Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros


Intervalo de ano de publicação
1.
Rio de Janeiro; Atheneu; 1985. 177 p. tab, graf, 26cm.
Monografia em Português | LILACS, HANSEN, SESSP-ILSLACERVO, SES-SP | ID: biblio-1084216
2.
Hansen. int ; 5(1): 3-27, jun. 1980. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, SES-SP, HANSEN, SESSP-ILSLACERVO, SES-SP | ID: biblio-1226353

RESUMO

A proposiçao do trabalho foi a de estudar as manifestaçoes da imunidade celular medida por celulas (CMI), in vivo e in vitro, em hansenianos. Mitsuda-negativos antes e apos o tratamento. Foi constituido um grupo homogeneo de 15 pacientes obedecendo aos seguintes criterios: paientes Mitsuda-negativos, do sexo masculino, de 18 a 40 anos, virgens de qualquer tipo de tratamento anterior e com tempo de doença relatado em torno de 5 anos. Foram formados 3 grupos experimentais definidos como segue: Grupo I - pacientes que recebiam 100 mg de sulfona diariamente e 1 ml de salina, por via subcutanea, como placebo, duas vezes por semana; Grupo II - pacientes que receberiam 100 mg de sulfona diariamente e 1 ml de fator de transferencia (FT), preparado a partir de linfocitos obtidos de baço humano, por via subcutanea, duas vezes por semana; Grupo III - pacientes que receberiam um comprimido como placebo diariamente e 1 ml de FT por via subcutanea, duas vezes por semana. Os pacientes foram submetidos aos seguintes exames: anamnese e exame clinico dermatologico, indice baciloscopico (IB) e morfologico (IM), histopatologico de pele e de linfonodos inguinais, determinaçao de linfocitos T e B no sangue periferico e cultura de linfocitos com estimulo pela fitohemaglutinina (PHA) no 3º e 14º dias. Apos a coleta de todo o material, o esquema terapeutico foi iniciado e mantido por 8 semanas consecutivas...


Assuntos
Hanseníase Virchowiana/fisiopatologia , Hanseníase Virchowiana/imunologia , Imunidade Celular
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA