Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 49
Filtrar
Mais filtros


Intervalo de ano de publicação
1.
Recurso na Internet em Português | LIS | ID: lis-48575

RESUMO

Foi sancionada, nesta terça-feira (4) a Lei nº 14.289, que obriga o sigilo sobre a condição de pessoas infectadas pelo vírus HIV e hepatites crônicas. A medida também abrange pessoas com hanseníase ou tuberculose. O sigilo é obrigatório no âmbito dos serviços de saúde, estabelecimentos de ensino, locais de trabalho, administração pública, segurança pública, processos judiciais e mídias escrita e audiovisual. O texto foi publicado no Diário Oficial da União.


Assuntos
HIV , Hepatite , Tuberculose , Hanseníase , Confidencialidade/normas
3.
Arch. argent. dermatol ; 65(1): 19-21, ene.-feb.2015. ilus
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-777696

RESUMO

La lepra es una enfermedad infectocontagiosa crónica que puede presentarse con afectación cutánea, nerviosa y/o visceral según el perfil inmunológico del paciente. El Mycobacterium leprae puede producir afectación visceral de forma directa y/o indirecta. El compromiso hepático es más frecuente en los casos multibacilares. Presentamos un paciente de sexo masculino de 52 años con lepra lepromatosa y compromiso hepático


Leprosy is a chronic infectious disease that may present with skin, nervous and /or visceral involvement, according to immune profiles of patients. Mycobacterium leprae may cause visceral affection in a direct or indirect way. Liver involvement is more common in multibacillary cases. A case of lepromatous leprosy with liver compromise in a 52-year-old male patient is presented.


Assuntos
Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Hanseníase , Hanseníase Virchowiana , Biópsia , Hepatite , Hepatomegalia , Mycobacterium leprae
4.
Immunol Rev ; 240(1): 105-16, 2011 Mar.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-21349089

RESUMO

Intracellular pathogens contribute to a significant proportion of infectious disease morbidity and mortality worldwide. Increasing evidence points to a major role for host genetics in explaining inter-individual variation in susceptibility to infectious diseases. A number of monogenic disorders predisposing to infectious disease have been reported, including susceptibility to intracellular pathogens in association with mutations in genes of the interleukin-12/interleukin-23/interferon-γ axis. Common genetic variants have also been demonstrated to regulate susceptibility to intracellular infection, for example the CCR5Δ32 polymorphism that modulates human immunodeficiency virus-1 (HIV-1) disease progression. Genome-wide association study approaches are being increasingly utilized to define genetic variants underlying susceptibility to major infectious diseases. This review focuses on the current state-of-the-art in genetics and genomics as pertains to understanding the genetic contribution to human susceptibility to infectious diseases caused by intracellular pathogens such as tuberculosis, leprosy, HIV-1, hepatitis, and malaria, with a particular emphasis on insights from recent genome-wide approaches. The results from these studies implicate common genetic variants in novel molecular pathways involved in human immunity to specific pathogens.


Assuntos
Doenças Transmissíveis/genética , Doenças Transmissíveis/imunologia , Predisposição Genética para Doença , Doenças Transmissíveis/fisiopatologia , Infecções por HIV/genética , Hepatite/genética , Humanos , Hanseníase/genética , Malária/genética , Tuberculose/genética , Viroses/genética
5.
Brasília; Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica; 7 ed; 2009. 816 p. tab, graf.(A. Normas e Manuais Técnicos).
Monografia em Português | SES-SP, LILACS, SES-SP, HANSEN, HANSENIASE | ID: lil-574043
7.
Chang Gung Med J ; 31(2): 201-6, 2008.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-18567421

RESUMO

A 24-year-old Vietnamese woman presented with a 3-month history of non-itchy erythematous plaques on the face, trunk and limbs. Borderline lepromatous leprosy was confirmed by clinical findings, acid-fast bacilli on skin biopsy specimen and skin smear and a history of exposure. Around the twentieth day of World Health Organization (WHO) multibacillary standard treatment (rifampin 600 mg per month, dapsone 100 mg per day, clofazimine 300 mg per month and 50 mg per day for 1 year), she developed fever, general malaise, blurred vision, cough, nausea, epigastric pain, and arthralgia. The skin lesions also became swollen. During hospitalization, her illness was complicated by retrobulbar optic neuritis, secondary bacterial pneumonia, pleuritis, ascites, hepatitis, antral gastritis, progressive normocytic anemia, and peripheral sensory loss. The patient recovered after receiving systemic steroid pulse therapy (prednisolone equivalent dose 1250 mg) with systemic antibiotics (cefuroxime), adjustment of her anti-lepromatous therapy, and supportive care. She resumed the WHO multibacillary regimen uneventfully. This patient presented with a diverse type 1 reaction, which is a complex immune response in leprosy. We found that the judicious use of high dose steroids followed by a slow tapering course is beneficial in managing patients with a severe type 1 reaction. At the 1-year follow up, the patient had generalized skin hyperpigmentation resulted from long-term clofazamine use and numbness on feet without other systemic sequelae.


Assuntos
Hipersensibilidade Tardia/complicações , Hanseníase Virchowiana/tratamento farmacológico , Prednisolona/administração & dosagem , Adulto , Feminino , Hepatite/etiologia , Humanos , Hanseníase Virchowiana/complicações , Neurite Óptica/etiologia
10.
Bauru; s.n; 2002. 25 p. ^e33cm.
Não convencional em Português | LILACS, HANSEN, HANSENIASE, SESSP-ILSLPROD, SES-SP, SESSP-ILSLACERVO, SES-SP, SESSP-PAPSESSP, SES-SP | ID: biblio-1084675
11.
An. bras. dermatol ; 74(1): 59-61, jan.-fev. 1999. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-262952

RESUMO

Durante o tratamento da hanseníase, o uso da dapsona e da rifampicina pode levar a transtornos cutâneos e hepáticos significativos. Relata-se o caso de paciente leucodérmica, com 12 anos de idade, portadora de hanseníase indeterminada, que desenvolveu eritrodermia, hepatite e colecistite no curso da segunda semana de tratamento com esquema para paucibacilar (600mg/mês de rifampicina e 100mg/dia de dapsona). O quadro foi diagnosticado como síndrome sulfônica


Assuntos
Humanos , Feminino , Criança , Colecistite/complicações , Dapsona/efeitos adversos , Dapsona/uso terapêutico , Dermatite Esfoliativa/etiologia , Hanseníase/tratamento farmacológico , Hepatite/complicações , Rifampina/efeitos adversos , Rifampina/uso terapêutico , Hipersensibilidade a Drogas
15.
Indian J Pathol Microbiol ; 38(4): 413-6, 1995 Oct.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-9726154

RESUMO

51 cases of granulomatous hepatitis were seen among 1234 liver biopsies over a 10 year period. Tuberculosis was the commonest cause seen in 55 percent of cases. Other causes included leprosy, sarcoidosis, histoplasmosis, brucellosis, amoebic liver abscess, lymphoma and malignant granuloma. 12 percent of cases remained undiagnosed. Clinically these patients presented with pyrexia and hepatosplenomegaly. Jaundice was uncommon. Many showed elevated alkaline phosphatase levels, anaemia and raised ESR Granulomatous hepatitis of unknown aetiology with FUO was seen in 6 percent cases only.


Assuntos
Granuloma/patologia , Hepatite/patologia , Granuloma/etiologia , Hepatite/etiologia , Humanos , Hepatopatias/etiologia , Hepatopatias/patologia , Estudos Retrospectivos , Tuberculose Hepática/complicações , Tuberculose Hepática/patologia
16.
Rev. IMIP ; 7(1): 3-11, jun. 1993. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-129991

RESUMO

A pesquisa foi realizada com objetivo de avaliar o perfil epidemiológico das doenças transmissíveis nas 5 áreas programáticas do município de Olinda. Os dados foram coletados dos serviços de saúde municipais, estaduais e conveniados que enviavam o relatório semanal de notificaçao para o nível regional, cujo registro era feito pelos médicos clínicos, pediatras e ginecologistas. Destaca-se a hanseníase como a doença mais notificada na área II nao havendo referência dos casos para os serviços especializados, tendo sido caracterizada como de baixa endemicidade (0,15/1000 hab.). A hepatite foi a patologia mais notificada em todas as áreas do município, atingindo mais o grupo de 5 a 14 anos. A tuberculose mostrou-se mais ou menos semelhante nas áreas programáticas, sendo mais atingido o grupo de 15 a 49 anos, com baixo coeficiente de incidência. A coqueluche foi mais registrada nas áreas III e V e o grupo de maior risco os menores de 1 ano. A meningite atingiu mais os menores de 1 ano. No sarampo o grupo mais atingido foi de 1 a 4 anos com maior risco para os menores de 1 ano. A leptospirose foi mais frequente entre 5 a 14 anos. Quanto à sífilis congênita os casos foram notificados na fase precoce. A difteria ocorreu nas crianças de 1 a 4 e 5 a 14 anos com igual frequencia. Dos 279 casos notificados apenas 28 por cento foram confirmados


Assuntos
Lactente , Recém-Nascido , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Humanos , Doenças Transmissíveis/epidemiologia , Brasil/epidemiologia , Hanseníase/epidemiologia , Hepatite/epidemiologia , Sarampo/epidemiologia , Meningite/epidemiologia , Tuberculose/epidemiologia , Coqueluche/epidemiologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA