Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Francisco Campos e os fundamentos do constitucionalismo antiliberal no Brasil / Francisco Campos and the foundations of anti-liberal constitutionalism in Brazil

Santos, Rogério Dultra dos.
Dados; 50(2): 281-323, 2007.
Artigo em Português | BVS Pensamento Social, FIOCRUZ | ID: bps-1552
O artigo analisa o Constitucionalismo anti-liberal de Francisco Campos (1891-1968), ministro da Justiça durante o Estado Novo, como a base legal para esse regime. A teoria centra-se na mobilização política de uma sociedade de massa, o projeto de uma ditadura cesarista e plebiscitária, e na concepção de instituições ancorada na legislação delegada. O texto destaca o autor da distinção entre liberalismo e democracia e sua sociologia das massas, que atribui irracionalidade à esfera política. Considerar Campos um principal artifício do Estado Novo significa rejeitar as conjecturas que simplificam a compreensão do governo Vargas como autoritário-populista.
Biblioteca responsável: BR1273.1