Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 12.353
Filtrar
Mais filtros

Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Viana do Castelo; s.n; 20240703.
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1561768

RESUMO

Introdução: O AVC constitui-se como um dos principais desafios de saúde pública a nível mundial acarretando um elevado impacto em diferentes níveis. A intervenção do Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação assume um papel preponderante nos cuidados ao doente após AVC. A evolução da tecnologia, os avanços da ciência e da terapêutica no tratamento do AVC, tem vindo a evidenciar-se com repercussões na melhoria da qualidade de vida dos doentes. Com esta evolução surge a Realidade Virtual como um recurso terapêutico com a capacidade de gerar ambientes flexíveis e adequados no processo de recuperação. Objetivo: Mapear o efeito da Realidade Virtual na Reabilitação de Doentes com Acidente Vascular Cerebral. Metodologia: Estudo de revisão, scoping review, sustentada na metodologia de Joanna Briggs Institute. Definindo a População (P), Conceito (C) e Contexto (C) em que P: doentes adultos com AVC, independentemente do género, (C) realidade virtual e (C) reabilitação motora, cognitiva e/ou sensorial. Formulada a questão de revisão: "Qual o Efeito da Realidade Virtual na Reabilitação de Doentes com AVC?". Realizada pesquisa nas seguintes bases de dados: PubMed, CINAHL complete, EBSCO, SciELO e RCAAP com espaço temporal de publicação de janeiro de 2012 a dezembro de 2022. Resultados: Foram incluídos trinta e quatro estudos com diferentes metodologias e natureza de estudo. A análise dos estudos revelou que a integração da realidade virtual conduziu a ganhos nos domínios da reabilitação motora, cognitiva e sensorial com influência na qualidade de vida, podendo ser considerada como um método eficaz e um importante coadjuvante dos programas de reabilitação convencional. Conclusões: Evidenciada a utilidade do uso da realidade virtual no processo de reabilitação, nomeadamente nos programas específicos concebidos e implementados pelo Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação. Podemos então considerar que o efeito da realidade virtual na reabilitação de doentes com AVC parece ser positivo.


Introduction: Stroke is one of the main public health challenges worldwide, causing a high impact at different levels. The intervention of the Specialist Nurse in Rehabilitation Nursing plays a preponderant role in the care of patients after a stroke. The evolution of technology, advances in science and therapy in the treatment of stroke, have been evident with repercussions in improving the life quality of patients. With this evolution Virtual Reality emerges as a therapeutic resource with the ability to generate flexible and appropriate environments in the recovery process. Objective: Map the effect of Virtual Reality in the Rehabilitation of Patients with Stroke. Methodology: Review study, a scoping review, based on the Joanna Briggs Institute methodology. Defining the Population (P), Concept (C) and Context (C) in which (P): adult stroke patients, regardless of gender, (C) virtual reality and (C) motor, cognitive and/or sensory rehabilitation. The review question was formulated: "What is the Effect of Virtual Reality on the Rehabilitation of Stroke Patients?". Research was carried out in the following databases: PubMed, CINAHL complete, EBSCO, SciELO and RCAAP with publication timeframe from January 2012 to December 2022. Results: Thirty-four studies with different methodologies and study nature were included. The analysis of the studies revealed that the integration of virtual reality led to gains in the areas of motor, cognitive and sensory rehabilitation with an influence on quality of life and can be considered as an effective method and an important adjunct to conventional rehabilitation programs. Conclusions: The usefulness of using virtual reality in the rehabilitation process was highlighted, particularly in specific programs designed and implemented by Specialist Nurse in Rehabilitation Nursing. We can thus consider that the effect of virtual reality on the rehabilitation of stroke patients appears to be positive.


Assuntos
Realidade Virtual
2.
Bragança; s.n; 20240000. il., tab..
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1561854

RESUMO

O internamento em cuidados intensivos pode acompanhar-se de importantes efeitos adversos para utentes, que se prolongam além da estadia na unidade. A mobilização precoce faz parte de um conjunto de intervenções que procuram minimizar esses efeitos e é hoje unanimemente considerada como segura e benéfica. Importa então perceber em que medida está a ser implementada na prática e quais os seus reais benefícios. Objetivos: Caraterizar a mobilização dos doentes no Serviço de Medicina Intensiva da Unidade Local de Saúde de Castelo Branco; correlacionar o nível de mobilidade à alta da UCI com os desfechos pós-cuidados intensivos, nomeadamente: tempo de internamento pós-cuidados intensivos e mortalidade hospitalar. Métodos: Estudo do tipo observacional, retrospetivo, realizado no serviço de Medicina Intensiva da Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, com base na metodologia quantitativa de investigação. Resultados: Dos 244 utentes analisados, 54,5% atingiram o ortostatismo no decorrer do internamento e 36,5% conseguiram a deambulação. O tempo de internamento entre a saída da UCI e a alta hospitalar foi em média de 8,0 ± 7,5 dias. Os utentes que, à alta, permaneciam em repouso no leito tiveram internamentos superiores a doentes em deambulação (p = 0,014); e doentes que realizavam atividades no leito tiveram também tempos de internamento superiores aos que faziam ortostatismo ou deambulação (p = 0,026 e 0,002 respetivamente). A mortalidade pós-UCI foi de 5,7%, verificando-se uma forte relação com a mobilidade na alta da UCI (p < 0,001), com os utentes com menor mobilidade a apresentarem mortalidade superior ao esperado. Conclusão: Os níveis de mobilidade encontrados neste trabalho estão em linha com a realidade internacional. Doentes que, durante a estadia nos cuidados intensivos, alcançam níveis mais elevados de mobilidade têm internamentos mais curtos e menor mortalidade.


Admission to intensive care can be accompanied by significant adverse effects for patients, which last beyond their stay in the unit. Early mobilization is part of a set of a bundle to minimize these effects and is now unanimously considered to be safe and beneficial. It is therefore important to understand how it is being implemented in practice and what its real benefits are. Aim: To characterize the mobilization of patients in the Intensive Care Unit of the Local Health Unit of Castelo Branco; to correlate the level of mobility at discharge from the ICU with post-intensive care outcomes, namely: length of stay after intensive care and hospital mortality. Methods:. This was an observational, retrospective study carried out in the Intensive Care Medicine department of the Castelo Branco Local Health Unit, based on quantitative research methodology. Results: Of the 244 patients analysed, 54.5% achieved orthostatism during hospitalization and 36.5% achieved deambulation. The average length of stay between leaving the ICU and hospital discharge was 8.0 ± 7.5 days. Patients who remained at bed rest at discharge had longer hospital stays than patients who were ambulating (p = 0.014); and patients who performed activities in bed also had longer hospital stays than those who were orthostatic or ambulating (p = 0.026 and 0.002 respectively). Post-ICU mortality was 5.7%, and there was a strong correlation with mobility on discharge from the ICU (p < 0.001), with less mobile patients having a higher mortality rate than expected. Conclusion:. The mobility levels founded in this study are in line with international reality. Patients who achieve higher levels of mobility during their stay in intensive care have shorter hospital stays and lower mortality.


Assuntos
Humanos , Reabilitação , Cuidados Críticos , Deambulação Precoce
3.
Coimbra; s.n; maio 2024. 81 p. tab., ilus., graf..
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1555897

RESUMO

Introdução: A segurança do paciente está relacionada à qualidade da assistência e ao clima organizacional, tendo como objetivo a prevenção de eventos adversos, mitigando danos ao usuário. Objetivo: Avaliar a perceção do Enfermeiro sobre o clima de segurança do paciente numa Organização Hospitalar privada. Método: Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo, que teve a participação de 43 profissionais da Enfermagem. O instrumento aplicado foi Safety Attitudes Questionnaire, de 41 questões com 6 domínios. Resultados: Os dados foram analisados através da estatística descritiva inferencial. O instrumento mostrou-se confiável com o valor total de ? de cronbach de 0,87, com variação entre 0,86 e 0,88. A predominância foi do gênero feminino (88%), com tempo de atuação no Serviço de 5 a 10 anos uma prevalência de 49%. A faixa etária de 29 a 39 anos, correspondeu ao total de 65%. O domínio com maior média foi a satisfação no trabalho com 79,2 (dp=15,9), e o com menor média foi o domínio relacionado nas condições de trabalho com média de 59,3 (dp=18,8). Conclusão: Os dados evidenciaram maior vulnerabilidade relacionada às condições de trabalho, seguida do reconhecimento de estresse e da atuação da gestão, face á qualidade do cuidado prestado. Diante do resultado, a população demonstrou satisfação em trabalhar na Instituição. É evidente a importante atuação da liderança na presença do factor recurso humano e à Cultura Organizacional institucional, trabalhando valores e políticas institucionais, proporcionando mudanças no comportamento e ambiente seguro, beneficiando, assim, a população e as culturas organizacionais.


Assuntos
Percepção , Qualidade da Assistência à Saúde , Segurança , Cultura Organizacional , Hospitais Privados , Segurança do Paciente , Enfermeiras e Enfermeiros , Recursos Humanos , Liderança
5.
Viana do Castelo; s.n; 20240405.
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1553839

RESUMO

O Estágio de Natureza Profissional é um período fundamental do segundo ciclo de estudos pois visa completar a formação académica da componente de especialização, onde o estudante, integrado num contexto profissional, imerge em ambiente e situações clínicas complexas, desenvolvendo atividades que lhe permitam adquirir e aprimorar competências comuns e específicas do Enfermeiro Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica. Pretende-se com este relatório evidenciar as oportunidades de aprendizagem e atividades realizadas no âmbito deste espaço e tempo formativo, no serviço de urgência de um hospital do norte do país, compreendendo a importância e apropriando a intervenção do Enfermeiro Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica na área da Pessoa em Situação Crítica e as suas competências para gerir cuidados de enfermagem, intervir na formação de equipas de saúde e prestar cuidados altamente qualificados à pessoa doente e família. A investigação que integra este relatório assenta num estudo descritivo-correlacional com o objetivo de analisar as atitudes e práticas dos enfermeiros do serviço de urgência, de um hospital do norte de Portugal, na utilização do acesso vascular intraósseo. Utilizou-se o questionário como instrumento de recolha de dados a uma amostra de 76 enfermeiros, distribuído e preenchido via on-line, entre 4 e 15 de maio de 2023. Os resultados evidenciaram que 97,4% dos participantes reconhecem o acesso intraósseo como importante no contexto do serviço de urgência, embora 85,5% nunca o utilizassem, sendo o acesso por veia central privilegiado por 90,8%, como alternativa à falha da inserção da veia periférica. A insatisfação com os conhecimentos sobre cateterização intraóssea é de 89,5%. Fatores como a falta de treino/formação na realização do procedimento são considerados pela maioria, como os mais condicionantes à realização do procedimento. A principal conclusão é que os enfermeiros do serviço de urgência reconhecem a importância do acesso intraósseo, no entanto, afirmam que é necessário mais formação e treino para que o número de cateterizações intraósseas possa aumentar nas situações que se justifiquem. Deste percurso formativo, destaca-se a importância da intervenção diferenciada do Enfermeiro Especialista na melhoria contínua da qualidade de cuidados, num contexto complexo como é o serviço de urgência. Salienta-se, a nível pessoal, o desenvolvimento de competências especializadas comuns e específicas, na interação com o ambiente clínico envolvente.


The Professional Internship is a fundamental period of the second cycle of studies because it aims to complete the academic training of the specialisation component, where the student, integrated in a professional context, immerses himself in complex clinical environment and diferent situations, developing activities that allow him to acquire and improve common and specific skills of the Specialist Nurse in Medical-Surgical Nursing. This report aims to highlight the learning opportunities and the activities carried out within this space and time training, in the emergency service of a hospital in the north of the country, understanding the importance and appropriate intervention of the Nurse Specialist in Medical-Surgical Nursing in the area of the Person in a Critical Situation and their skills to manage nursing care, intervene in the training of health care teams and provide highly qualified care to the sick person and their families. The research that integrates this report is based on a descriptive-correlational study with the objective of analysing the attitudes and practises of nurses in the emergency service, of a hospital in the north of Portugal, in the use of intraosseous vascular access. The questionnaire was used as a data collection tool for a sample of 76 nurses, distributed and completed online, between May 4 and 15, 2023. The results showed that 97.4% of the participants recognise intraosseous access as important in the context of the emergency service, although 85.5% never used it, and access by central vein was privileged by 90.8%, as an alternative to the failure of the insertion of the peripheral vein. Dissatisfaction with the knowledge of intraosseous catheterisation is 89.5%. Factors such as the lack of training in the realisation of the procedure are considered by most, as the most conditioning to the realisation of the procedure. The main conclusion is that the nurses of the emergency service recognise the importance of intraosseous access, however, they say that more training is necessary so that the number of intraosseous catheterisations can increase in situations that are justified. From this training path, the importance of the differentiated intervention of the Specialist Nurse in the continuous improvement of the quality of care is highlighted, in a complex context such as the emergency service. It is noteworthy, at a personal level, the development of common and specific specialised skills in the interaction with the surrounding clinical environment.

6.
Bragança; s.n; 20240000. tab..
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1554598

RESUMO

O compromisso da deglutição pós-extubação (CDPE) acarreta um conjunto de complicações que impactam negativamente a reabilitação destes doentes. No entanto, a evidência de intervenções para a abordagem terapêutica ao CDPE é limitada. Por conseguinte, identificar as intervenções relevantes neste contexto é imprescindível para a construção de programas de reabilitação baseados em evidência. Objetivo: Mapear as intervenções direcionadas à pessoa com CDPE. Métodos: Trata-se de uma scoping review, orientada pela metodologia proposta pelo Joanna Briggs Institute. Dois revisores pesquisaram a MEDLINE (via PubMed), a Biblioteca Cochrane, a Scielo, a Science Direct e a CINAHL em outubro de 2023. Foi efetuada uma pesquisa adicional de literatura cinzenta. A extração de dados foi guiada pelos critérios de inclusão: adultos submetidos a ventilação mecânica invasiva por mais de 48 horas e diagnóstico de compromisso da deglutição (população), CDPE (conceito) e unidades de cuidados intensivos (contexto). Os resultados são apresentados de acordo com o tipo de intervenção: estratégias compensatórias e reabilitação. Resultados: Identificados 1891 registos, acrescidos de 59 registos encontrados na literatura cinzenta. Após triagem e seleção, foram incluídos 14 artigos para análise. Os exercícios de fortalecimento muscular e os ajustamentos posturais são as estratégias de reabilitação e compensação mais frequentemente referenciadas. Conclusão: Estes resultados poderão contribuir para enformar o processo de tomada de decisão dos enfermeiros especialistas em enfermagem de reabilitação na construção de intervenções dirigidas à pessoa com CDPE. A relevância dada ao CDPE é recente, assim como a investigação desenvolvida neste domínio, o que foi corroborado por estes resultados.


