Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 3 de 3
Filter
Add filters








Year range
1.
Nursing (Säo Paulo) ; 25(290): 8103-8112, julho.2022.
Article in English, Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1379888

ABSTRACT

Objetivo: descrever a elaboração de um instrumento de notificação de evento adverso/incidente na atenção primária à saúde. Método: pesquisa descritiva, exploratória, de abordagem qualitativa, realizada em um município da região metropolitana de Curitiba-PR, em julho de 2017 a setembro de 2018, com 23 enfermeiros da estratégia de saúde da família. Resultados: a ação estratégica apontada pelos enfermeiros no grupo focal para segurança do paciente na atenção primária a saúde foi a elaboração da ficha de notificação como forma de conhecer e monitorar os eventos. Conclusão: a ficha de notificação foi elaborada como uma ferramenta que promoverá o levantamento dos danos/incidentes decorrentes da assistência para gerar informação que subsidie ações de prevenção.(AU)


Objective: to describe the development of an adverse event/incident notification instrument in primary health care.Method: descriptive, exploratory research, with a qualitative approach, carried out in a city in the metropolitan region of Curitiba-PR from July 2017 to September 2018, with 23 nurses from the family health strategy. Results: the strategic action pointed out by the nurses in the focus group for patient safety in primary health care was the elaboration of the notification form as a way of knowing and monitoring the events. Conclusion: the notification form was developed as a tool that will promote the survey of damages/incidents resulting from the assistance to generate information that subsidizes prevention actions.(AU)


Objetivo: describir el desarrollo de un instrumento de notificación de eventos adversos/incidentes en la atención primaria de salud. Método: investigación descriptiva, exploratoria, con enfoque cualitativo, realizada en una ciudad de la región metropolitana de Curitiba-PR, de julio de 2017 a septiembre de 2018, con 23 enfermeros de la estrategia de salud de la familia. Resultados: la acción estratégica señalada por los enfermeros del grupo focal de seguridad del paciente en la atención primaria de salud fue la elaboración del formulario de notificación como forma de conocimiento y acompañamiento de los eventos. Conclusión: el formulario de notificación fue desarrollado como una herramienta que promoverá el levantamiento de daños/ incidentes resultantes de la asistencia para generar información que subsidie las acciones de prevención.(AU)


Subject(s)
Primary Health Care , Notification , Patient Safety
2.
Rev Rene (Online) ; 20(1): e39782, jan.-dez. 2019.
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-997303

ABSTRACT

Objetivo: avaliar a cultura de segurança do paciente de hospital de ensino. Métodos: pesquisa avaliativa, com 68 enfermeiros, cujo instrumento utilizado foi o Questionário de Atitudes de Segurança (Safety Attitudes Questionnaire - Short Form) adaptado, composto por questões que contemplam seis domínios. Resultados: a melhor avaliação foi do domínio Satisfação no Trabalho, com média de 88,48, único classificado positivamente. O domínio que mede a Percepção da Gerência da Unidade e do Hospital obteve as menores avaliações, com médias 61,1 e 59,6, respectivamente. Conclusão: os profissionais enfermeiros exprimiram satisfação com o trabalho, porém, considerando que apenas um domínio obteve resultado positivo, a cultura de segurança do paciente encontrada no hospital apresenta fragilidades na perspectiva dos enfermeiros participantes. (AU)


Subject(s)
Humans , Organizational Culture , Nursing , Patient Safety
3.
Curitiba; s.n; 20180821. 115 p. ilus, tab.
Thesis in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1121295

ABSTRACT

Introdução: A segurança do paciente é definida como a redução do risco de danos desnecessários a um mínimo aceitável, decorrentes de uma circunstância, agente ou ação com o potencial de causar danos. (RUNCIMAN et al., 2009; WHO, 2017). Objetivos: avaliar a cultura de segurança dos enfermeiros na atenção primária à saúde de um município da Região Metropolitana de Curitiba, identificar problemas passíveis de intervenção, para segurança do paciente, e elaborar ações estratégicas para a segurança na atenção primária à saúde. Metodologia: pesquisa descritiva, exploratória, de abordagem quanti-qualitativa, dividida em três etapas: diagnóstica, analítica e operacional. A primeira diagnóstica, contou com a aplicação de um instrumento de avaliação da cultura de segurança para atenção primária à saúde o Medical Office Survey Patient Safety Culture, que foi traduzido e validado para uso no Brasil. A etapa analítica, consistiu na análise dos dados obtidos pela aplicação do instrumento e na compreensão do problema de intervenção, por meio de grupo focal com os participantes da pesquisa que foi um importante espaço de educação e negociação com gestão, e a terceira etapa, a operacional, cuidou de identificar e elaborar a ação estratégica para segurança do paciente. Esse trabalho está inserido a Linha de Pesquisa Gerenciamento de Serviços de Saúde e Enfermagem. Resultados: os dados do instrumento apontaram que equipamento necessário ao atendimento que não funcionou adequadamente ou necessitava de reparo ou substituição foi ressaltado por 39,1%; ainda 39,1% da equipe disse acreditar que seus erros podem ser usados contra si; problemas relacionados à troca de informações pontuais com centros de imagens/ laboratoriais da rede de atenção à saúde foram apontados por 47,8%;exames laboratoriais indisponíveis quando necessários foram referidos por 47,8% dos participantes; discordância sobre o número de profissionais necessários para atender a demanda foi referida por 47,8% dos participantes da pesquisa, 56,5% disseram que quase sempre a equipe tem receio de fazer perguntas, quando algo não parece correto;56,5% dos enfermeiros classificaram a avaliação global da segurança do paciente, neste local, como boa. E, por fim, 60,9% concordam que neste serviço acontecem erros com mais frequência do que deveria. A ação sugerida pelo o grupo focal foi a criação da ficha de notificação de eventos adversos para segurança do paciente, a qual foi elaborada na terceira etapa do estudo pela pesquisadora. Produto: A ficha de notificação/incidente de acordo com a nota técnica GVIMS/GGTES/ANVISA N°01/20l5 com intuito de produzir informação para ação também foi construído o fluxograma de envio da notificação. Conclusão: a ficha de notificação não resolverá os problemas relacionados à segurança do paciente, porém é um importante passo para a promoção de uma cultura de segurança no município.


Introduction: Patient safety is defined as reducing the risk of unnecessary harm to an acceptable minimum resulting from a circumstance, agent or action with the potential to cause harm. (RUNCIMAN et al., 2009, WHO, 2017). Objectives: Evaluating the safety culture of nurses in the primary health care of a city in the Metropolitan Region of Curitiba, identifying possible problems for intervention, for patient safety, and elaborating strategic actions for safety in primary health care. Methodology: Descriptive, exploratory, quantitative-qualitative research, divided into three stages: diagnostic, analytical and operational. The first diagnosis was the application of an instrument for evaluating the safety culture for primary health care, the Medical Office Survey Patient Safety Culture, which was translated and validated for use in Brazil. The analytical stage consisted in the analysis of the data obtained by the application of the instrument and in the understanding of the problem of intervention, through a focus group with the participants of the research that was an important space of education and negotiation with management, and the third stage, the operational, took care to identify and elaborate the strategic action for patient safety. This work is part of the Health and Nursing Services Management Research Line. Results: the instrument data indicated that equipment needed for care that did not function properly or needed repair or replacement was highlighted by 39.1%; yet 39.1% of the staff said they believed their mistakes could be used against themselves; problems related to the exchange of specific information with centers of images / laboratory of the health care network were pointed out by 47.8%; laboratory tests unavailable when necessary were reported by 47.8% of the participants; disagreement about the number of professionals needed to meet the demand was reported by 47.8% of the survey participants, 56.5% said that almost always the staff is afraid to ask questions when something does not seem right; 56.5% of the nurses classified the overall safety assessment of the patient, at this location, as good. And finally, 60.9% agree that mistakes occur more often than they should on this service. The action suggested by the focus group was the creation of the adverse event notification sheet for patient safety, which was elaborated in the third stage of the study by the researcher. Product: The notification / incident form according to technical note GVIMS / GGTES / ANVISA N°01 / 2015 in order to produce information for action was also constructed the flowchart of sending the notification. Conclusion: The notification form will not solve problems related to patient safety, but it is an important step towards promoting a safety culture in the municipality.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Primary Health Care , Focus Groups , Culture , Patient Safety , Nursing , Health Strategies
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL