Biblioteca Virtual em Saúde

Pesquisa | Influenza A (H1N1)

  • BIREME | OPAS | OMS logo
 
1.

Guia de Vigilância Epidemiológica: Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional pela doença pelo Coronavírus 2019: Vigilância Integrada de Síndromes Respiratórias Agudas Doença pelo Coronavírus 2019, Influenza e outros vírus respiratórios/ Epidemiological Surveillance Guide: Public Health Emergency of National Importance due to Coronavirus disease 2019: Integrated Surveillance of Acute Respiratory Syndromes Coronavirus disease 2019, Influenza and other respiratory viruses

Autor(es): Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde
Fonte: s.l; s.n; 3 abr. 2020. ilus.
LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde ID: 1096732
Resumo: Em 20 de março de 2020, foi declarado que a transmissão do novo coronavírus passou a ser considerada comunitária em todo o território nacional. Com isso, a Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (SVS/MS) realizou a adaptação do Sistema de Vigilância de Síndromes Respiratórias Agudas, visando orientar o Sistema Nacional de Vigilância em Saúde para a circulação simultânea do coronavírus, influenza e outros vírus respiratórios no âmbito da Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional. O Sistema de Vigilância de Síndromes Respiratórias Agudas foi criado em 2000 para realizar o monitoramento do vírus influenza a partir da Vigilância Sentinela de Síndromes Gripais (SG). Em 2009, após a pandemia de influenza pelo vírus H1N1, foi incorporada a Vigilância Universal de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Essa adaptação é temporária e visa garantir a manutenção do sistema de vigilância de influenza e compreender o impacto que a Doença pelo Coronavírus 2019 terá sobre o Sistema Único de Saúde. Ainda não é possível afirmar se o coronavírus permanecerá endêmico ou se desaparecerá após a pandemia.