Post-extubation swallowing impairment (PESI) entails several complications that negatively impact the rehabilitation of intensive care patients. However, the evidence on interventions for the therapeutic approach to PESI is limited. Therefore, identifying relevant interventions in this context is essential for developing evidence-based rehabilitation programs. Aim: To map interventions for patients with post-extubation swallowing impairment. Methods: This is a scoping review guided by the methodology proposed by the Joanna Briggs Institute. Two reviewers searched MEDLINE (via PubMed), the Cochrane Library, Scielo, Science Direct, and CINAHL in October 2023. An additional grey literature search was conducted. Data extraction was guided by the inclusion criteria: adults undergoing invasive mechanical ventilation for more than 48 hours (population), PESI (concept), and intensive care units (context). The results are presented according to the type of intervention: compensatory strategies and rehabilitation. Results: 1891 records were identified, and 59 were found in the gray literature. After screening and selection, 14 articles were included for analysis. Muscle strengthening exercises and postural adjustments were the most frequently mentioned rehabilitation and compensation strategies. Conclusion: These results may contribute to informing the decision-making process of rehabilitation nurses when designing interventions for patients with PESI. The relevance given to PESI is recent, as is the research carried out in this field, which was corroborated by these results.


Assuntos
Humanos , Enfermagem em Reabilitação , Cuidados Críticos , Deglutição
7.
Bragança; s.n; 20240000. tab..
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1554600

RESUMO

Ao envelhecimento está associado o declínio do equilíbrio enquanto função fisiológica, dificultando a execução de tarefas do dia-a-dia com autonomia. Os programas de treino de equilíbrio surgem como ferramenta eficaz na prevenção de quedas e promoção da independência funcional de pessoas idosas. Objetivo: Mapear a evidência científica disponível acerca dos efeitos dos programas de treino de equilíbrio na independência funcional de pessoas idosas. Métodos: Scoping review orientada pelos princípios preconizados pelo Joanna Briggs Institute. Os artigos foram extraídos das bases de dados PuBmed, CINAHL complete, Web of Science e RCAAP (literatura cinzenta). Foram considerados estudos primários e ensaios clínicos randomizados, com datas de publicação compreendidas no espaço temporal 2019-2023 tendo sido utilizado o software de apoio Rayan. Resultados: Foram selecionados 5 artigos para serem incluídos na scoping review. As evidências encontradas sugerem que os idosos submetidos a programas de treino de equilíbrio, que podem ter a duração entre 8 a 12 semanas, demonstraram melhorias no restabelecimento do equilíbrio, marcha e independência funcional, diminuindo a probabilidade de queda. Os estudos defendem ainda que o treino multicomponente permite obter mais ganhos no equilíbrio. Um estudo demonstrou as vantagens da utilização do Slackline na melhoria do equilíbrio de pessoas idosas. Conclusões: Os Programas de Treino de Equilíbrio produzem efeitos positivos na independência funcional de pessoas idosas.


Aging is associated with the decline of balance as a physiological function, making it difficult to perform day-to-day tasks autonomously. Balance training programs have emerged as an effective tool to prevent falls and promote functional independence in the elderly people. Objectives: To map the available scientific evidence on the effects of balance training programmes on functional independence in elderly people. Methods: Scoping review guided by the principles advocated by the Joanna Briggs Institute. The articles were extracted from the databases PuBmed, CINAHL complete, Web of Science and RCAAP (grey literature). Primary studies and randomized clinical trials were considered, with publication dates in the 2019­2023 time frame, using the Rayan support software. Results: 5 articles were selected to be included in the scoping review. The evidence found suggests that older adults undergoing balance training programs demonstrated improvements in the reestablishment of balance, gait and functional independence, decreasing the likelihood of falling. Studies show that these programs can last from 8 to 12 weeks in the community. Studies also argue that multicomponent training allows you to achieve more gains in balance. A study found the advantages of using Slackline in improving the balance of elderly people. Conclusions: Balance Training Programs produce positive effects on the functional independence of older people.


Assuntos
Humanos , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Idoso , Equilíbrio Postural , Estado Funcional
8.
Coimbra; s.n; abr. 2024. 99 p. tab..
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1552284

RESUMO

Enquadramento: No âmbito da unidade curricular "Estágio com Relatório," integrada no X Curso de Mestrado em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica, foi elaborado um relatório final que engloba uma descrição e reflexão acerca da componente de estágio, bem como uma abordagem à componente de investigação. No que concerne à vertente investigativa, o estudo teve como tema o "Parto Domiciliário Planeado em Portugal: Assistência e Desafios na Prática do Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica." Objetivos: Conhecer a prática profissional dos EEESMO em contexto de PDP; identificar as motivações dos EEESMO perante a opção de exercerem em contexto de PDP e descrever os desafios e obstáculos que os EEESMO enfrentaram na sua prática profissional em contexto de PDP. Metodologia: Trata-se de um estudo exploratório e descritivo com abordagem qualitativa. Participaram da pesquisa oito (8) profissionais com cédula profissional EEESMO em Portugal, que atuam em contexto de PDP há pelo menos um ano. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas, e a análise foi conduzida seguindo a metodologia de análise de conteúdo proposta por Minayo (2007). Resultados: O estudo revelou a experiência profissional das EEESMO em contexto do parto domiciliar planeado. Foram explorados temas relacionados à acessibilidade das utentes ao serviço, medidas de segurança, material clínico para assistência ao parto, emergências e transferência para o hospital, bem como os contributos da entidade reguladora da profissão (Ordem dos Enfermeiros) para a prática profissional nesse contexto. Além disso, foram identificadas as motivações iniciais das participantes que optaram exercer a sua prática profissional no âmbito do parto domiciliar planeado, categorizadas em desejo de infância, desde a formação de EEESMO, experiência do seu parto no domicílio e preferência por um modelo de assistência diferente do hospitalar. No que concerne aos desafios e obstáculos enfrentados pelas participantes no contexto do PDP, ficou evidente que estes são diversos e abrangem várias esferas. Esses desafios foram categorizados nos âmbitos da formação, social, profissional e pessoal. Conclusão: Conclui-se que os desafios expostos pelas participantes revelam a complexidade do trabalho no contexto do PDP, ressaltando a importância de promover mudanças nesse contexto. A superação desses desafios contribuirá para uma prática mais segura, valorizada e efetiva no cuidado às mulheres e seus bebés durante o parto domiciliário. Considera-se que este estudo contribui de forma significativa para enriquecer a reflexão e o debate em torno desse tema, especialmente no meio acadêmico, ao estimular o desenvolvimento de estudos aprofundados relacionados à assistência das EEESMO no contexto do PDP.


Assuntos
Serviços de Saúde da Criança , Saúde da Mulher , Planejamento , Saúde Materna , Enfermeiros Especialistas , Parto Domiciliar , Enfermeiros Obstétricos , Enfermagem Obstétrica
9.
Viana do Castelo; s.n; 20240313.
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1537508

RESUMO

Este relatório de estágio surge no âmbito do curso de Mestrado em Enfermagem Médico- Cirúrgica e pretende evidenciar as experiências e atividades desenvolvidas no sentido de adquirir e desenvolver competências especializadas. A estrutura do relatório teve como linha orientadora os domínios de competências definidas para o Enfermeiro Especialista pela Ordem dos Enfermeiros, enquadradas nos domínios académicos preconizados pela Instituição de Ensino. O perfil de conhecimentos e competências do Enfermeiro Especialista na área da pessoa em situação crítica deve responder de forma competente à frágil e complexa situação clínica, sendo o seu papel suportado por um quadro de competências diferenciadas enquadradas no respeito pelo Ser Humano e pelos seus direitos inalienáveis. Focados no crescimento e desenvolvimento de competências especificas na área da pessoa em situação crítica, bem como no contributo da visão diferenciada do Enfermeiro Especialista na melhoria da qualidade dos cuidados, procuramos dar resposta aos problemas encontrados na prática clínica. Das atividades desenvolvidas destacamos a criação de um fluxograma de apoio ao enfermeiro triador no encaminhamento interno dos doentes e de um protocolo terapêutico de atuação no adulto com febre na triagem de manchester. Evidenciamos também, o investimento resiliente no desenvolvimento e implementação de um protocolo complexo, no âmbito da prestação de cuidados em contexto de urgência, ao doente em estado de agitação/agressividade que visa mitigar um problema recorrente. No domínio académico da investigação desenvolvemos um estudo qualitativo com recurso à técnica de Focus Group, com o objetivo de construir um modelo de documentação padronizado, simplificado e facilitador do registo de enfermagem que documente a atuação do enfermeiro na avaliação e intervenção ao doente, durante o transporte inter-hospitalar. As conclusões deste estudo de investigação validaram um modelo de registo sustentado numa mnemónica, uniformizadora e facilitadora dos registos de enfermagem durante o transporte inter-hospitalar do doente crítico. Consideramos que as experiências que decorreram deste estágio foram fundamentais e permitiram o desenvolvimento das competências inerentes ao Enfermeiro Especialista.


