Your browser doesn't support javascript.
Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Capital simbólico do trabalho das visitadoras sanitárias da Fundação Serviço de Saúde Pública, Alagoas/Brasil / Symbolic capital of the work of the female health visitors of the Public Health Service Foundation in the State of Alagoas, Brazil

Santos, Silvia Alves dos; Santos, Regina Maria dos; Costa, Laís de Miranda Crispim; Macedo, Amanda Cavalcante de; Barros, Larissa Melo Coêlho.
Hist. ciênc. saúde-Manguinhos ; 25(3): 817-839, jul.-set. 2018. ilus
Artigo em Português | HISA (história da saúde) | ID: his-41757
De caráter histórico, o estudo analisa o trabalho das visitadoras sanitárias da Fundação Serviço de Saúde Pública, em Alagoas, entre 1960 e 1990 e o capital simbólico a elas conferido. Foram utilizadas fontes documentais e orais, estas produzidas em entrevistas realizadas com recurso da história oral temática, concedidas por visitadoras, médico e enfermeira. As informações foram analisadas com base nos conceitos de habitus, campo, capital simbólico e distinção, de Pierre Bourdieu, e revelaram que as visitadoras sanitárias foram relevantes na assistência à saúde das comunidades onde atuaram, detendo marcas distintivas para inculcar práticas sanitárias por meio de visitas domiciliares e discurso autorizado para reconfigurar o habitus higiênico das famílias. Essa atuação lhes conferiu poder e capital simbólicos legitimados pela comunidade.(AU)
Biblioteca responsável: BR1273.1
Localização: BR1273.1