Your browser doesn't support javascript.

Plataforma de Conhecimentos

PROGRAMA MAIS MÉDICOS

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Proporção de médicos em relação "a população: um modelo matemático para estimação / Proporción de médicos em relación a la populación: un modelo matemático para estimar / Proportion of physicians in relation to population: a mathematical model for estimating

Vanzella, Elídio.
Rev. eletrônica estácio saúde; 3(1): 42-54, 2014. tab
Artigo em Português | Coleciona SUS (Brasil) | ID: biblio-946125
No Brasil, pelo menos no campo das intenções ou das leis, o governo amparou e garantiu, legalmente, o direito ao acesso justo e imparcial de toda a população aos serviços de saúde, mas a longevidade transformou-se no desafio das políticas públicas de saúde, pois o atendimento das demandas de uma crescente população de idosos que modifica o perfil de saúde em função da substituição das doenças agudas, que se resolvem rapidamente por meio da cura ou do óbito, pelas doenças crônicas e com elas mais incapacidades e maiores gastos com saúde. O estudo se justifica pela elevação da expectativa de vida da população e pela necessidade de estudar o equilíbrio entre população e número de médicos. Assim, este trabalho tem como objetivo estimar a população de médicos, para os próximos anos, no município de João Pessoa e de maneira específica projetar a curva de crescimento da população médica, ainda projetar a curva de crescimento da população para analisar a relação entre faixas etárias e médicos para o mesmo período. Com a utilização de modelos de séries temporais em conjunto com a análise de regressão linear simples foi projetada a população médica para os próximos anos e comparada com a população da cidade, para o mesmo período. O estudo revelou que a cidade possui médicos em número superior ao recomendado pela Organização Mundial da Saúde e que, segundo as projeções, essa relação deverá continuar aumentando. Ainda que a proporção da população idosa em relação aos demais habitantes apresenta tendência de aumento.
En Brasil, por lo menos en elcampo de las intenciones o de las leyes, el gobierno amparó y garantizó, legalmente, el derecho al acceso justo e imparcial de toda la población a los servicios de salud, pero la longevidad se transformó en el desafío de las políticas públicas de salud, pues el atendimiento de las demandas de una creciente población de ancianos que modifica el perfil de salud en función de la substitución de las enfermedades agudas, que se resuelven rápidamente por medio de la cura o del óbito, por las enfermedades crónicas y con ellas más incapacidades y mayores gastos con salud. El estudio se justifica por la elevación de la expectativa de vida de la población y por la necesidad de estudiar el equilibrio entre población y número de médicos. Así, este trabajo tiene como objetivo estimar la población de médicos, para los próximos años, en el municipio de João Pessoa y de manera específica proyectar la curva de crecimiento de la población médica, como también proyectar la curva de crecimiento de la población para analizar la relación entre fajas etarias y médicos para el mismo período. Con la utilización de modelos de series temporales en conjunto con el análisis de regresión linear simple fue proyectada la población médica para los próximos años y comparada con la población de la ciudad, para el mismo período. El estudio reveló que la ciudad posee médicos en un número superior al recomendado por la Organización Mundial de la Salud y que, según las proyecciones, esa relación deberá continuar aumentando. Aunque la proporción de la población anciana en relación a los demás habitantes presenta tendencia de aumento.
In Brazil, at least in the field of intentions or laws, the government has sustained and assured, legally, the right to fair and equitable access of all people to health services,but longevity has become the challenge of public health policies, for meeting the demands of a growing population of elderly that modifies the health profile of the population due to the substitution of acute illnesses that can be solved quickly through the healing or death by chronic illnesses that are more expensive. The study is justified by the increase in life expectancy of the population and the need to study the balance between population and number of doctors. So, this research aims to estimate the population of physicians, for years to come, in the city of João Pessoa and specifically design the growth curve of the physician population, and to project the curve of growth the population to analyze the relationship between age and doctors for the same period. Using models for time series together with the analysis of simple linear regression, it was projected the medical population in the coming years, and compared it with the city's population, for the same period. The study revealed that the city has more doctors than recommended by the World Health Organization, and that, according to the projections this relation will keep increasing. Even though the proportion of elderly people in relation to habitants demonstrates a trend of increasing.
Biblioteca responsável: BR1.1