Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

BVS - Literatura Científico-Técnica

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Investigação biomédica e vulnerabilidade:um estudo acerca da responsabilidade dos profissionais da saúde nas pesquisas envolvendo seres humanos / Biomedical research and vulnerability: a study on responsibility of health professionals in research involving human beings

Maders, Angelita Maria.
Mundo saúde (1995); 38(2): 228-236, abr., 22, 2014.
Português | Ministério da Saúde | ID: mis-36882
O presente artigo é resultado de uma pesquisa bibliográfica que, utilizando uma metodologia baseada no modelo hipotético-dedutivo, objetivou fazer uma reflexão acerca dos avanços biotecnológicos frente à vulnerabilidade dos sujeitossubmetidos às pesquisas que envolvem seres humanos na América Latina, mormente no que se refere aos limites da atuaçãodos profissionais da saúde e sua responsabilização. Ele parte do pressuposto de que não há como separar a ciênciada ética. Para fins do trabalho, são considerados profissionais da área da saúde todos aqueles envolvidos nas investigaçõescientíficas, desde o cientista pesquisador até os integrantes dos comitês de ética da pesquisa que aprovam ou nãoos projetos investigatórios. Constatou-se que, no decorrer do desenvolvimento social houve a elaboração de diversosdocumentos para estabelecer limites à atuação dos profissionais da saúde na investigação biomédica, inclusive de naturezainternacional, os quais, contudo, tem-se mostrado insuficientes para a proteção dos direitos dos sujeitos envolvidos.Concluiu-se que os referidos profissionais devem ter sua conduta pautada pelos Códigos de Ética relativos à sua profissão,mas também regulamentada por meio de um documento de natureza jurídica que leve em consideração a diversidade e avulnerabilidade latino-americana para viabilizar sua responsabilização e a consequente proteção das pessoas envolvidas.(AU)
Biblioteca responsável: BR599.1