Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Andre Rebouças: da Engenharia Civil a Engenharia Social

Trindade, Alexandro Dantas.
Campinas; s.n; 2004. 326 p.
Tese em Português | BVS Pensamento Social, FIOCRUZ | ID: bps-1675
O objetivo do trabalho é analisar o sentido das idéias do engenheiro André Rebouças (1838-1898). A proposta metodológica procura integrar a formação intelectual, a trajetória profissional e a obra como etapas necessárias de uma sociologia das idéias. Interpreta-se a trajetória profissional e intelectual de Rebouças à luz de contextos sociais e políticos distintos durante a primeira metade da década de 1860, Rebouças completou sua formação intelectual nos quadros da burocracia militar, na condição de tenente-engenheiro, absorvendo da Escola Militar a crítica fomentada pelo oficialato às instituições imperiais; durante as décadas de 1860 e 1870, participou, na qualidade de engenheiro civil, ativamente do processo de modernização material do Segundo Reinado, inserido na burocracia de Estado mas ao mesmo tempo buscando formas associativas que fugissem à centralização estatal; na década de 1880, projeta se enquanto reformista social, visando articular o movimento abolicionista a projetos de reforma do estatuto territorial. Nesse sentido, a hipótese do trabalho é a de que a diferença entre as perspectivas modernista e reformista pode ser explicada recorrendo-se ao contexto de crise da sociedade escravista e das instituições monárquicas.(AU)
Biblioteca responsável: BR1273.1