Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Enfermagem

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Mortality from Complications of Medical Assistance in Brazil from 2000 to 2010 / Mortalidade Por Complicações de Assistência Médica no Brasil de 2000 a 2010

Negeliskii, Christian; Bueno, André Luis Machado; Lima, Ana Amélia Antunes; Scherer, Juliane de Souza.
J. health sci. (Londrina) ; 21(1)30/04/2019.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-995918
Analisar o perfil epidemiológico da mortalidade da população brasileira por complicações decorrentes da assistência médica e cirúrgica, registrados na base de dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2010, segundo o local de ocorrência. Estudo ecológico sobre mortalidade por complicações da assistência médica e cirúrgica, de janeiro de 2000 a dezembro de 2010, dos dados disponibilizados online, via Tabnet, pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS. As mulheres (52,3%), brancas (64%) em idade avançada (65,6%), estão mais propensas às complicações decorrentes da assistência médica e cirúrgica. O evento adverso mais frequente foi a reação anormal ou complicação tardia, causadas por intervenção cirúrgica e por outros atos cirúrgicos, sem menção de acidente durante a intervenção e a maioria dos óbitos (93%) ocorreram em instituições hospitalares. Taxas aumentadas de mortalidade são evidenciadas nas regiões nordeste e sudeste do Brasil. A análise de mortalidade com elementos individuais e organizacionais, sugerem, como possíveis protetores ao óbito, o aumento da escolaridade, da renda média domiciliar per capita e o investimento em profissionais e na Atenção Básica de Saúde. A alteração da postura punitiva para uma postura educativa dentro das instituições, visando a prevenção do dano e o registro consciencioso das notificações, pode subsidiar o aumento das notificações e, consequentemente, das possibilidades analíticas desta temática. (AU).
Biblioteca responsável: BR1896.9