Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 2.205
Filtrar
Mais filtros

Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
São Paulo; AMHB; 16 abr. 2024. 2 p.
Não convencional em Português | MTYCI, Redbvs, HomeoIndex | ID: biblio-1552012

RESUMO

A BVS Homeopatia existe há mais de 20 anos, sendo mantida pela BIREME, que é um órgão da OPAS e OMS. Esta BVS é o portal de divulgação e de reconhecimento da Homeopatia dentro do universo médico, odontológico, veterinário e farmacêutico de toda a América Latina. A BVS é de acesso gratuito, oferecendo informações validadas e confiáveis sobre a Homeopatia, disponibilizando para consulta a maior base de dados da área, a base Homeoindex, exclusiva da Homeopatia, com mais de 13.000 registros indexados. A base Homeoindex é também responsável por compartilhar parte de seus registros de Homeopatia com várias outras bases de dados internacionais.


Assuntos
Médicos Homeopatas , Comitês Consultivos , Bibliotecas Digitais/história
2.
São Paulo; BIREME/OPAS/OMS;CABSIN; dez 2023. 35 p.
Não convencional em Português | PIE, LILACS, MTYCI | ID: biblio-1151624

RESUMO

Este informe executivo apresenta os principais achados do mapa de evidências sobre os efeitos da Acupuntura para desfechos em saúde, que representa a evidência de 163 estudos de revisão que analisaram o efeito da acupuntura como intervenção para pelo menos um dos 96 desfechos de saúde organizados em 14 grupos: Câncer e Neoplasias; Dor; Doenças Cardiovasculares; Doenças Respiratórias; Doenças Reumáticas e Musculoesqueléticas; Doenças Nutricionais, Metabólicas e Endócrinas; Doenças do Sistema Nervoso; Dermatopatias; Gastroenteropatias; Indicadores Metabólicos e Fisiológicos; Oftalmopatias e Otorrinolaringopatias; Sinais e Sintomas; Transtornos Mentais; e Outros desfechos. No todo foram 201 associações entre acupuntura e os desfechos de saúde. Para cada associação intervenção-desfecho foi incluído o efeito reportado pelo estudo de revisão.


This executive report presents the main findings of the evidence map on the effects of acupuncture for health outcomes, representing evidence from 163 review studies that analyzed the effect of acupuncture as an intervention for at least one of the 96 health outcomes organized into 14 groups: Cancer and Neoplasms; Pain; Cardiovascular Diseases; Respiratory Diseases; Rheumatic and Musculoskeletal Diseases; Nutritional, Metabolic, and Endocrine Diseases; Diseases of the Nervous System; Dermatopathies; Gastroenteropathies; Metabolic and Physiological Indicators; Ophthalmopathies and Otorhinolaryngopathies; Signs and Symptoms; Mental Disorders; and Other outcomes. In total, there were 201 associations between acupuncture and health outcomes. For each intervention-outcome association, the reported effect by the review study was included.


Este informe ejecutivo presenta los principales hallazgos del mapa de evidencia sobre los efectos de la acupuntura en los resultados de salud, representando la evidencia de 163 estudios de revisión que analizaron el efecto de la acupuntura como intervención para al menos uno de los 96 resultados de salud organizados en 14 grupos: Cáncer y Neoplasias; Dolor; Enfermedades Cardiovasculares; Enfermedades Respiratorias; Enfermedades Reumáticas y Musculoesqueléticas; Enfermedades Nutricionales, Metabólicas y Endocrinas; Enfermedades del Sistema Nervioso; Dermatopatías; Gastroenteropatías; Indicadores Metabólicos y Fisiológicos; Oftalmopatías y Otorrinolaringopatías; Signos y Síntomas; Trastornos Mentales; y Otros resultados. En total, hubo 201 asociaciones entre la acupuntura y los resultados de salud. Para cada asociación intervención-resultados se incluyó el efecto informado por el estudio de revisión.


Assuntos
Humanos , Terapia por Acupuntura/métodos , Resultado do Tratamento , Medicina Tradicional Chinesa
3.
São Paulo; BIREME/OPAS/OMS; Jun 2023. 47 p.
Não convencional em Português | PIE, LILACS, MTYCI | ID: biblio-1518840

RESUMO

O mapa apresenta uma visão geral das evidências sobre os efeitos clínicos das terapias complementares e integrativas para o câncer do útero e do colo do útero. A partir da caracterização de centenas de estudos na série de mapas de evidências das Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas (MTCI/PICS), foram selecionados e incluídos 26 estudos de revisão (18 revisões sistemáticas, 7 revisões sistemáticas e metanálises, e 1 metanálise). As revisões avaliaram o efeito de 28 tipos de intervenções distribuídos em 3 grupos ­ Fitoterapia e Plantas Medicinais; Terapias não-Farmacológicas; Suplementos / Produtos Naturais ­ e associadas a 33 desfechos de saúde distribuídos em 5 grupos: Curso da doença; Sintomas relacionados ao Câncer; Indicadores Metabólicos e Fisiológicos; Bem-Estar, Vitalidade e Qualidade de Vida; Saúde Mental.


Assuntos
Neoplasias Uterinas , Neoplasias do Colo do Útero
4.
São Paulo; BIREME/OPAS/OMS; Fev 2023. 24 p.
Não convencional em Português | PIE, LILACS, MTYCI | ID: biblio-1435832

RESUMO

O mapa apresenta uma visão geral das evidências sobre os efeitos da Medicina Antroposófica, referida na PNPIC como Antroposofia Aplicada à Saúde, em função de sua natureza multiprofissional. A partir de uma ampla busca bibliográfica foram incluídos no mapa 33 estudos de revisão que analisaram o efeito de intervenções com medicamentos antroposóficos, terapias antroposóficas e terapias multimodais para desfechos clínicos. No mapa estão representadas 63 associações entre 5 tipos de intervenções e 19 desfechos clínicos, com indicação do efeito reportado e nível de confiança da evidência reportada nos estudos. Principais Achados: • As intervenções foram organizadas em três grupos: Medicamentos Antroposóficos (Viscum album ­ 22 revisões e Outros medicamentos ­ 4 revisões), Terapias Antroposóficas (Euritmia ­ 2 revisões e Outras terapias ­ 1 revisão) e Terapias Multimodais (Em Geral ­ 4 revisões). • As intervenções foram associadas a 19 desfechos ordenados em cinco grupos: Bem-estar e Qualidade de Vida, Câncer, Atenção à Saúde, Indicadores Fisiológicos e Metabólicos e Outras Condições Patológicas. • A maioria das associações foi para o grupo de desfecho Câncer, seguido pelo grupo Bem-estar e Qualidade de Vida. Dentre os desfechos, destaque para: Qualidade de Vida (12 revisões), Sobrevida (9 revisões), Segurança do Paciente (8 revisões) e Sintomas de Quimioterapia e Radioterapia (7 revisões). • Dentre as intervenções, a maioria das associações foi para Viscum album (48 associações). • As intervenções multimodais, outros medicamentos, Euritmia e outras terapias foram associadas aos desfechos: Resultado do tratamento (5 associações), Satisfação e Segurança do paciente (2 associações cada), Infecções respiratórias (3 associações), Coordenação cardiorrespiratória, Transtornos gastrointestinais e Edema (1 associação cada). Implicações para a prática e pesquisa: • Considerando os efeitos positivos reportados (em 27 associações), destaque para o uso de medicamento antroposófico Viscum album (19 associações) para os desfechos Qualidade de Vida, Segurança do Paciente e Sintomas de Quimioterapia e Radioterapia. • Quanto aos efeitos potencialmente positivos (em 21 associações), a maioria foi associado ao Viscum album (18 associações) para os desfechos: Sobrevida ao câncer, Sintomas de Quimioterapia e Radioterapia e Qualidade de Vida. • Identificaram-se efeitos inconclusivos em 15 associações para 11 diferentes desfechos, o que sugere uma necessidade de novos estudos primários sobre intervenções com medicamentos e terapias antroposóficas. • Não foram identificados estudos com ausência de efeito ou efeitos negativos.


Assuntos
Viscum album , Medicina Antroposófica , Biomarcadores , Resultado do Tratamento , Atenção à Saúde , Neoplasias
5.
São Paulo; BIREME/OPAS/OMS; Fev 2023. 24 p.
Não convencional em Português | MTYCI, LILACS, PIE | ID: biblio-1435829

RESUMO

The map provides an overview of the evidence on the effects of Anthroposophic Medicine, referred to in the National Policy on Integrative and Complementary Practices (PNPIC) as applied Anthroposophy in Health, due to its multiprofessional nature. Based on an extensive literature search, the map includes 33 review studies that analyzed the effects of interventions with anthroposophic medicines, anthroposophic therapies, and multimodal therapies on clinical outcomes. The map represents 63 associations between 5 types of interventions and 19 clinical outcomes, indicating the reported effect and level of confidence in the evidence reported in the studies. Key Findings: • The interventions were organized into three groups: Anthroposophic Medicines (Viscum album - 22 reviews and Other medicines - 4 reviews), Anthroposophic Therapies (Eurythmy - 2 reviews and Other therapies - 1 review), and Multimodal Therapies (Overall - 4 reviews). • The interventions were associated with 19 outcomes grouped into five categories: Well-being and Quality of Life, Cancer, Healthcare, Physiological and Metabolic Indicators, and other Pathological Conditions. • The majority of associations were found in the Cancer outcome group, followed by the Well-being and Quality of Life group. Notable outcomes included Quality of Life (12 reviews), Survival (9 reviews), Patient Safety (8 reviews), and Chemotherapy and Radiotherapy Symptoms (7 reviews). • Among the interventions, the majority of associations were related to Viscum album (48 associations). • Multimodal interventions, other medicines, eurythmy, and other therapies were associated with outcomes such as Treatment Outcome (5 associations), Patient Satisfaction and Safety (2 associations each), Respiratory Infections (3 associations), Cardiorespiratory Coordination, Gastrointestinal Disorders, and Edema (1 association each). Implications for Practice and Research: • Considering the reported positive effects (in 27 associations), the use of anthroposophic medicines Viscum album (19 associations) stands out for Quality of Life, Patient Safety, and Chemotherapy and Radiotherapy Symptoms outcomes. • Regarding potentially positive effects (in 21 associations), the majority were associated with Viscum album (18 associations) for Cancer Survival, Chemotherapy and Radiotherapy Symptoms, and Quality of Life outcomes. • Inconclusive effects were identified in 15 associations for 11 different outcomes, suggesting a need for further primary studies on interventions with anthroposophic medicines and therapies. • No studies were identified with no effect or negative effects.


Assuntos
Viscum album , Medicina Antroposófica , Resultado do Tratamento
6.
Rev. homeopatia (São Paulo) ; 84(2): 13-15, 2023.
Artigo em Português | LILACS, HomeoIndex, MTYCI | ID: biblio-1519106

RESUMO

Samuel Hahnemann usa seu poder intelectual e de observação para fazer um relato minucioso, e de certa minuciosa, sobre as características da mão humana. Suas analogias e conhecimento das percepções filosóficas impressionam, menos por sua erudição mas pela idade com que ele escreveu o texto. "O que mais eu poderia dizer sobre a carne que está em torno de cada dedo? Ela está disposta de tal modo que aí ainda reconhecemos a Sabedoria divina. Dado que as próprias falanges são muito irregulares ­ pois as articulações e a espécie compreendida entre elas apresentam uma grande diferença de volume ­ esses espaços e essas irregularidades foram recobertas pelo Criador com uma camada carnuda suficiente para pegar tão vigorosamente os objetos e sustentá- -los. Isso para o interior dos dedos, pois exteriormente, por outro lado, não encontramos quase nada de carne e nossos dedos são recobertos apenas por pele, para não se tornarem muito pesados e desajeitados."


Samuel Hahnemann uses his intellectual powers and of observation to give a detailed, and somewhat minute, account of the characteristics of the human hand. His analogies and knowledge of philosophical insights are impressive, less because of his erudition but because of the age at which he wrote the text. "What more could I say about the flesh that is around each finger? It is arranged in such a way that there we still recognize divine Wisdom. Since the phalanges themselves are very irregular ­ because the joints and the species included between them present a great difference in volume ­ these spaces and these irregularities were covered by the Creator with a fleshy layer sufficient to grasp the objects so vigorously and support them. This goes for the inside of the fingers, because externally, on the other hand, we find almost nothing of flesh and our fingers are covered only by skin, so as not to become too heavy and clumsy."


Assuntos
História do Século XX , Tradução , Obras de Autores Clássicos da Homeopatia
7.
Rev. homeopatia (São Paulo) ; 84(2): 16-31, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, HomeoIndex, MTYCI | ID: biblio-1519108

RESUMO

ensaio clínico de pacientes únicos (ECPU/ensaio n-de-1) consiste na observação sistemática de condutas terapêuticas adotadas para otimizar o restabelecimento da saúde em um único paciente, com múltiplos cruzamentos ao longo do tratamento, podendo ter adicionalmente propósito de pesquisa clínica. Foi proposto há décadas e tem sido mais utilizado nas áreas de psicologia clínica, recebendo maior atenção em estudos médicos nos últimos anos. Embora seja considerado como o tipo de estudo com maior força para tomada de decisões terapêuticas, ainda são escassas as publicações sobre o seu emprego em medicina. Este artigo aborda as possibilidades dos ECPUs na avaliação dos resultados clínicos da homeopatia, explorando seus aspectos metodológicos, éticos e educacionais característicos em comparação aos ensaios clínicos randomizados tradicionais. Em pesquisa clínica, diferentemente dos ensaios convencionais, os ECPUs permitem a participação mais direta do paciente na escolha dos procedimentos e acompanhamento dos resultados, com possibilidade de alterações imediatas e sem que seja necessária sua exclusão do estudo, além de implicações de ordem econômica, política e ética. Podem ser utilizados no teste de medicamentos usados de modo off label, sem as restrições impostas à inclusão de pacientes vulneráveis nos estudos clínicos habituais, com excessiva artificialização no delineamento experimental. Poderiam ser ainda adotados nas diversas fases de teste clínico dos medicamentos, reduzindo a exposição de grande número de participantes aos riscos da pesquisa e baixa margem de extrapolação clínica dos resultados ao conjunto da população. Em homeopatia, podem ajudar a aprimorar o conhecimento dos medicamentos já em uso ou a melhor detectar os efeitos de novas substâncias testadas em ensaios patogenéticos homeopáticos. Em função do seu propósito principal de otimização do tratamento individual ­ e do alinhamento com os princípios éticos da autonomia e beneficência associados à prática da medicina centrada-no-paciente ou de precisão - podem ser desenvolvidos em conjunto com o paciente e familiares, sem a obrigatoriedade de aprovação prévia por Comissões de Ética Médica ou Comitês de Ética em Pesquisa.


The single-patient clinical trial (n-of-1 trial) is primarily designed to systematically observe outcomes from different therapeutic options to optimize the restoration of health in a single patient, with multiple crossovers throughout the treatment. They may additionally have a clinical research purpose. They have been proposed for decades and were mostly used in clinical psychology, receiving greater attention in medical studies in recent years. Although it is considered the type of study with the greatest strength for therapeutic decision-making, there are still few publications with its application in medicine. This article discusses the possibilities of single-patient clinical trials in assessing homeopathy outcomes, exploring their characteristic methodological, educational and ethical aspects compared to traditional randomized clinical trials. In clinical research, unlike conventional trials, single-patient clinical trials allow for more direct patient participation in choosing procedures and monitoring results, with the possibility of immediate changes without the need for their exclusion from the study, in addition to economic, political and ethical implications. They can be used in testing off-label drugs without the restrictions imposed on the inclusion of vulnerable patients in usual clinical studies, with excessive artificiality in the experimental design. They could also be adopted in the various clinical trial phases of drugs, reducing the exposure of many participants to the risks of research and low margin of clinical extrapolation of the results to the entire population. In homeopathy, they can help refine the knowledge of medications already in use or better detect the effects of new substances tested in homeopathic pathogenetic trials. Due to their purpose of optimizing individual treatment ­ and alignment with the principles of patient-centered or precision medicine ­ they can be developed jointly with the patient and her family without the mandatory prior approval by Medical Ethics Committees or Research Ethics Committees.


Assuntos
Humanos , Clínica Homeopática , Condutas Terapêuticas/normas , Ensaios Clínicos Controlados como Assunto/ética , Ética Médica , Medicina de Precisão
8.
Rev. homeopatia (São Paulo) ; 84(2): 36-47, 2023.
Artigo em Português | LILACS, HomeoIndex, MTYCI | ID: biblio-1519112

RESUMO

Ater-se ao objeto médico para atender a demanda de uma clínica mais eficiente, a saber, com a finalidade específica de curar ou controlar patologias definidas é um antigo problema da medicina. Aqui tentamos apontar as mudanças que Hahnemann propôs, incluindo, mas para além do uso do princípio dos semelhantes e das doses infinitesimais. Em sua ética, o radical compromisso com o outro não significa estar somente atento às modificações de caráter patológico como primazia da atenção médica. A originalidade aqui foi ter pretendido definir-se por um humanismo ético, cujos principais atributos devem ser a solidariedade e a compreensão do sujeito que sofre. Sofrimentos manifestos através das moléstias agudas e crônicas, idiossincrasias imaginárias ou reais que o sujeito enfermo narra ao médico, buscando alívio e suporte. A ajuda homeopática não vem (ou não poderia vir) só de encontro aos corpos enfermos, ela virá sempre como um atendimento das sensações, metáforas e alusões que invadem e assolam o sujeito.Ao mesmo tempo é preciso que os praticantes abandonem valorizem e preservem as muitas contribuições que resistiram ao tempo, mas ao mesmo tempo evitem o culto à personalidade ­ aspecto que até aqui tem sido refratário às críticas. Para preservar o legado de Hahnemann é preciso conservar a atitude crítica sem render-se aos grandes modismos e efemérides metodológicas que trazem mais danos do que benefícios. Como antecipou Constantine Hering, a homeopatia não pode perder seu eixo empírico, sob o risco de ser no futuro compreendida e reduzida a uma caricatura na história da medicina. Por isso é importante que se mantenha como um sistema científico aberto e obedeça às premissas do experimental enquanto mantém o foco em um programa de pesquisas tanto consistente como abrangente.


Sticking to the medical object to meet the demand for a more efficient clinic, namely, with the specific purpose of curing or controlling defined pathologies, is an old problem in medicine. Here we try to point out the changes that Hahnemann proposed, including, but beyond the use of the principle of similars and infinitesimal doses. In his ethics, the radical commitment to others does not mean only being attentive to changes of a pathological nature as the priority of medical care. The originality here was to have intended to be defined by an ethical humanism, whose main attributes must be solidarity and understanding of the subject who suffers. Suffering manifested through acute and chronic illnesses, imaginary or real idiosyncrasies that the sick subject narrates to the doctor, seeking relief and support. Homeopathic help does not come (or could not come) only against sick bodies, it will always come as a response to the sensations, metaphors and allusions that invade and plague the subject. At the same time, it is necessary for practitioners to abandon, value and preserve the many contributions that have stood the test of time, but at the same time avoid the cult of personality ­ an aspect that has so far been refractory to criticism. To preserve Hahnemann's legacy, it is necessary to maintain a critical attitude without surrendering to great fads and methodological ephemerides that bring more harm than good. As Constantine Hering anticipated, homeopathy cannot lose its empirical axis, at the risk of being misunderstood in the future and reduced to a caricature in the history of medicine. Therefore, it is important that it remains an open scientific system and obeys experimental premises while maintaining focus on a consistent and comprehensive research


Assuntos
/métodos , Conhecimento
9.
Rev. homeopatia (São Paulo) ; 84(2): 32-35, 2023.
Artigo em Português | LILACS, HomeoIndex, MTYCI | ID: biblio-1519110

RESUMO

A consulta médica tem um lugar especial no tratamento homeopático. Diferente do aprendido durante a formação hegemônica, em que as técnicas semiológicas se concentram na busca de sintomas para realizar o diagnóstico clínico, e daí estabelecer um tratamento para patologias pré-classificadas com protocolos pré-existentes, na Homeopatia é preciso reconfigurar alguns conceitos, que começam no ato da consulta. Na abordagem homeopática, onde a visão mecanicista deve ser acoplada ao paradigma vitalista, busca-se padrões e causas relacionados aos sintomas, acrescentando ao diagnóstico clínico também a individualidade, entre outros diagnósticos, para tratamento de forma integrada, em busca da cura ideal. O objetivo deste texto é analisar a consulta homeopática de acordo com as peculiaridades da racionalidade homeopática, construída por Samuel Hahnemann, em consonância com a epistemologia da complexidade, que embasa muitas outras áreas de conhecimentos na contemporaneidade, estudada por Edgar Morin.


Medical consultation has a special place in homeopathic treatment. Unlike what was learned during hegemonic formation, in which semiological techniques focus on searching for symptoms to make a clinical diagnosis, and then establishing a treatment for pre-classified pathologies with pre-existing protocols, in Homeopathy it is necessary to reconfigure some concepts, which begin at the time of consultation. In the homeopathic approach, where the mechanistic vision must be coupled with the vitalist paradigm, patterns and causes related to symptoms are sought, adding individuality to the clinical diagnosis, among other diagnoses, for integrated treatment, in search of the ideal cure. The objective of this text is to analyze homeopathic consultation according to the peculiarities of homeopathic rationality, constructed by Samuel Hahnemann, in line with the epistemology of complexity, which underpins many other areas of knowledge in contemporary times, studied by Edgar Morin.


