Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Ideias de nação na Argentina, Brasil e Chile (1830–1860): Juan Bautista Alberdi, José Inácio de Abreu e Lima, Andrés Bello

Moura, Luís Cláudio Rocha Henriques de.
Brasília; s.n; 2013. 368 p.
Tese em Português | BVS Pensamento Social, FIOCRUZ | ID: bps-1882
Esta tese dedica-se à análise das ideias de nação produzidas, entre as décadas de 1830 e 1850, na Argentina, Brasil e Chile, ilustrando essas representações por meio de uma abordagem comparada de obras de três intelectuais sul-americanos Juan Bautista Alberdi (1810-1884), José Inácio de Abreu e Lima (1794-1869) e Andrés Bello (1781-1865). Desta forma, temos como principal foco compreender as representações e propostas dos três pensadores no concernente às suas ideias de nação, visando a confrontá-las. Para isto procuramos, inicialmente, compreender o ambiente intelectual e político ao qual cada produção estava relacionada, pelo recurso à abordagem dos contextos encontrados na Argentina, no Brasil e no Chile ao longo do período demarcado. Na década de 1830 principiava um momento eclético de transição política e intelectual, no qual o Estado nacional dava início à sua formação, que se completaria apenas na segunda metade do século XIX, e o romantismo começava a se fazer presente. Visando ainda a uma maior compreensão do momento de produção dos textos estudados, acompanhamos os itinerários de vida dos personagens em questão. Alberdi, Abreu e Lima e Bello, como de costume à época, em um misto entre homens políticos e intelectuais, foram atores envolvidos nas disputas de projetos nacionais referentes aos novos Estados que estavam se estabelecendo naquele momento. Os textos analisados foram produzidos em ambientes de disputas, estando, portanto, ligados a objetivos pragmáticos, ao elaborarem representações de passado, estabelecidas em uma conjuntura própria, com propostas de futuro. Intencionavam contribuir na constituição das novas comunidades políticas pela indicação de ideias de povo, estado cultural, governo, herança colonial e propostas de identidades.
Biblioteca responsável: BR1273.1