Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Sentidos da crise: literatura e processos sociais em Fogo morto e Cidade de Deus

Chaguri, Mariana Miggiolaro; Silva, Mário Augusto Medeiros da.
Lua Nova: Revista de Cultura e Política; (91): 169-197, jan./abr. 2014.
Artigo em Português | BVS Pensamento Social, FIOCRUZ | ID: bps-1994
Este artigo aproxima os romances Fogo morto (de 1943), de José Lins do Rego, e Cidade de Deus (de 1997), de Paulo Lins, explorando a hipótese de que, ao figurarem aspectos de processos de crise social, as narrativas acionem a violência como mediação privilegiada das relações entre os indivíduos e destes com o Estado. Nesses termos, os conflitos em torno da autoridade e do poder estabelecem os nexos entre forma literária e processo social, possibilitando uma análise dos limites à efetivação dos direitos sociais e, consequentemente, da afirmação da igualdade como princípio regulador da vida republicana brasileira.(AU)
Biblioteca responsável: BR1273.1