Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 22
Filter
1.
Acta cir. bras ; 28(supl.1): 37-42, 2013. tab
Article in English | LILACS | ID: lil-663890

ABSTRACT

PURPOSE: To analyze the correlation between the "International Consultation on Incontinence Questionnaire-Short Form" (ICIQ-UISF) survey and the urodynamic findings in men with urinary incontinence (UI) following radical prostatectomy (RP). METHODS: 88 men who presented post-RP UI for a minimum of 1 year were enrolled prospectively. All answered the ICIQ-UISF survey and underwent urodynamic testing. Patients were divided in 3 Groups according to their urodynamic diagnosis: Group 1, patients with sphincteric incontinence (SI) alone; Group 2, patients with mixed UI (SI + Bladder Dysfunction (BD)); and Group 3, patients with BD alone. Data were analyzed using SPSS v16.0 software. RESULTS: There were 51 men in Group 1 (57.9%); 30 in Group 2 (34%); and 7 (7.9%) in Group 3. BD was found in 37/88 patients (42%), but it was the main cause of UI in only 14 patients (15.9%). There was no statistically significant difference among the mean ICIQ-UISFs values from groups 1, 2, or 3 (p>0.05). The symptoms of stress incontinence correlated with the urodynamic finding of SI (r = 0.59), and complaints of urinary urgency correlated with the presence of detrusor overactivity (DO) (r = 0.37), but these complaints did not predict the main cause of UI. CONCLUSION: The etiology of UI following RP cannot be predicted by the ICIQ-UISF survey. Symptoms of stress and urge incontinence predict the findings of SI and DO on urodynamic tests, but they cannot ascertain the main cause of UI. Urodynamic testing remains the gold standard to assess the etiology of post-RP UI.


OBJETIVO: Analisar a relação entre as queixas clínicas mensuradas pelo "International Consultation on Incontinence Questionnaire-Short Form" (ICIQ-UISF) e os achados urodinâmicos em homens com incontinência urinária (IU) após a prostatectomia radical (PR). MÉTODOS: 88 homens que apresentavam IU por um período mínimo de 1 ano após a PR foram incluídos prospectivamente. Todos responderam o questinário "ICIQ-UISF" e foram submetidos a avaliação urodinâmica. Os pacientes foram categorizados em 3 grupos de acordo com o diagnóstico urodinâmico: Grupo 1, pacientes com incontinência esfincteriana isolada (IE); Grupo 2, pacientes com IU mista (IE + disfunção vesical (DV)); e Grupo 3, pacientes com DV isolada. Os dados foram analisados utilizando o software SPSS v16.0. RESULTADOS: Dos 88 pacientes avaliados, após a avaliação urodinâmica, 51 homens (57,9%) apresentaram IE isolada (Grupo 1); 30 homens (34%) apresentaram IE associada a DV (Grupo 2) e 7 homens (7,9%) tinham somente DV (Grupo 3). A DV foi encontrada em 37/88 pacientes (42%), mas foi a principal causa de IU em apenas 14 pacientes (15,9%). Não houve diferença estatisticamente significativa entre os valores das médias do "ICIQ-UISFs" entre os grupos 1, 2 ou 3 (p> 0,05). Os sintomas de incontinência de esforço se correlacionaram com o diagnóstico urodinâmico de IE (r = 0,59), e as queixas de urgência miccional se correlacionaram com a presença de hiperactividade do detrusor na avaliação urodinâmica (r = 0,37), entretanto apesar da correlação encontrada, os sintomas não foram capazes de identificar a principal causa da UI . CONCLUSÃO: A etiologia da UI após a PR não pode ser previsto pelo escore de sintomas obtidos através do "ICIQ-UISF". Os sintomas de perda urinária as manobras de estresse e de urgência miccional estão relacionados a presença de IE e hiperatividade detrusora na avaliação urodinâmica, entretanto estes sintomas não conseguem identificar com segurança qual é o principal fator da IU após a PR.O teste urodinâmico continua sendo o padrão ouro para avaliar a etiologia da IU após a PR.


Subject(s)
Aged , Humans , Male , Middle Aged , Prostatectomy/adverse effects , Surveys and Questionnaires , Urinary Incontinence/diagnosis , Prospective Studies , Prostatic Neoplasms/surgery , Quality of Life , Urodynamics , Urinary Incontinence, Stress/etiology , Urinary Incontinence, Urge/etiology , Urinary Incontinence/etiology
2.
Einstein (Säo Paulo) ; 6(4): 507-510, 2008.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-510091

ABSTRACT

Mais de 60 mil novos casos de câncer de bexiga são diagnosticadosa cada ano nos Estados Unidos, responsáveis por aproximadamente13 mil mortes por ano. Nas últimas décadas, a incidência total decâncer de bexiga parece estar crescendo o que pode caracterizaruma conseqüência dos efeitos latentes do tabaco e outros fatoresde risco não-ocupacionais, carcinógenos industriais, assim comoo envelhecimento em geral da nossa população. Fatores culturaise socioeconômicos também contribuem substancialmente paraa etiologia do câncer de bexiga e podem ter um papel ainda maisimportante do que o ambiente ocupacional. Neste trabalho foramrevisados os principais fatores não-ocupacionais estabelecidos oupropostos associados ao desenvolvimento do câncer de bexiga.


Subject(s)
Epidemiology , Risk Factors , Urinary Bladder Neoplasms
3.
Einstein (Säo Paulo) ; 5(1): 44-47, 2007.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-458072

ABSTRACT

Objetivos: A ablação laparoscópica é o padrão-ouro para o tratamentode lesões supra-renais benignas; entretanto, a ressecção laparoscópica de lesões malignas é controversa e as séries apresentadas na literaturasão pequenas. O presente estudo apresenta aspectos técnicos eresultados oncológicos da supra-renalectomia laparoscópica pormalignidade. Métodos: Oito pacientes foram submetidas à suprarenalectomialaparoscópica em virtude da malignidade da suprarenalprimária ou metastática. O procedimento laparoscópico foitransperitoneal em dois casos e retroperitoneal em seis. Resultados:O tamanho médio das lesões foi de 5 cm (4 a 9 cm), o tempo cirúrgicomédio de 135 minutos e o sangramento operatório médio de 250ml. Houve um caso de pneumonia com boa evolução. O diagnósticohistopatológico foi câncer metastático em quatro casos e neoplasiamaligna primária da supra-renal nos outros quatro. Houve dois casosde recidiva sistêmica em pacientes com câncer adrenal metastático.Recidiva local ou implantes em portais não foram observados emnenhum caso. A sobrevida foi de 100 em pacientes com câncerprimário da supra-renal e de 50 nos pacientes com lesão metastática.Conclusão: O tratamento da doença maligna da glândula supra-renalpor videolaparoscopia pode ser realizado com segurança em pacientescom carcinoma adrenal primário ou metástase adrenal. O prognósticodepende da ressecabilidade e da agressividade biológica da doença.


Objective: Laparoscopic resection is the gold standard for treatment of benign adrenal lesions. Laparoscopic resection of malignant lesions, however, is controversial, and there are only limited series published in the literature. The aim of this study is to describe technical aspects and oncological results of laparoscopic adrenalectomy for malignant disease. Methods: Eight patients (five men and three women)underwent laparoscopic adrenalectomy for primary or metastatic adrenal malignancy. The procedures were performed transperitoneally in two cases and retroperitoneally in 6 cases. Results: The mean incision size was 5 cm (4-9 cm), the mean duration of surgery was 135 minutes and the mean blood loss was 250 ml. There was onecase of postoperative pneumonia, which progressed favorably. Histopathological diagnosis was metastasis in four cases and primary adrenal neoplasm in four cases. There were two cases of systemicrecurrence in patients with metastatic adrenal cancer which originated from breast-cancer in one case and lung cancer in another case. Localrecurrence or implantations on the trocar sites were not observed.All patients with primary adrenal neoplasms and 50% of those withmetastatic lesions of the adrenal were alive at the end of the follow-upperiod. Conclusion: Treatment of adrenal malignant disease can be safely performed through videolaparoscopy in patients with primary adenocarcinoma or adrenal gland metastasis. The prognosis depends on resectability and biological aggressiveness of the disease.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adrenal Gland Neoplasms , Laparoscopy , Postoperative Complications
4.
São Paulo; s.n; 2007. 53 p.
Thesis in Portuguese | LILACS | ID: lil-586922

ABSTRACT

Introdução: O emprego da técnica de RT-PCR na detecção da expressão de genes epiteliais como a CK-19 no sangue periférico de pacientes com câncer de próstata é uma oportunidade para avaliar a progressão tumoral ao nível molecular na ausência de doença clinicamente mensurável. Material e métodos: Inicialmente 10 pacientes com nível sérico de PSA< 2ng/ml e toque retal sugestivo de hiperplasia prostática benigna foram incluídos como grupo controle através de coleta de sangue única para dosagem do transcrito da CK-19. Subsequentemente,foram seguidos de maneira prospectiva 44 pacientes com câncer de próstata (21 com doença localizada e 23 com doença metastática), com coleta de sangue seriada a cada 3 meses por 18 meses. Foi medida a expressão sérica do transcrito da CK-19 por RT-PCR na fração leucocitária do sangue periférico e correlacionada aos níveis séricos de PSA e outras variáveis clinicas e patológicas. Resultados: Nenhum de 10 pacientes controles apresentou expressão do transcrito da CK-19 no sangue periférico. Nos pacientes com câncer de próstata a expressão do transcrito da CK-19 na entrada do estudo não se correlacionou com o escore de Gleason, estádio clínico e os níveis séricos de DHL, Hemoglobina, PSA, Fosfatase alcalina ou Testosterona. A presença de pelo menos uma dosagem positiva de CK-19 durante o seguimento se correlacionou com o tempo para a progressão bioquímica do PSA na amostra como um todo(p=0,049) e no subgrupo com doença metastática(p=0,032). Conclusão: Não houve expressão do transcrito da CK-19 na fração mononuclear do sangue periférico em homens do grupo controle. Nos pacientes com câncer de próstata não houve correlação entre a expressão do transcrito da CK-19 na entrada do estudo e as principais variáveis clínicas e patológicas de prognóstico...


Background: The recent introduction of sensitive RT-PCR-based techniques for the detection of epithelial antigen expression, such as CK-19,in the peripheral blood of prostate cancer patients may provide an opportunity to evaluate early tumor progression at the molecular level, even in the absence of measurable disease. Methods: Ten men with PSA <2ng/ml and digital rectal examination suggestive for benign prostatic hyperplasia were included as controls by only one colleted blood sample to measure of CK-19 transcript. We also studied serially collected blood samples of 44 patients with prostate cancer (21 with localized and 23 with metastatic disease) every three months for 18 months. We measured CK-19 transcript expression in the peripheral blood mononuclear fraction (PBMN) of these samples by RT-PCR and correlated it with PSA values and other clinical and pathologic variables. Results: None of the 10 normal control men showed CK-19 transcript expression in their PBMN. In the patients with prostate cancer, CK-19 transcript positivity at entry did not correlate with Gleason score, clinical stage, DHL, hemoglobin level, PSA, alkaline phosphatase or testosterone levels. Having at least one positive CK- 19 result during follow up correlated significantly with time to PSA progression in all coorte (p = 0.049) and in the subgroup of metastatic disease (p = 0.032)...


Subject(s)
Humans , Male , Biomarkers, Tumor , Polymerase Chain Reaction , Prostatic Neoplasms , Keratins/genetics
5.
Einstein (Säo Paulo) ; 5(3): 203-208, 2007.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-475245

ABSTRACT

Objetivos: Comparar os dados relativos à prostatectomia laparoscópicapelo acesso transperitoneal e extraperitoneal durante a experiênciapreliminar. Métodos: Foram avaliados retrospectivamente os primeiros30 pacientes submetidos à rostatectomia laparoscópica transperitoneal e 30 extraperitoneal, durante o período de 1999 a 2005. Foram analisados s resultados cirúrgicos, oncológicos e os resultados funcionais como otência e continência, sendo os resultados comparados entre osdois grupos. Resultados: O tempo cirúrgico e a perda sangüíneaintra-operatória foram em média, respectivamente, de 270 minutos e290 ml no grupo extraperitoneal e de 330 minutos e 380 ml no grupotransperitoneal. Não ocorreram diferenças significativas em relaçãoàs complicações intra-operatórias, período de internação hospitalar etempo de permanência do cateter de Foley. Nos pacientes submetidosao acesso extraperitoneal ocorreu uma reintrodução mais precoce dadieta, diminuição de casos de íleo paralítico, evolução menos mórbida defístulas urinárias e a redução da taxa de margens positivas. Em relaçãoà potência sexual e continência urinária não ocorreram diferenças significativas em relação aos dois grupos. Conclusão: A prostatectomia radical laparoscópica é um procedimento complexo, factível e que pode ser utilizado para o tratamento do câncer de próstata localizado. A viaretroperitoneal oferece algumas vantagens em relação à transperitoneal,e o período de curva de aprendizado oferece uma menor morbidade.


Subject(s)
Humans , Male , Laparoscopy/methods , Minimally Invasive Surgical Procedures , Prostatectomy/methods , Treatment Outcome
6.
Einstein (Säo Paulo) ; 5(4): 372-374, 2007.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-485805

ABSTRACT

A ocorrência de cálculo de vesícula seminal é uma entidade rara, compoucos relatos na literatura mundial, sendo ainda mais escassos artigossobre o tratamento videolaparoscópico. A importância do diagnósticoestá relacionada ao fato de o cálculo de vesícula seminal ser um fatorna gênese da prostatite e ter relação com dor perineal e na ejaculação,simulando quadro de prostatite sem infecção demonstrável. Relatamoso caso de um paciente de 36 anos com quadro de dor perineal epolaciúria persistente, apesar de tratamento clínico adequado. Atomografia e a ecografia transretal diagnosticaram cálculo de istmode vesícula seminal bilateral. A vesiculectomia seminal bilateral porlaparoscopia resultou em remissão da sintomatologia e controle dainfecção em seguimento de seis anos.


Subject(s)
Humans , Adult , Urinary Bladder Calculi/surgery , Seminal Vesicles/surgery , Laparoscopy , Prostatitis
7.
São Paulo med. j ; 122(2): 64-66, Mar. 2004. ilus
Article in English | LILACS | ID: lil-361560

ABSTRACT

CONTEXTO: O carcinoma verrucoso de bexiga é uma neoplasia maligna muito rara, histologicamente semelhante ao condiloma acuminado. Normalmente apresenta-se associado à esquistossomose vesical (bilharzíase). Apenas 13 casos não relacionados à bilharzíase foram descritos até o momento, sendo que em nenhum deles foi relatada presença de coilocitose, um achado característico da infecção pelo papiloma vírus humano. RELATO DE CASO: Apresentamos um caso de carcinoma verrucoso de bexiga não relacionado à bilharzíase com presença de coilocitose e ausência de papiloma vírus humano. A literatura relacionada ao assunto é discutida.


Subject(s)
Humans , Female , Adult , Urinary Bladder Diseases/complications , Urinary Bladder Neoplasms/complications , Carcinoma, Verrucous/complications , Schistosomiasis/complications , Papillomaviridae
9.
RBM rev. bras. med ; 60(1/2): 39-: 43-: 46-: passim-40, 44, 46, jan.-fev. 2003. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-357756

ABSTRACT

O câncer da próstata se tornou a malignidade mais comum em homens nos Estados Unidos. Pesquisas recentes demonstram que a dieta intima tem relação com as variações de incidência desta neoplasia ao redor do mundo. Tal conhecimento pode ser uma medida importante na prevenção do câncer da próstata. Dentre os alimentos estudados, substâncias chamadas fitoestrógenos, que são estrogênios fracos encontrados na soja, contêm propriedades capazes de reduzir o risco de câncer da próstata. Compostos ricos em gordura também têm sido associados a tumores mais avançados. Em relação às vitaminas, o calcitriol (vitamina D ativa) é considerado atualmente como hormônio regulador de crescimento e diferenciação celular, existindo relação inversa entre seus níveis e a incidência de câncer da próstata. A dieta encontrada nos países orientais, rica em vitaminas e vegetais e com baixo teor lipídico, tem papel protetor contra o câncer da próstata.


Subject(s)
Humans , Male , Prostatic Neoplasms/diet therapy , Chemoprevention/methods
10.
Arq. méd. ABC ; 28(1): 19-24, 2003. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-365119

ABSTRACT

Doenças da glândula prostática são extremamente prevalentes. Possuir o conhecimento adequado dessas afecções é de fundamental importância para a classe médica. Novos métodos diagnósticos têm sido desenvolvidos e empregados nesta área da medicina, havendo necessidade de atualizações terapêuticas periódicas. Neste contexto, discute-se o real valor de programas de screening populacional para a detecção precoce do cancer da próstata. Outro tema frequentemente debatido discute a respeito da educação médica, ou seja, a constante busca de métodos pedagógicos eficientes, capazes de transmitir os mínimos conhecimentos necessários para que os acadêmicos de medicina, futuros médicos, sejam capazes de exercer sua profissão com competência e dignidade. A primeira Campanha de Atenção às Doenças dada Próstata da Faculdade de Medicina do ABC teve como objetivo unificar estas duas tendências: prestação de serviços médicos assistenciais...


Subject(s)
Humans , Health Education , Health Promotion , Prostate , Biopsy
11.
Rev. Hosp. Clin. Fac. Med. Univ. Säo Paulo ; 57(6): 287-292, Nov.-Dec. 2002. ilus
Article in English | LILACS | ID: lil-336463

ABSTRACT

The nerve supply of the human prostate is very abundant, and knowledge of the anatomy contributes to successful administration of local anesthesia. However, the exact anatomy of extrinsic neuronal cell bodies of the autonomic and sensory innervation of the prostate is not clear, except in other animals. Branches of pelvic ganglia composed of pelvic (parasympathetic) and hypogastric (sympathetic) nerves innervate the prostate. The autonomic nervous system plays an important role in the growth, maturation, and secretory function of this gland. Prostate procedures under local anesthesia, such as transurethral prostatic resections or transrectal ultrasound-guided prostatic biopsy, are safe, simple, and effective. Local anesthesia can be feasible for many special conditions including uncomplicated prostate surgery and may be particularly useful for the high-risk group of patients for whom inhalation or spinal anesthesia is inadvisable


Subject(s)
Humans , Male , Anesthesia, Local , Prostate , Anesthesia, Local , Biopsy, Needle , Ultrasonography, Interventional
12.
Arq. méd. ABC ; 25(2): 18-23, 2001. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-433309

ABSTRACT

Câncer de próstata é o terceiro mais comum e a quinta causa de morte por câncer no estado de São Paulo, Brasil. Sua elevada incidência e seu grande potencial de cura quando diagnosticado em estágios iniciais torna extremamente importante a compreensão dos seus mecanismos de carcinogênese e a identificação dos indivíduos pertencentes ao grupo de risco para o desenvolvimento da doença. O papilomavirus humano (HPV) é comprovadamente carcinogênico em alguns tecidos, mas sua atividade na próstata é incerta e controversa. Baseados em técnicas de biologia molecular, diversos autores vêm tentando correlacionar a presença e atividade do HPV em pacientes portadores de adenocarcinoma prostático. Há grande discrepância entre os resultados encontrados na literatura; os estudos são inconclusivos, sendo que a presença do HPV na próstata de pacientes portadores de câncer prostático varia entre 0 e 75%. Portanto, ‘a luz dos conhecimentos atuais, não há evidências significativas de que o HPV participe ativamente da carcinogênese da célula prostática. Porém, a totalidade dos autores acredita que a próstata seja um importante reservatório para o HPV no sexo masculino. As novas tecnologias de detecção, como medidas seriadas de anticorpos, e informações de estudos populacionais para a demonstração de risco relativo, poderão ser capazes de, no futuro, estabelecer realmente há relação entre o HPV e a carcinogênese da célula prostática.


Subject(s)
Male , Humans , Adenocarcinoma , Molecular Biology , Prostatic Neoplasms , Papillomaviridae , Prostate/pathology
13.
Arq. méd. ABC ; 23(1/2): 12-17, 2000. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-320685

ABSTRACT

Introduçäo: A biópsia de próstata sextante guiada por ultra-sonografia transretal tem mostrado papel fundamental no diagnóstico de câncer de próstata. Material e método: Através da campanha de saúde prostática realizado pela Faculdade de Medicina do ABC em 400 pacientes, foram selecionados 20, os quais foram submetidos a biópsia de próstata guiado por ultrasonografia transretal com 10 fragmentos. Os critérios utilizados foram toque suspeito, elevaçäo do PSA ou a concomitância entre os dois fatores. Resultado: Dos 20 pacientes biopsiados, foram encontrados 4 adenocarcinomas, 1 paciente com neoplasia intra-epitelial e uma atrofia glandular. Conclusäo: Foi feita análise histológica das lâminas quanto ao número de fragmentos, análise do PSA e escores de Gleason. Os diagnósticos anatomopatológicos säo discutidos enfatizando sua correlaçäo clínica


Subject(s)
Humans , Male , Middle Aged , Prostatic Neoplasms/diagnosis , Prostate/pathology , Biopsy, Needle
19.
Arq. méd. ABC ; 23(1/2): 45-47, 2000. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-320693

ABSTRACT

Os cistos renais solitários infectados extremamente incomuns, sendo descrito cerca de trinta casos até o final da década passada. Visto a raridade desta patologia e as várias modalidades terapêuticas, relatamos o caso de uma paciente jovem, com história sugestiva de pielonefrite aguda cujo diagnóstico por ultrassonografia revelou cisto renal com conteúdo espesso. Foi submetida a tratamento minimamente invasivo através de drenagem percutânea e esclerose utilizando álcool absoluto, com ótimo resultado. Além disso, realizamos uma revisäo dos principais métodos terapêuticos, agentes esclerosantes, taxas de sucesso e índices de complicaçöes


Subject(s)
Humans , Female , Adult , Kidney Diseases, Cystic , Sclerotherapy
20.
J. bras. urol ; 25(1): 68-72, jan.-mar. 1999. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-246343

ABSTRACT

Foi realizado um estudo dos custos da cirurgia de Burch por via laparoscópica, em comparaçäo com a cirurgia aberta, com objetivo de verificar possíveis implicaçöes econômicas para as instituiçöes públicas no Brasil. Foram analisados de maneira retrospectiva os prontuários de 20 pacientes operados para correçäo de incontinência urinária de esforço pela técnica de Burch, consecutivamente, de dezembro de 1994 a janeiro de 1996. Dez foram submetidos a cirurgia vídeo laparoscópica (CVL) e 10 a cirurgia de Burch aberta (CBA). Os gastos de enfermaria e centro cirúrgico de cada modalidade foram avaliados e comparados com o valor pago pelo sistema único de saúde (SUS) para este procedimento cirúrgico. A duraçäo da internaçäo foi similar em ambos os grupos; a duraçäo da cirurgia foi em média 4 horas para CVL e 2 horas para CBA. O custo da CVL (R$ 292,00) foi significativamente maior (p<0,05) que o da CBA (R$ 190,32), sendo esta diferença observada principalmente nos custos intra-operatórios. Concluímos que CVL aumenta o custo hospitalar devido ao aumento dos custos de centro cirúrgico, no entanto, com valores compatíveis com os pagos pelo SUS. Somente quando a CVL for realizada com um período de internaçäo mais curto, já que permite recuperaçäo mais rápida da paciente, os custos globais poderäo ser reduzidos e näo haverá ônus adicional para o sistema público


Subject(s)
Humans , Female , Urinary Incontinence, Stress/therapy , Laparoscopy , Public Assistance , Costs and Cost Analysis/statistics & numerical data
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL