Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

A política da violência: o rural e as fronteiras do capitalismo no romance Terras do Sem Fim, de Jorge Amado

Santos, Robson dos.
Literatura e Autoritarismo; (7): 166-182, mai. 2002.
Artigo em Português | BVS Pensamento Social, FIOCRUZ | ID: bps-2066
Este artigo é uma interpretação do romance Terras do sem fim, de Jorge Amado. A análise busca ressaltar a perspectiva do romance sobre o mundo rural. O recurso para tal interpretaçãofoi a construção de uma tipologia de análise denominada narrativa da limitação. Esta construção tipológica permitiu desenvolver uma compreensão do romance como expressivo deestruturas de pensamento correntes no período sobre o mundo rural. O artigo destaca como a narrativa associa o espaço rural como uma das causalidades da violência e dasimpossibilidades de desenvolvimento e libertação dos indivíduos.(AU)
Biblioteca responsável: BR1273.1