Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

BVS - Literatura Científico-Técnica

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Perfil epidemiológico da meningite bacteriana no município de Vitória da Conquista ­ Bahia, no período de 2008 a 2015 / Epidemiological profile of bacterial meningitis in Vitória da Conquista ­ Bahia from 2008 to 2015

Magalhães, Romário Soares; Santos, Milena Soares.
Rev. Ciênc. Méd. Biol. (Impr.); 17(1): 33-39, jul.17,2018. tab
Português | LILACS | ID: biblio-909892

Introdução:

a meningite bacteriana é uma doença infecciosa que representa um importante desafio em saúde pública em todo o mundo.

Objetivo:

determinar o perfil epidemiológico da meningite bacteriana e analisar as variáveis relacionadas aos casos confirmados no município de Vitória da Conquista-Bahia.

Metodologia:

Estudo ecológico de séries temporais, com base em informações secundárias, realizado no período de 2008 a 2015. Dados clínicos, epidemiológicos e laboratoriais foram obtidos através das fichas de notificação de meningite bacteriana do Sistema Nacional de Agravos de Notificação. As análises foram realizadas através de cálculo de incidência, medidas de tendência central e freqüência simples.

Resultados:

foram confirmados 171 casos de meningite bacteriana, cuja incidência média para a população total foi de 6,2/100.000 habitantes, com variação de 10,6 em 2010 a 2,6 por 100.000 habitantes em 2014. A maior prevalência dos casos ocorreu entre mulheres (61,4%) e entre os indivíduos menores de 5 anos (30,4%). Os sinais e sintomas mais relatados foram febre, cefaleia e vômito (88,12%; 85,8%; 78,3%; respectivamente) e a tríade clássica de sintomas apareceu em mais da metade dos pacientes (57,8%; 77/131). A taxa de letalidade foi de 17,2% (28/162). Em relação à sazonalidade, houve maior frequência de casos nos meses de maio a outubro.

Conclusão:

os dados demonstram declínio dos casos de meningite nos últimos anos e sugere impacto positivo das estratégias de prevenção implementadas no país. Ressaltamos a importância de novos estudos para avaliar o efeito das vacinas específicas sobre a população e do contínuo monitoramento e ações para o controle da doença
Biblioteca responsável: BR1826.9