This internship report appears within the scope of the Master's degree in Medical-Surgical Nursing and aims to highlight the experiences and activities developed in order to acquire and develop specialized skills. The structure of the report was guided by the domains of competences defined for the Specialist Nurse by the Order of Nurses, framed in the academic domains recommended by the Educational Institution. The profile of knowledge and skills of the Specialist Nurse in terms of people in critical situations must respond competently to the fragile and complex clinical situation, with their role supported by a framework of differentiated skills framed in respect for the Human Being and their inalienable rights . Focused on the growth and development of specific skills in the area of people in critical situations, as well as the contribution of the Specialized Nurse's differentiated vision to improving the quality of care, we seek to respond to problems encountered in clinical practice. The activities developed highlight the creation of a flowchart to support the triage nurse in the internal referral of patients and a therapeutic protocol for working with adults with fever in the manchester triage. We also highlight the resilient investment in the development and implementation of a complex protocol, within the scope of providing care in an emergency context, to patients in an agitated/aggressive state that aims to mitigate a recurring problem. In the academic domain of research, we developed a qualitative study using the Focus Group technique, with the objective of building a standardized, simplified documentation model that facilitates the nursing record that documents the nurse's role in evaluating and intervening with the patient, during the inter-hospital transport. The conclusions of this research study validated a recording model based on a mnemonic, standardizing and facilitating nursing records during the inter-hospital transport of critically ill patients. We consider that the experiences that took place during this internship were fundamental and allowed the development of skills inherent to Specialist Nurses.

10.
Portalegre; s.n; s.n; 20240000. 166 p. graf, tab.
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1551355

RESUMO

A permanente evolução da sociedade estabelece constantemente novos parâmetros de exigência perante as instituições que a compõem. Isso requer que os enfermeiros evoluam no contexto da sua prática, adquirindo e aperfeiçoando conhecimentos e competências, que lhes permitam prestar um cuidado de excelência. A Pessoa em Situação Crítica encontra-se numa posição de fragilidade, o enfermeiro especialista tem um papel preponderante na prestação de cuidados de enfermagem baseados na evidência científica a estas pessoas. Inserido no Mestrado em Enfermagem, na área da pessoa em situação crítica, surge o presente relatório, no qual se analisam as atividades desenvolvidas ao longo do Estágio Final, de modo a desenvolver e adquirir as competências comuns e específicas do enfermeiro especialista em Enfermagem na Pessoa em Situação Crítica e do grau de Mestre em Enfermagem. Com base na metodologia de trabalho de projeto foi delineada a Intervenção Profissional Major, relativa à segurança da pessoa em situação crítica com cateter venoso periférico, através da qual foram desenvolvidas as competências de enfermeiro especialista e Mestre, tendo por objetivo identificar práticas inadequadas e uniformizar os cuidados de enfermagem prestados, tendo por base a mais recente evidência científica. Os resultados das atividades desenvolvidas foram alvo de reflexão, verificando-se que houve ganhos em termos de segurança para o utente em situação crítica e na qualidade dos cuidados de saúde, tendo os objetivos sido atingidos.


The permanent evolution of society constantly establishes new standards of demand for the institutions that make it up. This requires nurses to evolve in the context of their practice, acquiring and improving knowledge and skills, which allow them to provide excellent care. The Person in Critical Situation is in a fragile position, the specialist nurse has a leading role in providing nursing care based on scientific evidence to these people. Inserted in the Masters in Nursing, in the area of the person in critical situation, appears the present report, in which the activities developed during the Final Internship are analyzed, in order to develop and acquire the common and specific competences of the nurse specialist in Nursing in the Person in Critical Situation and a Master's Degree in Nursing. Based on the project work methodology, the Major Professional Intervention was designed, related to the safety of people in a critical situation with a peripheral venous catheter, through which specialist and Master nurse skills were developed, with the aim of identifying inappropriate practices and standardizing procedures. nursing care provided, based on the most recent scientific evidence. The results of the activities carried out were the subject of reflection, verifying that there were gains in terms of safety for the critically ill and in the quality of health care, with the objectives having been achieved.


Assuntos
Cuidados Críticos , Segurança do Paciente , Enfermagem Médico-Cirúrgica , Cateterismo Periférico
11.
Coimbra; s.n; mar. 2024. 130 p. tab., ilus., graf..
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1555336

RESUMO

ENQUADRAMENTO: Pretende-se avaliar o nível de presentismo, autoeficácia e satisfação no trabalho de um conjunto de enfermeiros do CHUC sujeitos às condicionantes do cuidar no contexto adverso da pandemia Covid-19 e que influência teve esse quadro nos fenómenos descritos. Foi aplicado um questionário a 159 enfermeiros daquela instituição, onde se faz a caraterização sociodemográfica e profissional, a Stanford Presenteism Scale - SPS6 (Koopman et al, 2002) para avaliação do presentismo, a General Selfefficacy Scale ? GSE (Schwarzer e Jerusalém, 1995) para a autoeficácia e a Job Satisfaction, sub-escala do Safety Attitude Questionnaire (Sexton, 2006), retirada de Fernandes (2014). O estudo apresentado enquadra-se na metodologia de caráter quantitativo, descritivo-correlacional, transversal e retrospetivo. RESULTADOS: Os participantes (n=159) são maioritariamente do género feminino (69,8%), têm média de idade de 41 anos e 93,7% exercem a profissão há 5 ou mais anos Embora no estudo comparativo, do presentismo, autoeficácia e satisfação no trabalho, algumas diferenças (p<0,05) tenham sido observadas em relação a variáveis demográficas e profissionais, em particular as resultantes do plano de contingência, essas diferenças nem sempre foram estatisticamente significativas. Encontramos fracas correlações, mas significativas, entre a autoeficácia (r=0,168; p=0,035) e presentismo, e entre presentismo (distração evitada e trabalho completado) e satisfação geral no trabalho (r=0,211; p=0,007). CONCLUSÃO: O estudo destaca a complexidade das interações entre variáveis demográficas e sociais em contexto pandémico. Embora algumas diferenças tenham sido observadas, a resiliência e adaptabilidade dos enfermeiros prevaleceram, independentemente de fatores como género, categoria profissional, mobilização para serviços COVID-19 ou presença de doença crônica prévia. As relações, entre presentismo, autoeficácia e satisfação no trabalho foram influenciadas pelo contexto único da pandemia, que gerou um forte senso de missão e responsabilidade.Os resultados que se apresentam


Assuntos
Autoeficácia , Pandemias , Presenteísmo , COVID-19 , Satisfação no Emprego , Enfermeiras e Enfermeiros
12.
Ciudad de México; s.n; 20240216. 126 p.
Tese em Espanhol | LILACS, BDENF | ID: biblio-1537448

