Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
1.
Dermatologica ; 163(1): 78-93, 1981.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-7274519

RESUMO

A total of 9,955 schoolchildren aged 6-16 years have been examined in a tropical region. The prevalence of dermatosis varied from 21 to 87% in the municipalities surveyed. The most common dermatoses were pediculosis (prevalence 50%), nevi (16.8%), pityriasis versicolor (13.2%), pyoderma (12.2%), pityriasis alba (9.9%), dermatophytosis (6.2%), viral dermatosis (6.2%), scabies (3.0%) and acne vulgaris (2.7%). The prevalence of angular stomatitis, miliaria rubra, candidiasis, piedra nigra, keratosis pilaris, ephelides and geographic tongue is lower but still relatively high. Females had higher rates of pediculosis capitis and males higher prevalence of pityriasis alba. The prevalence of pityriasis versicolor, pigmented nevus and scabies was similar in males and females. Folliculitis, macular pigmented nevi and especially pityriasis versicolor tended to increase with age. Leprosy is hyperendemic in the surveyed area and its rate in the schoolchildren examined was 0.08%. Population movement (urbanization), socioeconomic situation, living conditions, promiscuity, and lack of hygiene may be the cause of such high prevalence and of association of two or more skin conditions. Climatic conditions might have enhanced the prevalence of certain dermatoses (pityriasis versicolor, dermatophytosis, piedra nigra, candidiasis, miliaria rubra).


Assuntos
Dermatopatias/epidemiologia , Adolescente , Brasil , Criança , Feminino , Humanos , Masculino , Saúde da População Rural , Fatores Sexuais , Fatores Socioeconômicos , Saúde da População Urbana
2.
Rev. bras. leprol ; 36(1/4): 23-29, 1968-1969. ilus, tab
Artigo em Português | SES-SP, HANSEN, SESSP-ILSLACERVO, SES-SP | ID: biblio-1229764

RESUMO

Estudam caso de hansen¡ase tuberculóide da variedade nodular da infância (Souza Campos), observada em criança de 2 anos e 7 meses, do sexo feminino, branca e que desde o nascimento mantinha contato com o pai, portador da moléstia do tipo V, com baciloscopia fortemente positiva (+++) em L.C. e M.N. Apresentava 4 nódulos localizados no membro superior esquerdo, sendo o maior de 11 X 10 mm e os demais de 4 X 5 mm. Eram duros, indolores, aderentes aos planos adjacentes, de superf¡cie lisa, de tonalidade eritematosa e, quando distendidos, tornavam-se translúcidos e de cor branco-amarelada. O exame histopatológico revelou granuloma tuberculóide (tipo sarcóide) com ausência de b.a.a.r., os quais também foram negativos em baciloscopia de L.C. e M.N.. A reação de Mitsudina foi fortemente positiva (nódulo ulcerado de 8 X 11 mm). Na evolução, as lesões mantiveram-se estacionadas nos primeiros 17 dias; do 35º ao 70º dia houve aumento de tamanho e a partir do 87º dia iniciou-se a regressão. No 125º dia de observação a redução era de 50%. Discutem a influência do fator idade na incidência da moléstia e apresentam os argumentos que justificam a individualização dessa variedade de hanseníase.


Assuntos
Masculino , Humanos , Lactente , Hanseníase Tuberculoide/complicações , Hanseníase Tuberculoide/diagnóstico , Hanseníase Tuberculoide/fisiopatologia , Hanseníase Virchowiana/complicações , Hanseníase Virchowiana/diagnóstico , Hanseníase Virchowiana/fisiopatologia
4.
Rev. bras. leprol ; 35(1/4): 47-52, jan.-dez. 1967. ilus
Artigo em Português | SES-SP, HANSEN, SESSP-ILSLACERVO, SES-SP | ID: biblio-1229758

RESUMO

Relatam os AA. a observação de paciente do sexo masculino, de 27 anos, preto, portador de lepra tuberculóide reacional, com lesões localizadas na face, de aspecto nitidamente verrucoso. Nos antecedentes mórbidos há referência à tuberculose pulmonar ainda em tratamento e na vigência da qual ocorrem as lesões da lepra T.R. Fazem o diagnóstico diferencial com a tuberculose verrucosa que pode ser afastada cl¡nicamente e pela histopatologia que foi compatível com o diagnóstico de lepra tuberculóide reacional com lesões verrucosas. Na revisão de literatura encontraram apenas 6 trabalhos referentes à lesão verrucosa no mal de Hansen, sendo o presnte, o primeiro referido com o tipo tuberculóide reacional.


Assuntos
Masculino , Humanos , Adulto , Cromoblastomicose/complicações , Cromoblastomicose/diagnóstico , Cromoblastomicose/fisiopatologia , Cromoblastomicose/reabilitação , Hanseníase Tuberculoide/diagnóstico , Hanseníase Tuberculoide/fisiopatologia , Hanseníase Tuberculoide/reabilitação , Hanseníase Tuberculoide/terapia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA