Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros

Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Int. j. high dilution res ; 12(43): 44-51, 2013. ilus, tab
Artigo em Inglês | HomeoIndex (homeopatia) | ID: hom-10903

RESUMO

BACKGROUND Homeopathic potencies have been reported to produce alteration of contraction in isolated rat ileum in an organ bath. Potentized homeopathic drugs like Lycopus V and Aurum met are used for the treatment of hypertension. AIM The purpose of this study is to see whether Lycopus V 30 CH and Aurum met 30 CH could produce relaxation of isolated rat aorta in the organ bath. METHODS The aorta of rats were dissected out, placed in Krebs-Henseleit solution, cleared of connective tissue and endothelium and cut into 2-2.5 mm long rings. The rings were fixed in organ baths with the upper end connected by a string to an isometric transducer which was finally attached through a data acquisitation equipment to a computer. Aurum met 30 CH Lycopus V 30 CH, and their medium 90% ethanol were added separately to the bathing fluid containing the aorta rings which were precontracted with noradrenalin (NA). RESULTS Both the drugs produced significant relaxation of the aorta (p<0.001) precontracted with NA (10-7 M). The control did not show any marked effect on the NA induced contraction of aorta. CONCLUSION A potentised drug is thought to be specifically structured water which can transform the water structure in the bathing fluid and the isolated tissue immersed in the fluid into its own form. This in turn produces the observed relaxation. Both Lycopus V 30 CH and Aurum met 30 CH are effective in reducing NA induced contraction of rat aorta. Drugs can directly act on the isolated rat aorta without any system of influence. KEY WORDS High dilution drug, isolated aorta, hypertension, noradrenalin. (AU)


Introdução e objetivo: Segundo alguns estudos, diluições homeopáticas alteram a contratilidade de íleo isolado de rato, em banho de órgãos. Os medicamentos homeopáticos como Aurum metallicum Lycopus virginicus são usados no tratamento da hipertensão. O objetivo deste estudo foi determinar se Lycps 30 cH e Aur 30 cH podem induzir o relaxamento da aorta isolada de ratos, em banho de órgãos. Métodos: A aorta foi dissecada e, livre de tecido conjuntivo e endotelio, foi colocada em solução de Krebs-Henseleit, sendo seccionada em anéis de 2 a 2,5 cm de comprimento. Os anéis foram fixados em banho de órgãos, a extremidade superior ligada por um cabo a um transdutor isométrico, por sua vez ligado a dispositivos de registro de dados em um computador. Aur 30 cH, Lycps 30 cH e etanol 90%, foram adicionados separadamente ao líquido do banho contendo os anéis de aorta previamente contraídas pela noradrenalina (NA) ou norpinefrina (NE). Resultados: Os dois medicamentos testados induziram relaxamento significativo (p <0,001), do preparada de aorta contraída por NA (10-7 M), enquanto que a solução de controle não produziu efeitos significativos. Conclusão: Ambas as drogas foram usadas em diluições homeopáticas demasiado elevadas para admitir a presença de moléculas da substância original. Assim, o mecanismo farmacológico tradicional envolvendo as moléculas da droga e receptores no músculo liso da aorta deve ser descartado. Embora reconhecidamente diferente, o mecanismo envolvido permanece desconhecido. Lycps 30 e Aur 30 CH mostraram-se eficazes na redução da contratilidade da aorta de ratos, induzida por NA. As drogas podem agir diretamente na aorta isolada de ratos sem influência sistêmica. (AU)


Assuntos
Animais , Ratos , Altas Potências , Aorta , Hipertensão , Norepinefrina/farmacologia , Aurum Metallicum , Lycopus
2.
Int. j. high dilution res ; 12(43): 44-51, 2013. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-688931

RESUMO

BACKGROUND Homeopathic potencies have been reported to produce alteration of contraction in isolated rat ileum in an organ bath. Potentized homeopathic drugs like Lycopus V and Aurum met are used for the treatment of hypertension. AIM The purpose of this study is to see whether Lycopus V 30 CH and Aurum met 30 CH could produce relaxation of isolated rat aorta in the organ bath. METHODS The aorta of rats were dissected out, placed in Krebs-Henseleit solution, cleared of connective tissue and endothelium and cut into 2-2.5 mm long rings. The rings were fixed in organ baths with the upper end connected by a string to an isometric transducer which was finally attached through a data acquisitation equipment to a computer. Aurum met 30 CH Lycopus V 30 CH, and their medium 90% ethanol were added separately to the bathing fluid containing the aorta rings which were precontracted with noradrenalin (NA). RESULTS Both the drugs produced significant relaxation of the aorta (p<0.001) precontracted with NA (10-7 M). The control did not show any marked effect on the NA induced contraction of aorta. CONCLUSION A potentised drug is thought to be specifically structured water which can transform the water structure in the bathing fluid and the isolated tissue immersed in the fluid into its own form. This in turn produces the observed relaxation. Both Lycopus V 30 CH and Aurum met 30 CH are effective in reducing NA induced contraction of rat aorta. Drugs can directly act on the isolated rat aorta without any system of influence. KEY WORDS High dilution drug, isolated aorta, hypertension, noradrenalin.


Introdução e objetivo: Segundo alguns estudos, diluições homeopáticas alteram a contratilidade de íleo isolado de rato, em banho de órgãos. Os medicamentos homeopáticos como Aurum metallicum Lycopus virginicus são usados no tratamento da hipertensão. O objetivo deste estudo foi determinar se Lycps 30 cH e Aur 30 cH podem induzir o relaxamento da aorta isolada de ratos, em banho de órgãos. Métodos: A aorta foi dissecada e, livre de tecido conjuntivo e endotelio, foi colocada em solução de Krebs-Henseleit, sendo seccionada em anéis de 2 a 2,5 cm de comprimento. Os anéis foram fixados em banho de órgãos, a extremidade superior ligada por um cabo a um transdutor isométrico, por sua vez ligado a dispositivos de registro de dados em um computador. Aur 30 cH, Lycps 30 cH e etanol 90%, foram adicionados separadamente ao líquido do banho contendo os anéis de aorta previamente contraídas pela noradrenalina (NA) ou norpinefrina (NE). Resultados: Os dois medicamentos testados induziram relaxamento significativo (p <0,001), do preparada de aorta contraída por NA (10-7 M), enquanto que a solução de controle não produziu efeitos significativos. Conclusão: Ambas as drogas foram usadas em diluições homeopáticas demasiado elevadas para admitir a presença de moléculas da substância original. Assim, o mecanismo farmacológico tradicional envolvendo as moléculas da droga e receptores no músculo liso da aorta deve ser descartado. Embora reconhecidamente diferente, o mecanismo envolvido permanece desconhecido. Lycps 30 e Aur 30 CH mostraram-se eficazes na redução da contratilidade da aorta de ratos, induzida por NA. As drogas podem agir diretamente na aorta isolada de ratos sem influência sistêmica.


Assuntos
Animais , Ratos , Altas Potências , Aorta , Aurum Metallicum , Hipertensão , Lycopus , Norepinefrina/farmacologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA