Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 360
Filtrar
2.
Psicol. ciênc. prof ; 44: e257416, 2024. ilus
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1558740

RESUMO

O câncer é uma doença crônico-degenerativa, que tem como uma de suas principais características a capacidade de invadir tecidos e órgãos do corpo, favorecendo o crescimento desordenado de células. É uma doença que impacta fortemente a pessoa enferma e todos à sua volta, incluindo sua família e seus amigos. A partir desse cenário, este trabalho visou compreender a visão da criança e o impacto emocional sofrido diante do diagnóstico de câncer da mãe. Buscou-se avaliar, a partir de ferramentas lúdicas e do desenho-estória, o entendimento da criança em relação ao processo de adoecimento materno, tomando como base o referencial psicanalítico para reconhecer como ela lidou com a situação. Participaram desta pesquisa uma mulher de 39 anos com diagnóstico de câncer em remissão e seu filho de 9 anos. Os resultados demonstraram que o adoecimento materno causou impactos emocionais significativos e assustadores para o infante, gerando fantasias irreais relacionadas ao câncer e a si próprio. Dessa forma, considera-se de fundamental importância o cuidado estendido aos familiares do indivíduo doente, a fim de que se tenha um olhar a todos que sofrem diante desse contexto.(AU)


Cancer is a chronic-degenerative disease that has as one of its main characteristics the ability to invade tissues and organs of the body, favoring the disordered cell growth. It is a disease that strongly impacts the sick person and everyone around them, including their family and friends. Based on this scenario, this work aimed to understand the child's view and the emotional impact suffered in the face of the mother's cancer diagnosis. It sought to evaluate, with ludic tools and drawing history, the child's understanding about the mother's illness process, based on the psychoanalytic framework to recognize how they deal with the situation. A 39-year-old woman diagnosed with cancer, in remission, and her 9-year-old son participated in this research. The results showed that the maternal illness caused significant and frightening emotional impacts for the infant, creating unrealistic fantasies related to cancer and to himself. Thus, the care extended to the sick individual's family and to the relatives is considered of fundamental importance, to give a complete care for all those who suffer in this context.(AU)


El cáncer es una enfermedad crónico-degenerativa, que tiene como una de sus principales características la capacidad de invadir tejidos y órganos, favoreciendo un crecimiento desordenado de las células. Enfermedades como esta impactan fuertemente a la persona que está enferma y a todos los que la rodean, incluidos familiares y amigos. Considerando esta situación, este estudio tuvo como objetivo comprender la percepción de un niño y el impacto emocional que sufrió ante el diagnóstico del cáncer vivido por su madre. Se pretendió evaluar, utilizando herramientas lúdicas y de dibujo-cuento, la comprensión del niño al proceso de enfermedad materna, buscando reconocer cómo el niño manejó este proceso a partir del referencial teórico psicoanalítico. En esta investigación participaron una mujer de 39 años diagnosticada de cáncer en remisión y su hijo de 9 años. Los resultados mostraron que los impactos emocionales de la enfermedad materna fueron significativos y aterradores para el infante, generando fantasías irreales relacionadas con el cáncer y él mismo. De esta forma, el cuidado extendido a la familia del individuo que está enfrentando esta enfermedad es importante para promover una atención integral a quienes la padecen en este contexto.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adulto , Jogos e Brinquedos , Desenho , Romances Gráficos como Assunto , Angústia Psicológica , Mães , Neoplasias , Ansiedade , Ansiedade de Separação , Dor , Transtornos Paranoides , Pais , Comportamento Paterno , Patologia , Defesa Perceptiva , Personalidade , Ludoterapia , Psicanálise , Terapia Psicanalítica , Psicologia , Psicoterapia , Qualidade de Vida , Reabilitação , Autoimagem , Transtornos Somatoformes , Sublimação Psicológica , Simbiose , Terapêutica , Análise Transacional , Inconsciente Psicológico , Neoplasias da Mama , Luto , Adaptação Psicológica , Aceitação pelo Paciente de Cuidados de Saúde , Cura Homeopática , Cuidado da Criança , Educação Infantil , Sintomas Psíquicos , Doença Crônica , Fatores de Risco , Poder Familiar , Transtorno de Pânico , Entrevista , Comunicação , Conflito Psicológico , Criatividade , Afeto , Choro , Morte , Mecanismos de Defesa , Depressão , Diagnóstico , Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos , Ego , Emoções , Prevenção de Doenças , Acolhimento , Existencialismo , Relações Familiares , Detecção Precoce de Câncer , Medo , Esperança , Ajustamento Emocional , Fobia Social , Cooperação e Adesão ao Tratamento , Associação Livre , Separação da Família , Frustração , Assistência ao Paciente , Comprometimento Cognitivo Relacionado à Quimioterapia , Distanciamento Físico , Genética , Expectativa de Vida Saudável , Apoio Familiar , Desenvolvimento Psicológico , Capacidades de Enfrentamento , Culpa , Felicidade , Hospitalização , Imaginação , Sistema Imunitário , Individuação , Acontecimentos que Mudam a Vida , Solidão , Privação Materna , Oncologia , Medicina , Relações Mãe-Filho , Negativismo , Regressão Neoplásica Espontânea
4.
5.
RECIIS (Online) ; 17(4): 924-937, out.-dez. 2023.
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-1532356

RESUMO

Deborah Lupton é uma renomada acadêmica, cuja trajetória trouxe grandes contribuições para os estudos da sociologia digital e das dimensões socioculturais da medicina e da saúde pública. Em entrevista à Reciis, Lupton comenta sobre um dos principais desafios da contemporaneidade -a desinformação e as fake news- por meio da sociologia digital e aborda as perspectivas socioculturais do risco a partir do lançamento da terceira edição de seu livro Risk, em que traz um capítulo inédito sobre as problemáticas envolvendo o risco e a disseminação de desinformação durante a pandemia de covid-19. Com comentários sobre os cenários australiano e brasileiro, Lupton discorre sobre a questão do anticientificismo, do negacionismo e do papel ocasionado por governos populistas no combate à doença. Por fim, ela discorre sobre as potencialidades dos métodos criativos para os estudos qualitativos, especialmente naqueles que buscam entender as racionalidades, as lógicas e os sentimentos das pessoas


Deborah Lupton is a renowned academic whose research has made significant contributions to the field of digital sociology and the sociocultural dimensions of medicine and public health. In an interview with Reciis, Lupton discusses one of the main contemporary challenges - misinformation and fake news - through the lens of digital sociology and addresses the sociocultural perspectives of risk based on the release of the third edition of her book Risk. In this edition, she includes a new chapter on the issues related to risk and the spread of misinformation during the COVID-19 pandemic. With comments on the Australian and Brazilian scenarios, Lupton delves into the issues of anti-science, denialism, and the role played by populist governments in combating the disease. Finally, she explores the potential of creative methods in qualitative studies, especially those that seek to understand people's rationalities, logics, and feelings


Deborah Lupton es una académica de renombre, cuya trayectoria ha aportado grandes contribuciones a los estudios de sociología digital y a las dimensiones socioculturales de la medicina y la salud pública. En una entrevista con Reciis, Lupton comenta uno de los principales desafíos contemporáneos - la desinformación y las noticias falsas -, a través de la sociología digital, y aborda las perspectivas socioculturales del riesgo a partir del lanzamiento de la tercera edición de su libro Risk, en el que incluye un capítulo inédito sobre los problemas relacionados con el riesgo y la difusión de desinformación durante la pandemia de covid-19. Con comentarios sobre las situaciones en Australia y Brasil, Lupton habla sobre la cuestión del anticientificismo, el negacionismo y el papel desempeñado por los gobiernos populistas en la lucha contra la enfermedad. Finalmente, ella reflexiona sobre las posibilidades de los métodos creativos en los estudios cualitativos, especialmente en aquellos que buscan comprender las racionalidades, lógicas y sentimientos de las personas.


Assuntos
Humanos , COVID-19 , Desinformação , Risco , Entrevista , Disseminação de Informação , Mídias Sociais
6.
Med. infant ; 30(4): 346-357, Diciembre 2023. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS, UNISALUD, BINACIS | ID: biblio-1524214

RESUMO

La Atención farmacéutica (AF) ayuda a los pacientes a alcanzar objetivos terapéuticos reduciendo los problemas relacionados al medicamento (PRM). Objetivos: analizar los PRM en la práctica de la AF a pacientes con inmunodeficiencia adquirida (IDA) y/o tuberculosis (TBC) y evaluar su impacto. Método: estudio, descriptivo, observacional, en el área ambulatoria de Farmacia. Se incluyeron pacientes con IDA y/o TBC con: inicio de tratamiento, polifarmacia, reinternaciones frecuentes, regular/mala adherencia, reacciones adversas a medicamentos (RAM) previas y/o comorbilidades. Se entrevistaron pacientes o cuidadores y se registraron PRM, errores, grados de adherencia y conocimiento farmacoterapéutico, retiro oportuno de medicamentos y parámetros clínicos. Se registró la intervención farmacéutica y entregó material educativo. Se repitieron las mediciones en una segunda entrevista. Resultados: Se estudiaron 54 pacientes (28 con IDA y 26 con TBC). Se realizaron 93 intervenciones (29.9% dirigidas al prescriptor, 27.8% a otros profesionales) y se detectaron 8 RAM y 53 errores (28 IDA y 25 TBC), el principal PRM fue la mala/regular adherencia con bajo porcentaje de conocimiento farmacoterapéutico completo. Después de la AF, en IDA el grado de adherencia tuvo una mejora estadísticamente significativa (p= 0.012), también fue significativa la mejora en el retiro oportuno de la medicación (28.6% a 71.4% p=0.005 IDA). Se obtuvieron resultados favorables de carga viral (CV) en 72% pacientes con IDA y aumento de peso en 92% pacientes con TBC, aunque no fueron estadísticamente significativos. Conclusiones: mediante AF se mejoró la adherencia y la comunicación en pacientes pediátricos con IDA y/o TBC (AU)


Pharmacovigilance (PV) helps patients achieve therapeutic goals by reducing drug-related problems (DRP). Objectives: to analyze DRPs in the practice of PV in patients with acquired immunodeficiency (AIDS) and/or tuberculosis (TB) and to evaluate its impact. Methods: A descriptive, observational study was conducted in the outpatient pharmacy area. Patients with AIDS and/or TB with: treatment initiation, polypharmacy, frequent readmissions, regular/poor adherence, previous adverse drug reactions (ADR) and/or comorbidities were included. Patients or caregivers were interviewed, and DRP, errors, adherence and pharmacotherapeutic knowledge, timely drug withdrawal, and clinical parameters were recorded. The pharmaceutical intervention was recorded and educational material was delivered. Measurements were repeated in a second interview. Results: We studied 54 patients (28 with AIDS and 26 with TB). Ninety-three interventions were performed (29.9% addressed to the drug prescriber, 27.8% to other professionals) and 8 ADRs and 53 errors were detected (28 AIDS and 25 TB). The main DRP was poor/regular adherence together with a low level of complete pharmacotherapeutic knowledge. After PV, in patients with AIDS the degree of adherence statistically significantly improved (p= 0.012). The improvement in timely medication withdrawal was also significant (28.6% vs. 71.4% p=0.005 AID). Favorable viral load results were obtained in 72% of patients with AIDS and weight gain in 92% of patients with TB, although they were not statistically significant. Conclusions: PV improved adherence and communication in pediatric patients with AIDS and/or TB (AU)


Assuntos
Humanos , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Ambulatório Hospitalar , Tuberculose/tratamento farmacológico , Síndrome da Imunodeficiência Adquirida/tratamento farmacológico , Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos , Farmacovigilância , Cooperação e Adesão ao Tratamento , Hospitais Pediátricos , Erros de Medicação , Epidemiologia Descritiva , Entrevista
7.
Psico USF ; 28(4): 669-683, Oct.-Dec. 2023. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1529171

RESUMO

Este estudo teve o objetivo de adaptar o Conflict Resolution Styles Inventory (CRSI) para o contexto brasileiro e investigar se este apresenta evidências de adequabilidade psicométrica. No Estudo 1 foi desenvolvida a versão brasileira e, posteriormente, foram analisadas evidências de validade de conteúdo por meio da análise de juízes (N = 4 avaliadores especialistas) e adequação semântica em um estudo piloto com adolescentes (N = 15). No Estudo 2, verificamos as propriedades psicométricas do CRSI em uma amostra de adolescentes (N = 276), reunindo evidências de validade de estrutura interna e precisão. Finalmente, no Estudo 3, foram investigadas evidências adicionais de estrutura interna e precisão do CRSI em uma nova amostra (N = 224). Os resultados demonstraram que o CRSI reúne evidências de validade com base no conteúdo, na estrutura interna e de precisão, podendo ser usado para avaliar as estratégias de resolução de conflitos que adolescentes brasileiros utilizam nas discordâncias com seus pais, possibilitando seu uso em pesquisas sobre esse tema.(AU)


This study adapted the Conflict Resolution Styles Inventory (CRSI) for the Brazilian context and assessed its psychometric adequacy. In Study 1, the Brazilian version was developed and content validity was analyzed by experts (N = 4) with semantic adequacy assessed in a pilot study with adolescents (N = 15). In Study 2, psychometric properties were examined in a sample of adolescents (N = 276), providing evidence of internal validity and reliability. Study 3 further investigated evidence of internal validity and reliability in a new sample (N = 224). Results indicated that the CRSI exhibits content validity, internal validity, and reliability, making it suitable for assessing conflict resolution strategies employed by Brazilian adolescents in disagreements with their parents, enabling its use in related research.(AU)


Este estudio tuvo como objetivo adaptar el Conflict Resolution Styles Inventory (CRSI) al contexto brasileño y verificar si presenta evidencias de adecuación psicométrica. En el Estudio 1, se desarrolló la versión brasileña y, posteriormente, se analizaron las evidencias de validez de contenido a través del análisis de jueces (N = 4 evaluadores expertos) y de adecuación semántica en un estudio piloto con adolescentes (N = 15). En el Estudio 2, verificamos las propiedades psicométricas del CRSI en una muestra de adolescentes (N = 276), recogiendo evidencias de validez interna y precisión. Finalmente, en el Estudio 3, se investigó evidencias adicionales de la validez interna y precisión del CRSI en una nueva muestra (N = 224). Los resultados mostraron que el CRSI reúne evidencias de validez de contenido, validez interna y precisión, y puede ser utilizado para evaluar las estrategias de resolución de conflictos utilizadas por adolescentes brasileños en desacuerdos con sus padres, lo que permite su uso en investigaciones sobre este tema.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Relações Pais-Filho , Conflito Familiar/psicologia , Relações Familiares/psicologia , Psicometria , Semântica , Traduções , Projetos Piloto , Comparação Transcultural , Reprodutibilidade dos Testes , Análise Fatorial , Entrevista , Correlação de Dados , Fatores Sociodemográficos
8.
RECIIS (Online) ; 17(3): 682-695, jul.-set. 2023.
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-1517774

RESUMO

Em entrevista à Reciis, a médica sanitarista Lucia Souto conta como seu trabalho em medicina comunitária a motivou à pesquisa científica, a fim de compreender as desigualdades que persistem no Brasil. Atuante em diversos movimentos populares e conferências nacionais voltadas à área da saúde, a pesquisadora faz um panorama sobre a trajetória das conferências nacionais de saúde, particularmente da 8ª à 17ª, realizada neste ano de 2023. Considera que houve um aumento da participação popular na garantia do direito à saúde. A sanitarista afirma que uma sociedade democrática não pode existir sem uma popularização radical dos meios de comunicação e informação, nos quais se manifeste uma pluralidade de vozes e uma ecologia dos saberes. Lucia Souto é chefe da Assessoria de Participação Social e Diversidade do Ministério da Saúde


In an interview with Reciis, public health physician Lucia Souto tells how her work in community medicine motivated her to pursue scientific research to understand the persistent Brazilian inequalities. Active in several popular movements and national conferences focused on health, the researcher provides an overview of the trajectory of national health conferences, particularly from the 8th to the 17th held this year (2023). She considers that there has been an increased popular participation in the guarantee of the right to health. The public health expert states that a democratic society cannot exist without a radical popularization of the means of communication and information, in which a plurality of voices and an ecology of knowledge are manifested. Lucia Souto is head of the Social Participation and Diversity Advisory Office at the Ministry of Health


En una entrevista con Reciis, la médica sanitarista Lucia Souto cuenta cómo su trabajo en medicina comunitaria la motivó a realizar investigaciones científicas para comprender las persistentes desigualdades brasileñas. Activa en varios movimientos populares y congresos nacionales centrados en la salud, la investigadora ofrece un panorama de la trayectoria de los congresos nacionales de salud, en particular del 8° al 17° celebrado este año (2023). Considera que ha habido una mayor participación popular en la garantía del derecho a la salud. El experto en salud pública afirma que no puede existir una sociedad democrática sin una popularización radical de los medios de comunicación e información, en la que se manifiesten una pluralidad de voces y una ecología de conocimientos. Lucia Souto es jefa de la Asesoría de Participación Social y Diversidad del Ministerio de Salud


Assuntos
Humanos , Fatores Socioeconômicos , Entrevista , Pesquisadores , Serviços de Saúde Escolar , Direito Sanitário
9.
Psicol. teor. prát ; 25(3): 15159, 10 jul. 2023.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1451184

RESUMO

From a critical perspective that considers the social involvement of emotions and ways of subjectivation, this article aims to explore the experiences of women who had endured physical violence in an intimate relationship. Specifically, the focus is on how the feelings, effects and emotions were configured and manifested in the process of entering, maintaining, and leaving a violent heterosexual relationship. A multiple case study was carried out through interviews with five women. The material was transcribed and initially analyzed by two researchers separately. Next, the cases were debated seeking their singularities and similarities, considering an analysis through gender dispositifs. In the discussion developed in this article, observations on the following topics were addressed: 1) Narcissistic satisfaction of being chosen and special; 2) Forms of violence; 3) Mobilized Effects; 4) "The love of my life": the idealization of romantic love; and 5) The decentering of romantic love and the entry of the "third party": possible ways out.


Sob uma perspectiva crítica que considera as emoções e os caminhos de subjetivação como socialmente implicados, o presente artigo teve por objetivo investigar os sentimentos, afetos e emoções vivenciados por mulheres que sofreram violência física em relacionamento íntimo, como eles se configuram e se ma-nifestam na inserção, manutenção e saída de um relacionamento violento heterossexual. Foi realizado um estudo de casos múltiplos por meio de entrevistas com cinco mulheres. O material foi transcrito e anali-sado por duas pesquisadoras, primeiramente de forma separada. Depois, em conjunto, os casos foram debatidos buscando suas singularidades e semelhanças, levando-se em conta uma análise por meio dos dispositivos de gênero. Na discussão desenvolvida neste artigo, foram abordadas observações sobre os seguintes temas: 1) Satisfação narcísica de ser escolhida e especial; 2) Formas de violência; 3) Afetos Mo-bilizados; 4) "O amor da minha vida": idealização do amor romântico; e 5) O descentramento do amor romântico e a entrada do "terceiro": possíveis vias de saída.


Partiendo de una perspectiva crítica que considera las emociones y formas de subjetivación como social-mente involucradas, el presente artículo tuvo como objetivo investigar los sentimientos, afectos y emo-ciones vividas por mujeres que han sufrido violencia física en una relación íntima, cómo se configuran y manifiestan en el ingreso, mantener y salir de una relación heterosexual violenta. Se realizó un estudio de caso múltiple a través de entrevistas a cinco mujeres. El material fue transcrito y analizado por dos inves-tigadores, primero por separado. Luego, en conjunto, se debatieron los casos buscando sus singularidades y similitudes, teniendo en cuenta un análisis a través de dispositivos de género. En la discusión desarrollada en este artículo, se abordaron observaciones sobre los siguientes temas: 1) La satisfacción narcisista de ser elegido y especial; 2) Formas de violencia; 3) Afecciones Movilizadas; 4) "El amor de mi vida": idealización del amor romántico; y 5) El descentramiento del amor romántico y la entrada del "tercero": salidas posibles.


Assuntos
Humanos , Feminino , Violência contra a Mulher , Entrevista , Violência Doméstica , Emoções , Relações Familiares , Violência por Parceiro Íntimo
10.
Rev. Costarric. psicol ; 42(1): 143-157, ene.-jun. 2023. graf
Artigo em Espanhol | LILACS, SaludCR | ID: biblio-1559033

RESUMO

Resumen La presente investigación, sobre el sistema familiar y participación social en mujeres campesinas adultas, tuvo por objetivo describir la participación social en el marco sistémico familiar de mujeres adultas en contexto rural. El estudio empleó metodología cualitativa, con un enfoque fenomenológico, considerando un muestreo no probabilístico de tipo intencionado a partir de cinco entrevistas semiestructuradas a mujeres adultas campesinas de las comunas de Mulchén y Parral. El análisis de datos se desarrolló con base en un análisis de contenido que refleja las dimensiones de la experiencia y observación de campo como las características del contexto más importantes. Los resultados obtenidos se visualizan a través de las categorías de sistema familiar, actividad de mujeres campesinas y participación social, elementos que dan cuenta de vínculo e intereses en común, como también roles culturales y funciones establecidas y no establecidas.


Abstract This study on family systems and social participation in rural adult women had the objective of describing social participation in the family systemic framework of adult women in a rural context. The study used a qualitative methodology, based on a phenomenological approach, considering a non-probabilistic, purposive sampling from 5 semi-structured interviews with rural adult women from the communes of Mulchén and Parral. The data analysis was carried out based on a content analysis that reflects the dimensions of the experience and field observation as the most important characteristics of the context. The results obtained are visualized through the categories of family system, rural women's activity and social participation, elements that account for common ties and interests, as well as cultural roles and established and non-established functions.


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , População Rural , Participação Social/psicologia , Chile , Estudos de Amostragem , Entrevista
11.
Rev. Costarric. psicol ; 42(1): 81-96, ene.-jun. 2023.
Artigo em Espanhol | LILACS, SaludCR | ID: biblio-1559029

RESUMO

Resumen El Servicio Mejor Niñez es un organismo público que tiene como objetivo garantizar la protección de derechos de niños, niñas y adolescentes al amparo de la Ley N.º 21302. En los últimos años, se ha visto cuestionado tanto por la opinión pública como por organismos internacionales, por incumplimiento de las funciones para la cual se creó. En esta línea, el objetivo de esta investigación se centró en la percepción de los profesionales interventores sobre la vulneración de derechos sobre niños, niñas y adolescentes en la zona centro-sur de Chile. Estas personas son profesionales en Psicología y Trabajo Social que durante años han trabajado en programas de protección de vulneración de derechos, y han desempeñado un rol protector en cuanto a la protección de estos derechos. Para ello, se utilizó un método cualitativo basado en un enfoque fenomenológico, a partir de entrevistas que permitieron conocer los significados y percepciones sobre su ejercicio profesional. Los resultados destacan la visión opuesta y extrema de los profesionales sobre el proceso de intervención (satisfactoria y frustrante), así como la diversidad de modelos o enfoques utilizados en el proceso, lo que parece indicar que no existe una sistematización teórica en cuanto a la intervención que cada programa utiliza. Se estableció una reflexión importante sobre la ejecución de políticas en infancia y adolescencia que buscan promover el desarrollo integral en el marco postpandemia por COVID-19, considerando que muchas personas menores de edad se vieron nuevamente expuestas a vulneraciones de derechos durante el proceso de pandemia.


Abstract The Childhood Improvement Service is a public agency whose objective is to guarantee protection of the rights of children and adolescents with respect to the enactment of Law No. 21302. This has been questioned in recent years by both public opinion and international organizations, in relation to a failure to fulfill the functions for which it was created. In this sense, the objective of this research focused on the perception of professionals involved in children's and adolescents' rights in the central-south zone of Chile. The professionals are psychologists and social workers who have worked to protect the rights circumscribing the different types of interventions and multidisciplinary approaches carried out. For this purpose, a qualitative method was used in phase with a phenomenological approach, based on interviews that allowed ascertaining the meanings and perceptions regarding their professional practice. The results highlight the opposed and extreme views of the professionals in the intervention process (satisfactory versus frustrating), as well as the diversity of models or approaches used in the process, which seems to indicate that there is no theoretical systematization regarding the intervention applied by each program. Establishing an important reflection on the implementation of policies in childhood and adolescence that seek to promote integral development in the post-Covid-19 Pandemic framework.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Defesa da Criança e do Adolescente , Estudo sobre Vulnerabilidade , Chile , Entrevista , COVID-19
12.
Biomédica (Bogotá) ; 43(1): 69-82, mar. 2023. tab, graf
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1533921

RESUMO

Introducción. La investigación cualitativa busca comprender el sentido y la perspectiva de los individuos e indaga teniendo en cuenta el contexto. Este paradigma permite la interpretación y el estudio de los fenómenos desde su propia complejidad. En salud pública, la investigación cualitativa ha ganado terreno, pues permite estudiar aspectos subjetivos del proceso salud-enfermedad. Objetivo. Describir y analizar las investigaciones cualitativas en temas de salud pública publicadas en revistas colombianas entre el 2011 y el 2021. Materiales y métodos. Se llevó a cabo un estudio descriptivo sobre las investigaciones cualitativas en salud pública publicadas en revistas colombianas entre el 2011 y el 2021. Resultados. Se incluyeron 81 artículos. La revista con mayor cantidad de publicaciones fue la Revista de Salud Pública (44,4 %). El año con mayor producción correspondió al 2019 y el principal diseño fue la teoría fundamentada (17,3 %). En el 79 % de los artículos, las mujeres fueron el autor principal y la enfermería constituyó la profesión más frecuente de formación de pregrado. El tema más frecuente fue el VIH/sida (12,3 %), seguido por el cáncer (11,1%). En el 24,6 % de los estudios, se utilizó un software para el análisis. Conclusiones. Las investigaciones cualitativas en salud pública han tenido una dinámica variable en la producción científica entre el 2011 y el 2021. Pese a sus bondades, la adopción de programas informáticos para el análisis cualitativo es escasa. La enfermería se destaca como el área que concentra la mayor cantidad de estudios cualitativos en salud pública con aportes en temáticas como COVID-19 y VIH/sida.


Introduction: Qualitative research seeks to understand the meaning and perspective of individuals and investigates considering the context. This paradigm allows the interpretation and study of phenomena from their own complexity. In public health, qualitative research has gained ground, as it allows the study of subjective aspects of the health-disease process. Objective: To describe and analyze qualitative research on health issues published in Colombian journals between 2011 and 2021. Materials and methods: A descriptive study on qualitative health research published in Colombian journals between 2011 and 2021 was carried out. Results: Eighty-one articles were included. The journal with the highest number of publications was the Revista de Salud Pública (44.4%). The year with the highest production corresponded to 2019 and the main design was the fundamental theory (17.3%). In 79% of the articles, women were the main author and nursing was the most frequent profession of undergraduate training. The most frequent topic was HIV/AIDS (12.3%), followed by cancer (11.1%). In 24.6% of the studies, a software was used for the analysis. Conclusions: Qualitative research in public health has had a variable dynamic in scientific production between 2011 and 2021. Despite its benefits, the adoption of computer programs for qualitative analysis is rare. Nursing stands out as the area that concentrates the largest number of qualitative studies in public health with contributions on topics such as COVID-19 and HIV/AIDS.


Assuntos
Saúde Pública , Pesquisa Qualitativa , Artigo de Revista , Entrevista , Colômbia , Publicação Periódica
13.
Memorandum ; 40: [1-20], mar. 2023.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1527302

RESUMO

Na Psicologia, a centralidade da escuta se apresenta como uma questão epistemológica e prática, sendo discutida no âmbito da psicologia fenomenológica e, enquanto escuta suspensiva, como dispositivo que dispara e desenvolve a entrevista como sua chave operativa. Trata-se de uma articulação teórica na perspectiva da fenomenologia clássica de Edmund Husserl, que exige considerara esfera transcendental e a antropologia resultante das reduções intersubjetivas realizadas pelo fundador da fenomenologia. Para a Psicologia, explicita a relação inerente entre pessoa e cultura, tema que coloca em questão os objetos e o modo de fazer pesquisa empírico-fenomenológica, bem como consequências para a clínica. Os resultados equivalem a uma sequência de análises fenomenológicas, partindo das análises preliminares da entrevista e da escuta, em seus momentos hiléticos e noéticos. A escuta suspensiva é operada como encontro de horizontes de expectativa, indicando sua complexidade e especificidades de sua execução.


The centrality of listening to Psychology is presented as an epistemological and practical issue, being discussed within the scope of phenomenological psycho-logy and, as suspensive listening, as an operational device that, like a key, triggers and develops the interview. It is a theoretical articulation from the perspective of classical phenomenology by Edmund Husserl, which demands considering the transcendental sphere and the anthropology resulting from the intersubjective reductions carried out by the founder of phenomenology. For Psychology, it explains the inherent relationship between person and culture, a theme that puts objects in question and the way of doing empirical-phenomenological re-search, as well as consequences for the clinical psychology. The results are equivalent to a sequence of phenomenological analyses, starting with the preliminary analyses of the interview and listening, in its hiletic and noetic moments. Suspensive listening is operated as a meeting of horizons of expectation, indicating its complexity and specificities of its execution.


Assuntos
Entrevista
14.
Psicol. teor. prát ; 25(2): 15398, 23/02/2023.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1436612

RESUMO

Com o objetivo de investigar os efeitos das medidas de restrição da pandemia de COVID-19 na saúde física e mental, nove mulheres adultas participaram de entrevistas individuais, em profundidade, virtuais, a partir de roteiro semiestruturado. A análise de conteúdo das entrevistas gerou cinco núcleos temáticos: 1) Sensações, emoções e reações intensificadas, retratando sentimentos e emoções decorrentes da pandemia; 2) Mudança de rotina no trabalho: home office, abordando a transição do trabalho presencial para o trabalho remoto em casa; 3) Intensificando relações, evidenciando os efeitos nas relações familiares 4) Comer emocional, comer saudável, apontando a reorganização nas formas de comer e 5) Enfrentamento à pandemia, quando são indicadas as principais estratégias adotadas. A necessidade de reorganização abrupta da realidade, o medo de contaminação e adoecimento e a imprevisibilidade do fim da pandemia impactou a saúde psicológica das participantes. O exercício físico se revelou como importante estratégia de manutenção da saúde mental.


Aiming to investigate the effects of COVID-19 pandemic restriction measures on physical and mental health nine adult women were interviewed individually, in remote format, following a semi-structured script, which aimed to gather an in depth view of their thoughts. The content analysis of the interviews resulted in five thematic nuclei: 1) Intensified sensations, emotions, and reactions, portraying emotions resulting from the pandemic; 2) Change of work routine: home office, addressing the transition from face-to-face work to remote work at home; 3) Intensifying relationships, highlighting the effects on family relationships; 4) Emotional eating, healthy eating, evidencing the reorganization of the foodways; and 5) Dealing with the pandemic, when strategies adopted were reported. The need for an abrupt reorganization of reality, the fear of contamination and illness, and the unpredictability of the end of the pandemic impacted the participants' psychological health. Physical exercise proved to be an important strategy for maintaining mental health.


Con el objetivo de investigar los efectos de medidas de restricción de la pandemia de COVID-19 en la salud física y mental, nueve mujeres adultas participaron de entrevistas semiestructuradas, en profundidad. Del análisis de contenido, surgieron cinco núcleos temáticos: 1) Sensaciones, emociones y reacciones intensificadas, retratando sentimientos y emociones productos de la pandemia; 2) Cambio de rutina laboral: oficina en casa, abordando la transición del trabajo presencial para home office ; 3) Intensificando las relaciones, destacando el impacto en las relaciones familiares; 4) Comer emocional, comer sano, señalando la reorganización en las maneras de comer y 5) Hacer frente a la pandemia, cuando informan las estrategias adoptadas. La necesidad de una reorganización abrupta de la realidad, el miedo a la contaminación y la enfermedad, y la imprevisibilidad del fin de la pandemia impactaron la salud psicológica de las participantes. El ejercicio físico resultó ser una estrategia importante para mantener la salud mental.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Isolamento Social , Saúde Mental , Comportamento Alimentar , COVID-19 , Mulheres , Trabalho , Exercício Físico , Entrevista , Relações Interpessoais
15.
REME rev. min. enferm ; 27: 1508, jan.-2023.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1526585

RESUMO

Objetivo: compreender as percepções maternas acerca do diagnóstico de Síndrome de Down (SD) de seus filhos quando crianças. Método: estudo exploratório-descritivo com abordagem qualitativa realizado com 9 mães de crianças com SD em um hospital público de nível terciário no município de São Paulo. A coleta dos dados ocorreu por meio de entrevistas individuais e semiestruturadas, guiadas por roteiro de tópicos. Os dados foram analisados por meio da análise temática de conteúdo e à luz dos princípios de ancoragem e objetivação da Teoria das Representações Sociais. Resultados: Os dados foram analisados e emergiram duas categorias principais: 1) as percepções maternas em relação à comunicação do diagnóstico de SD do filho; e 2) as percepções maternas acerca do impacto do diagnóstico de SD do filho, com subcategorias interligadas. Conclusão: constatou-se manejo predominantemente inadequado dos profissionais ao comunicarem o diagnóstico de SD, o que potencializou as reações emocionais de sofrimento, que não se restringiram ao momento da notícia. As reações podem ser amenizadas ou potencializadas com a vivência da maternagem e com interações familiares, sociais e com profissionais de saúde.(AU)


Objective: to understand maternal perceptions about the diagnosis of Down Syndrome (DS) of their children as children. Method: Exploratory-descriptive study with a qualitative approach carried out with 9 mothers of children with DS in a tertiary public hospital in the city of São Paulo. Data collection took place through individual and semi-structured interviews, guided by a script of topics. Data were analyzed using thematic content analysis and considering the principles of anchoring and objectification of the Theory of Social Representations. Results: data were analyzed, and two main categories emerged: 1) maternal perceptions regarding communication of the child's DS diagnosis; and 2) maternal perceptions about the impact of the child's DS diagnosis, with interconnected subcategories. Conclusion: There was predominantly inadequate management by professionals when communicating the diagnosis of DS, which potentiated the emotional reactions of suffering, which were not restricted to the moment of the news. Reactions can be mitigated or enhanced with the experience of motherhood and with family and social interactions and with health professionals.(AU)


Objetivo: comprender las percepciones maternas sobre el diagnóstico del niño con Síndrome de Down (SD). Método: estudio exploratorio-descriptivo con enfoque cualitativo, realizado con madres de niños con SD, en un hospital público de tercer nivel, en el municipio de São Paulo. La recolección se realizó a través de entrevistas individuales y semiestructuradas, regidas por un guión de temas. Los datos fueron analizados mediante análisis temático de contenido y a la luz de los principios de anclaje y objetivación de la Teoría de las Representaciones Sociales. Resultados: participaron 9 madres de niños con SD. Los datos se analizaron y surgieron dos categorías principales: 1) Percepciones maternas sobre la comunicación del diagnóstico de SD del hijo, y 2) Percepciones maternas sobre el impacto del diagnóstico de SD del hijo, con subcategorías interconectadas. Conclusión: se constató manejo predominantemente inadecuado de los profesionales en la comunicación del diagnóstico de SD, lo que potenció las reacciones emocionales de sufrimiento, que no se restringieron al momento de la noticia. Las reacciones se pueden mitigar o mejorar con la experiencia de la maternidad, las interacciones con los miembros de la familia, los profesionales de la salud y sociales.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto , Síndrome de Down/diagnóstico , Relações Mãe-Filho , Síndrome de Down/enfermagem , Entrevista , Pesquisa Qualitativa , Comportamento Materno/psicologia
16.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e254483, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1440795

RESUMO

Compreender as estratégias de resolução de conflitos utilizadas por adolescentes na relação com seus pais é fundamental para entender como ocorre seu desenvolvimento saudável. Este artigo investigou a resolução de conflitos de adolescentes em situações de confronto entre o seu domínio pessoal e o controle parental. 36 adolescentes com idades entre 15 e 17 anos, divididos igualmente conforme o sexo, responderam a uma entrevista semiestruturada, que continha quatro situações de conflito hipotéticas. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo semântica e a testes não paramétricos. Os resultados foram categorizados em sete estratégias: Assunção de culpa, Submissão, Mentira, Hostilidade, Diálogo/Explicação, Negociação e Outra. A forma predominante de resolução utilizada foi o Diálogo/Explicação, considerada como uma forma recorrente de defender o domínio pessoal. Foram encontradas diferenças em relação ao sexo dos participantes e à situação hipotética. Por fim, os resultados são discutidos em termos de grau de autonomia e tipo de defesa do domínio pessoal.(AU)


Understanding the conflict resolution strategies used by adolescents in their relationship with their parents is fundamental to understanding how their healthy development occurs. This article investigated the resolution of conflicts by adolescents in confrontation situations between their personal domain and parental control. A total of 36 adolescents, aged 15 to 17 years, divided equally according to sex, answered a semi-structured interview that contained four hypothetical conflict situations. Data were subjected to semantic content analysis and non-parametric tests. The results were categorized into seven strategies: Assumption of Guilt, Submission, Lie, Hostility, Dialogue/Explanation, Negotiation, and Other. The predominant form of resolution used was Dialogue/Explanation, considered a recurrent form of defense of the personal domain. Differences were found depending on the participants' gender and the hypothetical situation. Finally, the results are discussed regarding the degree of autonomy and type of defense of the personal domain.(AU)


Enterarse de las estrategias de resolución de conflictos que los adolescentes utilizan en la relación con sus padres es fundamental para comprender cómo ocurre el desarrollo saludable de los adolescentes. A partir de una entrevista semiestructurada, presentamos cuatro situaciones hipotéticas de conflicto que fueron analizadas y respondidas por 36 adolescentes de entre 15 y 17 años, divididos según el género. Los datos se sometieron a un análisis de contenido semántico y a pruebas no paramétricas. Los resultados se categorizaron en siete estrategias de resolución de conflictos: Asunción de culpa, Sumisión, Mentira, Hostilidad, Diálogo/Explicación, Negociación y Otros. La forma de resolución más utilizada fue Diálogo/Explicación, y esta categoría fue una forma de defensa del dominio personal. Asimismo, se encontraron diferencias en función del género de los participantes y conforme la situación hipotética. Los resultados se discuten en términos de grado de autonomía y tipo de defensa del dominio personal.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adolescente , Negociação , Conflito Familiar , Ansiedade , Orientação , Relações Pais-Filho , Satisfação Pessoal , Personalidade , Desenvolvimento da Personalidade , Atenção Primária à Saúde , Psicologia , Psicologia Social , Desenvolvimento Psicossexual , Psicoterapia , Política Pública , Qualidade de Vida , Papel (figurativo) , Sexo , Autoritarismo , Transtornos do Comportamento Social , Mudança Social , Predomínio Social , Meio Social , Socialização , Estereotipagem , Estresse Psicológico , Aprendizagem da Esquiva , Tabu , Temperamento , Temperança , Violência , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Escolha da Profissão , Atitude , Defesa da Criança e do Adolescente , Proteção da Criança , Comportamento de Escolha , Saúde Mental , Puberdade , Comportamento do Adolescente , Poder Familiar , Relação entre Gerações , Codependência Psicológica , Entrevista , Comunicação , Assistência Integral à Saúde , Privacidade , Adulto , Sexualidade , Transtorno da Conduta , Retroalimentação Psicológica , Revelação , Comportamento Perigoso , Ética Baseada em Princípios , Tomada de Decisões , Redução do Dano , Desenvolvimento Moral , Dissidências e Disputas , Confiança , Amigos , Desenvolvimento do Adolescente , Desenvolvimento Sexual , Dominação-Subordinação , Educação , Escolaridade , Ego , Emoções , Reação de Fuga , Medo , Inteligência Emocional , Senso de Coerência , Perdão , Fatores de Proteção , Normas Sociais , Ajustamento Emocional , Consumo de Álcool por Menores , Influência dos Pares , Tratamento Conservador , Perfeccionismo , Uso do Telefone Celular , Incivilidade , Autogestão , Etnocentrismo , Liberdade , Frustração , Angústia Psicológica , Integração Social , Empoderamento , Modelo Transteórico , Desinformação , Coesão Social , Cidadania , Terapia Gestalt , Apoio Familiar , Bem-Estar Psicológico , Culpa , Felicidade , Hormônios , Hostilidade , Desenvolvimento Humano , Direitos Humanos , Crise de Identidade , Individuação , Delinquência Juvenil , Ira , Atividades de Lazer , Acontecimentos que Mudam a Vida , Solidão , Amor , Enganação , Princípios Morais , Narcisismo , Apego ao Objeto
17.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e250825, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1448939

RESUMO

As identidades transmasculinas ganharam visibilidade social e acadêmica no Brasil a partir de 2010, contudo, as questões subjetivas dos homens trans ainda são pouco debatidas, em particular temas associados aos relacionamentos afetivos na experiência desses sujeitos. Este estudo qualitativo tem por objetivo identificar as percepções e expectativas dos homens trans acerca dos relacionamentos afetivo-sexuais no cenário pós-transição de gênero. Participaram da pesquisa 15 homens transexuais hormonizados, com idades entre 20 e 41 anos. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista semiestruturada nas modalidades presencial e on-line. Empregou-se análise temática reflexiva, que resultou em dois temas analíticos. Os resultados apontam que os homens trans, ao contrário de suas expectativas iniciais, percebem que tiveram menos oportunidades de relacionamentos afetivo-sexuais depois de sua transição de gênero. Os participantes atribuem essa dificuldade especialmente ao fato de não terem se submetido à cirurgia de redesignação sexual. O desconforto é acentuado por sua materialidade corpórea divergente da cisnormatividade, sistema regulador que associa pessoas pertencentes ao gênero masculino à presença de um pênis. Outra fonte de desconforto é o repúdio social, que alimenta a abjeção, exotização e fetichização dos corpos transmasculinos. Também são descritas as especificidades do relacionamento dos homens trans com mulheres cisgênero, heterossexuais e lésbicas. Os resultados evidenciam que a fixação persistente no genital, como referente e signo determinante do gênero e da sexualidade, modula e regula a busca e o encontro de parceira(o) íntima(o).(AU)


Transmasculine identities have gained social and academic visibility in Brazil since 2010, but subjective issues, especially those associated with affective relationships, are still little discussed. This qualitative study sought to identify trans men's perceptions and expectations regarding post-transition affective-sexual relationships. A total of 15 transsexual men undergoing hormone therapy, aged between 20 and 41 years, participated in the research. Data were collected by means of in-person and online semi-structured interviews and analysed using reflexive thematic analysis, which resulted in two analytical themes. Results show that trans men, differently from their initial expectations, perceive fewer opportunities for affective-sexual relationships after their gender transition. The participants attribute this difficulty, especially, to the fact that they have not undergone sexual reassignment surgery. Discomfort isaccentuated by their bodily materiality diverging from cisnormativity, the regulatory system that associates people belonging to the male gender with the presence of a penis. Another source of discomfort is the social repudiation, which reinforces the abjection, exoticization, and fetishization of transmasculine bodies. The specifics of trans men's relationships with cisgender, heterosexual, and lesbian women are also described. The results show that the persistent fixation on the genital, as a referent and determinant sign of gender and sexuality, modulates and regulates the search for and encounter of intimate partners.(AU)


Las identidades transmasculinas han ganado visibilidad social y académica en Brasil desde 2010, sin embargo, las cuestiones subjetivas de los hombres trans son aún poco discutidas, en particular las cuestiones asociadas a las relaciones afectivas en la experiencia de estos sujetos. Este estudio cualitativo tiene como objetivo identificar las percepciones y expectativas de los hombres trans sobre las relaciones afectivo-sexuales después de la transición de género. Participaron en la investigación 15 hombres transexuales hormonados, de edades comprendidas entre los 20 y los 41 años. La recopilación de datos se realizó mediante una entrevista semiestructurada en las modalidades presencial y en línea. Se realizó un análisis temático reflexivo, que dio como resultado dos temas analíticos. Los resultados muestran que los hombres trans, al contrario de sus expectativas iniciales, perciben que han tenido menos oportunidades de relaciones afectivo-sexuales después de su transición de género. Los participantes atribuyen esta dificultad especialmente al hecho de no haberse sometido a cirugía de reasignación sexual. La incomodidad se acentúa por su materialidad corpórea divergente de la cisnormatividad, un sistema normativo según el cual las personas pertenecientes al género masculino deben tener pene. Otra fuente de malestar es el repudio social, que alimenta la abyección, la exotización y la fetichización de los cuerpos transmasculinos. También se describen las especificidades de las relaciones de los hombres trans con las mujeres heterosexuales, cisgénero y lesbianas. Los resultados muestran que la persistente fijación en los genitales, como referente y signo determinante del género y la sexualidad, modula y regula la búsqueda y el encuentro de parejas íntimas.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Adulto Jovem , Transexualidade , Casamento , Cônjuges , Pessoas Transgênero , Identidade de Gênero , Desenvolvimento da Personalidade , Preconceito , Psicologia , Psicologia Social , Desenvolvimento Psicossexual , Autocuidado , Autoimagem , Comportamento Sexual , Hormônios Esteroides Gonadais , Pessoa Solteira , Identificação Social , Problemas Sociais , Sociologia , Voz , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Imagem Corporal , Bissexualidade , Família , Homossexualidade , Saúde Mental , Inquéritos e Questionários , Direitos Civis , Mamoplastia , Estado Civil , Entrevista , Coito , Homossexualidade Feminina , Afeto , Acesso à Informação , Atenção à Saúde , Ego , Literatura Erótica , Saúde de Gênero , Acolhimento , Fenômenos Reprodutivos Fisiológicos , Masculinidade , Saúde Reprodutiva , Saúde Sexual , Homofobia , Pessimismo , Disforia de Gênero , Violência de Gênero , Ativismo Político , Diversidade de Gênero , Monossexualidade , Pessoas Cisgênero , Binarismo de Gênero , Estereotipagem de Gênero , Performatividade de Gênero , Necessidades Específicas do Gênero , Esgotamento Psicológico , Tristeza , Respeito , Insatisfação Corporal , Angústia Psicológica , Pessoas Intersexuais , Comparação Social , Inclusão Social , Equidade de Gênero , Papel de Gênero , Minorias Desiguais em Saúde e Populações Vulneráveis , Política de Saúde , Direitos Humanos , Identificação Psicológica , Crise de Identidade , Individuação , Introversão Psicológica
18.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e248273, 2023. tab
Artigo em Inglês | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1431123

RESUMO

The Component Model of Parenting (CMP), from an evolutionary perspective, proposes a phylogenetically evolved repertoire of six systems (body contact, body stimulation, face-to-face exchange, object stimulation, and primary care) and two parenting styles (distal and proximal) by combining some of these systems. We developed the Inventory of Parenting Systems and Styles (ISEP) and applied it to hospitals and schools to analyze its psychometric properties. The parenting measure analysis we propose evolved 70 primary caregivers of young children with a mean age of 22.44 months. ISEP consists of 26 daily situations and assesses the most common parenting practices caregivers adopted in each one of them. Besides, we created a Coding Guide to Parenting Practice. It enabled us to classify each response according to the CMP systems. We found a variance of 84.67% and 95.55% in codification agreement between expert judges and a significant intraclass correlation coefficient for all parenting systems, which discloses validity evidence on the response process of the inventory. Our analyses indicated the occurrence of all parental systems, with a prevalence of narrative envelope and body stimulation. Cluster analysis revealed two clusters, one formed by proximal style and another by distal style, in accordance with the interactions of the system, representing a validity of evidence based on the internal structure of the instrument. ISEP provides reasonable measures for research and professional practice in Psychology. Further research with more extensive and diverse samples is necessary to refine the instrument and, especially its guide.(AU)


O Modelo de Componentes da Parentalidade (MCP) da perspectiva evolucionista propõe seis sistemas - contato corporal, estimulação corporal, contato face a face, estimulação por objeto, envelope narrativo e cuidado primário - universais e filogeneticamente evoluídos, e dois estilos parentais - distal e proximal - oriundos da combinação de alguns desses sistemas. Para analisar propriedades psicométricas de uma medida de parentalidade, o Inventário de Sistemas e Estilos Parentais (ISEP) foi aplicado em contexto escolar e hospitalar, em 70 cuidadores primários de crianças com idade média de 24,44 meses. O ISEP, construído para este estudo, apresenta 26 situações cotidianas e solicita que cuidadores indiquem a prática parental mais comumente adotada em cada uma delas, e cada resposta foi classificada em um dos sistemas do MCP por um Guia de Codificação de Práticas Parentais. A concordância entre juízes com a codificação variou entre 84,67% e 95,55%, e os coeficientes de correlação intraclasse foram significativos para todos os sistemas de parentalidade, representando uma evidência de validade por processo de resposta do inventário. As análises indicaram a ocorrência de todos os sistemas parentais, com predominância de envelope narrativo e estimulação corporal. Uma análise de cluster formou dois conglomerados, um derivando o estilo proximal e outro o estilo distal, de acordo com a interação entre os sistemas, constituindo uma evidência de validade baseada na estrutura interna do instrumento. O ISEP mostrou ser uma medida promissora para a pesquisa e a prática profissional em Psicologia. Outras pesquisas com amostras mais amplas e diversificadas são necessárias para refinamento do instrumento e do guia.(AU)


El Modelo Componencial del Parentaje (MCP), desde una perspectiva evolutiva, propone seis sistemas (contacto corporal, estimulación corporal, contacto cara a cara, estimulación con objetos, envoltura narrativa y atención primaria), universales y filogenéticamente evolucionados, así como dos estilos parentales (distal y proximal) que se originan combinando algunos de ellos. Para analizar las propiedades psicométricas de una medida parental, se aplicó el Inventario de Estilos y Sistemas de Crianza (ISEP), en el contexto escolar y hospitalario, a 70 cuidadores primarios de niños con una edad media de 24,44 meses. El ISEP fue construido para el presente estudio, presenta 26 situaciones cotidianas y crianza los cuidadores deben indicar la práctica parental más común adoptada en cada una de ellas. Una Guía de Codificación de Prácticas Parentales permite clasificar cada respuesta en uno de los sistemas del MCP. La concordancia entre los jueces con la codificación varió entre 84,67% y 95,55% y los coeficientes de inter-correlación en todos los sistemas parentales fueron significativos, evidenciando su validez por el proceso de respuesta al inventario. Los análisis indicaron la ocurrencia de todos los sistemas parentales, con predominio de envoltura narrativa y estimulación corporal. Un análisis de clusters formó dos conglomerados, derivando el estilo proximal y el estilo distal, según la interacción entre los sistemas, constituyendo evidencia de validez basada en la estructura interna del instrumento. El ISEP demostró ser una medida valida y fiable para la investigación y la práctica profesional en Psicología. Se necesita más investigación con muestras más grandes y diversificadas para perfeccionar el instrumento.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Lactente , Pré-Escolar , Psicometria , Criança , Poder Familiar , Relações Pais-Filho , Percepção , Personalidade , Desenvolvimento da Personalidade , Aptidão , Jogos e Brinquedos , Fenômenos Psicológicos , Psicologia , Descanso , Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade , Mudança Social , Meio Social , Ciências Sociais , Sociologia , Comportamento , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Terapia Comportamental , Ciências do Comportamento , Behaviorismo , Custódia da Criança , Adaptação Psicológica , Atitude , Caráter , Cuidado da Criança , Desenvolvimento Infantil , Orientação Infantil , Linguagem Infantil , Educação Infantil , Proteção da Criança , Higiene , Saúde da Criança , Competência Mental , Cuidadores , Entrevista , Comunicação , Corpo Humano , Assistência Integral à Saúde , Vida , Manifestações Neurocomportamentais , Disciplinas e Atividades Comportamentais , Choro , Cultura , Início da Vida Humana , Crescimento e Desenvolvimento , Educação não Profissionalizante , Emoções , Acolhimento , Estudos Populacionais em Saúde Pública , Estudos de Avaliação como Assunto , Face , Expressão Facial , Nutrição da Criança , Relações Familiares , Fantasia , Dieta Saudável , Sobrevivência , Análise de Dados , Funcionamento Psicossocial , Representação Social , Esforço de Escuta , Desenvolvimento Humano , Imaginação , Renda , Individualidade , Inteligência , Aprendizagem , Atividades de Lazer , Acontecimentos que Mudam a Vida , Memória , Atividade Motora
19.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e244202, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1431126

RESUMO

O objeto de estudo deste trabalho é a atuação de psicólogas(os) no campo da educação básica. Tivemos como objetivo investigar as práticas de atuação e os desafios enfrentados pelas(os) psicólogas(os) que trabalham na educação em Boa Vista (RR), com intuito de conhecer a inserção desses profissionais no sistema educacional. Trata-se de pesquisa qualitativa, orientada pelo referencial teórico-metodológico da Psicologia Escolar Crítica. Realizamos o processo de levantamento dos dados entre os meses de março e abril de 2018, por meio de entrevistas semiestruturadas, audiogravadas e transcritas. Encontramos 21 psicólogas e um psicólogo trabalhando em instituições educacionais e de ensino na cidade; a maioria atuava na educação básica; metade dos entrevistados ingressou por concurso público e a outra metade era contratada e comissionada; poucos(as) foram contratados(as) como psicólogos(as) escolares. Para a análise, selecionamos dez psicólogas(os) com mais tempo no cargo. Quanto às práticas de atuação, identificamos que 60% atuavam na modalidade clínica e 40% na modalidade clínica e institucional. Como desafios, encontramos melhoria das condições de trabalho; estabelecimento de relações hierárquicas e a dificuldade de fazer compreender as especificidades desse campo de trabalho; necessidade na melhoria das condições para formação continuada; atuação da(o) psicóloga(o) escolar enquanto ação institucional. Diante do exposto, compreendemos ser necessária uma mudança de paradigma na atuação das(os) psicólogas(os) que trabalham na educação na região, e a apropriação das discussões da área, principalmente, aquelas apresentadas pela Psicologia Escolar Crítica, vez que esta contribui para uma atuação que leve em conta os determinantes sociais, políticos, culturais e pedagógicos que constituem o processo de escolarização.(AU)


This work has as object of study the role of psychologists in the field of Basic Education. We aimed to investigate practices and challenges faced by psychologists who work in education in Boa Vista/RR, to know the insertion of these professionals in the educational system. This is a qualitative research, guided by the theoretical-methodological framework of Critical School Psychology. The data collection process was carried out between March and April 2018, with semi-structured, audio-recorded, and transcribed interviews. We found 21 female psychologists and one male psychologist working in educational institutions in the municipality; most worked in Basic Education; half of the interviewees had applied to work as government employee and the other half were hired and commissioned; few were hired as school psychologists. To carry out the analysis, we selected ten psychologists with more time in the position. Regarding the practices, we have identified that 60% worked in the clinical modality and 40% in the clinical and institutional modality. As challenges, we find the improvement in working conditions; the establishment of hierarchical relationships and the difficulty of making the specificities of this field of work understood; the need to improve conditions for continuing education; the practice of the school psychologist as institutional action. In view of the above, we understand that a paradigm shift in the performance of psychologists working in education in that region is necessary, and the appropriation of discussions in the area, especially those presented by Critical School Psychology, contributes to an action that considers social, political, cultural, and pedagogical determinants that constitute the schooling process.(AU)


Este trabajo tiene como objeto de estudio la actuación profesional de las(os) psicólogas(os) en la educación básica. Su objetivo es investigar las prácticas y retos que enfrentan las(os) psicólogas(os) que trabajan en la educación en Boa Vista, en Roraima (Brasil), con la intención de conocer la inserción de estos profesionales en el sistema educativo. Esta es una investigación cualitativa que se guía por el marco teórico-metodológico de la Psicología Escolar Crítica. Se recopilaron los datos entre los meses de marzo y abril de 2018, mediante entrevistas semiestructuradas, grabadas en audio y después transcritas. Las 21 psicólogas y un psicólogo trabajan en instituciones educativas de la ciudad; la mayoría trabajaba en la educación básica; la mitad de los entrevistados ingresaron mediante concurso público y la otra mitad era contratada y de puesto comisionado; pocos fueron contratados como psicólogos escolares. Para el análisis, se seleccionaron diez psicólogas(os) con más tiempo en el cargo. Con respecto a las prácticas, el 60% trabajaba en la modalidad clínica; y el 40%, en la modalidad clínica e institucional. Los retos son mejora de las condiciones laborales; establecimiento de relaciones jerárquicas y dificultad para comprender las especificidades de este campo de trabajo; necesidad de mejorar las condiciones para la educación continua; y actuación dela (del) psicóloga(o) escolar como acción institucional. En vista de lo anterior, es necesario el cambio de paradigma en la práctica profesional de las(os) psicólogas(os) que trabajan en la educación de la región y la apropiación de las discusiones del área, especialmente las presentadas por la Psicología Escolar Crítica, que contribuye a una acción que tiene en cuenta los determinantes sociales, políticos, culturales y pedagógicos que constituyen el proceso de escolarización.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Psicologia Educacional , Instituições Acadêmicas , Ensino Fundamental e Médio , Patologia , Aptidão , Jogos e Brinquedos , Ludoterapia , Preconceito , Psicologia , Psicologia Aplicada , Psicologia Clínica , Desempenho Psicomotor , Política Pública , Qualidade de Vida , Ensino de Recuperação , Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade , Serviços de Saúde Escolar , Transtorno Autístico , Ajustamento Social , Mudança Social , Meio Social , Isolamento Social , Valores Sociais , Socialização , Evasão Escolar , Estudantes , Condições Patológicas, Sinais e Sintomas , Análise e Desempenho de Tarefas , Pensamento , Baixo Rendimento Escolar , Comportamento , Inclusão Escolar , Mentores , Adaptação Psicológica , Família , Defesa da Criança e do Adolescente , Deficiências do Desenvolvimento , Orientação Infantil , Educação Infantil , Saúde Mental , Saúde da Criança , Competência Mental , Setor Público , Guias de Prática Clínica como Assunto , Pessoas com Deficiência , Entrevista , Cognição , Comunicação , Transtornos da Comunicação , Aprendizagem Baseada em Problemas , Participação da Comunidade , Disciplinas e Atividades Comportamentais , Aconselhamento , Criatividade , Crescimento e Desenvolvimento , Dislexia , Educação de Pessoa com Deficiência Intelectual , Educação Inclusiva , Avaliação Educacional , Escolaridade , Projetos , Ética Institucional , Tecnologia da Informação , Docentes , Resiliência Psicológica , Fenômenos Fisiológicos Musculoesqueléticos e Neurais , Bullying , Medicalização , Transtornos do Neurodesenvolvimento , Fracasso Acadêmico , Serviços de Saúde Mental Escolar , Funcionamento Psicossocial , Vulnerabilidade Social , Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde , Saúde Holística , Desenvolvimento Humano , Direitos Humanos , Individualidade , Inteligência , Relações Interpessoais , Aprendizagem , Deficiências da Aprendizagem , Anamnese , Memória , Transtornos Mentais , Motivação
20.
Rev. bioét. (Impr.) ; 31: e3292PT, 2023.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1449527

RESUMO

Resumo Esta pesquisa busca avaliar o nível de conhecimento de acadêmicos e docentes do curso de medicina quanto à aplicabilidade do testamento vital, às decisões sobre finitude de vida e ao conceito de morte digna. Foi realizada pesquisa qualitativa, por meio de entrevista semiestruturada, com dez acadêmicos e cinco docentes de uma universidade do Sul do Brasil. Os dados foram obtidos por meio de análise do discurso e classificados nas seguintes categorias: conhecimento e aplicabilidade do testamento vital; visão do processo de finitude e morte digna; e o limiar entre a visão do médico e a autonomia do paciente. As conclusões reforçam a necessidade de difusão desse conhecimento para benefício do paciente e atitudes éticas amparadas legalmente por parte dos médicos.


Abstract This qualitative study evaluates the level of academic and faculty knowledge in a medicine program regarding the living will and its applicability, end-of-life decision making, and the concept of dignified death. Semistructured interviews were conducted with ten scholars and five professors from a university in southern Brazil. Data were obtained by discourse analysis and classified in the following categories: knowledge and applicability of living wills; view of the end-of-life process and dignified death; and the limits between the physician's duty and patient autonomy. In conclusion, this knowledge required greater dissemination to benefit patients and legally supported ethical attitudes.


Resumen Esta investigación pretende evaluar el nivel de conocimiento de los académicos y docentes de medicina con respecto a la aplicabilidad del testamento vital, a las decisiones sobre el fin de la vida y al concepto de muerte digna. La investigación cualitativa se realizó mediante entrevistas semiestructuradas con diez académicos y cinco docentes de una universidad en el Sur de Brasil. Los datos se obtuvieron del análisis del discurso y se clasificaron en las siguientes categorías: conocimiento y aplicabilidad del testamento vital; visión del proceso de fin de la vida y muerte digna; y umbral entre la visión del médico y la autonomía del paciente. Las conclusiones refuerzan la necesidad de difundir este conocimiento en beneficio del paciente y las actitudes éticas legalmente apoyadas por los médicos.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Bioética , Cuidados Paliativos na Terminalidade da Vida , Entrevista , Pesquisa Qualitativa , Avaliação Educacional , Medicina Paliativa
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA