Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Enfermagem

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Cicatrização de lesões por pressão em pacientes acompanhados por um serviço de atenção domiciliar / Cicatrización de lesiones por presión en pacientes acompañados por un servicio de atención domiciliaria / Pressure injury healing in patients followed up by a home care service

Machado, Diani de Oliveira; Mahmud, Sati Jaber; Coelho, Rosane Pignones; Cecconi, Cristina Oliveira; Jardim, Gislaine Santos; Paskulin, Lisiane Manganelli Girardi.
Texto & contexto enferm ; 27(2): e5180016, 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF | ID: biblio-962922
RESUMO

Objetivo:

avaliar a cicatrização de lesões por pressão em pacientes na atenção domiciliar.

Método:

estudo longitudinal observacional com amostra intencional de 38 pacientes conduzido em um serviço de atenção domiciliar. Foram coletados dados sociodemográficos, clínicos e as características das lesões no período de abril a outubro de 2015. A cicatrização foi avaliada pelo instrumento Pressure Ulcer Scale for Healing, por planimetria e pela profundidade das lesões por pressão. A coleta de dados ocorreu durante as visitas domiciliares realizadas na admissão do paciente no serviço e após quatro e seis semanas. Dados em prontuário também foram coletados. A comparação das variáveis referentes à cicatrização foi realizada pelo Teste de Friedman e a probabilidade de cicatrização, pelo método Kaplan-Meier.

Resultados:

dos pacientes, 50% eram mulheres e 60,5%, idosos. A mediana de lesões por paciente foi 2. Predominaram os estágios 2 (48,3%) e 3 (35,6%), e 47,1% das feridas cicatrizaram. O escore do Pressure Ulcer Scale for Healing, a planimetria e a profundidade variaram significativamente no período do estudo (p<0,05). A probabilidade de cicatrização aumentou com o passar do tempo, sendo a mediana de cicatrização 44 dias.

Conclusão:

houve evolução favorável na cicatrização de acordo com os métodos de mensuração utilizados.
Biblioteca responsável: BR17.1