Your browser doesn't support javascript.

Plataforma de Conhecimentos

PROGRAMA MAIS MÉDICOS

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Perfil dos egressos da residência médica em cirurgia geral de uma universidade do interior paulista / Profile of graduates of the medical residency in general surgery of a university in São Paulo

Pinto, Fernando César Ferreira; Ferreira, Janise Braga Barros; Caritá, Edilson Carlos; Silva, Silvia Sidnéia da.
Rev. bras. educ. méd; 42(4)out.-dez. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-948821
OBJETIVO: O estudo teve como objetivo geral caracterizar o perfil de egressos do Programa de Residência Médica em Cirurgia Geral da Universidade de Ribeirão Preto (SP). MÉTODO: Trata-se de um estudo descritivo, transversal e de abordagem quantitativa. Participaram da pesquisa 26 egressos desse programa, do período de 2005 a 2014. A coleta dos dados foi realizada de março a agosto de 2015 por meio de dois instrumentos autoaplicáveis. O primeiro deles era composto por dois blocos: identificação (sexo, idade, estado civil, naturalidade, endereço, local e ano de graduação em Medicina) e situação profissional (áreas de atuação, ensino, pesquisa e/ou assistência, número e tipo de empregos e remuneração. O segundo instrumento foi elaborado com afirmações sobre o programa de residência médica relacionadas às dimensões humanas, técnicas e profissionais do treinamento em Cirurgia Geral. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva. RESULTADOS: De modo geral, os egressos ficaram satisfeitos com o treinamento em Cirurgia Geral oferecido pela instituição. A maioria dos egressos foi do sexo masculino, solteira e de nacionalidade brasileira. A totalidade dos participantes concluiu a residência médica em Cirurgia Geral em dois anos e atuava na área cirúrgica. Alguns deles também exerciam outra atividade médica, além da cirúrgica. Mais de 80% dos egressos cursaram ou estavam cursando outra residência médica em especialidade cirúrgica, principalmente, no Estado de São Paulo. A renda mensal média da maioria dos egressos derivada do trabalho médico situou-se na faixa de 10 a 20 salários mínimos nacionais, enquanto a resultante exclusivamente da atividade como cirurgião se apresentava na faixa de até dez salários mínimos nacionais. A análise das dimensões humanas revelou que a maioria dos egressos ficou satisfeita com o programa. Em relação às dimensões técnicas, observou-se que metade dos participantes ficou satisfeita com a programação teórica e 76,9% com o volume cirúrgico. Quando perguntados acerca das dimensões profissionais, 24 (92,4%) discordaram de que o treinamento em Cirurgia Geral é muito longo e relataram a preocupação de que a especialidade se torne obsoleta. Conclusão: Os resultados apresentam subsídios importantes para discussões na própria instituição e em outras instituições de ensino que oferecem residência médica em Cirurgia Geral. Ressalta-se, inclusive, o momento de reflexão pelo qual passa o País, onde a formação e a especialização médicas se encontram no centro dos debates dos ministérios da Educação e da Saúde e das instituições de ensino, os quais precisam ser ampliados para toda a sociedade. Assim, torna-se imperiosa a avaliação dos programas de residência, a fim de implementar medidas de aperfeiçoamento e de correção de rumos.(AU)
OBJECTIVE; The study aimed to characterize the profile of graduates of the Medical Residency Program in General Surgery of the University of Ribeirão Preto (SP). METHOD: This a descriptive, transversal, quantitative approach. Twenty-six graduates of the Medical Residency Program in General Surgery of the University of Ribeirão Preto, from the years 2005 to 2014, participated in the survey. Data were collected from March to August 2015, using two self-reporting questionnaires. The first was divided into two sections: identification, and employment status (areas of practice, number and type of jobs, and salary). The second questionnaire contained statements about the residency program, related to human, technical and professional dimensions of the training in general surgery. RESULTS: Overall, the graduates were satisfied with the training in general surgery offered by the institution. Most of the graduates were male, single, and Brazilian. All of the participants had completed the residency in general surgery in two years, and had worked in the area of surgery. Some of them had also exercised another activity in the medical field, besides surgery. Over 80% of the graduates had studied or attended a surgical subspecialty, mainly in the state of São Paulo. The average monthly income of most of the graduates, derived from medical work, was between ten and twenty national minimum wages, while income derived exclusively from activity as a surgeon was up to up to ten minimum salaries. The analysis of the human dimensions revealed that the majority of the graduates were satisfied with the program. Regarding the technical dimension, it was observed that half of the participants were satisfied with the theoretical program, while 76.9% were satisfied with the amount of surgical practice they had been given. Concerning the professional dimension, 24 (92.4%) disagreed that the training in general surgery was too long, and reported a concern that the specialty had become obsolete. CONCLUSION: The results provide important support for discussion within the Institution itself, and in other educational institutions that offer medical residencies in General Surgery. It is also worth noting that the country is currently going through a time of reflection, in which medical training and specialization are at the heart of the debates of the Ministries of Education and Health, and teaching institutions, and these debates should be expanded to the society. Thus, it is imperative to evaluate residency programs so that improvement and correction measures can be considered and implemented.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1