Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

A antropologia como fundamento teórico da crítica literária: o caso de Antonio Candido

Castro, Ronaldo Oliveira de.
Desigualdade & Diversidade; (4): 149-172, 2009.
Artigo em Português | BVS Pensamento Social, FIOCRUZ | ID: bps-1689
Antonio Candido, importante crítico literário brasileiro, fundou sua perspectiva teórica para a análise literária na Antropologia. Através de autores como Malinowski, RadcliffeBrown e Lévi-Strauss e da discussão da questão da arte nas sociedades ditas “primitivas”, o autor elabora uma visão da literatura como um fenômeno universal que corresponderia a necessidades humanas básicas, de contato com o mundo da imaginação, de devaneio e sonho diurno, que seriam indispensáveis para o equilíbrio psíquico dos indivíduos eda coletividade. Como a própria cultura, a literatura seria relativa na medida em que se constitui como um traço cultural particular inserido num contexto específico que interfere no seu significado. Defendendo a idéia de que a literatura é um fenômeno coextensivoà vida social o autor aproxima-a de alguns aspectos da discussão durkheimiana sobre o sagrado.(AU)
Biblioteca responsável: BR1273.1