como objetivo geral, compreender a percepção do enfermeiro que presta cuidados às mulheres diante das perdas gestacionais; e objetivos específicos: identificar elementos do cuidado do enfermeiro frente à mulher que sofreu perda gestacional e descrever a experiência dos enfermeiros sobre seu cuidado diante da mulher que diante perda gestacional. Trata-se de estudo qualitativo exploratório, realizado em um hospital universitário da Região Sul do país. A coleta de dados deu-se através de entrevistas semiestruturadas, as quais foram audiogravadas e transcritas na íntegra, durante os meses de abril a junho de 2022. Contou com a participação de 11 enfermeiros que atuam diretamente com mulheres em situação de perda gestacional. Para análise dos dados, foram seguidos os passos da Análise de Conteúdo do tipo temática proposta por Bardin e apoiada pelo uso do software de análise qualitativa o webQDA. Resultados: foram levantados 13 temas, os quais, por afinidade e exclusão, resultaram na elaboração de 3 categorias: Fragilidades do processo de cuidar frente às perdas gestacionais; Potencialidades do processo de cuidar frente às perdas gestacionais; e Cuidados de enfermagem frente às perdas gestacionais. Foi possível evidenciar que os enfermeiros conseguiam reconhecer as lacunas assistenciais e, mesmo com suas dificuldades, prestavam um cuidado respeitoso e empático, além de proporcionar momento de criação de memórias para as famílias enlutadas, através de fotos ou guarda de pertences que foram do bebê, que passou tão brevemente pela vida. O estudo permitiu compreender que os enfermeiros entrevistados reconheciam a importância da sua presença como um profissional que oferece um cuidado direcionado a cada mulher/família em situação de perda gestacional nas suas necessidades, enfatizaram a comunicação verbal e não verbal, sendo uma de suas preocupações que esta compreendesse, para além da assistência oferecida, este olhar singular do profissional. Os impactos do desenvolvimento deste trabalho podem resultar na elaboração de documentos, materiais educativos e protocolos assistenciais voltados aos profissionais de saúde que prestam cuidados diante das perdas gestacionais dentro das instituições hospitalares.


Abstract: Pregnancy is a physiological phenomenon. However, even with proper prenatal care management, pregnancy losses may occur. The World Health Organization estimates 4.9 million perinatal deaths worldwide every year. In Brazil, showed an incidence of 28,993 cases in 2020, with 1,062 cases in Parana State and, among these, 117 in its capital city, Curitiba. Therefore, that is a global health problem, but there still have been scarce public policies addressing this theme. Apart from the data, there is also the emotional impact on all the involved individuals, unquestionably to the woman and family who suffer the pregnancy loss, but also to the healthcare professionals, ultimately nurses, who are confronted with those situations along their professional lives. Thus, the research question in this study was: what is the nurses' perception on the health care delivered to the woman facing a pregnancy loss? In addition, the general objective was to understand the nurse's perception who renders health care to the woman who suffered a pregnancy loss. It is an exploratory qualitative study held at a university hospital in Southern Brazil. Data collection was conducted by means of semi-structured interviews, which were audio recorded and fully transcribed between April and June 2022. The participants were 11 nurses who care for women in a situation of pregnancy loss. For the data analysis, Thematic Content Analysis proposed by Bardin was applied, supported by the use of the webQDAE software for qualitative analysis. Results: 13 themes by affinity and exclusion stood out by means of the analysis, which resulted in the elaboration of 3 categories: Fragilities in the caring process in the face of pregnancy losses; Potentialities of the caring process in the face of pregnancy losses; and Nursing Care in the face of pregnancy losses. It was possible to evidence that nurses could recognize caring gaps, and even facing difficulties, they could deliver respectful and empathetic care, in addition to providing a moment of creating memories to bereaved families through photos or belongings of the baby who briefly got through their lives. The study enabled to understand that the interviewed nurses acknowledged the importance of their presence as professionals who delivered care to meet the needs of each woman/family going through a pregnancy loss. They also pointed out verbal and non-verbal communication as one of their concerns so that the women could understand their unique professional look, beyond care delivery. The study outcomes may result in the elaboration of documents, educational materials and care protocols to those health professionals who are confronted with pregnancy losses while rendering care within hospital institutions.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Gravidez , Luto , Aborto , Acolhimento , Cuidados de Enfermagem , Equipe de Enfermagem
13.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e251630, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1448947

RESUMO

Este estudo qualitativo teve como objetivo compreender, a partir da teoria de bioecológica de desenvolvimento, as implicações da prática profissional no processo de acolhimento de crianças em uma casa-abrigo, na perspectiva de cuidadoras. As participantes foram 10 profissionais de uma casa-abrigo localizada na região sul do Brasil. Utilizou-se a entrevista semiestruturada e a organização e análise dos dados sustentou-se na Grounded Theory, com auxílio do software Atlas.ti 8.4.14. Os resultados evidenciaram uma centralização das ações de acolhimento e atenção em torno dos cuidados físicos das crianças. As ações para promover suporte e cuidados emocionais dentro da casa-abrigo eram delegadas às profissionais da equipe técnica da instituição. Observou-se que as dificuldades encontradas pelas cuidadoras diziam respeito à falta de segurança e preparação para responder e acolher as demandas emocionais das crianças, as quais estão presentes em diversos momentos do processo de acolhimento. Percebeu-se que as práticas institucionais afetaram decisivamente tanto as ações de acolhimento das participantes e o suporte emocional oferecido às crianças na passagem pela casa-abrigo quanto as cuidadoras, no sentido de vivenciarem no trabalho sentimentos de insegurança. Os resultados tensionam ecologicamente a interação nos processos proximais presentes no desenvolvimento humano. Advoga-se pela reflexão sobre as implicações das práticas institucionais de uma casa-abrigo e o desenvolvimento infantil, visando o cuidado integral dos acolhidos.(AU)


Based on the developmental bioecological theory, this study analyzes the implications of professional practice in children's user embracement at a shelter from the caregivers' perspective. Semi-structured interviews were conducted with 10 professionals from a shelter located in southern Brazil. Data organization and analysis was performed based on Grounded Theory using the Atlas.ti 8.4.14 software. Results showed that embracement and attention focus on the physical care of children. Support and emotional care activities were delegated to the institution's technical team. Caregivers faced difficulties regarding the lack of security and preparation to respond to and accept the children's emotional demands, which arise at different moments in the embracement process. The institutional practices decisively affected both user embracement actions and the emotional support offered to the children, as well as the caregivers, in the sense of experiencing feelings of insecurity. These findings ecologically tension the interaction in the proximal processes present in human development. Further reflections on the implications of institutional shelter-based practices for child development are needed to provide comprehensive care.(AU)


Este estudio cualitativo tuvo como objetivo comprender, desde la perspectiva de la teoría bioecológica del desarrollo, las implicaciones de la práctica profesional en el proceso de acogida de niños en una institución infantil desde la perspectiva de las cuidadoras. Las participantes fueron 10 profesionales de una institución de acogida infantil ubicada en la región Sur de Brasil. Se utilizó la entrevista semiestructurada, y para la organización y análisis de datos se aplicó Grounded Theory, con el uso del software Atlas.ti 8.4.14. Los resultados mostraron que las acciones de recepción y atención se centran en el cuidado físico de los niños. Las acciones de promoción de apoyo y cuidado emocional dentro del alojamiento se asignaron a los profesionales del equipo técnico de la institución. Se observó que las dificultades encontradas por las cuidadoras estaban relacionadas con la falta de seguridad y preparación para responder y aceptar las demandas emocionales de los niños, las cuales se encuentran presentes en diferentes momentos del proceso de acogida. Se notó que las prácticas institucionales afectaron decisivamente tanto las acciones de acogida de las participantes como el apoyo emocional que la institución brinda a los niños durante su paso, así como a las cuidadoras en el sentido de experimentar sentimientos de inseguridad en el trabajo. Estos resultados tensan ecológicamente la interacción en los procesos proximales presentes en el desarrollo humano. Se aboga por reflexionar sobre las implicaciones de las prácticas institucionales en los alojamientos institucionales y el desarrollo infantil, apuntando a la atención integral de los acogidos.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Prática Profissional , Criança , Cuidadores , Ecologia , Acolhimento , Desenvolvimento Humano , Dor , Relações Pais-Filho , Comportamento Paterno , Privação Paterna , Jogos e Brinquedos , Pobreza , Psicologia , Psicologia Social , Segurança , Atenção , Relações entre Irmãos , Sono , Ajustamento Social , Mudança Social , Condições Sociais , Meio Social , Justiça Social , Problemas Sociais , Apoio Social , Sociologia , Esportes , Violência , Síndrome da Criança Espancada , Mulheres , Trabalho Infantil , Adoção , Divórcio , Família , Criança Abandonada , Maus-Tratos Infantis , Defesa da Criança e do Adolescente , Desenvolvimento Infantil , Criança Institucionalizada , Educação Infantil , Criança não Desejada , Proteção da Criança , Características de Residência , Características da Família , Saúde , Higiene , Filho de Pais com Deficiência , Responsabilidade Legal , Fome , Distúrbios Civis , Poder Familiar , Entrevista , Violência Doméstica , Diversidade Cultural , Vida , Vítimas de Crime , Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool , Afeto , Cultura , Autonomia Pessoal , Instruções , Mecanismos de Defesa , Filhos Adultos , Transtornos de Estresse Traumático , Pesquisa Qualitativa , Amigos , Menores de Idade , Desenvolvimento do Adolescente , Violação de Direitos Humanos , Dieta , Alcoolismo , Empatia , Saúde da Criança Institucionalizada , Conflito Familiar , Relações Familiares , Usuários de Drogas , Distúrbios Induzidos Quimicamente , Pessoas Escravizadas , Teoria Fundamentada , Avós , Trauma Psicológico , Criança Adotada , Criança Acolhida , Liberdade , Experiências Adversas da Infância , Separação da Família , Angústia Psicológica , Direito à Saúde , Abuso Emocional , Liberdade de Religião , Interação Social , Fatores Sociodemográficos , Vulnerabilidade Social , Cidadania , Apoio Familiar , Zeladoria , Direitos Humanos , Individualidade , Institucionalização , Ciúme , Atividades de Lazer , Solidão , Amor , Imperícia , Privação Materna , Transtornos Mentais , Motivação , Apego ao Objeto
14.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e250825, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1448939

RESUMO

As identidades transmasculinas ganharam visibilidade social e acadêmica no Brasil a partir de 2010, contudo, as questões subjetivas dos homens trans ainda são pouco debatidas, em particular temas associados aos relacionamentos afetivos na experiência desses sujeitos. Este estudo qualitativo tem por objetivo identificar as percepções e expectativas dos homens trans acerca dos relacionamentos afetivo-sexuais no cenário pós-transição de gênero. Participaram da pesquisa 15 homens transexuais hormonizados, com idades entre 20 e 41 anos. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista semiestruturada nas modalidades presencial e on-line. Empregou-se análise temática reflexiva, que resultou em dois temas analíticos. Os resultados apontam que os homens trans, ao contrário de suas expectativas iniciais, percebem que tiveram menos oportunidades de relacionamentos afetivo-sexuais depois de sua transição de gênero. Os participantes atribuem essa dificuldade especialmente ao fato de não terem se submetido à cirurgia de redesignação sexual. O desconforto é acentuado por sua materialidade corpórea divergente da cisnormatividade, sistema regulador que associa pessoas pertencentes ao gênero masculino à presença de um pênis. Outra fonte de desconforto é o repúdio social, que alimenta a abjeção, exotização e fetichização dos corpos transmasculinos. Também são descritas as especificidades do relacionamento dos homens trans com mulheres cisgênero, heterossexuais e lésbicas. Os resultados evidenciam que a fixação persistente no genital, como referente e signo determinante do gênero e da sexualidade, modula e regula a busca e o encontro de parceira(o) íntima(o).(AU)


Transmasculine identities have gained social and academic visibility in Brazil since 2010, but subjective issues, especially those associated with affective relationships, are still little discussed. This qualitative study sought to identify trans men's perceptions and expectations regarding post-transition affective-sexual relationships. A total of 15 transsexual men undergoing hormone therapy, aged between 20 and 41 years, participated in the research. Data were collected by means of in-person and online semi-structured interviews and analysed using reflexive thematic analysis, which resulted in two analytical themes. Results show that trans men, differently from their initial expectations, perceive fewer opportunities for affective-sexual relationships after their gender transition. The participants attribute this difficulty, especially, to the fact that they have not undergone sexual reassignment surgery. Discomfort isaccentuated by their bodily materiality diverging from cisnormativity, the regulatory system that associates people belonging to the male gender with the presence of a penis. Another source of discomfort is the social repudiation, which reinforces the abjection, exoticization, and fetishization of transmasculine bodies. The specifics of trans men's relationships with cisgender, heterosexual, and lesbian women are also described. The results show that the persistent fixation on the genital, as a referent and determinant sign of gender and sexuality, modulates and regulates the search for and encounter of intimate partners.(AU)


Las identidades transmasculinas han ganado visibilidad social y académica en Brasil desde 2010, sin embargo, las cuestiones subjetivas de los hombres trans son aún poco discutidas, en particular las cuestiones asociadas a las relaciones afectivas en la experiencia de estos sujetos. Este estudio cualitativo tiene como objetivo identificar las percepciones y expectativas de los hombres trans sobre las relaciones afectivo-sexuales después de la transición de género. Participaron en la investigación 15 hombres transexuales hormonados, de edades comprendidas entre los 20 y los 41 años. La recopilación de datos se realizó mediante una entrevista semiestructurada en las modalidades presencial y en línea. Se realizó un análisis temático reflexivo, que dio como resultado dos temas analíticos. Los resultados muestran que los hombres trans, al contrario de sus expectativas iniciales, perciben que han tenido menos oportunidades de relaciones afectivo-sexuales después de su transición de género. Los participantes atribuyen esta dificultad especialmente al hecho de no haberse sometido a cirugía de reasignación sexual. La incomodidad se acentúa por su materialidad corpórea divergente de la cisnormatividad, un sistema normativo según el cual las personas pertenecientes al género masculino deben tener pene. Otra fuente de malestar es el repudio social, que alimenta la abyección, la exotización y la fetichización de los cuerpos transmasculinos. También se describen las especificidades de las relaciones de los hombres trans con las mujeres heterosexuales, cisgénero y lesbianas. Los resultados muestran que la persistente fijación en los genitales, como referente y signo determinante del género y la sexualidad, modula y regula la búsqueda y el encuentro de parejas íntimas.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Adulto Jovem , Transexualidade , Casamento , Cônjuges , Pessoas Transgênero , Identidade de Gênero , Desenvolvimento da Personalidade , Preconceito , Psicologia , Psicologia Social , Desenvolvimento Psicossexual , Autocuidado , Autoimagem , Comportamento Sexual , Hormônios Esteroides Gonadais , Pessoa Solteira , Identificação Social , Problemas Sociais , Sociologia , Voz , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Imagem Corporal , Bissexualidade , Família , Homossexualidade , Saúde Mental , Inquéritos e Questionários , Direitos Civis , Mamoplastia , Estado Civil , Entrevista , Coito , Homossexualidade Feminina , Afeto , Acesso à Informação , Atenção à Saúde , Ego , Literatura Erótica , Saúde de Gênero , Acolhimento , Fenômenos Reprodutivos Fisiológicos , Masculinidade , Saúde Reprodutiva , Saúde Sexual , Homofobia , Pessimismo , Disforia de Gênero , Violência de Gênero , Ativismo Político , Diversidade de Gênero , Monossexualidade , Pessoas Cisgênero , Binarismo de Gênero , Estereotipagem de Gênero , Performatividade de Gênero , Necessidades Específicas do Gênero , Esgotamento Psicológico , Tristeza , Respeito , Insatisfação Corporal , Angústia Psicológica , Pessoas Intersexuais , Comparação Social , Inclusão Social , Equidade de Gênero , Papel de Gênero , Minorias Desiguais em Saúde e Populações Vulneráveis , Política de Saúde , Direitos Humanos , Identificação Psicológica , Crise de Identidade , Individuação , Introversão Psicológica
15.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e253741, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1448940

RESUMO

Apesar das crescentes investigações sobre uso de telas na infância, essa é uma temática complexa e ainda recente, que traz diversos desafios para pesquisadores e cuidadores. Comunidades virtuais em redes sociais são utilizadas por mães e pais para esclarecer dúvidas e receber conselhos acerca da parentalidade e saúde infantil, podendo, simultaneamente, assumir uma função prescritiva e normativa quanto ao seu modo de agir. Sendo assim, este artigo pretende compreender como o uso de telas na infância vem sendo abordado por especialistas em grupos de mães e pais no Facebook. Foi realizado um estudo qualitativo envolvendo 49 postagens de especialistas, sobretudo psicólogos e educadores, extraídas de cinco grupos públicos de mães e pais nessa rede social. Os textos das publicações foram verificados por meio de análise temática e discutidos com base no referencial teórico psicanalítico. Os resultados mostraram que os especialistas destacam os possíveis prejuízos do uso de telas na infância, além de fornecer orientações aos pais sobre como lidar com sua presença no cotidiano das crianças e de suas famílias. Concluiu-se que apesar dos grupos de cuidadores no Facebook serem uma ferramenta de divulgação de informações acerca do uso de telas na infância, cabe não naturalizar a presença de especialistas nesses espaços virtuais criados por pais e mães, interpondo-se nos saberes e nas trocas horizontalizadas entre os cuidadores.(AU)


Although investigations on the use of screens in childhood are increasing, this is a complex and recent topic, which poses several challenges for researchers and caregivers. Virtual communities in social networks are used by mothers and fathers to clarify doubts and receive advice regarding parenting and child health, at times, simultaneously, assuming a prescriptive and normative role on their way of acting. Therefore, this study aimed to understand how the use of screens in childhood has been approached by experts in groups of mothers and fathers on Facebook. A qualitative study was carried out involving 49 posts from specialists, mainly psychologists and educators, extracted from five public groups of mothers and fathers in this social network. The publications' texts were verified via thematic analysis and discussed based on the psychoanalytical theoretical framework. The results showed that experts highlight the possible damage of the use of screens in childhood, in addition to providing guidance to parents on how to deal with the presence of digital technology in the daily lives of children and families. It was concluded that, although caregivers' groups on Facebook are a tool for disseminating information about the use of screens in childhood, it is important not to naturalize the presence of specialists in these virtual spaces created by fathers and mothers, interposing in the horizontally interchanges that occur between the caregivers.(AU)


A pesar de las crecientes investigaciones sobre el uso de pantallas en la infancia, este es un tema complejo y aún reciente, que plantea varios desafíos para investigadores y cuidadores. Las comunidades virtuales en las redes sociales son utilizadas por madres y padres para aclarar dudas y recibir consejos sobre educación y salud infantil, pudiendo, al mismo tiempo, asumir un rol prescriptivo y normativo sobre su forma de actuar. Por lo tanto, este estudio tuvo como objetivo comprender cómo el uso de las pantallas en la infancia ha sido abordado por especialistas en grupos de madres y padres en Facebook. Se realizó un estudio cualitativo a partir de 49 publicaciones de especialistas, principalmente de psicólogos y educadores, extraídas de cinco grupos públicos de madres y padres en esta red social. Se realizó en los textos de las publicaciones un análisis temático y se utilizó el marco teórico psicoanalítico. Los resultados mostraron que los expertos destacan posibles daños que provoca el uso de pantallas en la infancia, además de orientar a los padres sobre cómo afrontar esta presencia de la tecnología digital en el día a día de los niños y sus familias. Se concluyó que, a pesar de que los grupos de cuidadores en Facebook son una herramienta de difusión de información sobre el uso de pantallas en la infancia, es importante no naturalizar la presencia de especialistas en estos espacios virtuales creados por padres y madres que se interpone entre los saberes e intercambios horizontales de los cuidadores.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Psicanálise , Criança , Rede Social , Ansiedade , Relações Pais-Filho , Pediatria , Desenvolvimento da Personalidade , Transtornos da Personalidade , Jogos e Brinquedos , Psicologia , Psicologia Educacional , Aspirações Psicológicas , Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade , Instituições Acadêmicas , Transtorno Autístico , Sono , Logro , Mudança Social , Isolamento Social , Socialização , Esportes , Estresse Fisiológico , Tecnologia , Televisão , Pensamento , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Terapia Comportamental , Livros Ilustrados , Neurociências , Luto , Exercício Físico , Comportamento Infantil , Cuidado da Criança , Desenvolvimento Infantil , Orientação Infantil , Serviços de Saúde da Criança , Educação Infantil , Proteção da Criança , Saúde Mental , Saúde da Criança , Poder Familiar , Negociação , Cuidadores , Pessoal de Saúde , Cognição , Comunicação , Intervenção Educacional Precoce , Jogos de Vídeo , Internet , Criatividade , Afeto , Níveis Máximos Permitidos , Características Culturais , Cibernética , Síndrome Metabólica , Desenvolvimento Moral , Telefone Celular , Depressão , Diabetes Mellitus , Escolaridade , Emoções , Acolhimento , Estudos Populacionais em Saúde Pública , Sobrepeso , Nutrição da Criança , Insuficiência de Crescimento , Fantasia , Banho de Sol , Inteligência Emocional , Comportamento Sedentário , Mídia Audiovisual , Obesidade Infantil , Aplicativos Móveis , Habilidades Sociais , Coragem , Fatores Sociológicos , Ajustamento Emocional , Alfabetização , Transtornos do Neurodesenvolvimento , Transtorno da Fluência com Início na Infância , Jogos Recreativos , Uso do Telefone Celular , Frustração , Transtorno de Adição à Internet , Interação Social , COVID-19 , Dependência de Tecnologia , Felicidade , Desamparo Aprendido , Passatempos , Maternidades , Hipertensão , Imaginação , Individualidade , Distúrbios do Início e da Manutenção do Sono , Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem , Aprendizagem , Deficiências da Aprendizagem , Atividades de Lazer , Estilo de Vida , Relações Mãe-Filho , Atividade Motora , Comunicação não Verbal
16.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e251711, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1448945

RESUMO

As resoluções emitidas pelo Sistema Conselhos são instrumentos essenciais de orientação e promoção de práticas éticas que denotem qualidade técnica no exercício profissional da Psicologia. Dada a complexidade que envolve a elaboração de documentos psicológicos, esta pesquisa teve como objetivo identificar as principais mudanças observadas no texto da recém-publicada Resolução CFP n.º 006/2019 quando comparada à Resolução CFP n.º 007/2003, ambas referidas à elaboração de documentos psicológicos. Trata-se de uma pesquisa descritiva-comparativa de abordagem qualitativa, que utilizou da análise de conteúdo no tratamento e interpretação dos dados oriundos de fonte exclusivamente documental. Os resultados indicaram poucas diferenças qualitativas entre os marcos resolutivos, embora se vislumbre altamente relevante o ganho adquirido com a proibição de escritos descritivos, a exigência de referencial teórico para fundamentar o raciocínio profissional e a obrigatoriedade da devolutiva documental. Entre os achados que ganham notoriedade consta a preocupação com os princípios que regem a elaboração de documentos, cuja apresentação tautológica responde a um cenário político de retrocessos que tem favorecido o desrespeito aos direitos humanos e às minorias.(AU)


Resolutions issued by Sistema Conselhos are essential tools to guide and promote ethical and quality psychology practices. Given the complexity involved in elaborating such documents, this descriptive, qualitative research outlines the main changes in the text of the recently published CFP Resolution no. 006/2019 when compared with CFP Resolution no. 007/2003, both addressing the elaboration of psychological documents. Documentary data was investigated by content analysis. Results indicated few qualitative differences between the analyzed Resolutions, among them the prohibition of descriptive writing, the requirement for a theoretical framework to support professional reasoning, and the obligation to return documents. Concern with the principles that guide document elaboration stands out, responding to a political scenario of major setbacks regarding respect for human rights and minorities.(AU)


Las resoluciones que expide el Sistema Conselhos consisten en instrumentos fundamentales que guían y promueven prácticas éticas respecto a la calidad técnica en el ejercicio profesional de la Psicología. Dada la complejidad que implica la elaboración de documentos psicológicos, esta investigación tuvo como objetivo identificar los principales cambios observados en la Resolución CFP n.º 006/2019, de reciente publicación, en comparación con la Resolución CFP n.º 007/2003, ambas abordan la elaboración de documentos psicológicos. Se trata de una investigación descriptiva-comparativa con enfoque cualitativo, que utilizó el análisis de contenido en el tratamiento e interpretación de datos de fuente exclusivamente documental. Los resultados indicaron pocas diferencias cualitativas entre los marcos resolutivos (aunque el logro de prohibir los escritos descriptivos es muy relevante), la exigencia de un marco teórico para sostener el razonamiento profesional y la devolución obligatoria de los documentos. Entre los hallazgos que cobran notoriedad está la preocupación por los principios que rigen la elaboración de documentos, cuya presentación tautológica responde a un escenario político de retrocesos que ha favorecido la falta de respeto a los derechos humanos y las minorías.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Guias como Assunto , Diagnóstico , Prova Pericial , Organização e Administração , Equipe de Assistência ao Paciente , Satisfação Pessoal , Fenômenos Psicológicos , Psicologia , Publicações , Qualidade da Assistência à Saúde , Qualidade de Vida , Comportamento Sexual , Classe Social , Valores Sociais , Transexualidade , Revelação da Verdade , Orientação Vocacional , Trabalho , Redação , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Políticas, Planejamento e Administração em Saúde , Cooperação Técnica , Atestado de Saúde , Atitude do Pessoal de Saúde , Registros , Classificação Internacional de Doenças , Diretório , Carga de Trabalho , Direitos Civis , Negociação , Comunicação , Artigo de Jornal , Vocabulário Controlado , Declarações , Publicação Governamental , Má Conduta Profissional , Autonomia Pessoal , Normas Jurídicas , Conselhos de Saúde , Denúncia de Irregularidades , Códigos de Ética , Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais , Grupos Raciais , Documentação , Acordos de Cooperação Científica e Tecnológica , Domínios Científicos , Ética na Publicação Científica , Publicações Científicas e Técnicas , Publicações de Divulgação Científica , Humanização da Assistência , Acolhimento , Ética Profissional , Prazo de Validade de Produtos , Relatório de Pesquisa , Participação Social , Escrita Médica , Confiabilidade dos Dados , Profissionalismo , Controle de Formulários e Registros , Ciência na Literatura , Estratégias de eSaúde , Sociedade Civil , Angústia Psicológica , Assistência de Saúde Universal , Intervenção Psicossocial , Cidadania , Análise Documental , Condições de Trabalho , Escrita Manual , Ciências Humanas , Idioma
17.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - enfermagem (Brasil) | ID: biblio-1518461

RESUMO

Objetivo: compreender as percepções dos acompanhantes que aguardam notícias de seus entes queridos que estão em cirurgia, sobre a utilização da música como estratégia para promover saúde no hospital. Método: estudo descritivo, exploratório, qualitativo, fundamentado nos pressupostos teóricos da Promoção da Saúde, com a participação de 15 acompanhantes que aguardavam notícias de seus entes queridos em uma sala de espera no ambiente hospital. Realizaram-se entrevistas semiestruturadas e os dados foram organizados e analisados conforme análise de conteúdo. Resultados: os participantes destacaram algumas possibilidades para promover saúde na sala de espera de cirurgia do hospital, como a música, a qual proporciona distração da realidade preocupante, felicidade, vida, alegria, esperança, sensações boas, ânimo e tranquilidade. Considerações finais: a música destaca-se como tecnologia para promover saúde, despertando sentimentos positivos durante as intervenções musicais no hospital. Portanto, faz-se necessário ampliar a discussão e utilização da música como estratégia para promover saúde no âmbito hospitalar


Objective: to evaluate the user's access from the reception process in a Psychosocial Care Center. Method: qualitative case study, based on the Fourth Generation Assessment. Data collection took place in 2019, through methods of document analysis, participant observation and interviews based on the Hermeneutic-Dialectical Circle. Ten users, ten family members and nine service professionals participated in the research. For data analysis, the Constant Comparative Method was used. Results: the service provides resolute and fast reception, which can reduce psychiatric hospitalizations. It identified the need to break out of outpatient actions in the service, review the user embracement and access process at CAPS and the implementation of permanent education spaces. Conclusion: the contributions of this research can support workers and managers to reduce barriers to access and to effect care in specialized and strategic services such as CAPS


Objetivo: evaluar el acceso del usuario desde el proceso de acogida en un Centro de Atención Psicosocial. Método: estudio de caso cualitativo, basado en la Evaluación de Cuarta Generación. La recolección de datos ocurrió en 2019, a través de métodos de análisis de documentos, observación participante y entrevistas basadas en el Círculo Hermenéutico-Dialéctico. Participaron de la investigación diez usuarios, diez familiares y nueve profesionales del servicio. Para el análisis de los datos se utilizó el Método Comparativo Constante. Resultados: el servicio proporciona una recepción resolutiva y rápida, lo que puede reducir las hospitalizaciones psiquiátricas. Identificó la necesidad de romper con las acciones ambulatorias en el servicio, revisar el proceso de acogida y acceso de los usuarios en los CAPS y la implementación de espacios de educación permanente. Conclusión: los aportes de esta investigación pueden apoyar a los trabajadores y gestores a reducir las barreras de acceso y efectuar la atención en servicios especializados y estratégicos como los CAPS


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Saúde Mental , Acolhimento , Acessibilidade aos Serviços de Saúde , Atenção à Saúde , Reabilitação Psiquiátrica
18.
Trab. Educ. Saúde (Online) ; 21: e02128222, 2023.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1509226

RESUMO

Resumo: Este estudo objetivou identificar estratégias adotadas por profissionais atuantes na atenção básica à saúde, em um município da região Sul do Brasil, e analisar suas percepções sobre fatores dificultadores e facilitadores no cuidado a pessoas com necessidades decorrentes do uso de substâncias. Tratou-se de um estudo de abordagem predominantemente qualitativa. A amostra foi composta por 32 participantes para a obtenção de dados quantitativos e 11 para a coleta de dados qualitativos. Os dados foram analisados por meio da Análise de Conteúdo Temático-Categorial, mediante o uso do software NVivo 12. Os dados indicaram que as principais estratégias e fatores facilitadores foram o atendimento a demandas espontâneas, visita domiciliar, a família e o acolhimento. Em nível de intervenção, evidenciou-se a articulação dos serviços e redes de apoio, o matriciamento, o vínculo e a multidisciplinaridade e interprofissionalidade como possibilidades e potencialidades nos processos de trabalho. Quanto aos fatores dificultadores, verificou-se excesso de demandas, fragilidade de vínculo, estigma e preconceito, baixa adesão, centralização dos serviços, insuficiência de formação profissional, ausência de matriciamento, hegemonia do modelo biomédico e institucionalizante, e divergência entre políticas e práticas de cuidado. Espera-se que esses resultados possam contribuir para a formulação e efetivação de políticas e práticas de cuidado às pessoas que usam drogas.


Abstract: This study aimed to identify strategies adopted by professionals working in basic health care, in a municipality in the southern region of Brazil, and to analyze their perceptions about factors that are difficult and facilitating in caring for people with needs arising from the use of substances. This was a study with a predominantly qualitative approach. The sample consisted of 32 participants for quantitative data collection and 11 for qualitative data collection. The data were analyzed by means of the Thematic-Categorial Content Analysis, using the NVivo 12 software. The data indicated that the main facilitating strategies and factors were the attendance to spontaneous demands, home visits, family and reception. At the level of intervention, the articulation of support services and networks, matrix support, bond and multidisciplinarity and interprofessionality were evidenced as possibilities and potentialities in the work processes. As for the difficulty factors, there were excessive demands, fragility of bonds, stigma and prejudice, low adherence, centralization of services, insufficient professional training, lack of a matrix support, hegemony of the biomedical and institutionalized model, and divergence between care policies and practices. These results are expected to contribute to the formulation and implementation of policies and care practices for people who use drugs.


Resumen: El objetivo de este estudio fue identificar estrategias adoptadas por los profesionales que trabajan en la atención básica de salud, en un municipio de la región sur de Brasil, y analizar sus percepciones sobre factores facilitadores y dificultadores en el cuidado de personas con necesidades derivadas del uso de sustancias. Fue un estudio con un enfoque predominantemente cualitativo. La muestra estuvo conformada por 32 participantes para la recolección de datos cuantitativos y 11 para la recolección de datos cualitativos. Los datos fueron analizados mediante el Análisis de Contenido Temático-Categórico, utilizando el software NVivo 12. Los datos indicaron que las principales estrategias y factores facilitadores fueron la asistencia a demandas espontáneas, visita domiciliar, familia y acogida. A nivel de intervención, se evidenció la articulación de servicios y redes de apoyo, matriciamento, vínculo y multidisciplinariedad e interprofesionalidad como posibilidades y potencialidades en los procesos de trabajo. En cuanto a los factores dificultadores, hubo exceso de demandas, fragilidad de los vínculos, estigma y prejuicio, baja adherencia, centralización de los servicios, insuficiente formación profesional, falta de matriciamento, hegemonía del modelo biomédico y de institucionalización, divergencia entre políticas y prácticas de cuidado. Se espera que estos resultados contribuyan a la formulación e implementación de políticas y prácticas de cuidado para las personas que usan drogas.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Atenção Primária à Saúde , Percepção Social , Pessoal de Saúde/psicologia , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/terapia , Reabilitação Psiquiátrica , Equipe de Assistência ao Paciente , Brasil , Entrevistas como Assunto , Inquéritos e Questionários/estatística & dados numéricos , Pesquisa Qualitativa , Acolhimento , Análise Documental , Apoio Familiar , Visita Domiciliar
19.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 57(spe): e20220448, 2023. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - enfermagem (Brasil) | ID: biblio-1507347

RESUMO

ABSTRACT Objective: To understand the factors interfering in the living conditions (health) of black immigrant women. Therefore, we sought to know the sociodemographic profile, the reasons that led them to immigration, the embracement provided in the country, the presence of post-immigration illness, and the type of disease. Method: Quali-quantitative, cross-sectional study, carried out between March and October 2018, in the city of São Paulo-Brazil, with 33 black immigrant women. Data were obtained through interviews, guided by a semi-structured questionnaire. The responses were analyzed using the Discourse of the Collective Subject technique. Results: Findings showed that 69% of the immigrants studied came from Angola, 45% feel discriminated against, 45.6% report post-immigration illness, with emotional issues being highlighted. Conclusion: The need to organize an internal agenda to serve similar groups is acknowledged, an essential attribution to the nation that aims to receive people, a commitment that refers to the promotion of means to embrace, aggregate, and incorporate people as citizens.


RESUMEN Objetivo: Aprehender los factores que interfieren en las condiciones de vida (salud) de las mujeres negras inmigrantes. Para ello se buscó conocer el perfil sociodemográfico, los motivos que las llevaron a la inmigración, la acogida recibida en el país, la presencia de enfermedades post-inmigración y el tipo de enfermedad. Método: Estudio cuali-cuantitativo, transversal, realizado entre marzo y octubre de 2018, en la ciudad de São Paulo-Brasil, con 33 mujeres negras inmigrantes. Los datos fueron obtenidos a través de entrevistas, guiadas por un cuestionario semiestructurado. Las respuestas fueron analizadas mediante la técnica del Discurso del Sujeto Colectivo. Resultados: Entre los hallazgos, se observó que el 69% de los inmigrantes estudiados procedían de Angola, el 45% se siente discriminado, el 45,6% relata enfermedad post-migración, destacándose cuestiones emocionales. Conclusión: Se reconoce la necesidad de organizar una agenda interna para atender a grupos similares. Atribución esencial a la nación que se propone recibir, compromiso que se refiere a la promoción de medios para acoger, agregar e incorporar a las personas como ciudadanos.


RESUMO Objetivo: Apreender os fatores que interferem nas condições de vida (saúde) de mulheres negras imigrantes. Para tanto, buscou-se conhecer o perfil sociodemográfico, os motivos que as levaram à imigração, o acolhimento recebido no país, a presença de adoecimento pós-imigração e a tipologia da doença. Método: Estudo qualiquantitativo, transversal, realizado no período entre março e outubro de 2018, no município de São Paulo-Brasil, com 33 mulheres negras imigrantes. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas, norteadas por um questionário semiestruturado. As respostas foram analisadas atendendo à técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados: Dentre os achados, observou-se que 69% das imigrantes estudadas vieram de Angola, 45% sentem-se discriminadas, 45,6% relatam adoecimento pós imigração, destacando-se as questões emocionais. Conclusão: Reconhece-se a necessidade de organizar uma agenda interna para atender a grupos semelhantes, atribuição essencial à nação que se propõe a receber, compromisso que remete à promoção de meios para acolher, agregar e incorporar as pessoas como cidadãs.


Assuntos
Saúde da Mulher , População Negra , Migração Humana , Acolhimento
20.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 31(1): e31010210, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1430132

RESUMO

Resumo Introdução Os Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) foram criados como parte do processo de reforma psiquiátrica. Objetivo O objetivo deste estudo foi avaliar a influência das assembleias realizadas no Centro de Atenção Psicossocial CAPS II de Boa Vista (RR) na humanização em saúde mental. Método Esta pesquisa qualitativa avaliou 10 indivíduos dentre os 22 que preencheram os critérios de inclusão. O estudo utilizou a técnica de análise de conteúdo e um roteiro de entrevista contendo 07 perguntas abertas sobre a efetivação da humanização em meio à realização de assembleias. Resultados A relação paciente, profissional e gestor melhorou após a realização das assembleias. Quanto ao trabalho desenvolvido pela gestão, os participantes atribuíram organização e humanização. O trabalho da equipe profissional foi considerado excelente pela maioria dos entrevistados, e o CAPS atua de forma humanizada no atendimento à pessoa em sofrimento psíquico. Conclusão As assembleias influenciaram a humanização em saúde mental em face das mudanças de comportamento e relacionamento propiciadas pelo vínculo que se fez presente durante as mencionadas reuniões, tangenciando assim para lógica da reforma psiquiátrica e substituição de práticas hospitalocêntricas com vistas na ressocialização dos indivíduos e familiares.


Abstract Background The Psychosocial Care Center was created as part of the psychiatric reform process. Objective The objective of this study was to evaluate the influence of the assemblies held at the CAPS II Psychosocial Care Center of Boa Vista RR on the humanization of mental health. Method This qualitative study evaluated 10 individuals from the 22 who met the inclusion criteria. The study used a content analysis methodology applying an interview script containing 7 open questions regarding the effectiveness of humanization in the context of the assemblies. Results The relationship between patient, professional and manager improved after the assemblies were held. Regarding the work undertaken by the management, participants highlighted the organization and humanization. The work of the professional team was considered excellent by most of the interviewees and the CAPS acts in a humanized way when assisting people in psychological distress. Conclusion The assemblies influenced the humanization of mental health in the face of behavioural changes through the relationship established during the aforementioned meetings. This reflected the logic of psychiatric reform and the substitution of hospital-centered practices with the re-socialization of individuals and families.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Assistência à Saúde Mental , Angústia Psicológica , Serviços de Saúde Mental , Entrevistas como Assunto , Acolhimento , Inclusão Social
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA