Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros

Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Int. j. high dilution res ; 11(39)June 22, 2012. graf, tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | HomeoIndex (homeopatia) | ID: hom-10776

RESUMO

Adhatoda vasica Nees plants were grown in 50 earthen pots, which were divided into 5 batches A, B, C, D, and E. Of these A, B and C, D were arranged into two separate parallel pairs. One leaf of each plant of an adjacent pair was immersed in sterile tap water in a beaker. Adjacent beakers in each pair A B or C D were connected by polythene tubes containing wet cotton threads. One leaf of each plant of A was given heat shock by immersing a leaf in hot water for 5 min. One leaf of each plant of C was treated with Cantharis vesicatoria 200c. Batch E served as the unstressed and untreated control. One hour after heat shock or drug treatment all the leaves were harvested and their proteins were extracted by chilled protein extraction buffer. Proteins were separated by Fast Protein Liquid Chromatography (FPLC). Protein profiles of A, B and C, D showed marked similarity with respect to expression and repression of some proteins. It is concluded that the effect of heat shock and drug treatment is transmitted through water in the capillaries of cotton threads connecting the pairs of plants. It is assumed that heat shock or drug treatment altered locally the water structure in the leaves which was propagated through global network of water structure over the protein network in the whole plants, and from there to the interfacial water in the beakers and cotton threads. A homeopathic potency is thought to be specifically structured water which influences the water structure in the treated organism(AU)


Plantas Adhatoda vasica Nees foram cultivadas em 50 vasos de argila e divididos em 5 lotes A, B, C, D e E. Os lotes A, B e C, D foram arranjados em dois pares paralelos separados. Uma folha de cada planta dos pares adjacentes foi submergida num béquer com água corrente estéril. Os béqueres de cada par, A, B e C, D foram interconectados através de tubos de polietileno contendo fio de algodão umedecido. Uma folha de cada planta no lote A recebeu choque térmico através de imersão em água quente por 5 minutos. Uma folha de cada planta no lote C foi tratada com Cantharis vesicatoria 200c. O lote E foi utilizado como controle não submetido nem a estresse nem a medicação. Uma hora depois da aplicação de choque térmico ou tratamento medicamentoso, todas as folhas foram coletadas e suas proteínas foram extraídas através de tampão de extração de proteínas frio. As proteínas foram separadas através de cromatografia líquida rápida de proteínas (CLRP). Os perfis proteicos dos lotes A, B, C e D mostraram similaridade considerável quanto à expressão e repressão de algumas proteínas. Conclui-se que o efeito do choque térmico e do tratamento medicamentoso foi transmitido através da água nos capilares de fio de algodão conectando pares de plantas. Assume-se que o choque térmico e o tratamento medicamentoso alteraram localmente a estrutura da água nas folhas, que se propagou através da rede global da estrutura da água até a rede proteica nas plantas inteiras e dali para a água interfacial nos béqueres e fios de algodão. Considera-se que uma potência homeopática é água especificamente estruturada que influencia a estrutura da água no organismo tratado.(AU)


Assuntos
Cantharis vesicatoria , Tratamento Térmico , Agricultura Orgânica
2.
Int. j. high dilution res ; 11(41): 237-246, 2012. ilus, graf
Artigo em Inglês | HomeoIndex (homeopatia) | ID: hom-10897

RESUMO

Soil salinity severely affects crop yield all over the world. In a recent study we observed that Natrum mur 200cH, a homeopathic remedy, improved growth in germinating cowpea seeds. In the present study we have tested another remedy Sepia, which is complementary to Natrum mur, on cowpea seedlings under salt stress. Cowpea seedlings grown over moist filter paper in petridishes were divided into 4 groups: (1) control in sterile water, (2) in 50mM NaCl solution, (3) seeds pretreated with 90% ethanol diluted with water 1:100 and then transferred to 50mM NaCl solution, (4) seeds pretreated with Sepia 200cH diluted with water 1:100 and transferred to 50mM NaCl solution. In another experiment the groups were same, but the dilution of 90% ethanol and Sepia 200cH was 1:1000 instead of 1:100. The purpose was to further reduce the ethanol content in both the drug and its vehicle 90% ethanol, so that the alcohol effect is minimized or abolished. The data were analysed by ANOVA followed by t-test. Sepia 200cH at both 1:100 and 1:1000 dilutions significantly increased growth, sugar, chlorophyll, protein and water content in seedlings as compared to the untreated salt-stressed group. The effect with the1000th dilution of Sepia 200cH was more pronounced than with its 100th dilution. The vehicle 90% ethanol at 1:100 dilution produced some positive effect on the seedlings, but the 1000th dilution of the vehicle produced no such effect. It is, therefore, concluded that Sepia 200cH could ameliorate salt stress in cowpea seedlings and that the 1000th dilution is more effective than its 100th dilution. The alcohol effect is totally eliminated with the 1000th dilution of 90% ethanol. Thus the 1000th dilution could retain the drug effect and eliminate the vehicle effect. (AU)


Introdução: A salinidade do solo afeta seriamente a produtividade das culturas no mundo todo. Num estudo recente, observamos que o medicamento homeopático Natrum muriaticum 200 Ch melhorou o crescimento de sementes de feijão-fradinho Vigna unguiculata (L.) Walp] em germinação. Objetivo: Nesse trabalho, testamos o medicamento homeopático Sepia succus, complementar de Nat-m, em plântulas de feijão-fradinho submetidas a estresse salino. Métodos: Plântulas de feijão-fradinho desenvolvidas sobre papel de filtro umedecido em placas de Petri foram divididas em 4 grupos: (1) controle em água estéril, (2) em solução de NaCl 50 mM, (3) sementes pré-tratadas com etanol a 90% diluído 1:100 em água e após transferido a solução de NaCl 50mM, e (4) sementes pré-tratadas com Sep 200 cH diluídas 1:100 em água e após transferidas a solução de NaCl 50 mM. Num segundo experimento, os grupos foram os mesmos, mas a diluição do etanol a 90% e de Sep 200 cH foi 1:1.000 ao invés de 1:00 para reduzir ainda mais o teor de etanol em ambos, medicamento e veículo a fim de minimizar ou abolir o efeito do álcool. Os dados foram analisados através de ANOVA seguida de teste t de Student. Resultados: As duas diluições de Sep 200 cH, 1:100 e 1:1.000, aumentaram significativamente o crescimento, teor de açúcar, clorofila, proteína e água das plântulas por comparação ao grupo submetido a estresse salino não tratado. O efeito da 1.000ª diluição de Sep 200 cH foi mais pronunciado que o da 100ª diluição. O veículo etanol a 90% em diluição 1:100 induziu alguns efeitos positivos nas plântulas, mas a diluição 1:1.000 não apresentou esses efeitos. Conclusões: Sep 200 cH reverteu o efeito de estresse salino nas plântulas de feijão-fradinho, sendo que a 1.000ª diluição foi mais efetiva que a 100ª. O efeito do álcool foi totalmente eliminado com a 1.000ª diluição do etanol a 90%. Portanto, a 1.000ª conservou o efeito do medicamento e eliminou o efeito do veículo. (AU)


Assuntos
Agricultura , Solos Salitrosos , Sepia succus , Plântula/crescimento & desenvolvimento , Fabaceae/crescimento & desenvolvimento
3.
Int. j. high dilution res ; 11(39)june 22, 2012. graf, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-658513

RESUMO

Adhatoda vasica Nees plants were grown in 50 earthen pots, which were divided into 5 batches A, B, C, D, and E. Of these A, B and C, D were arranged into two separate parallel pairs. One leaf of each plant of an adjacent pair was immersed in sterile tap water in a beaker. Adjacent beakers in each pair A B or C D were connected by polythene tubes containing wet cotton threads. One leaf of each plant of A was given heat shock by immersing a leaf in hot water for 5 min. One leaf of each plant of C was treated with Cantharis vesicatoria 200c. Batch E served as the unstressed and untreated control. One hour after heat shock or drug treatment all the leaves were harvested and their proteins were extracted by chilled protein extraction buffer. Proteins were separated by Fast Protein Liquid Chromatography (FPLC). Protein profiles of A, B and C, D showed marked similarity with respect to expression and repression of some proteins. It is concluded that the effect of heat shock and drug treatment is transmitted through water in the capillaries of cotton threads connecting the pairs of plants. It is assumed that heat shock or drug treatment altered locally the water structure in the leaves which was propagated through global network of water structure over the protein network in the whole plants, and from there to the interfacial water in the beakers and cotton threads. A homeopathic potency is thought to be specifically structured water which influences the water structure in the treated organism


Plantas Adhatoda vasica Nees foram cultivadas em 50 vasos de argila e divididos em 5 lotes A, B, C, D e E. Os lotes A, B e C, D foram arranjados em dois pares paralelos separados. Uma folha de cada planta dos pares adjacentes foi submergida num béquer com água corrente estéril. Os béqueres de cada par, A, B e C, D foram interconectados através de tubos de polietileno contendo fio de algodão umedecido. Uma folha de cada planta no lote A recebeu choque térmico através de imersão em água quente por 5 minutos. Uma folha de cada planta no lote C foi tratada com Cantharis vesicatoria 200c. O lote E foi utilizado como controle não submetido nem a estresse nem a medicação. Uma hora depois da aplicação de choque térmico ou tratamento medicamentoso, todas as folhas foram coletadas e suas proteínas foram extraídas através de tampão de extração de proteínas frio. As proteínas foram separadas através de cromatografia líquida rápida de proteínas (CLRP). Os perfis proteicos dos lotes A, B, C e D mostraram similaridade considerável quanto à expressão e repressão de algumas proteínas. Conclui-se que o efeito do choque térmico e do tratamento medicamentoso foi transmitido através da água nos capilares de fio de algodão conectando pares de plantas. Assume-se que o choque térmico e o tratamento medicamentoso alteraram localmente a estrutura da água nas folhas, que se propagou através da rede global da estrutura da água até a rede proteica nas plantas inteiras e dali para a água interfacial nos béqueres e fios de algodão. Considera-se que uma potência homeopática é água especificamente estruturada que influencia a estrutura da água no organismo tratado.


Assuntos
Agricultura Orgânica , Cantharis vesicatoria , Tratamento Térmico
4.
Int. j. high dilution res ; 11(41): 237-246, 2012. ilus, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-688233

RESUMO

Soil salinity severely affects crop yield all over the world. In a recent study we observed that Natrum mur 200cH, a homeopathic remedy, improved growth in germinating cowpea seeds. In the present study we have tested another remedy Sepia, which is complementary to Natrum mur, on cowpea seedlings under salt stress. Cowpea seedlings grown over moist filter paper in petridishes were divided into 4 groups: (1) control in sterile water, (2) in 50mM NaCl solution, (3) seeds pretreated with 90% ethanol diluted with water 1:100 and then transferred to 50mM NaCl solution, (4) seeds pretreated with Sepia 200cH diluted with water 1:100 and transferred to 50mM NaCl solution. In another experiment the groups were same, but the dilution of 90% ethanol and Sepia 200cH was 1:1000 instead of 1:100. The purpose was to further reduce the ethanol content in both the drug and its vehicle 90% ethanol, so that the alcohol effect is minimized or abolished. The data were analysed by ANOVA followed by t-test. Sepia 200cH at both 1:100 and 1:1000 dilutions significantly increased growth, sugar, chlorophyll, protein and water content in seedlings as compared to the untreated salt-stressed group. The effect with the1000th dilution of Sepia 200cH was more pronounced than with its 100th dilution. The vehicle 90% ethanol at 1:100 dilution produced some positive effect on the seedlings, but the 1000th dilution of the vehicle produced no such effect. It is, therefore, concluded that Sepia 200cH could ameliorate salt stress in cowpea seedlings and that the 1000th dilution is more effective than its 100th dilution. The alcohol effect is totally eliminated with the 1000th dilution of 90% ethanol. Thus the 1000th dilution could retain the drug effect and eliminate the vehicle effect.


Introdução: A salinidade do solo afeta seriamente a produtividade das culturas no mundo todo. Num estudo recente, observamos que o medicamento homeopático Natrum muriaticum 200 Ch melhorou o crescimento de sementes de feijão-fradinho Vigna unguiculata (L.) Walp] em germinação. Objetivo: Nesse trabalho, testamos o medicamento homeopático Sepia succus, complementar de Nat-m, em plântulas de feijão-fradinho submetidas a estresse salino. Métodos: Plântulas de feijão-fradinho desenvolvidas sobre papel de filtro umedecido em placas de Petri foram divididas em 4 grupos: (1) controle em água estéril, (2) em solução de NaCl 50 mM, (3) sementes pré-tratadas com etanol a 90% diluído 1:100 em água e após transferido a solução de NaCl 50mM, e (4) sementes pré-tratadas com Sep 200 cH diluídas 1:100 em água e após transferidas a solução de NaCl 50 mM. Num segundo experimento, os grupos foram os mesmos, mas a diluição do etanol a 90% e de Sep 200 cH foi 1:1.000 ao invés de 1:00 para reduzir ainda mais o teor de etanol em ambos, medicamento e veículo a fim de minimizar ou abolir o efeito do álcool. Os dados foram analisados através de ANOVA seguida de teste t de Student. Resultados: As duas diluições de Sep 200 cH, 1:100 e 1:1.000, aumentaram significativamente o crescimento, teor de açúcar, clorofila, proteína e água das plântulas por comparação ao grupo submetido a estresse salino não tratado. O efeito da 1.000ª diluição de Sep 200 cH foi mais pronunciado que o da 100ª diluição. O veículo etanol a 90% em diluição 1:100 induziu alguns efeitos positivos nas plântulas, mas a diluição 1:1.000 não apresentou esses efeitos. Conclusões: Sep 200 cH reverteu o efeito de estresse salino nas plântulas de feijão-fradinho, sendo que a 1.000ª diluição foi mais efetiva que a 100ª. O efeito do álcool foi totalmente eliminado com a 1.000ª diluição do etanol a 90%. Portanto, a 1.000ª conservou o efeito do medicamento e eliminou o efeito do veículo.


Assuntos
Agricultura , Fabaceae/crescimento & desenvolvimento , Plântula/crescimento & desenvolvimento , Sepia succus , Solos Salitrosos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA