Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Progresso e utopia no pensamento antiescravista de Joaquim Nabuco: influências da economia política francesa e das teorias racialistas / Progress and utopia in antislavery thought of Joaquim Nabuco: influences of french political economy and racialist theories

Ré, Henrique Antonio.
Campinas; s.n; 2009. 420 p.
Tese em Português | BVS Pensamento Social, FIOCRUZ | ID: bps-1854
Este trabalho é um estudo sobre as ações e o pensamento de Joaquim Nabuco. O objetivo foi mostrar como suas propostas antiescravistas estavam relacionadas com a Economia Política do século XIX, e eram amparadas ainda pelo discurso ideológico das idéias de progresso e utopia, que foram mobilizadas para se contrapor à sociedade escravista e "atrasada". Este trabalho também procurou destacar as influências que as teorias raciais exerceram sobre Nabuco, em especial, como a noção de hierarquia entre as raças contribuiu para a elaboração de suas estratégias de campanha contra a escravidão e para o ordenamento da sociedade baseada no trabalho livre. Esse enfoque permitiu esclarecer algumas dificuldades historiográficas, pois mostrou que os escritos e os pontos-de-vista apresentados por Nabuco após a abolição estavam em perfeita sintonia com o plano que ele traçara durante a campanha abolicionista na década de 1880. Ademais, permitiu ainda que se reconsiderasse a visão historiográfica que via Nabuco como um político e um pensador radical ou até mesmo revolucionário, pois mostrou que suas propostas antiescravistas apresentavam um caráter predominantemente conservador.(AU)
Biblioteca responsável: BR1273.1