Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Limites políticos e conceituais da democracia no Brasil: Florestan Fernandes e a “transição democrática”

Portela Júnior, Aristeu.
Áskesis; 1(2): 10-22, jul./dez. 2012.
Artigo em Português | BVS Pensamento Social, FIOCRUZ | ID: bps-1813
Este trabalho propõe a análise dos artigos de Florestan Fernandes publicados na imprensa brasileirana década de 1980, com o intuito de delinear os fatores estruturais que impedem o solapamento do que o autor chama de “democracia restrita”, quando do processo de “transição democrática”no Brasil à época. Desenvolve dois eixos interligados de análise a fundamentação histórico-social da democracia restrita na sociedade brasileira, a partir da obra de Fernandes; e o delineamento do modo como o autor parte dessa base para compreender e explicar as lutaspolíticas no período da “transição democrática”. Mostra que Fernandes elabora uma crítica simultaneamente política e conceitual à democracia.(AU)
Biblioteca responsável: BR1273.1