Assuntos
Vitalismo , Anamnese Homeopática , Sintomas em Homeopatia , Conhecimento
10.
Rev. homeopatia (São Paulo) ; 84(2): 49-54, 2023. ilus.
Artigo em Português | LILACS, HomeoIndex, MTYCI | ID: biblio-1519115

RESUMO

A Homeopatia é uma ciência fundamentada na observação dos fenômenos naturais. Segundo Hahnemann, a cura homeopática é aquela que acontece de acordo com as leis naturais, sendo uma delas a lei dos semelhantes, já descrita por muitos médicos desde a antiguidade, inclusive Hipócrates. Quando são seguidos os princípios estipulados por Hahnemann, considerando a totalidade sintomática, incluindo a escolha do medicamento, sua potência, dose e frequência de administração, o tratamento homeopático torna-se eficaz tanto em casos crônicos quanto nos agudos, "sendo capaz de aniquilar a doença sem produzir novos e sérios distúrbios". Este estudo tem como objetivo exemplificar como, seguindo os princípios estipulados, a Homeopatia pode ser eficaz no tratamento de um quadro agudo que não obteve sucesso com a terapêutica alopática convencional. Trata-se de um relato de caso de paciente de 64 anos, sem doença prévia instalada, com ferimento corto- -contuso em mão esquerda após queda da própria altura, mantendo sinais flogísticos e ausência de cicatrização 13 dias após a realização da sutura e de fazer uso regular de antibiótico e anti-inflamatório prescritos. Após a avaliação da totalidade sintomática, foi prescrito Belladonna 6cH, administrada pelo método plus, resultando em alívio imediato dos sintomas e cura total em 5 dias. Realizando com cautela o diagnóstico homeopático e a partir disso elegendo o medicamento mais similar ao caso, com potência, dose e frequência de administração adequadas, é possível obter resultados eficazes com o tratamento homeopático, sempre considerando a constituição do indivíduo.


Homeopathy is a science based on the observation of phenomena natural. According to Hahnemann, homeopathic cure is one that happens according to natural laws, one of which is the law of similars, already described by many doctors since ancient times, including Hippocrates. When the principles stipulated by Hahnemann, considering the symptomatic totality, including the choice of the medicine, its potency, dose and frequency of administration, the Homeopathic treatment becomes effective in both chronic and in acute cases, "being capable of annihilating the disease without producing new and serious disturbances." This study aims to exemplify how, following the stipulated principles, Homeopathy can be effective in treatment of an acute condition that has not been successful with therapy conventional allopathic. This is a patient case report 64 years old, with no previous illness, with a cut wound-bruise in the left hand after falling from a height, maintaining phlogistic signs and lack of healing 13 days after the procedure suture and regular use of prescribed antibiotics and anti-inflammatory drugs. After evaluating the totality of symptoms, Belladonna was prescribed 6cH, administered by the plus method, resulting in immediate relief of symptoms and complete cure in 5 days. Carrying out the diagnosis with caution homeopathic and from there choosing the medicine most similar to the case, with adequate potency, dose and frequency of administration, it is possible to obtain effective results with homeopathic treatment, always considering the constitution of the individual.


Assuntos
Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Medicamento Homeopático , Terapêutica Homeopática , Contusões/terapia , Atropa belladonna
11.
Rev. homeopatia (São Paulo) ; 84(2): 55-61, 2023. tab.; graf
Artigo em Português | LILACS, HomeoIndex, MTYCI | ID: biblio-1519118

RESUMO

A infecção humana causada pelo vírus SARS-CoV-2 (COVID-19), diagnosticada como pneumonia de causa desconhecida originalmente na cidade de Wuhan (China), foi considerada como pandemia pela Organização Mundial da Saúde. Com a inexistência inicial de uma vacina para proteção dos sadios, foi adotada a estratégia de isolamento social e tratamento com medidas de suporte geral e/ou avançado. Neste contexto, coube investigar a contribuição da terapêutica homeopática no enfrentamento da doença, notadamente no alívio dos sintomas desconfortáveis por ela provocados em sua fase inicial, com acompanhamento e registro dos resultados obtidos pelos médicos homeopatas. MÉTODO: Este estudo coletou, durante o período de maio a setembro de 2020 (após aprovação pelo CEP), informações de pacientes diagnosticados com a doença, tratados por médicos homeopatas com medicamentos homeopáticos escolhidos de acordo com a sintomatologia apresentada pelo paciente. Foram avaliados os efeitos no estado de saúde do paciente, por meio de escores e escalas clínicas, bem como aspectos relacionados à segurança do medicamento, variação na duração da doença e medicamentos mais associados a eventuais sucessos terapêuticos. Questionário padronizado e específico para a COVID-19 foi elaborado e e aplicado para preenchimento dos médicos colaboradores do estudo durante o acompanhamento dos pacientes. Os dados foram armazenados em planilhas eletrônicas e analisados com técnicas estatísticas descritivas e inferenciais. Os pacientes selecionados eram colaboradores do Hospital Santo Antônio - Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) e foram submetidos a uma avaliação preliminar presencial no ambulatório de Otorrinolaringologia deste hospital. As consultas homeopáticas foram realizadas por plataforma de Telemedicina para seguimento e acompanhamento do caso. Foram avaliados 116 colaboradores, com faixa etária que variou entre 21 e 66 anos, sendo a média de idade 38 anos; destes, 84 (72%) eram do gênero feminino e 32 (16%) gênero masculino; 53 pacientes (70% dos colaboradores atendidos) eram profissionais da saúde (médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem); 63 (30%) eram colaboradores de áreas administrativas ou técnicas; 50 pacientes tinham critérios para inclusão no grupo de risco (43%). Quanto ao resultado do RT-PCR: 58 pacientes (50%) tiveram RT-PCR detectado (confirmados); 58 pacientes (50%) tiveram RT-PCR não-detectado - destes, 18 pacientes (31%) apresentaram anosmia em sua evolução. Dos 116 pacientes do critério de inclusão, 77 estavam incluídos na síndrome clássica da COVID19. Destes 77 colaboradores, 3 não usaram o medicamento homeopático (N=74). Os medicamentos homeopáticos mais indicados foram: Arsenicum album (42%); Bryonia (24%), Phosphorus (15%); Gelsemium (15%); Pulsatilla (2%); outros (4%). O Score médio de sintomas antes do tratamento foi 12,27 e após o tratamento foi 0,52 (p < xxxxx). Dos 57 pacientes que tiveram anosmia, houve recuperação total em 43 (75%) dos casos no momento da reavaliação. O tempo médio decorrido entre o uso da medicação homeopática e a recuperação dos sintomas foi de 9 dias. Apenas 3 pacientes (3,9%) necessitaram de internamento hospitalar sem necessidade de intubação, sendo 2 deles pertencentes ao grupo de risco. apesar destes resultados serem parciais (pois ainda existem sujeitos da pesquisa ainda em fase de avaliação), os resultados sugerem que o tratamento homeopático promoveu o restabelecimento do quadro infeccioso sem necessidade de internamento em 97% dos pacientes. A anosmia teve recuperação completa em 75% dos pacientes. Arsenicum album, Bryonia e Phosphorus foram os medicamentos predominantemente eleitos para o tratamento, o que corrobora com outros estudos homeopáticos.


The human infection caused by the SARS-CoV-2 virus (COVID-19), originally diagnosed as pneumonia of unknown cause in the city of Wuhan (China), was considered a pandemic by the World Health Organization. With the initial lack of a vaccine to protect healthy people, the strategy relating to social isolation and treatment with general and/or advanced support measures was adopted. In this context, it was necessary to investigate the contribution of homeopathic therapy in coping with the disease, particularly in terms of relieving the uncomfortable symptoms caused by it in its initial phase, with monitoring and recording of the results obtained by homeopathic physicians. METHOD: This study collected information from patients diagnosed with the disease, treated by homeopathic physicians with homeopathic medications chosen according to the symptoms manifested by the patient, from May to September 2020 (after approval by the REC). The effects on the health conditions of patients were assessed using clinical scores and scales, as well as aspects related to the safety of the medication, variations in the duration of the disease and the medications most associated with any therapeutic successes. A standardized questionnaire specific to COVID-19 was drawn up and filled in by the physicians who collaborated in the study during patient monitoring. The data was stored in electronic spreadsheets and analyzed using descriptive and inferential statistical techniques. The selected patients were employees of Hospital Santo Antônio - Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) and underwent a preliminary in-person assessment at the otolaryngology outpatient clinic of this hospital. The homeopathic consultations were carried out via a telemedicine platform to follow-up and monitor the case. A total of 116 employees were assessed, ranging in age from 21 to 66, with the average age being 38; of these, 84 (72%) were females and 32 (16%) males; 53 patients (70% of the employees cared for) were health care professionals (physicians, nurses and nursing technicians); 63 (30%) were employees from administrative or technical areas; 50 patients met the criteria for inclusion in the risk group (43%). As for the RT-PCR result: 58 patients (50%) had RT-PCR detected (confirmed); 58 patients (50%) had RT-PCR not detected - of these, 18 patients (31%) had anosmia during their evolution. Of the 116 patients who met the inclusion criteria, 77 were included in the classic COVID-19 syndrome. Of these 77 collaborators, 3 did not use homeopathic medication (N=74). The most indicated homeopathic medications were: Arsenicum album (42%); Bryonia (24%), Phosphorus (15%); Gelsemium (15%); Pulsatilla (2%); others (4%). The average symptom score before treatment was 12.27 and after treatment was 0.52 (p < xxxxx). Of the 57 patients who had anosmia, there was full recovery in 43 (75%) of the cases at the time of reassessment. The average time elapsed between the use of homeopathic medication and the recovery of symptoms was 9 days. Only 3 patients (3.9%) required hospitalization without the need for intubation, 2 of whom belonged to the risk group. Although these results are partial (as there are still research subjects in the evaluation phase), the results suggest that homeopathic treatment promoted the re-establishment of the infectious condition without the need for hospitalization in 97% of the patients. Anosmia recovered completely in 75% of the patients. Arsenicum album, Bryonia and Phosphorus were the drugs predominantly chosen for treatment, which corroborates other homeopathic studies.


Assuntos
Humanos , Gênio Epidêmico , Terapêutica Homeopática , Anosmia/terapia , COVID-19/complicações , Estudos Longitudinais , Teste de Ácido Nucleico para COVID-19
12.
Rev. homeopatia (São Paulo) ; 84(2): 62-64, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, HomeoIndex, MTYCI | ID: biblio-1519121

RESUMO

A Homeopatia é uma das ciências médicas complementares mais utilizadas para pacientes com Câncer, sendo também utilizada durante o tratamento de crianças com a referida moléstia, havendo relato e debate de seu uso na literatura médica. Visando construir o conhecimento e dividir experiências, relatamos seis casos de crianças e adolescentes com câncer, para os quais realizamos tratamento homeopático, em nossa experiência na cidade de São Paulo. Além da diversidade de sexos e idade, os casos apresentam diagnósticos oncológicos diferentes, bem como momentos diferentes no tratamento, sendo curativo ou paliativo, e os medicamentos homeopáticos, baseados tanto na totalidade sintomática característica quanto no modo reacional para cada indivíduo, puderam ser utilizados para todos com satisfação de famílias e pacientes, mesmo quando o desfecho letal foi a via final no estado paliativo. Assim, a Homeopatia pode também ser prescrita para os casos oncológicos infantis como terapia complementar ao tratamento convencional, sendo a pesquisa neste campo vasta e possível.


Homeopathy is one of the most used complementary medical sciences for cancer patients, and is also used duringtreatment of children with the aforementioned disease, with reports and debate of its use in medical literature. Aiming to build knowledge and sharing experiences, we report six cases of children and adolescents with cancer, for which we carry out homeopathic treatment, in our experience in the city of São Paulo. In addition to the diversity of sexes and age, the cases present different oncological diagnoses, as well as as different moments in the treatment, being curative or palliative, and homeopathic medicines, based both on symptomatic totality characteristic and in the reactional mode for each individual, could be used for everyone with the satisfaction of families and patients, even when the lethal outcome was the final route in the palliative state. Therefore, Homeopathy can also be prescribed for oncological cases children as complementary therapy to conventional treatment, research in this field is vast and possible.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Medicamento Homeopático , Terapêutica Homeopática , Neoplasias/terapia , Ópio , Fósforo , Medula Óssea , Arsenicum Album , Lapis Albus , Silicea Terra , Stannum Metallicum , Thuya occidentalis , Arnica , Conium , Cadmium Sulphuratum , Aconitum
13.
São Paulo; CABSIN; 2023. 53 p.
Monografia em Português | PIE, LILACS, MTYCI | ID: biblio-1516487

RESUMO

O mapa apresenta uma visão geral das evidências sobre os efeitos das Práticas Complementares e Integrativas de Saúde (PICS) para Doenças Cardiovasculares. A partir da caracterização de centenas de estudos na série de mapas de evidências das Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas (MTCI/PICS), foram selecionados e incluídos neste mapa de evidências 208 estudos de revisão. Principais Achados: • As revisões avaliaram o efeito de 67 intervenções distribuídas em 4 grupos: Acupuntura e Auriculoterapia; Aromaterapia, Fitoterapia e Plantas Medicinais; Práticas Corporais da MTC e Yoga. • As intervenções foram associadas a 36 desfechos de saúde relacionados à doenças cardiovasculares distribuídos em 3 grupos: Doenças Crônicas, Doenças Nutricionais, Indicadores Fisiológicos e Metabólicos e Reabilitação/Cicatrização. • No total foram encontradas 424 associações entre intervenções, desfechos e efeitos nos estudos selecionados. A maior parte das associações foi com intervenções do grupo Plantas Medicinais (149 associações), seguido por Práticas Corporais Chinesas (93 associações), Yoga (79 associações), e Acupuntura e Auriculoterapia (27 associações) e Outras Terapias (76 associações). • Os desfechos que receberam maior número de associações foram: Pressão Arterial: 83 associações; Glicemia: 43 associações; Colesterol: 39 associações e Diabetes Mellitus: 25 associações.


Assuntos
Humanos , Terapias Complementares , Doenças Cardiovasculares/terapia , Cardiopatias , Plantas Medicinais , Fitoterapia , Medicina Tradicional
14.
São Paulo; BIREME/OPAS/OMS; 2023. 53 p.
Não convencional em Português | PIE, LILACS, MTYCI | ID: biblio-1518849

RESUMO

O mapa apresenta uma visão geral das evidências sobre os efeitos das Práticas Complementares e Integrativas de Saúde (PICS) para Doenças Cardiovasculares. A partir da caracterização de centenas de estudos na série de mapas de evidências das Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas (MTCI/PICS), foram selecionados e incluídos 208 estudos de revisão. No total foram 424 associações entre intervenções do grupo Plantas Medicinais (149 associações), Práticas Corporais Chinesas (93 associações), Yoga (79 associações), Acupuntura e Auriculoterapia (27 associações) e Outras Terapias (76 associações).


Assuntos
Doenças Cardiovasculares
15.
São Paulo; BIREME/OPAS/OMS; Set 2022. 37 p.
Não convencional em Português | PIE, LILACS, MTYCI | ID: biblio-1410881

RESUMO

O mapa apresenta uma visão geral das evidências sobre os efeitos clínicos da Aromaterapia em humanos. A partir de uma ampla busca bibliográfica foram incluídos 73 estudos de revisão sistemática que analisaram o efeito clínico de intervenções com óleos essenciais (49 óleos essenciais), óleos vegetais (06 óleos vegetais graxos), misturas (66 sinergias) e 01 hidrolato, utilizando cinco formas de aplicação: inalação, banho, massagem, ingestão ou tópico. Principais Achados: • Estas formas de aplicação foram associadas a 55 desfechos de saúde distribuídos em 7 grupos: Dor; Indicadores Metabólicos e Fisiológicos; Doenças Não Transmissíveis; Bem-Estar, Vitalidade e Qualidade de Vida; Saúde Mental; Doenças Infectocontagiosas; Saúde Reprodutiva. No total, foram 420 associações entre intervenções e desfechos. • Dentre os grupos de desfechos, o grupo Saúde Mental recebeu 154 associações, seguido pelo grupo Dor (93 associações) e Bem-Estar, Vitalidade e Qualidade de Vida (85 associações). • A maior parte dos estudos reportou efeito positivo para 333 associações. O efeito potencial positivo foi reportado para 50 associações, inconclusivo para 19 associações e sem efeito para 18 associações. Não foram reportados efeitos negativos. • A Lavanda (Lavandula angustifolia) foi o óleo essencial mais analisado, com 116 associações com o óleo puro e outras 89 associações com a lavanda em 49 sinergias com outros essenciais, vegetais e hidrolato. As intervenções com Lavanda demonstraram efeitos relevantes para a Saúde Mental, especialmente transtornos de ansiedade. • O segundo óleo essencial mais pesquisado foi o de Rosa de damasco (Rosa x damascena), com 24 intervenções unitárias (puro) e em sinergias (11). Estas intervenções foram associadas a 10 desfechos de saúde, com destaque para os desfechos de Dor (12 associações). Implicações para prática: Apesar da Aromaterapia trabalhar com produtos naturais, existem técnicas específicas para cada tipo de população que precisam respeitar o modo da intervenção, a diluição, o tempo de uso e a frequência com que se utiliza. A formação profissional adequada é essencial para o uso seguro da Aromaterapia em intervenções terapêuticas. Implicações para pesquisa: Destaca-se que há grande heterogeneidade nos estudos clínicos primários de Aromaterapia, o que dificulta a sistematização da evidência disponível. Recomenda-se, prioritariamente, o fomento em estudos de ensaios clínicos randomizados, principalmente para os óleos essenciais/sinergias. Recomenda-se ampliar este Mapa com novos estudos, em especial com os óleos essenciais dos biomas brasileiros. Implicações para gestão: Espera-se que as associações identificadas possam promover a implementação da Aromaterapia por gestores e profissionais que atuam nos serviços do SUS, especialmente para os desfechos que apresentaram efeito positivo e potencialmente positivo.


This map presents overview evidence of the clinical effects of essential oils in humans. The search was conducted in several databases, and 73 systematic review studies were included. Main Findings: This Map collects evidence for interventions with 49 essential oils, 9 fatty vegetable oils or in 66 mixtures (synergies) and one hydrolate, with applications through inhalation, massage, bath, ingestion, or topical. Each intervention was associated with at least one of 55 health outcomes classified into 8 groups: Pain; Metabolic and Physiological Indicators; Noncommunicable Diseases; Mental Health; Infectious Diseases; Reproductive Health and Other, totaling 420 associations. The effects reported by each study included: positive, potentially positive, no effect, and inconclusive effects. Highlighting that no negative effect was reported. The essential oil most researched was Lavender (Lavandula angustifolia - 116 associations). The Roses essential oil was the second most researched (Rosa damascena - 24 associations). The interventions with Lavender essential oil demonstrated more relevant effects on Mental Health, especially anxiety disorders. Interventions with Rose essential oil the more relevant effects on outcomes related to Women's Health, especially dysmenorrhea and pain in childbirth. This Map found 333 positive effect for different health outcomes. Implications for practice: The therapeutic interventions with Aromatherapy are diverse, where the main focus is on the person, an integral and unique being, with no overlooking health outcomes. Adequate training is of paramount importance for a professional who applies Aromatherapy in health. Although Aromatherapy is a natural product, specific techniques for each type of population need to respect the method of intervention, dilution, time of use, and the frequency with which it is used. Thus, aromatherapy safe practice health will contribute even more to the results already achieved. Implications for research: Noteworthy, that there is heterogeneity in the primary clinical trials of Aromatherapy, which hampered systematizing the available evidence. Recommended, as a priority, the promotion of studies of randomized clinical trials, especially for essential oils/synergies. Besides, expanding this Map is necessary so that new publications are included, especially with essential oils from Brazilian biomes.


Assuntos
Óleos Voláteis , Aromaterapia , Usos Terapêuticos
16.
São Paulo; BIREME/OPAS/OMS; Jul 2022. 51 p.
Não convencional em Português | PIE, LILACS, MTYCI | ID: biblio-1518844

RESUMO

O mapa apresenta uma visão geral das evidências sobre os efeitos das Práticas Complementares e Integrativas de Saúde (PICS) para Dor. A partir da caracterização de centenas de estudos na série de mapas de evidências das Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas (MTCI/PICS), foram selecionados e incluídos neste mapa de evidências 142 estudos de revisão (61 revisões sistemáticas com metanálises, 13 revisões sistemáticas de estudos controlados randomizados, 54 revisões sistemáticas e 14 metanálises). Com base na ferramenta AMSTAR2, foi avaliado o nível de confiança para a evidência reportada nestes estudos, resultando em 14 revisões de nível alto, 8 revisões de nível moderado, 62 revisões de nível baixo e 58 revisões de nível criticamente baixo.


Assuntos
Dor Crônica
17.
São Paulo; BIREME/OPAS/OMS;CABSIN; Jun 2022. 21 p.
Monografia em Português | PIE, MTYCI | ID: biblio-1401877

RESUMO

Este Mapa é parte de uma série de Mapas de Evidências sobre aplicação clínica das Práticas Integrativas e Complementares da Saúde (PICS), que estão na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC). A partir de uma ampla busca bibliográfica (PubMed, BVS e CINAHL) foram incluídos no mapa 51 estudos de revisão, sendo 26 revisões sistemáticas com metanálise, 16 sistemáticas, 7 metanálises e 2 revisões sistemáticas de RCTs. Para avaliar o nível de confiabilidade das 51 revisões, se aplicou a ferramenta AMSTAR2 resultando em 7 revisões de nível alto, 15 revisões de nível baixo e 29 revisões de nível criticamente baixo. Todos os estudos foram avaliados, caracterizados e categorizados por um grupo de pesquisadores da área de Apiterapia. Principais Achados: - O mapa reúne evidências para as seguintes intervenções: mel, própolis, apitoxina, pólen e geleia real; - A maioria das evidências disponíveis concentra-se na intervenção Mel e aplicada para os desfechos mucosite (16 revisões) e ferida (8 revisões); - A Própolis foi a segunda intervenção mais estudada, sendo aplicada para os desfechos mucosite (4 revisões) e placa dentária (3 revisões); - Três revisões sistemáticas avaliaram os efeitos da Apitoxina aplicada em desfechos dos grupos Dor (alívio da dor, dor articular, dor cervical, dor lombar e dor muscular); e Doenças Não Transmissíveis (artrite, bursite, doença de Parkinson, osteoartrite e ovário policístico). Esta intervenção também foi aplicada para os desfechos de função motora e transtorno da articulação temporomandibular; - A geleia real foi aplicada para os desfechos de mucosite, glicemia e hemoglobina glicada, em 2 estudos. Uma revisão sistemática estudou o pólen aplicado para os desfechos de dor pélvica e qualidade de vida.


Assuntos
Terapias Complementares , Resultado do Tratamento , Apiterapia , Ciência Translacional Biomédica
18.
São Paulo; BIREME/OPAS/OMS; Jun 2022. 20 p.
Não convencional em Português | PIE, MTYCI, LILACS | ID: biblio-1410863

RESUMO

O mapa apresenta uma visão geral das evidências sobre os efeitos da moxabustão. A partir de uma ampla busca bibliográfica foram incluídos no mapa 64 estudos de revisão. Todos os estudos foram avaliados, caracterizados e categorizados por um grupo de pesquisadores da área de acupuntura e Medicina Tradicional Chinesa. Principais Achados: ● Os estudos primários incluídos nas revisões estão concentrados principalmente em países como China (51 estudos), Coreia do Sul (10 estudos) e Itália (4 estudos). ● As revisões sistemáticas avaliaram efetividade, eficácia, segurança e custo-efetividade e incluíram ensaios clínicos randomizados (RCTs) (62), RCTs + ensaios controlados não randomizados (1) e ensaios clínicos + estudos observacionais (1). ● Para avaliar o nível de confiabilidade das 64 revisões, se aplicou a ferramenta AMSTAR2 resultando em 4 revisões de nível alto, 2 revisões de nível moderado, 21 revisões de nível baixo e 37 revisões de nível criticamente baixo. ● A maioria das evidências disponíveis concentra-se no grupo das Doenças crônicas não transmissíveis e aplicada para os desfechos osteoartrite, hipertensão arterial e hérnia de disco. ● Os desfechos mais observados foram osteoartrite (7 revisões), hipertensão arterial (5 revisões), trabalho de parto (5 revisões). Implicações para a prática e pesquisa: ● Os efeitos positivos (26 revisões) foram relacionados principalmente a osteoartrite (4 revisões), trabalho de parto (4), hérnia de disco (2) e dispepsia (2); ● Os efeitos potencialmente positivos (23 revisões) foram identificados em osteoartrite (3 revisões), hipertensão arterial (2), constipação (2), transtorno gastrointestinal (2) entre outros; ● Identificou-se feitos inconclusivos/misturados em 14 revisões. Para estes efeitos serem mais bem avaliados, uma ampliação do número de estudos se faz necessária; ● Apenas uma revisão (hipertensão arterial) referiu ausência de efeito; ● Efeitos negativos não foram observados.


The map provides an overview of the evidence on the effects of moxibustion. Based on a broad bibliographic search (PubMed, BVS, EMBASE and CINAHL) 64 review studies were included in the map (51 systematic reviews with meta-analysis, 6 systematic reviews of randomized controlled studies, 3 systematic reviews and 4 meta-analyses). All studies were evaluated, characterized, and categorized by a group of researchers in the field of acupuncture and Traditional Chinese Medicine. Main Findings: ● Primary studies included in the reviews are mainly concentrated in countries such as China (51 studies), South Korea (10 studies) and Italy (4 studies). ● Systematic reviews evaluated effectiveness, efficacy, safety and cost-effectiveness and included randomized clinical trials (RCTs) (62), RCTs + non-randomized controlled trials (1) and clinical trials + observational studies (1).● To assess the reliability level of the 64 revisions, the AMSTAR 2 tool was applied resulting in 4 high-level reviews, 2 moderate-level reviews, 21 low-level reviews, and 37 critically low-level reviews.● Most of the available evidence is related to osteoarthritis, hypertension, and intervertebral disc displacement outcomes.● The most frequently observed outcomes were osteoarthritis (7 reviews), hypertension (5 reviews) and obstetric labor (5 reviews). Implications for practice and research: ● Positive effects (26 reviews) were mainly related to osteoarthritis (4 revisions), obstetric labor (4), intervertebral disc displacement (2) and dyspepsia (2). ● Potentially positive effects (23 reviews) were identified in osteoarthritis (3 revisions), hypertension (2), constipation (2), gastrointestinal disorders (2) among others. ● Inconclusive effects were identified in 14 reviews. For these effects to be better evaluated, an increase in the number of studies is necessary. ● Only one revision (hypertension) reported no effect. ● Negative effects were not observed.


El mapa proporciona una visión general de la evidencia sobre los efectos de la moxibustión. A partir de una amplia búsqueda bibliográfica (PubMed, BVS, EMBASE y CINAHL) se incluyeron 64 estudios de revisión en el mapa (51 revisiones sistemáticas con metaanálisis, 6 revisiones sistemáticas de estudios controlados aleatorios, 3 revisiones sistemáticas y 4 metaanálisis). Todos los estudios fueron evaluados, caracterizados y categorizados por un grupo de investigadores en el campo de la acupuntura y la Medicina Tradicional China. Principales hallazgos:● Los estudios primarios incluidos en las revisiones se concentran principalmente en países como China (51 estudios), Corea del Sur (10 estudios) e Italia (4 estudios); ● Las revisiones sistemáticas evaluaron la efectividad, la eficacia, la seguridad y la relación costo-efectividad e incluyeron ensayos clínicos aleatorios (RCTs) (62), RCTs + ensayos controlados no aleatorios (1) y ensayos clínicos + estudios observacionales (1); ● Para evaluar el nivel de confiabilidad de las 64 revisiones, se aplicó la herramienta AMSTAR 2 que resultó en 4 revisiones de alto nivel, 2 revisiones de nivel moderado, 21 revisiones de bajo nivel y 37 revisiones de nivel críticamente bajo; ● La mayor parte de la evidencia disponible está relacionada con los resultados de la osteoartritis, la hipertensión y la hernia discal; ● Los resultados observados con mayor frecuencia fueron osteoartritis (7 revisiones), hipertensión (5 revisiones) y trabajo de parto (5 revisiones). Implicaciones para la práctica y la investigación: ● Los efectos positivos (26 revisiones) se relacionaron principalmente con la osteoartritis (4 revisiones), el trabajo de parto (4), la hernia discal (2) y la dispepsia (2); ● Los efectos potencialmente positivos (23 revisiones) se identificaron en osteoartritis (3 revisiones), hipertensión (2), estreñimiento (2), trastornos gastrointestinales (2), entre otros; ● Se identificaron efectos no concluyentes en 14 revisiones. Para que estos efectos sean mejor evaluados, es necesario un aumento en el número de estudios; ● Sólo una revisión (hipertensión) no informó ningún efecto; ● No se observaron efectos negativos.


Assuntos
Resultado do Tratamento , Moxibustão , Terapias Complementares
19.
São Paulo; BIREME/OPAS/OMS; 29 Jun 2022. 48 p.
Não convencional em Português | LILACS, MTYCI, PIE | ID: biblio-1435658

RESUMO

O mapa apresenta uma visão geral das evidências sobre os efeitos das Plantas Medicinais Brasileiras para desfechos em saúde. A partir de uma ampla busca bibliográfica foram incluídos no mapa 214 estudos de revisão sistemática. Todos os estudos foram avaliados, caracterizados e categorizados por um grupo de pesquisadores de Laboratório de Tecnologia de Produtos Naturais (LTPN) da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal Fluminense. Principais Achados: ● As revisões avaliaram o efeito de intervenções com 69 tipos de plantas organizadas em 4 categorias: cultivadas, nativas, exóticas e introduzidas no Brasil. ● As intervenções foram associadas a 130 desfechos de saúde organizados em 17 grupos: Bem-Estar, Vitalidade e Qualidade de Vida, Câncer, Condições Patológicas, Dermatopatias, Doenças Cardiovasculares, Doenças Nutricionais e Metabólicas, Doenças Respiratórias, Doenças Reumáticas, Doenças Urogenitais, Dor, Fatores Biológicos, Gastroenteropatias e Hepatopatias, Indicadores Psicológicos e Comportamentais, Indicadores Metabólicos e Fisiológicos, Saúde Mental, Saúde Bucal e Saúde Reprodutiva. ● No total foram 465 associações entre intervenções (as plantas) e desfechos de saúde, com destaque para as plantas cultivadas (251 associações, 54%). ● O grupo dos desfechos "Saúde Mental" foi o que recebeu mais associações (66 associações, 14%), seguido do grupo "Saúde Bucal" (42 associações, 9%). ● Quanto aos desfechos, destaque para: Transtornos de Ansiedade (20 associações), Demência (16 associações), Diabetes Mellitus (17 associações) e Distúrbios Menstruais (15 associações). ● Dentre as plantas, destaque para: Ginkgo biloba (76 associações), Aloe Vera (50), Zingiber officinale (39), Panax ginseng (28) e Curcuma longa (23). Implicações para a prática e pesquisa: ● Considerando o efeito das intervenções para os desfechos, os estudos reportaram efeito positivo ou potencialmente positivo para a maioria (68%) das associações (181 associações com efeito positivo e 137 com efeito potencialmente positivo). ● Destaque para os efeitos positivos ou potencialmente positivos reportados nas intervenções com Ginkgo biloba para os desfechos: Demência, Doença de Alzheimer e Desempenho Cognitivo (8, 7 e 7 associações respectivamente). ● Em 87 associações foi reportado "sem efeito" da intervenção para o desfecho (19,7%). ● Foi reportado efeito inconclusivo para uma pequena parte das associações (9%), que merece mais pesquisas. Nenhum efeito negativo ou potencialmente negativo foi reportado. O efeito não foi informado para 19 associações. ● Note-se que essa lista é dinâmica, podendo mudar com a publicações de novos estudos.


The map provides an overview of the evidence on the effects of Brazilian Medicinal Plants on health outcomes. Based on an extensive literature search, the map includes 214 systematic review studies. All studies were assessed, characterized, and categorized by a group of researchers from the Laboratory of Natural Product Technology (LTPN) at the Faculty of Pharmacy of the Federal Fluminense University. Key Findings: - The reviews evaluated the effects of interventions using 69 types of plants organized into 4 categories: cultivated, native, exotic, and introduced to Brazil. - The interventions were associated with 130 health outcomes organized into 17 groups: Well-being, Vitality and Quality of Life, Cancer, Pathological Conditions, Dermatopathies, Cardiovascular Diseases, Nutritional and Metabolic Diseases, Respiratory Diseases, Rheumatic Diseases, Urogenital Diseases, Pain, Biological Factors, Gastroenteropathies and Hepatopathies, Psychological and Behavioral Indicators, Metabolic and Physiological Indicators, Mental Health, Oral Health, and Reproductive Health. - In total, there were 465 associations between interventions (plants) and health outcomes, with a significant emphasis on cultivated plants (251 associations, 54%). - The "Mental Health" group received the most associations (66 associations, 14%), followed by the "Oral Health" group (42 associations, 9%). - Notable health outcomes included Anxiety Disorders (20 associations), Dementia (16 associations), Diabetes Mellitus (17 associations), and Menstrual Disorders (15 associations). - Among the plants, notable ones included Ginkgo biloba (76 associations), Aloe Vera (50), Zingiber officinale (39), Panax ginseng (28), and Curcuma longa (23). Implications for Practice and Research: - Considering the effects of interventions on health outcomes, the studies reported a positive or potentially positive effect for the majority (68%) of the associations (181 associations with a positive effect and 137 with a potentially positive effect); - Noteworthy are the positive or potentially positive effects reported for interventions with Ginkgo biloba on the outcomes of Dementia, Alzheimer's Disease, and Cognitive Performance (8, 7, and 7 associations, respectively); - In 87 associations, the intervention was reported to have "no effect" on the outcome (19.7%); - An inconclusive effect was reported for a small portion of the associations (9%), indicating a need for further research. No negative or potentially negative effects were reported. The effect was not reported for 19 associations; - It should be noted that this list is dynamic and may change with the publication of new studies.


Assuntos
Plantas Medicinais , Resultado do Tratamento , Doenças Respiratórias , Dermatopatias , Terapias Complementares , Brasil , Doenças Cardiovasculares , Saúde Mental , Fitoterapia , Doenças Nutricionais e Metabólicas
20.
São Paulo; CABSIN; 2022. 51 p.
Monografia em Português | PIE, LILACS, MTYCI | ID: biblio-1516479

RESUMO

O mapa apresenta uma visão geral das evidências sobre os efeitos das Práticas Complementares e Integrativas de Saúde (PICS) para Dor. A partir da caracterização de centenas de estudos na série de mapas de evidências das Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas (MTCI/PICS), foram selecionados e incluídos neste mapa de evidências 142 estudos de revisão (61 revisões sistemáticas com metanálises, 13 revisões sistemáticas de estudos controlados randomizados, 54 revisões sistemáticas e 14 metanálises). Com base na ferramenta AMSTAR2, foi avaliado o nível de confiança para a evidência reportada nestes estudos, resultando em 14 revisões de nível alto, 8 revisões de nível moderado, 62 revisões de nível baixo e 58 revisões de nível criticamente baixo. Principais Achados: • As revisões avaliaram o efeito de 44 intervenções distribuídas em 4 grupos: Homeopatia; Aromaterapia, Fitoterapia e Plantas Medicinais; Terapias Mente-Corpo e Terapias Não Farmacológicas. • As intervenções foram associadas a 47 desfechos de saúde relacionados à dor crônica distribuídos em 3 grupos: Bem-Estar, Vitalidade e Qualidade de Vida, Manejo da Dor e Sintomas e Condições associadas à Dor.


Assuntos
Humanos , Terapias Complementares , Manejo da Dor , Dor/prevenção & controle , Medicina Tradicional
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA