Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

BVS - Literatura Científico-Técnica

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Perfil da leishmaniose cutânea americana na Amazônia Sul-Ocidental brasileira: uma abordagem multivariada / American cutaneous leishmaniasis profile in a Brazilian Southwestern Amazonia: a multivariate approach / Perfil de la leishmaniasis cutanea americana en la Amazonia Sul-occidental brasileña: un enfoque multivariado

Ribeiro, Mateus Duarte; Ferraudo, Antonio Sergio; Andrade, Mônica de.
Rev. epidemiol. controle infecç; 8(4): 401-408, out.-dez. 2018. ilus
Português | LILACS | ID: biblio-1010380
Justificativa e

Objetivos:

A Leishmaniose Cutânea Americana (LCA) é uma doença de cadeia de transmissão complexa sujeita a diversos determinantes, em uma mesma região. Este estudo teve como objetivo analisar o comportamento e determinar o perfil epidemiológico da LCA em uma região da Amazônia Sul-ocidental utilizando técnicas de análises multivariadas.

Métodos:

Utilizou-se as informações do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), 2001 a 2010,para o estado do Acre e técnicas de análises de agrupamento hierárquico e de componentes principais.

Resultados:

Foram analisados um total de 10.984 casos de LCA e discriminados três grupos. O primeiro grupo se destacou por apresentar maior porcentagem de indivíduos do sexo feminino, com predominância da forma clínica mucosa, idade até 20 anos, que residiam e trabalhavam em áreas rurais e florestais; o segundo grupo foi discriminado por agrupar indivíduos do sexo masculino, com forma clínica cutânea, idade superior a 40 anos de idade, que residiam e trabalhavam em áreas urbanas; o terceiro grupo foi constituído por indivíduos do sexo masculino, forma clínica cutânea, idades entre 20 e 40 anos, que residiam e trabalhavam em áreas rurais.

Conclusão:

Há evidências que para cada tipo de transmissão de LCA florestal, urbano e rural, exista um perfil epidemiológico correspondente e as técnicas de análises multivariadas foram eficientes em destacar o comportamento da LCArelacionando-os ao perfil dos indivíduos acometidos.(AU)
Biblioteca responsável: BR1314.1