RESUMO

Introducción. A nivel mundial, la obesidad es considerada como un problema de salud pública debido a que afecta a la población de todas las edades, incluso al mismo personal que trabaja en instituciones de salud, situación que repercute en su ámbito personal, familiar, pero sobre todo laboral, causando en el trabajador dificultad para realizar algunos procedimientos, ausentismo laboral, discapacidad parcial o total y/o necesidad de cuidado, entre otros.  Objetivo.  Evaluar el efecto de una intervención de autocuidado en hábitos de vida saludable con relación a la obesidad en personal de salud de una institución de tercer nivel.  Metodología. Estudio cuasi experimental, muestra 30 trabajadores con sobrepeso o algún grado de obesidad de una institución de salud de tercer nivel. Se impartieron 10 temas con relación a la obesidad, para cambiar hábitos deficientes por hábitos saludables, además de 10 sesiones de actividad física.    Resultados. Al final de la intervención, dos personas bajaron el nivel de su índice de masa corporal, una persona con obesidad grado III y una de grado II bajaron a peso normal. En cuanto a las medidas antropométricas posterior a la intervención, hubo reducción en cada uno de los parámetros, referente a la evaluación del cuestionario hábitos de vida saludable, relacionados con la obesidad posterior a la intervención, se encontraron cambios positivos en cada una de las dimensiones. Sin embargo, tanto en la reducción de IMC, así como en las dimensiones del cuestionario, la diferencia encontrada, no fue estadísticamente significativa.  Conclusiones. Los resultados sugieren que una intervención educativa en hábitos de vida saludable vinculados con la obesidad en personal de salud, son eficaces para contribuir al autocuidado de los trabajadores en el ámbito laboral


Introduction. Worldwide, obesity is considered a public health problem because it affects the population of all ages, including the same personnel who work in health institutions, a situation that has repercussions in their personal and family environment, but above all at work, causing the worker difficulty in performing some procedures, absenteeism, partial or total disability and/or need for care, among others. Objective. To evaluate the effect of a self-care intervention on healthy life habits in relation to obesity in health personnel of a third level institution. Methodology. Quasi-experimental study, sample of 30 workers with overweight or some degree of obesity in a tertiary health institution. Ten topics related to obesity were taught in order to change deficient habits for healthy habits, in addition to 10 sessions of physical activity. Results. At the end of the intervention, two people lowered their body mass index level, one person with grade III obesity and one with grade II obesity lowered to normal weight. Regarding the anthropometric measures after the intervention, there was a reduction in each one of the parameters, regarding the evaluation of the healthy life habits questionnaire, related to obesity after the intervention, positive changes were found in each one of the dimensions. However, both in the reduction of BMI and in the dimensions of the questionnaire, the difference found was not statistically significant. Conclusions. The results suggest that an educational intervention on healthy lifestyle habits related to obesity in health personnel is effective in contributing to the self-care of workers in the workplace


Introdução. A nível mundial, a obesidade é considerada um problema de saúde pública porque afecta a população de todas as idades, incluindo o próprio pessoal que trabalha nas instituições de saúde, situação que tem repercussões no seu ambiente pessoal e familiar, mas sobretudo no trabalho, causando ao trabalhador dificuldade na realização de alguns procedimentos, absentismo, incapacidade parcial ou total e/ou necessidade de cuidados, entre outros. Objectivos. Avaliar o efeito de uma intervenção de autocuidado sobre hábitos de vida saudáveis em relação à obesidade em profissionais de saúde de uma instituição de cuidados terciários. Metodologia. Estudo quase-experimental, amostra de 30 trabalhadores com excesso de peso ou algum grau de obesidade numa instituição de saúde terciária. Foram ensinados dez temas relacionados com a obesidade, com o objetivo de mudar hábitos deficientes por hábitos saudáveis, além de 10 sessões de atividade física. Resultados. No final da intervenção, duas pessoas baixaram o índice de massa corporal, uma pessoa com obesidade de grau III e uma com obesidade de grau II passaram para o peso normal. Relativamente às medidas antropométricas após a intervenção, verificou-se uma redução em cada um dos parâmetros, e relativamente à avaliação do questionário de hábitos de vida saudáveis relacionados com a obesidade após a intervenção, verificaram-se alterações positivas em cada uma das dimensões. No entanto, tanto na redução do IMC como nas dimensões do questionário, a diferença encontrada não foi estatisticamente significativa. Conclusões. Os resultados sugerem que uma intervenção educativa sobre hábitos de vida saudáveis ligados à obesidade no pessoal de saúde é eficaz para contribuir para o autocuidado dos trabalhadores no local de trabalho


Assuntos
Humanos , Autocuidado/efeitos adversos
13.
Ciudad de México; s.n; 20240223. 125 p.
Tese em Espanhol | LILACS, BDENF | ID: biblio-1531954

RESUMO

Introducción: El 50% de la población mundial usa tratamientos alternativos como productos herbarios. El 20% los consume de manera simultánea con algún tratamiento farmacológico para el control la Diabetes Mellitus tipo 2; enfermedad prevalente en adultos mayores. Es escasa la información acerca de las interacciones medicamentosas que pudieran producirse, siendo responsables de más de 7,000 muertes al año. Objetivo: Identificar los productos herbarios de mayor consumo del Adulto Mayor con Diabetes Mellitus Tipo 2, en Chapulco, Puebla, México y describir las posibles interacciones medicamentosas entre fármaco hipoglucemiante ­ producto herbario reportados en la literatura científica. Metodología: Estudio observacional, prolectivo, transversal, descriptivo, en una población de 35 adultos mayores diabéticos, con edad promedio de 70±7 años. Para la identificación de los productos herbarios de uso común y sus aplicaciones terapéuticas se aplicó el cuestionario U-PLANMED. Resultados: Se identificaron 50 productos herbarios y 18 combinaciones entre estos a la vez. El 40% de los participantes consumen simultáneamente más de dos productos herbarios con uno o dos fármacos hipoglucemiantes. Entre los productos de mayor consumo se encuentran el nopal (Opuntia ficus-indica L.), la manzanilla (Matricaria chamomilla L.) y el zacate de limón (Cymbopogon citratus DC. Stapf.). Las interacciones medicamentosas potenciales identificadas, principalmente en estudios experimentales en animales, sugieren que, existe una acción hipoglucemiante del producto herbario al aumentar la capacidad orgánica sobre la secreción/liberación de insulina endógena. Conclusiones: Se ha evidenciado la presencia de interacciones medicamentosas ante el consumo simultaneo de fármacos prescritos para el control de la diabetes mellitus tipo 2 con productos herbarios. Es necesario que, los profesionales en atención a la salud identifiquen el uso de dichos productos y orienten a los adultos mayores sobre las posibles repercusiones en los niveles de glucosa ante el consumo.


Introduction: 50% of the world's population uses alternative treatments such as herbal products. Twenty percent use them in conjunction with some form of pharmacological treatment to control type 2 diabetes mellitus, a disease prevalent in older adults. There is little information on the drug interactions that may occur, which are responsible for more than 7,000 deaths per year. Objective: To identify the most consumed herbal products among older adults with type 2 diabetes mellitus in Chapulco, Puebla, Mexico, and to describe the possible drug-drug interactions between hypoglycemic drugs and herbal products reported in the scientific literature. Methodology: Observational, prospective, cross-sectional, descriptive study in a population of 35 diabetic older adults with a mean age of 70±7 years. The U-PLANMED questionnaire was used to identify commonly used herbal products and their therapeutic applications. Results: Fifty herbal products and 18 combinations of them were identified. Forty percent of the participants used more than two herbal products simultaneously with one or two hypoglycemic drugs. The most used products included prickly pear cactus (Opuntia ficus-indica L.), chamomile (Matricaria chamomilla L.), and lemon grass (Cymbopogon citratus DC. Stapf.). Potential drug-drug interactions identified mainly in experimental animal studies suggest that there is a hypoglycemic effect of the herbal product by increasing the organic capacity on endogenous insulin secretion/release. Conclusions: The presence of drug-drug interactions has been demonstrated with the simultaneous consumption of drugs prescribed for the control of type 2 diabetes mellitus with herbal products. It is necessary for health care professionals to recognize the use of such products and to inform older adults about the possible repercussions on glucose levels when consuming them.


Introdução: 50% da população mundial utiliza tratamentos alternativos como os produtos à base de plantas. Vinte por cento utilizam-nos em conjunto com algum tipo de tratamento farmacológico para controlar a diabetes mellitus tipo 2, uma doença prevalente em adultos mais velhos. Há pouca informação sobre as interacções medicamentosas que podem ocorrer e que são responsáveis por mais de 7.000 mortes por ano. Objetivos: Identificar os produtos fitoterápicos mais consumidos entre os idosos com diabetes mellitus tipo 2 em Chapulco, Puebla, México, e descrever as possíveis interações medicamentosas entre medicamentos hipoglicemiantes e produtos fitoterápicos relatados na literatura científica. Metodologia: Estudo observacional, prospetivo, transversal e descritivo numa população de 35 idosos diabéticos com uma idade média de 70±7 anos. O questionário U-PLANMED foi utilizado para identificar os produtos fitoterápicos mais utilizados e suas aplicações terapêuticas. Resultados: Foram identificados 50 produtos à base de plantas e 18 combinações dos mesmos. Quarenta por cento dos participantes utilizaram mais de dois produtos à base de plantas em simultâneo com um ou dois medicamentos hipoglicemiantes. Os produtos mais utilizados foram o cato de figo da Índia (Opuntia ficus-indica L.), a camomila (Matricaria chamomilla L.) e o capim-limão (Cymbopogon citratus DC. Stapf.). As potenciais interacções medicamentosas identificadas principalmente em estudos experimentais em animais sugerem que existe um efeito hipoglicémico do produto à base de plantas através do aumento da capacidade orgânica na secreção/libertação de insulina endógena. Conclusões: A presença de interacções medicamentosas foi demonstrada com o consumo simultâneo de medicamentos prescritos para o controlo da diabetes mellitus tipo 2 com produtos à base de plantas. É necessário que os profissionais de saúde reconheçam o uso de tais produtos e informem os idosos sobre as possíveis repercussões nos níveis de glicose ao consumi-los.


Assuntos
Humanos , Diabetes Mellitus
14.
Coimbra; s.n; fev. 2024. 59 p. tab., ilus..
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1531715

RESUMO

Introdução: Atualmente, a violência, por ser um fenómeno complexo e dinâmico, exige, dos enfermeiros em geral e em particular daqueles que trabalham em serviços de psiquiatria forense, uma compreensão multidimensional e intervenções sistémicas e resilientes. Objetivo: Mapear as intervenções implementadas pelos enfermeiros, para prevenção da violência por parte das pessoas internadas, em serviços de psiquiatria forense. Metodologia: Protocolo de Scoping Review com base nos princípios preconizados pelo Joanna Briggs Institute, considerando os materiais bibliográficos publicados de janeiro de 2018 a julho de 2023, nas bases de dados CINAHL e MEDLINE e selecionados com recurso à plataforma Rayyan. Esta revisão considerou a inclusão de estudos, independentemente da área geográfica ou do desenho, nos idiomas português, inglês e espanhol, disponíveis sem custos para os revisores. Esta pesquisa procura responder à questão norteadora, fundamentada pela estratégia PopulaçãoConceito-Contexto (PCC): Que intervenções são implementadas pelos enfermeiros, para prevenção da violência por parte das pessoas internadas, em contexto de psiquiatria forense? Resultados: Foram incluídos quatro artigos na revisão e identificadas intervenções e programas de treino para a prevenção/redução da violência, pelos enfermeiros, em serviços de psiquiatria forense. Espera-se que os resultados possam contribuir para melhorar a prática de cuidados à pessoa com doença mental nestes contextos. Conclusão: Esta pesquisa identificou intervenções e programas de treino sustentados, dois deles baseados na Terapia Cognitivo-Comportamental, para prevenção da violência por parte das pessoas internadas, em serviços de psiquiatria forense. Mais estudos devem ser realizados para identificar intervenções inovadoras com foco na prevenção/redução do comportamento violento das pessoas internadas em serviços de psiquiatria forense.


Assuntos
Enfermagem Psiquiátrica , Violência , Psiquiatria Legal , Enfermagem Forense , Enfermeiras e Enfermeiros
15.
Viana do Castelo; s.n; 20240207.
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1537164

RESUMO

Enquadramento: O cancro da mama afeta milhares de mulheres em todo o mundo não sendo Portugal uma exceção. No nosso país, todos os anos, são realizados milhares de diagnósticos de neoplasia maligna da mama. O tratamento cirúrgico é o mais frequente sendo que em muitos dos casos se recorre à mastectomia. Esta acarreta consigo possíveis complicações e morbilidades que poderão acompanhar o doente toda a vida. Os EEER são capazes de identificar situações potenciadoras de limitação e atuar no sentido de as minimizar e/ou evitar assentando num paradigma de pré-habilitação. Posto isto, nasceu a questão de partida: Quais os contributos da Enfermagem de Reabilitação na funcionalidade do membro superior homolateral na mulher mastectomizada? Objetivo: Identificar os contributos da Enfermagem de Reabilitação na funcionalidade do membro superior homolateral da mulher mastectomizada Metodologia: Trata-se de um estudo do tipo quantitativo, exploratório-descritivo, longitudinal com uma abordagem multicasos utilizando como instrumento de colheita de dados a escala DASH e um questionário sociodemográfico e clínico. A amostra (N=8) foi obtida recorrendo a uma técnica de amostragem não probabilística, por conveniência. Resultados: A média de idade das participantes foi de 49,6 ± 9,5. Após a implementação do programa de enfermagem de reabilitação metade da amostra (50%) referiu algum tipo de dificuldade em trocar uma lâmpada acima da cabeça, ainda assim uma percentagem significativa (37,5%) não teve qualquer dificuldade e apenas uma participante foi incapaz de o fazer. A maioria das participantes (62,5%) sentiram-se pouco ou nada limitadas na sua atividade laboral e nas AVD's. e apenas 37,5% consideraram que limitou ou limitou muito. No que diz respeito ao impacto nas atividades de lazer apenas uma participante (12,5%) se sentiu verdadeiramente afetada neste âmbito considerando as restantes 87,5% que pouco ou nada foram afetadas. Verificamos que nenhuma das participantes apresentou níveis elevados de dor, quer de uma forma geral quer na execução de uma atividade específica. Relativamente à fraqueza e à rigidez no braço, ombro ou mão, apesar de terem sofrido um agravamento quando comparamos o primeiro com o segundo momento de avaliação, 75% e 100% respetivamente, percecionaram pouco ou nada estes sintomas na segunda avaliação. Conclusão: A aplicação do programa de enfermagem de reabilitação "Pré-habilitar na Mastectomia" pareceu ter contribuído para minorar os efeitos da mastectomia e melhorar a sensação de formigueiro.


Background: Breast cancer affects thousands of women around the world, with Portugal being no exception. In our country, every year, thousands of breast cancers are diagnosed. Surgical treatment is the most common, and in many cases mastectomies are performed. This surgery is associated to a list of possible complications and morbidities that may accompany the patient throughout their lives. Rehabilitation nurses are capable of identifying situations that may cause limitations and act to minimize and/or avoid them based on a prehabilitation paradigm. Having said this, the following question arose: What are the contributions of Rehabilitation Nursing to the functionality of the homolateral upper limb of mastectomized women? Objective: To identify the contributions of Rehabilitation Nursing to the functionality of the homolateral upper limb of mastectomized women. Methodology: This is a quantitative, exploratory-descriptive, longitudinal study developed with a multi-case approach using the DASH scale and a sociodemografic and clinical questionnaire as a data collection instrument. The sample (N=8) was obtained using a non-probabilistic sampling technique, by convenience. Results: The mean age of the participants was 49,6 ± 9,5. After implementing the rehabilitation nursing program half of the sample (50%) reported some type of difficulty in changing a light bulb above their head, yet a significant percentage (37,5%) did not have any difficulty and only one participant was unable to do so. The majority of participants (62,5%) felt little or no limitations at their jobs or daily activities and only 37,5% consider that it limited or limited a lot. With regard to the impact on leisure activities, only one participant (12,5%) felt truly affected in this aspect, considering the remaining 87,5% that they were little or not affected at all. We found that none of the participants presented high levels of pain either in general or when carrying out a specific activity. In regards to the weakness and stiffness of the arm, shoulder or hand, despite having worsened when comparing the first and second assessments, in both, the majority of the sample, 75% and 100% respectively noticed these symptoms little or nothing at all on our second evaluation. Conclusion: The application of the rehabilitation nursing program "Prehabilitation in Mastectomy" appears to have contributed to lessening the effects of mastectomy and improving the tingling sensation.


Assuntos
Telemedicina
16.
Coimbra; s.n; fev. 2024. 99 p. tab., ilus..
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1556192

RESUMO

Enquadramento - As infeções do local cirúrgico (ILC) podem causar danos significativos ao doente, como aumento do tempo de internamento, readmissões, sofrimento ou mesmo morte. Estima-se que 50% dessas infeções podem ser prevenidas. A implementação de prática baseada na evidência (PBE), é fundamental para garantir melhor prevenção e controlo da ILC. Objetivo - O principal objetivo é promover a Prática Baseada na Evidência (PBE) na prevenção e controle da ILC, aumentando a conformidade com as recomendações baseadas em evidências. Metodologia - Foi usado o modelo de implementação de evidências do Joanna Briggs Institute (JBI), fundamentado no processo cíclico de auditoria e feedback. Trata-se de um protocolo estruturado em 7 fases agregadas em 3 domínios abrangentes de intervenção: I) Pré-Planeamento (fases 1,2 e 3) II) Auditoria de base, Feedback e implementação de intervenções para a mudança (4 e 5) III) Avaliação do impacto e sustentabilidade (6 e 7). Resultados - A auditoria de base mostrou uma variabilidade significativa na conformidade com as práticas recomendadas, variando entre 9% e 100%, numa amostra de 100 doentes adultos submetidos a cirurgia programada. Após a intervenção, a auditoria de seguimento revelou melhorias significativas, como o aumento da taxa de conformidade no uso da técnica IDEIA de 9% para 42% e a manutenção das portas das salas operatórias fechadas, que passou de 17% para 98% de conformidade. Conclusão - A implementação da PBE resultou em melhorias significativas na adesão às práticas recomendadas, evidenciando a eficácia do plano integrado de intervenções. Esperamos que este projeto conduza a melhores resultados de saúde, com um impacto positivo na segurança dos doentes, nos custos e na qualidade dos cuidados de saúde.


Assuntos
Qualidade da Assistência à Saúde , Enfermagem , Prevenção de Doenças , Prática Clínica Baseada em Evidências , Período Perioperatório , Enfermagem Médico-Cirúrgica
17.
Coimbra; s.n; fev. 2024. 95 p. tab., ilus..
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1560727

RESUMO

Introdução: A osteoartrite do joelho (OAJ) é a mais prevalente e a sua incidência continua a aumentar em paralelo com o envelhecimento da população. Nas pessoas com OAJ avançada, o tratamento cirúrgico através da prótese total do joelho (PTJ) é a intervenção mais recomendada, mas com implicações na mobilidade, condicionando o retorno ao exercício físico (EF). Atualmente, há uma dispersão de programas direcionados a esta população, sendo que os enfermeiros especialistas em enfermagem de reabilitação (EEER) apresentam competências e conhecimento científico para prescrever EF direcionado a populações com vulnerabilidade acrescida. Desta forma, este estudo pretende desenvolver recomendações de EF para pessoas com PTJ. Objetivo: Desenvolver recomendações de promoção de EF para pessoas com PTJ em contexto hospitalar e comunitário. Metodologia: O estudo adotou um desenho metodológico baseado no modelo de intervenções complexas do Medical Research Council Framework. A Etapa I consistiu numa revisão da literatura para sintetizar o conhecimento sobre estratégias de promoção do EF para pessoas com PTJ. A Etapa II focou na elaboração de recomendações com base na evidência científica e na discussão por peritos num grupo focal. A validação das recomendações ocorreu na Etapa III através de um Painel de Delphi. Resultados: Há convergência significativa entre a literatura científica e a opinião dos especialistas em relação à estruturação dos programas de EF em fases distintas. Sublinha-se a importância de exercícios de fortalecimento muscular, exercícios funcionais e exercícios aeróbios como caminhadas e exercícios em meio aquático. A progressão gradual da intensidade, assegura a segurança e eficácia dos exercícios, sendo a escala de Borg uma ferramenta essencial para a sua monitorização. A frequência dos exercícios deve ser ajustada de acordo com a fase de recuperação e o tipo de exercício. A preferência por instrumentos de avaliação acessíveis e clinicamente relevantes foi evidenciada. Conclusão. O tratamento cirúrgico através da colocação da PTJ é a intervenção mais recomendada, mas que acarreta compromissos na mobilidade, condicionando a prática de EF. Considera-se que um programa de EF é sobretudo multicomponente, com aplicação multidisciplinar, devendo incluir fortalecimento muscular, funcionalidade e treino aeróbio. Deve adaptar-se e monitorizar o programa, de forma a promover a sua eficácia e o retorno à atividade na comunidade.


Assuntos
Exercício Físico , Revisão , Enfermagem em Reabilitação , Artroplastia do Joelho , Osteoartrite do Joelho , Enfermeiros Especialistas
18.
Coimbra; s.n; jan. 2024. 90 p. tab..
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1554202

RESUMO

O presente Relatório de Estágio é constituído por duas componentes: uma referente ao estágio de natureza profissional e outra, de natureza investigativa, subordinada ao tema da perceção de enfermeiros de cirurgia de ambulatório sobre a utilização da música na gestão da ansiedade perioperatória. A seleção deste tema prendeu-se com a necessidade de se identificarem estratégias inovadoras para garantir intervenções diferenciadas dos enfermeiros, direcionadas ao bem-estar físico e psicológico da pessoa alvo dos cuidados, na medida em que muitas das pessoas que são submetidas a procedimentos cirúrgicos, e que necessitam de hospitalização, experienciam elevados níveis de ansiedade no percurso perioperatório. Assim, a utilização de música tem sido identificada na literatura como uma das opções que proporcionam distração e redução da ansiedade em diversos contextos de prestação de cuidados, incluindo no período perioperatório. O estágio de natureza profissional decorreu no serviço de Cirurgia de Ambulatório do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, onde foram adquiridas e desenvolvidas competências comuns do enfermeiro especialista e competências específicas do enfermeiro especialista em enfermagem médico-cirúrgica, e que aqui temos oportunidade de relatar. Na componente de investigação foi desenvolvido um estudo descritivo de natureza interpretativa, com recurso a entrevistas individuais a enfermeiros com experiência profissional em contexto de cirurgia de ambulatório, e que teve como objetivo identificar a perceção de enfermeiros de cirurgia de ambulatório sobre a aplicabilidade e aspetos que poderão influenciar uma intervenção com música na gestão da ansiedade da pessoa em situação perioperatória. Os resultados permitiram destacar três categorias no que respeita à perceção dos enfermeiros relativamente à utilização de uma intervenção musical: i) a experiência a realizar intervenção com música; ii) a viabilidade da utilização de música em regime de cirurgia de ambulatório; e iii) os principais efeitos de uma intervenção musical. Deste modo, foi subsidiado o conhecimento sobre a aplicabilidade de uma intervenção não farmacológica, sustentada em música, nos processos de gestão da ansiedade perioperatória de pessoas submetidas a cirurgia de ambulatório, contribuindo para a melhoria da qualidade dos cuidados de enfermagem.


Assuntos
Ansiedade , Assistência Perioperatória , Papel do Profissional de Enfermagem , Período Perioperatório , Procedimentos Cirúrgicos Ambulatórios , Enfermagem Médico-Cirúrgica , Enfermeiros Especialistas , Bem-Estar Psicológico , Promoção da Saúde , Música , Musicoterapia , Enfermeiras e Enfermeiros , Cuidados de Enfermagem
19.
Coimbra; s.n; jan. 2024. 120 p. tab., ilus..
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1554205

RESUMO

O presente relatório de estágio insere-se no Curso de Mestrado em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra e pretende espelhar duas partes essenciais: o percurso de desenvolvimento de competências na prática clínica (três contextos de estágio) e a elaboração do trabalho de investigação. O estágio de natureza profissional em contexto hospitalar realizou-se em internamento, no serviço de psiquiatria mulheres, do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, o estágio em contexto de comunidade decorreu na Unidade de Cuidados na Comunidade de Alijó e o estágio em contexto de respostas diferenciadas desenvolveu-se na Equipa de Tratamento de Vila Real. Nestes campos, foram implementadas intervenções, permitindo o desenvolvimento de competências comuns do enfermeiro especialista e competências especificas do enfermeiro especialista em enfermagem de saúde mental e psiquiátrica. O consumo de bebidas alcoólicas é um problema de saúde pública. Em meio laboral, o consumo de álcool surge como fator influenciador para a diminuição do desempenho do trabalhador, aumentando o risco de acidentes, erros, atrasos, absentismo e podendo inclusive culminar no desemprego. Muitas vezes, um espaço laboral onde exista stress, salário baixo, entre outros, pode conduzir ao consumo de bebidas alcoólicas, pois a pessoa procura nos efeitos que advêm do álcool uma diminuição da sobrecarga emocional e do sofrimento mental. O objetivo da componente de investigação é avaliar se as Intervenções Breves têm um efeito positivo na redução do consumo de risco e nocivo de bebidas alcoólicas, em trabalhadores de uma câmara municipal da região de Trás-os-Montes. Recorreu-se a um desenho de nível IV, de natureza quase-experimental, com avaliação antes e após com um único grupo. Foi implementado o protocolo Screening and Brief Intervention and Referral to Treatment e utilizado como instrumento de avaliação o Alcohol Use Disorders Identification Test. As intervenções foram realizadas mediante o score obtido. A avaliação das intervenções foi realizada em follow-up, 6 meses depois. As intervenções realizadas no estudo demonstraram um efeito clínico positivo na redução do consumo de álcool.


Assuntos
Enfermagem Psiquiátrica , Consumo de Bebidas Alcoólicas , Saúde Mental , Saúde Pública , Saúde Ocupacional , Intervenção em Crise , Alcoolismo , Emprego , Consumo Excessivo de Bebidas Alcoólicas , Abstinência de Álcool , Enfermeiros Especialistas , Categorias de Trabalhadores , Enfermeiras e Enfermeiros
20.
Bragança; s.n; 20240000. tab..
Tese em Português | BDENF | ID: biblio-1527243

RESUMO

A dor é o 5º sinal vital e o seu controlo eficaz é um dever dos profissionais, um direito dos doentes e um avanço para efetiva humanização das Unidades de Saúde. A experiência e gestão da dor constituem elementos centrais na prestação de cuidados de saúde, especialmente em contextos de urgência. A dor é o motivo mais comum que leva os doentes a deslocarem-se ao Serviço de Urgência. Objetivos: O objetivo geral do presente estudo foi descrever características da dor dos utentes avaliados pelo sistema de triagem de Manchester em serviços de urgência básica e de urgência geral médico- cirúrgica, de um Centro Hospitalar da região centro de Portugal, no ano de 2022. Metodologia: A metodologia adotada consistiu num estudo epidemiológico descritivo transversal correlacional de natureza quantitativa. Resultados: Foram analisados dados pseudo anonimizados de uma população de 139149 admissões nos Serviços de Urgência de um Centro Hospitalar no centro dos pais. Sendo selecionada a amostra segundo os critérios de inclusão e exclusão definidos. A recolha de dados foi solicitada ao gabinete de controlo e gestão da mesma instituição. Os dados foram analisados com recurso a estatística descritiva. Constatou-se que 60,59% dos doentes que recorreram aos serviços de urgência foram avaliados pelo sistema de triagem de Manchester com dor. Verificou- se uma predominância do sexo feminino 54,7%, em termos de faixa etária observa-se que o maior número de registos ocorre entre os 45 e 54 anos. Observou-se que os problemas nos membros foi o motivo mais referido. E a intensidade da dor mais sentida foi a moderada, correspondendo ao intervalo entre 5 e 7 na escala numérica. Conclusão: Os resultados do presente estudo revelam aspetos importantes acerca da experiência e gestão da dor no Serviço de Urgência. Sendo o enfermeiro o primeiro profissional de saúde a obter contacto com o doente que se desloca ao SU, é o qualificado responsável para avaliar e priorizar a pessoa no momento da sua chegada ao serviço, tendo um papel preponderante na avaliação da sua dor, necessitando para isso de estar sensibilizado para esta problemática, para a promoção de boas práticas na gestão da dor.


Pain is the 5th vital sign and its effective control is a duty of professionals, a right of patients and an advance for the effective humanization of Health Units. Pain experience and management are central elements in the provision of health care, especially in emergency settings. Pain is the most common reason that leads patients to go to the Emergency Department. Objectives: The general objective of the present study was to describe pain characteristics of patients evaluated by the Manchester triage system in basic emergency and general medical-surgical emergency services, of a Hospital Center in the central region of Portugal, in the year 2022. Methodology: The methodology adopted consisted of a cross-sectional descriptive epidemiological study of a quantitative nature. Results: Pseudo-anonymized data from a population of 139149 admissions to the Emergency Department of a Hospital Center in the parents' center were analyzed. The sample was selected according to the defined inclusion and exclusion criteria. Data collection was requested from the control and management office of the same institution. Data were analyzed using descriptive statistics. It was found that 60.59% of the patients who went to the emergency department were evaluated by the Manchester triage system for pain. There was a predominance of females (54.7%), in terms of age group, the highest number of registrations occurs between 45 and 54 years old. It was observed that limb problems were the most frequently reported reason. And the intensity of the most felt pain was moderate, corresponding to the interval between 5 and 7 on the numerical scale. Conclusion: The results of the present study reveal important aspects about the experience and management of pain in the Emergency Department. As the nurse is the first health professional to have contact with the patient who goes to the ED, he is the qualified person responsible for evaluating and prioritizing the person at the time of their arrival at the service, having a preponderant role in the evaluation of their pain, and for this they need to be sensitized to this problem, for the promotion of good practices in pain management.


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Dor , Triagem , Enfermagem
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA