Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual en Salud

Homeopatia

Home > Búsqueda > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportación:

Exportar

Email
Adicionar mas contactos
| |

Transtorno de humor unipolar, uma abordagem homeopática: relato de caso / Unipolar mood disorder, a homeopathic approach: case report

Vera, Lilian Ramaldes.
São Paulo; s.n; s. l; 2019. 55 p. tab.
Tesis en Portugués | HomeoIndex (homeopatia) | ID: biblio-998184

Introdução:

O transtorno depressivo unipolar é, atualmente, uma das patologias mais frequentes do mundo. Sua prevalência em clínicas de saúde da família é alta. O médico clínico generalista deve estar preparado para atender tal demanda e atuar. Muito se conhece sobre as terapêuticas alopáticas existentes, mas de forma incansável, busca-se por práticas médicas alternativas e complementares as quais visam diminuir a poli farmácia com as suas consequentes interações medicamentosas, reduzindo, assim, efeitos colaterais importantes. A homeopatia vem de encontro a este objetivo. Tal prática herdou conceitos elementares de Hipócrates, considerado o pai da medicina e que, entre outros conceitos, advogava a terapêutica de cura pelos semelhantes. Em 1791, Samuel Hahnemann, fundador da Homeopatia, publica seu primeiro ensaio sobre o tratamento homeopático. Ele é instaurado a partir do princípio hipocrático da cura pelos semelhantes, uso de medicamento único e experimentação em homem são e doses infinitesimais. Esta monografia descreve o uso deste tipo de terapêutica em pacientes com diagnóstico de transtorno depressivo unipolar.

Objetivo:

Relatar um caso de tratamento homeopático em um paciente com sintomas depressivos atendido em consultório de Saúde da Família.

Metodologia:

Estudo de caso com delineamento observacional descritivo, apresentando caráter narrativo e reflexivo. A medicação homeopática utilizada é o Natrium muriaticum, após repertorização. Ademais, fez-se a revisão bibliográfica sobre o tema e sua correlação com a homeopatia.

Resultado:

O tratamento homeopático se demonstrou eficiente para controle da sintomatologia apresentada pela paciente, justificando o não uso de outros tratamentos adjuvantes.

Conclusão:

A homeopatia mostra-se uma aliada na complementariedade dos tratamentos em saúde mental, uma vez que pode tratar o ser em sua integralidade. Mais estudos são necessários para estudar a amplitude da potencialidade que a Homeopatia pode fornecer.
Biblioteca responsable: BR926.1
Ubicación: BR926.1; MOM, V473t, 2019
Selo DaSilva