Your browser doesn't support javascript.
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportación:

Exportar

Email
Adicionar mas contactos
| |

A inserção da enfermeira obstétrica na assistência ao trabalho de parto

Maciel, Viviane da Silva.
Porto Alegre; s.n; 2014. s.p
Tesis en Portugués | Coleciona SUS (Brasil), Coleciona SUS (Brasil) | ID: biblio-942298

Objetivos:

O estudo buscou conhecer junto às enfermeiras obstétricas a vivência de estar acompanhando o trabalho de parto e parto num cenário historicamente médico, identificando as possíveis limitações, motivações e expectativas que se apresentam.

Métodos:

Estudo qualitativo, com desenho exploratório-descritivo. O local foi o Centro Obstétrico da maternidade de um hospital geral, que atende exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde, no município de Porto Alegre/RS. A coleta de dados foi através de entrevistas semiestruturadas com seis enfermeiras obstétricas que estão acompanhando efetivamente o trabalho de parto e parto. A análise dos resultados foi realizada de acordo com a análise temática de MINAYO, 2007.

Resultados:

A partir da análise dos discursos foi possível estabelecer as seguintes categorias temáticas obstáculos diários, gratificações e desafios para o futuro. Na categoria obstáculos diários foi mencionado o relacionamento com as equipes médica e de enfermagem, a cultura de medicalização do parto e a necessidade de protocolos assistenciais. Em gratificações foram incluídos os benefícios que a assistência da enfermeira obstétrica pode proporcionar ao binômio mãe-bebê, o empoderamento da gestante e a satisfação pessoal. E como desafios para o futuro estão a criação de protocolos assistenciais e o posicionamento das profissionais para o fortalecimento do trabalho da enfermeira obstétrica na instituição. Considerações finais É um momento especial de mudança,com a aceitação da atuação efetiva da enfermeira obstétrica, entretanto, há obstáculos que precisam ser enfrentados diariamente. Prestar uma assistência obstétrica enfermeiras obstétricas, enfermagem obstétrica, cuidado de considerando a fisiologia do parto é fazer um resgate da natureza humana, da feminilidade e do respeito para com a mulher e o recém-nascido. Esse estudo poderá servir de subsídio para a equipe de saúde avaliar a evolução desse processo e refletir sobre suas práticas
Biblioteca responsable: BR1751.1
Ubicación: BR1751.1; 614(81):616-083(043), M152i