Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Linhas retas ou labirintos?: a tradução da sociologia da modernização nos textos de Florestan Fernandes e de Gino Germani (1960-1970) / Straight lines or a labyrinth? The translation of the sociology of modernization on the texts of Florestan Fernandes and Gino Germani (1960-1970)

Brasil Júnior, Antônio da Silveira.
Artigo em Português | BVS Pensamento Social, FIOCRUZ | ID: bps-1807
Neste artigo, analisaremos como Florestan Fernandes e Gino Germani, ao traduzirem a sociologia da modernização norte-americana às especificidades das sociedades brasileira e argentina, respectivamente, conseguiram realizar sínteses teóricas criativas. A fim de divisar este potencial teórico, contrastaremos as formulações desses dois autores com os argumentos de Talcott Parsons, figura fundamental na sistematização da sociologia da modernização. Entendendo o processo de tradução como um fenômeno intelectual dinâmico, recuperamos os principais textos de Fernandes, Germani e Parsons dos anos de 1960-1970, período decisivo no qual foram ganhando clareza os deslocamentos recíprocos entre as suas teorizações.(AU)
Biblioteca responsável: BR1273.1