Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Gilberto Freyre e a sociologia no Brasil: da sistematização a constituição do campo científico

Meucci, Simone.
Campinas; s.n; 2006. 330 p. ilus.
Tese em Português | BVS Pensamento Social, FIOCRUZ | ID: bps-732
Este estudo dedicou-se à compreensão do papel de Gilberto Freyre na rotinização e sistematização do conhecimento sociológico no Brasil. O objeto privilegiado desta análise foi o livro Sociologia uma introdução aos seus princípios, publicado por Freyre no ano de 1945.O estudo compreendeu também a reconstituição de duas experiências docentes do autor na Escola Normal de Pernambuco (1929-1930) e na Universidade do Distrito Federal (1935-1937). Ambas as experiências serviram de substrato para a elaboração do livro Sociologia. Esperamos, por meio do exame de seus manuscritos, de seus programas de aulas, bem como da obra aludida, identificar alguns dos conceitos fundamentais a partir dos quais Freyre alicerçou a sua interpretação acerca da sociedade brasileira. Mas o trabalho desta pesquisa não se encerrou na identificação de conceitos e no inventário de influências teóricas. Pretendeu, sobretudo, compreender o sentido que as idéias sociológicas de Freyre tiveram em diferentes momentos da vida política do Brasil no final dos anos 20 (em plena crise do pacto oligárquico), na segunda metade dos anos 30 (com o fortalecimento do Estado varguista) e, finalmente, em 1945 (no contexto da reabertura democrática). Nesse sentido, esperou-se contribuir igualmente para o entendimento de episódios importantes (até então ignorados) da trajetória intelectual do autor, para a compreensão do trânsito dos conceitos sociológicos entre nós, para a interpretação do sentido que certas idéias tiveram em diferentes ambientes sociais. Rigorosamente, trata-se de compreender, percorrendo diferentes episódios da vida intelectual de Freyre, as sucessivas transformações do caráter da investigação sociológica no Brasil, desde o período em que houve esforços pioneiros para sua institucionalização nos anos 20 até a sua definitiva rotinização acadêmica nos anos 40.(AU)
Biblioteca responsável: BR1273.1