Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

A utopia perdida: literatura e revolução no Brasil de Antônio Callado

Carminati, Fábio.
Florianópolis; s.n; 2014. 187 p.
Tese em Português | BVS Pensamento Social, FIOCRUZ | ID: bps-1890
No trabalho que segue, pretende-se tratar a produção escrita de Antônio Callado, tomando como fio condutor o problema da participação política em relação a sua descrição literária e ao contexto histórico. Neste sentido, como questões norteadoras, assinala-se em que medida Callado é contemporâneo de sua época, e como isso se manifesta em suas obras? Qual é a “solução literária” em termos de técnica e de estética que ele encontra para os dilemas de seus contemporâneos e de sua geração?Como podemos compreender a transformação interna de sua obra porexemplo, a distância entre Quarup e Reflexos do Baile em correlaçãocom as transformações sociais, políticas e culturais por que passa oBrasil no mesmo período? O trabalho inscreve-se, assim, no campo deuma sociologia política da literatura, e na mesma medida busca constituí-la como campo de pesquisa, teoria e método de investigação no diálogo com autores que investigam a relação que se estabelece entre o escritor, a sua obra e a coletividade. Além disso, a trabalho assume também um caráter historiográfico principalmente no que se refere à história das idéias políticas e ao período que abrange o fim dos anos 50 e o início dos anos 80 e procura também reconstituir o panorama estético e político que se manifesta nas obras de Callado.(AU)
Biblioteca responsável: BR1273.1