Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

BVS - Literatura Científico-Técnica

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Desenvolvimento de ferramenta de dimensionamento das equipes de enfermagem para unidades de terapia intensiva / Development of nursing team sizing tool for intensive care units

Mulet Quiñones, Angela Mercedes.
Rio de Janeiro; s.n; 20190000. 112 p. tab, ilus.
Português | LILACS | ID: biblio-1026513

Objetivo:

desenvolver ferramenta de gestão para o dimensionamento das equipes de enfermagem de unidades de terapia intensiva adulto brasileiras, com base na legislação do Ministério da Saúde para equipe mínima, complementando-a com o escore do Nursing Activities Score e parâmetros consensualizados por especialistas.

Método:

estudo metodológico, composto por revisão documental, revisão integrativa, aplicação do método Delphi e desenvolvimento da ferramenta, realizado no período de janeiro a dezembro de 2018.

Resultados:

Na revisão documental foram identificadas quatro normas do Ministério da Saúde contendo parâmetros de dimensionamento e uma do Conselho Federal de Enfermagem. Na revisão integrativa foram selecionados 11 artigos, relativos a aplicação do Nursing Activities Score, nas bases de dados PUBMED/MEDLINE, LILACS, CINAHL, SciELO e SCOPUS, sendo os dados analisados em planilha eletrônica do Microsoft Excel, que resultaram, em conjunto com a revisão documental e a experiência da autora, em nove questões/parâmetros que foram utilizadas para validação por 15 enfermeiros intensivistas das regiões sul e sudeste, utilizando o Método Delphi, sendo aplicados questionários semiestruturados, contendo a escala de Likert de 5 pontos, onde considerou-se concenso a marcação igual ou superior a quatro pontos. Foram necessárias três rodadas Delphi até que se atingisse o consenso. Em seguida foi desenvolvida a ferramenta de dimensionamento em Microsoft Excel, se valendo das funções do Excel para a elaboração das fórmulas de cálculo, que tiveram como base os parâmetros da legislação do Ministério da Saúde, o escore NAS e os nove parâmetros consensualizados pelos especialistas. Identificou-se a existência de duas normas do Ministério da Saúde para UTIs Públicas, optando-se por utilizar os parâmetros da mais benéfica. Conclusão, aplicabilidade e impacto A ferramenta desenvolvida tem importância ímpar no dimensionamento das equipes de enfermagem de unidades de terapia intensiva, uma vez que supre a lacuna da legislação do Ministério da Saúde no tocante ao perfil assistencial e demanda da unidade, possibilitando a geração do quantitativo de pessoal de forma rápida, dando subsídios técnicos para tomadas de decisão
Biblioteca responsável: BR1208.1
Localização: BR1208.1