Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 270
Filtrar
1.
Prosthes. Esthet. Sci ; 8(30): 16-21, jan.-mar. 2019. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-999838

RESUMO

Este artigo descreve a técnica de confecção dos dispositivos intraorais e a realização do registro do arco gótico, com consequente determinação da Relação Cêntrica (RC) em um paciente edêntulo total. (AU)


The aim of this paper was to describe the technique of intraoral devices making for the recording of the Gothic Arch Tracings, and consequently the determination of the Centric Relation (CR), in a total edentulous patient. (AU)


Assuntos
Humanos , Boca Edêntula , Arco Dental , Oclusão Dentária , Relação Central
2.
Belo Horizonte; s.n; 2019. 101 p. ilus, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1026233

RESUMO

A condição que garante a realização de todas as funções bucais mesmo quando o arco dental não está completo é denominada Dentição Funcional (DF). Avaliou-se a associação direta, e mediada pela presença de impactos bucais, entre a autopercepção da necessidade de prótese total (PT) e configurações dentárias reduzidas, em adultos (35-44 anos) brasileiros dentados. Dados foram obtidos pela Pesquisa Nacional de Saúde Bucal (2010) por amostragem por conglomerado, em múltiplos estágios de sorteio, com probabilidade proporcional ao tamanho da população. A coleta de dados envolveu exames bucais e a aplicação de questionários sobre características demográficas, condições socioeconômicas e percepções sobre saúde bucal. Autopercepção da necessidade de prótese total foi medida pela pergunta: O sr(a) considera que necessita usar PT (dentadura) ou trocar a que está usando atualmente? As configurações dentárias reduzidas foram classificadas com base num sistema funcional de classificação das dentições hierarquizado, que considera sequencialmente a presença de: no mínimo um dente em cada arco, 10 dentes em cada arco, 12 dentes anteriores, pares de oclusão posteriores (POP) de pré-molares (≥3) e molares (≥1 bilateral). A configuração dentária que possui todos os critérios, dos cinco níveis, foi definida como uma dentição funcional (DFClassV). O Índice de Impactos Odontológicos no Desempenho Diário (IODD) avaliou a presença de impactos bucais. Associação entre o desfecho (autopercepção da necessidade de PT) e a variável independente principal (configurações dentárias reduzidas) foi investigada por modelo de regressão logística e análise de equações estruturais, incluindo as seguintes covariáveis: satisfação com a boca, impactos bucais (IODD), sangramento, cálculo, bolsa rasa, bolsa profunda, dor de dente, sexo, cor da pele, renda e escolaridade. A amostra total era de 9547 indivíduos sendo que 6.083 indivíduos foram incluídos nesse estudo. Adultos com DFclassV apresentaram uma chance 56% menor de autopercepção da necessidade de prótese total (OR=0,44; IC 95%: 0,28- 0,70). De acordo com os resultados das análises de equações estruturais, DFclassV foi negativa e diretamente associada com o desfecho (Efeito total [CP]=-0,294; p<0,001). Configurações dentárias com perda de dentes anteriores e/ou POP foram associadas com maior autopercepção da necessidade de PT (efeito direto positivo). Configuração dentária sem POP de molares não apresentou efeito direto sobre o desfecho, mas um efeito indireto via IODD (p=0,002). Maior autopercepção da necessidade de prótese foi observada entre aqueles cujas configurações dentárias apresentavam menor número de critérios de funcionalidade, sejam eles, dentes bem-distribuídos, estética e/ou oclusão. (AU)


The condition that ensures the performance of all oral functions even when the dental arch is not complete is called Functional Dentition (FD). It was evaluated the direct association and mediated by the presence of oral impacts between the self-perception of the need for complete dentures (CD) and dental configuration among Brazilian adults (35-44 years) with teeth. Data were obtained by the National Oral Health Survey (2010) by sampling by conglomerate in multiple stages random with probability proportional to the size of the population. Data collection involved oral exams and the application of questionnaires on demographic characteristics, socioeconomic conditions and perceptions about oral health. Self-perception of the need for a prosthesis was measured by the question: Do you consider that you need to use CD (complete denture) or change the one you are currently using? The reduced dental configurations were classified based on a hierarchical functional classification system of teeth, which sequentially considers the presence of: i) at least one tooth in each arch; ii) 10 teeth in each arch; iii) 12 anterior teeth; iv) three or four Posterior Occlusion Pairs (POP) of premolars; and v) at least one bilateral molar POP. The dental configuration that has all the criteria, of the five levels, was defined as a functional dentition (DFClassV). The Dental Impact on Daily Performance (OIDP) evaluated the presence of oral impacts. The association between the outcome (self-perception of CD need) and the main independent variable (reduced dental configurations) was investigated by logistic regression model and analysis of structural equations, including the following covariates: mouth satisfaction, oral impacts (IODD), bleeding, calculus, shallow and deep periodontal pockets, dental pain, sex, skin color, income and schooling. The total sample was 9547 individuals and 6,083 individuals were included in this study. Adults with DFclassV presented a 56% lower chance of self-perception of the prosthesis requirement (OR = 0.44, 95% CI: 0.28-0.70). According to the results of the analysis of structural equations, DFclassV was negative and directly associated with the outcome (Total effect [CP] = -0.294, p <0.001). Dental configurations with loss of anterior teeth and / or POP were associated with greater self-perception of the need for PT (positive direct effect). Dental configuration without POP of molars had no direct effect on the outcome, but an indirect effect via IODD (p = 0.002). Higher selfperception of the need for prostheses was observed among those whose dental configurations presented fewer functionality criteria, be it well-distributed teeth, aesthetics and / or occlusion. (AU)


Assuntos
Autoimagem , Saúde Bucal , Prótese Dentária , Impactos na Saúde , Adulto , Arco Dental , Prótese Total , Entrevista
3.
Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL ; 5(2): [85-93], mai.-ago. 2018.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-912650

RESUMO

A identificação humana é feita pela análise das particularidades de cada indivíduo, inclusive odontológicas, a qual consiste em um método que necessita de documentação prévia ante mortem de qualquer natureza, mas que contenha características específicas e individuais sobre o periciando a ser identificado. O presente trabalho tem como objetivo relatar um caso de identificação cadavérica cujo componente principal foi a comparação de dois modelos ortodônticos fornecidos pela família, com as peculiaridades dos arcos dentais do cadáver, demonstrando inúmeras coincidências e nenhuma divergência excludente. Nesta comparação, foram evidenciados detalhes anatômicos das bordas incisais, em especial a "flor de Lis" no dente 12 e das faces oclusais que foram suficientes para a identificação do desaparecido.


Human identification is done by analyzing the particularities of each individual, including dental ones, which consists of a method that requires previous documentation ante mortem of any nature, but which contains specific and individual characteristics about the victim to be identified. This study aims to report a case of cadaver identification whose main component was the comparison of two orthodontic models provided by the family, with the peculiarities of the dental arches of the corpse, showing numerous coincidences and no exclusionary divergence. In this comparison, anatomical details of the incisal edges were evidenced, especially the "flor de Lis" on tooth 12 and the occlusal faces that were sufficient to identify the disappeared.


Assuntos
Humanos , Masculino , Antropologia Forense , Odontologia Legal , Coroa do Dente , Arco Dental
4.
Rev. Cient. CRO-RJ (Online) ; 3(1): 16-22, Jan.-Apr. 2018.
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1021119

RESUMO

Objective: To evaluate the applicability of the Carrea's method in its original and modified versions for human height estimation. Methods: This was a cross-sectional study using 31pairs of plaster dental models from undergraduate dental students. The lower and upper models were analyzed based on the Carrea's original method (1939) and its modified version (LIMA et al., 2017), respectively. The data were analyzed by descriptive and inferential statistics (=5%). Results: The original method estimated the actual height in 51.6% of the sample (n = 16), with an agreement of 38.7% (n = 12) for quadrant 3 and 32.3% (n = 10) for quadrant 4. Similar overall agreement was observed for the modified method (51.6%; n = 16), with a 35.5% (n = 11) and 32.3% (n = 10) agreement for quadrants 1 and 2, respectively. There was no significant difference between sexes. The original method underestimated human height in 58.1% of the sample (n =18), regardless of the quadrant analyzed, while it overestimated height in 3.2% (n = 1) of the models in quadrant 3 and in 9.7% (n = 3) in quadrant 4. The modified method underestimated height by 45.2% (n = 14) in quadrant 1 and by 38.7% (n = 12) in quadrant 2. The modified method overestimated height in 19.4% (n = 6) of the models in quadrant 1 and in 29.0% (n = 9) in quadrant 2. Low correlation coefficients were obtained between actual and estimated measurements. Conclusion: Both the original and modified Carrea's methods presented questionable applicability and should therefore be used with caution.


Objetivo: Avaliou-se a aplicabilidade do Método de Carrea, original e modificado na estimativa da estatura humana. Métodos: Trata-se de estudo seccional, realizado com 31 pares de modelos de gesso de 33 graduandos de odontologia. Cada modelo inferior foi analisado com o emprego do Método de Carrea (1939), original, e o método modificado (LIMA et al., 2017) foi utilizado naanálise dos modelos superiores. Os dados foram analisados por estatística descritiva e inferencial (=5 %). Resultados: Pelo método de Carrea original, a altura estimada incluiu a altura real em 51,6% (n=16) dos casos, com concordância de 38,7% (n=12) para o quadrante 3 e de 32,3% (n=10) para o 4. A mesma concordância global foi observada para o método modificado (51,6%; n=16), com percentual de 35,5% (n=11) e 32,3% (n=10) para os quadrantes 1 e 2, respectivamente. Não houve diferença estatisticamente significante entre os sexos. A altura foi subestimada em 58,1% (n=18) dos casos quando analisados pelo método de Carrea original, independente do quadrante analisado, e superestimada em 3,2% (n=1) no quadrante 3, e 9,7% (n=3) no quadrante 4. Pelo método modificado, subestimou-se a altura em 45,2% (n=14) para o quadrante 1, e em 38,7% (n=12) para o quadrante 2. A superestimação ocorreu em 19,4% (n=6) no quadrante 1 e em 29,0% (n=9) no quadrante 2. Obtiveram-se baixos coeficientes de correlação entre os valores estimados e reais. Conclusão: Os métodos de Carrea, original e modificado, apresentaram aplicabilidade questionável, devendo ser utilizados de maneira complementar a outras técnicas de estimativa de estatura.


Assuntos
Odontologia Legal , Estatura , Antropologia Forense , Arco Dental
5.
Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr ; 18(1): 3978, 15/01/2018. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-966743

RESUMO

Objective: To develop diagnostic reference for arch form using Artificial Neuron Network (ANN) from tooth size and arch dimension variables on scanned-dental cast from patients with class I malocclusion treated orthodontically. Material and Methods: One hundred and ninety pairs of dental cast pre-post orthodontic treatment gathered from Orthodontic clinics were scanned and then all dimension variables were measured using Image Tool (gender, tooth size and arch dimension). The multivariate data were analyzed statistically using Stata (Lakeway Drive, College Station, Texas USA). The statistic results were compiled to build the neuron network software for analyzing arch form. Results: Gender and all variables from pre-treatment do not influence arch form. Intercanine width, canine depth, intermolar width, and molar depth are variables that influence arch form. The result of the statistical analyses can be used to develop software based on artificial neural network. Output program is the arch form, such as oval, square or tapered. The software can describe arch form with the accuracy of 76.31%. Conclusion: A software using Artificial Neuron Network to describe arch form can be used for diagnostic reference to Class I malocclusion.


Assuntos
Software , Arco Dental , Má Oclusão , Rede Nervosa , Técnicas de Movimentação Dentária/métodos , Análise Multivariada , Indonésia
6.
Bauru; s.n; 2018. 62 p. ilus, tab.
Tese em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-905295

RESUMO

This study aimed to present two papers that show the alterations in the dental arch dimensions of children with cleft lip and palate before and after the primary surgeries. The first study aimed to evaluate the dimensional alterations of the dental arches of neonates with unilateral complete cleft lip and palate before and after two different primary plastic surgeries. The sample was composed of 114 dental casts of 57 children, divided into two groups: Group 1 ­ 26 neonates whose lip closure was accomplished at 3 months of life by Millard´s technique and the anterior and posterior palate closure by von Langenback's technique (VL); Group 2 ­ 31 neonates whose lip closure, nose's ala correction, and anterior palate closure were accomplished of life by Millard´s technique, Mcomb's or Skoog's technique, and vomer's flap, respectively at 3 months of life; posterior palate closure was accomplished by VL at 12 months of life. The dental casts were analyzed at two phases: (T1) pre-cheiloplasty and (T2) one year after palatoplasty. The second study aimed to evaluate morphometrically and longitudinally the alterations of the dental arch dimensions of children with cleft lip and palate. The sample was composed by digital dental casts of children with complete cleft lip (Group 1), complete cleft lip and palate (Group 2), and complete cleft palate (Group 3), obtained at pre-cheiloplasty (T1), pre-palatoplasty (T2), and one year after palatoplasty (T3). The measurements of the dental arch dimensions of both studies were performed directly on the digitized models and analyzed by Appliance Designer software. The following dimensions were obtained: intercanine distance, inter-tuberosity distance, anterior arch length, and total arch length. A previously trained and calibrated examiner performed the assessments of both studies. To verify the alterations among groups, t test and ANOVA followed by Tukey was applied. In the first study, no statistically significant differences occurred at pre-cheiloplasty. At one year after palatoplasty, Group 1 had statistically significant greater anterior-posterior arch length (P=0.002) than Group 2. This suggested that the outcomes of the different surgical techniques may cause alterations in the dental arch growth and development of neonates with cleft lip and palate. In the second study, in Group 1, the distances C-C', T-T', and I-TT' were statistically greater at T2 than at T1. In Group 2, the distances C-C' and I-CC' were smaller at T3. T-T' distance decreased and I-TT' distance increased at all phases. In Group 3, the C-C', T-T', and I-TT' distances were statistically greater at T3. The intergroup comparisons showed that C-C' and T-T' distances were statistically greater in Group 1; C-C' and I-CC' distances were statistically smaller in Group 2; and I-TT' distance was statistically greater in Group 3. The longitudinal evaluation of the changes occurred in the dental arches of children with different oral cleft types showed that cheiloplasty and palatoplasty caused the most alterations in the growth and development of the maxillary dimensions of children with complete cleft lip and palate.(AU)


O propósito deste estudo foi apresentar dois artigos que mostram as alterações das dimensões dos arcos dentários de crianças com fissura labiopalatina antes e depois das cirurgias primárias. O primeiro estudo foi proposto para avaliar as alterações dimensionais dos arcos dentários de neonatos com fissura labiopalatina antes e após a realização de duas técnicas distintas de cirurgias plásticas primárias. A amostra foi composta de 114 modelos dentários em gesso de 57 crianças, divididos em dois grupos: Grupo I ­ 26 neonatos, fechamento do lábio realizado aos 3 meses de vida pela técnica de Millard e palato total aos 12 meses, pela técnica de von Langenback (VL); Grupo II ­ 31 neonatos, fechamento do lábio pela técnica de Millard aos 3 meses de vida, correção de asa nasal (técnicas de Mcomb ou Skoog) e palatoplastia anterior com retalho de vômer aos 3 meses. A palatoplastia posterior foi realizada aos 12 meses pela técnica VL. Os modelos foram analisados em 2 fases: (F1) pré-queiloplastia e (F2) 1 ano pós-palatoplastia. No segundo estudo o objetivo foi realizar uma avaliação longitudinal das alterações das dimensões dos arcos dentários de crianças com fissura labiopalatina. A amostra foi composta de modelos digitais de crianças com fissura completa de lábio (Grupo 1), completa de lábio e palato (Grupo 2), e completa de palato (Grupo 3), obtidos nas fases de pré-queiloplastia (Fase 1), pré-palatoplastia (Fase 2), 1 ano póspalatoplastia (Fase 3). As medidas das dimensões dos arcos dentários nos dois estudos foram realizadas nos modelos digitalizados e analisados utilizando software Appliance Designer. As seguintes dimensões foram obtidas: distância intercaninos, distância intertuberosidade, comprimento anterior do arco dentário e comprimento total do arco. Um avaliador previamente calibrado e treinado realizou as avaliações para os dois estudos. Foi aplicado o Teste t e a Análise de Variância, seguida do Teste de Tukey. Para o primeiro estudo não houve diferença estatisticamente significante na fase pré-queiloplastia entre os grupos. Na fase 1 ano pós-palatoplastia houve diferença para o comprimento anteroposterior do arco dentário (p=0,002), entre os grupos, com valores maiores para o grupo I. Para o segundo estudo, no Grupo 1, as distâncias C-C', T-T' e I-TT' apresentaram diferença estatisticamente significante entre a F1 e F2, com aumento na F2. Para o Grupo 2, houve diferença estatisticamente significante em todas as fases avaliadas. As distâncias C-C' e I-CC' apresentaram menor valor na F3, T-T' diminuiu em todas as fases, e I-TT' aumentou em todas as fases. No Grupo 3, as distâncias C-C', T-T' e I-TT' mostraram diferença estatisticamente significante com aumento na F3. Quando avaliadas as medidas entre os grupos e fases, C-C' e T-T' mostraram um valor maior para o Grupo 1. A comparação entre F2 e F3 mostraram para as distâncias C-C' e I-CC' valor menor para o Grupo 2, e I-TT' foi maior para o Grupo 3. As avaliações longitudinais nos arcos dentários mostraram que a queiloplastia e palatoplastia causam maiores alterações de crescimento e desenvolvimento maxilares de pacientes com fissura completa de lábio e palato.(AU)


Assuntos
Humanos , Animais , Masculino , Lactente , Pré-Escolar , Fenda Labial/patologia , Fissura Palatina/patologia , Arco Dental/patologia , Pontos de Referência Anatômicos , Fenda Labial/cirurgia , Fissura Palatina/cirurgia , Modelos Dentários , Imageamento Tridimensional , Estudos Longitudinais , Valores de Referência , Fatores Sexuais
7.
Belo Horizonte; s.n; 2018. 85 p. ilus, tab.
Tese em Inglês, Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-914262

RESUMO

A colagem de acessórios ortodônticos é considerada um dos fatores que mais interfere na expressão dos aparelhos pré-ajustados. Ambas as técnicas tradicionais de colagem, método direto e indireto, falham em alcançar a posição ideal. Novas perpectivas de refinamento dos protocolos têm sido apontadas pela incorporação de tecnologia digital ao processo indireto. Esse estudo comparou a acurácia da colagem de acessórios ortodônticos em ambiente virtual em relação ao procedimento direto, considerando o tempo de experiência clínica dos operadores. 1120 dentes artificiais, constituintes de 40 pares de modelos idênticos (20 conjuntos sólidos + 20 conjuntos digitais), foram igualmente distribuídos, em dois tempos distintos, entre dois grupos de profissionais: grupo I: CDO (colagem direta/clínicos experientes); grupo II: CDA (colagem direta/pósgraduandos); grupo III: CVO (colagem virtual/clínicos experientes); grupo IV: CVA (colagem virtual/ pósgraduandos) As diferenças das posições individuais dos acessórios experimentais, em relação acessórios de referência validados para o estudo, foram aferidas após sobreposição tridimensional de modelos, em software customizado. Análises estatísticas foram conduzidas com nível de significância de 5%. O teste Mann-Whitney mostrou diferenças significativas entre as médias dos erros nas dimensões vertical (p = 0,029) e angulação (p = 0,041), entre os grupos I e II e na vertical (p =0,020) e angulação (p =0,019), entre os grupos III e IV; O teste de Wilcoxon pareado mostrou que as diferenças foram significantes nas dimensões vertical (p < 0,001) e horizontal (p < 0,001), entre os grupos I e III e na vertical (p = 0,006), entre os grupos II e IV; o teste qui-quadrado mostrou diferenças significantes nas prevalências dos desvios, em todas as dimensões (horizontal p < 0,002; vertical p < 0,001; angulação p < 0,001), com tempo de experiência sendo significativo na dimensão horizontal (p = 0,041). Ambos os grupos falharam na obtenção da acurácia. O percentual de erros na colagem virtual foi significativamente menor nas dimensões lineares (vertical e mésiodistal) e maior na angulação. O percentual de erro dos profissionais com maior tempo de experiência clínica foi menor na dimensão horizontal. O diagnóstico precoce de desvio nas posições de colagem pode beneficiar diretamente profissional e paciente, ao antever discrepâncias passíveis de movimentos ortodônticos indesejáveis.(AU)


Orthodontic accessory bonding is considered one of the factors that most interferes in the expression of pre-adjusted appliances. Conventional direct or indirect techniques used fail to obtain the ideal position. The combination of novel technologies into indirect bonding digital methods offers new perspectives, seems to improve the accuracy related to the bonding position. The aim of the present study was to compare the accuracy of bonding orthodontic attachments in the digital environment in comparison with the direct procedure, considering the time of clinical experience of the professional. A total of 1120 artificial teeth, constituents of 40 identical models (20 solid sets + 20 digital sets), were equally distributed into two time intervals, between two groups of professionals: Group I: direct bonding (experienced clinicians); Group II: direct bonding (post-graduate students); Group III: virtual bonding (experienced clinicians); Group IV: virtual bonding (post-graduate students). The differences in individual positions between the experimental and reference accessories were measured after three-dimensional superimposition of models in customized software. The analyses were conducted at a level of significance of 5%. The Mann-Whitney test showed significant differences between the mean values of the errors in the vertical dimensions (p = 0.029) and angulation (p = 0.041), between groups I and II, and in the vertical dimension (p =0.020) and angulation (p =0.019), between groups III and IV; the paired Wilcoxon test showed that the differences were significant in the vertical (p < 0.001) and horizontal (p < 0.001) dimensions, between groups I and III and in the vertical (p = 0.006) dimension, between groups II and IV; the Chi-square test showed significant differences in the prevalence of the deviations in all the dimensions (horizontal p < 0.002; vertical p < 0.001; angulation p < 0.001), with time of experience being significant in the horizontal dimension (p = 0.041). Both groups failed to obtain accuracy. The percentage of errors in virtual bonding was significantly lower than those in the linear dimensions (vertical and mesio-distal), and higher in angulation. The percentage of error of the professionals with a longer time of clinical experience was lower in the horizontal dimension. Early diagnosis of deviation in the bonding positions could be of direct benefit to both professional and patient, by foreseeing discrepancies that may lead to undesirable orthodontic movements.(AU)


Assuntos
Colagem Dentária , Materiais Dentários , Precisão da Medição Dimensional , Imageamento Tridimensional , Aparelhos Ortodônticos , Braquetes Ortodônticos , Fios Ortodônticos , Ortodontia Corretiva , Benchmarking , Arco Dental , Dente
8.
Belo Horizonte; s.n; 2018. 33 p. ilus, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-913859

RESUMO

A busca pelo sorriso perfeito tem sido cada vez maior. Atualmente, as pessoas estão cada vez mais preocupadas com o sorriso, que é definido, por muitos, como a "porta de entrada". Isso porque os padrões de estética da sociedade estão cada vez mais exigentes e, a Odontologia também precisa acompanhar essa busca pela estética. Porém, cada paciente apresenta a sua individualidade e sua estética aceitável, que é definida não só pela vontade do paciente, mas também pela relação entre um conjunto de fatores, que envolve desde características faciais até características dentárias e dos tecidos adjacentes. É de extrema importância também, no ramo da odontologia, não esquecer que, em um trabalho protético, deve-se devolver função do elemento perdido, além da estética. Por isso, devido à tamanha exigência, o planejamento odontológico deve ser feito após uma minuciosa análise de todos os fatores e, para que se tenha um resultado satisfatório, é necessário englobar as diversas especialidades (prótese, implante, ortodontia, periodontia, entre outros), o que torna o planejamento odontológico como um fator multidisciplinar. Esse estudo teve como objetivo identificar os fatores de risco estético que devem ser avaliados previamente à confecção de coroas anteriores, sejam elas sobre dente ou implante. Após a análise de todos esses fatores, é preciso considerar procedimentos cirúrgicos para melhorar certas características, visando sempre obter resultados finais cada vez mais estéticos, sem que estes deixem de cumprir a sua função. Além disso, o tratamento odontológico tem que ser direcionado por um planejamento que visa a união de estética e função.(AU)


The search for the perfect smile has been growing. Nowadays, people are increasingly worried about the smile, which is defined, by many, as the "gateway." This is because society's aesthetic standards are increasingly demanding, and dentistry also needs to follow this quest for aesthetics. However, each patient presents their individuality and their acceptable aesthetic, which is defined not only by the patient's will, but also by the relationship between a set of factors, which ranges from facial features to dental characteristics and adjacent tissues. It is also extremely important, in the dentistry field, not to forget that, in a prosthetic work, one must return function of the lost element, besides the aesthetics. Therefore, due to such a requirement, dental planning must be done after a thorough analysis of all factors and, in order to have a satisfactory result, it is necessary to include the different specialties (prosthesis, implant, orthodontics, periodontics, among others), which makes dental planning a multidisciplinary factor. The objective of this study was to identify the aesthetic risk factors that should be evaluated prior to the creation of anterior crowns, be they on tooth or implant. After analyzing all these factors, it is necessary to consider surgical procedures to improve certain characteristics, aiming always to obtain final results more and more aesthetic, without they fail to fulfill their function. In addition, the dental treatment has to be directed by a planning that aims at the union of aesthetics and function.(AU)


Assuntos
Coroas , Arco Dental , Implantes Dentários , Prótese Dentária , Estética Dentária , Gengiva , Reabilitação Bucal , Sorriso
9.
Rio de Janeiro; s.n; 2018. 55 p. ilus, tab.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1007256

RESUMO

O objetivo neste estudo foi avaliar a influência dos artefatos metálicos nos valores de cinza da imagem do arco antagonista em dois tomógrafos computadorizados de feixe cônico distintos, Carestream Kodak 9500® e Vatech Picasso Trio®. Foram utilizados dois dispositivos de acrílico confeccionados para simular a arcada dentária. Cada um apresentava seis orifícios cilíndricos, onde foram inseridos corpos de prova simulando dentes sem restaurações. Em seguida foram obtidas as imagens tomográficas para determinação do padrão ouro. Para obtenção dos modelos experimentais da maxila e mandíbula, corpos de prova, sem metal foram colocados no arco superior e quantidades variadas de corpos de prova com metal foram inseridos no dispositivo de mandíbula e em seguida obtidas as imagens de TCFC de cada uma das combinações. O mesmo procedimento foi realizado para obtenção das imagens da mandíbula, porém agora os corpos de prova sem metal ficaram no dispositivo inferior enquanto no superior foram posicionados os corpos de prova com metal. Ao final de todas as aquisições os valores de cinza foram mensurados e analisados estatisticamente. Foi observado que ao comparar os valores de cinza com padrão-ouro, no tomógrafo da Carestream®, a aquisição da maxila com a mandíbula totalmente com metal diferiu do padrão ouro, já para o aparelho da Vatech® todas as aquisições da maxila, e as aquisições da mandíbula com metal na região posterior e no hemiarco da maxila diferiram do padrão ouro. Em relação aos valores de cinza nas 6 posições dos corpos de prova, apenas os valores obtidos no Vatech® apresentaram diferenças entre as regiões. Os valores de cinza entre o tomógrafo, região e a interação (aparelho*região). Os resultados foram significativos somente para o tomógrafo, ou seja, a média dos valores de cinza são distintas entre Carestream® e Vatech®. Conclui-se que os valores de cinza obtidos no tomógrafo da Vatech®, mostraram que a quantidade e o posicionamento de metal na maxila, pode influenciar parcialmente os valores de cinza na mandíbula, enquanto que qualquer quantidade de metal, independentemente de sua posição na mandíbula influência nos valores de cinza na maxila. (AU)


The objective of this study was to evaluate the influence of metallic artifacts on the gray values of the image in the antagonist arch in two types of cone beam computerized tomography scanners, Carestream Kodak 9500 and Vatech Picasso Trio. Two acrylic phantoms made with the objective of simulating the dental arches were used. Each of the phatoms had six cylindrical holes, where specimens were inserted simulating the teeth without restorations and obtained CBCT images of both arches, which was used to determine the gold standard. To obtain the images of the maxilla, metalless specimens were placed in the upper arch and varied amounts of metal specimens were inserted into the mandible phantom and then the CBCT images of each of the combinations were obtained. The same procedure was performed to obtain the images of the mandible, but now the specimens without metal remained in the lower phantom while in the upper were placed the specimens with metal. At the end of all acquisitions the gray values were measured and analyzed statistically. It was observed that when comparing the gray values with the values obtained in the gold standard, in the Carestream device, the acquisition of the maxilla with the mandible totally with metal differed from the gold standard, for the Vatech device all the acquisitions of the maxilla, and the acquisitions of the mandible with metal in the posterior region and the hemiarco of the maxilla differed from the gold standard. In relation to the gray values in the 6 positions of the test specimens, only the values obtained in the Vatech presented differences between the regions. The gray values between the apparatus, region and the interaction (devices * region). The results were significant only for the apparatus, that is, mean values of gray are different between Carestream and Vatech. Based on the results, we can conclude that the gray values obtained in the Vatech apparatus showed that the amount and position of metal in the jaw can partially influence the values of gray in the mandible, while any amount of metal, regardless of its position in the jaw influence on gray values in the maxilla. (AU)


Assuntos
Artefatos , Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico/normas , Ligas Metalo-Cerâmicas , Arco Dental/diagnóstico por imagem
10.
Ortho Sci., Orthod. sci. pract ; 10(38): 49-53, 2017.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-837359

RESUMO

O presente estudo tem como objetivo analisar as dimensões dos arcos pré-contornados de Nitinol e sua correlação com a morfologia da arcada dentária inferior. Foram utilizados trinta e dois modelos em gesso de indivíduos com má oclusão Classe II, divisão 1, cuja morfologia da arcada inferior foi comparada à forma de arcos pré-contornados de NiTi de três marcas. Foram obtidas imagens digitais dos modelos e dos arcos, e com o auxílio do programa Cef X (CDT Software, versão 2.3.20), foi mensurada a distância transversal entre o arco analisado e as pontas de cúspide dos dentes 34, 35, 44, 45. Observou-se que todos os arcos pré-contornados avaliados apresentam uma tendência a expandir a morfologia da arcada dentária normal. Porém, os arcos da marca TP Orthodontics apresentam uma morfologia mais próxima à forma da arcada em oclusão normal, quando comparados aos arcos das marcas 3M Uniteck e G&H Wire (p>0,05). Visto que todos os arcos pré-contornados avaliados possuem a tendência de expandir a morfologia normal da arcada dentária, é prudente individualizar os arcos utilizados para cada paciente, com o objetivo de alcançar resultados mais estáveis.(AU)


The present study aims to analyze the dimensions of pre-contoured Nitinolarches and its correlation with the morphology of the lower dental arch. Thirty-two plaster casts of individuals with Class II malocclusion were used in this study to compare the morphology of lower dental arch with the shape of NiTi pre-contoured archwire. Digital images were obtained from plaster casts and from the archwires, and after the superposition of the images, the computer software Cef X (CDT Software, version 2.3.20) was used to measure the lateral distance between the archwire analyzed and the cusp tips of teeth 34, 35, 44, 45. It was observed that all pre-contoured archwires evaluated have tendency to expand the morphology of lower dental arch. However, the TP Orthodontics archwires presented a more similar shape to the morfology of lower dental arch, when compared to the 3M Uniteck and G&H Wire archwires (p>0.05). Since all pre-contoured archwires studied have a tendency to expand the normal morphology of the dental arches, it is prudent to individualize the arches used for each patient in order to achieve more stable results.(AU)


Assuntos
Humanos , Arco Dental
11.
Bauru; s.n; 2017. 123 p. ilus, tab.
Tese em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-905159

RESUMO

Introduction: The aim of this study was to assess changes in upper airway, dental arches dimensions and buccolingual inclinations of teeth in patients treated orthodontically with the Damon system. Material and Methods: Twenty-one patients of both sexes, mean initial age of 14.99 ± 1.97 years, with complete permanent dentition up to second molars, treated with non-extractions and minimum initial crowding of 4mm (maxillary: -6.71 ± 2,99 mm, mandibular: -5,12 ± 2,03 mm were taken to CBCT scan before (T1) and after (T2) orthodontic treatment with the Damon System. The volume, sagittal area and minimum axial area of the upper airway were measured in sagittal and axial sections by means of the upper airways analysis tool of Dolphin Imaging® software. Buccolingual inclinations were performed using CBCT-panoramic cross-sectionals based on the image that presented the most appropriate view of buccal face of the clinical crown. Arches dimensions were measured by means of 2D axial and coronal sections in 3D reconstructions. The reference points used were buccal and mesiobuccal cusp tips for the premolars and molars respectively. Distribution of the variables was verified by Shapiro-Wilk test. Changes in all variables from T1 to T2 were compared using paired t-test. The correlation between the upper airway changes with buccolingual inclinations of teeth and arches dimensions was verified by the Pearson correlation coefficient. Results: There was a significant increase in maxillary interfirst premolar, intersecond premolar, interfirst molar and intersecond molar width and the length with significant incisors and premolars labial inclinations. In the mandibular arch there was a significant increase of intercanine, interfirst premolar, intersecond premolar, inferfirst molar and intersecond molar width with significant buccal inclination at posttreatment, exception of the canine and the first molar of the left side. There was no significant increase in the length of the mandibular arch. There was no statistically significant difference in upper airway sagittal area, minimum axial area and volume changes after treatment. Conclusion: It can be concluded that Damon System produced a significant transversal increase in the posterior region of the arches with differences in teeth buccolingual inclinations at posttreatment. There were no significant differences in the upper airways; however, there was a significant negative correlation between the changes of length of mandibular arch and the sagittal area and volume airway.(AU)


Objetivo: Avaliar as alterações do volume e da área das vias aéreas superiores, as dimensões transversais e o comprimento dos arcos dentários e as inclinações dentoalveolares em pacientes tratados ortodonticamente com o sistema Damon. Material e métodos: A amostra foi constituída de tomografias computadorizadas cone beam (TCCB) iniciais (T1) e finais (T2) de 21 pacientes com idade inicial média de 14,99 anos (DP 1,97), má oclusão de Classe I de Angle, apinhamento mínimo de 4mm (superior: -6,71mm (DP 2,99), inferior: -5,12mm (DP 2,03), dentadura completa até segundos molares, tratados ortodonticamente sem extrações com braquetes autoligáveis do sistema Damon. As tomografias computadorizadas foram importadas no formato DICOM para o programa Dolphin Imaging® para análise das varáveis. O volume, área e área axial mínima das vias aéreas superiores foram mesuradas nos cortes sagital e axial por meio da ferramenta upper airways analysis do software Dolphin Imaging®. Para mensuração das inclinações dentárias, foram utilizados cortes parassagitais gerados a partir da imagem panorâmica da TCFC. As medidas foram realizadas a partir do ângulo formado pela linha vestibular da coroa clínica (LVCC) e o bordo superior ou inferior da imagem selecionada. As dimensões transversais dos arcos foram mensuradas por meio de cortes axiais das reconstruções 3D. Para os premolares, foram utilizadas como referência as pontas de cúspide vestibular e para os molares as pontas de cúspide mesiovestibular. As variáveis foram submetidas ao teste de Shapiro-Wilk para testar sua distribuição. As alterações de todas as variáveis de T1 para T2 foram comparadas por meio dos testes t-pareado. A correlação entre as alterações das vias aéreas superiores com os possíveis fatores associados foi verificada pelo coeficiente de correlação de Pearson. Resultados: Houve um aumento significativo das distâncias transversais 4-4 / 5-5 / 6-6 / 7-7 e do comprimento do arco superior com inclinações vestibulares significativas dos incisivos e pré-molares. No arco inferior houve um aumento significativo das distâncias transversais 3-3 / 4-4 / 5-5 / 6-6 / 7-7 sem inclinação vestibular significativa apenas do canino e do primeiro molar do lado esquerdo. Não houve aumento significativo do comprimento do arco inferior. Não houve diferença estatisticamente significante da área, área axial mínima e volume das vias aéreas pós-tratamento. Conclusão: Pode-se concluir que o Sistema Damon produziu um aumento transversal significativo na região posterior dos arcos com diferenças nas inclinações dentárias. Não houve diferenças significativas nas vias aéreas superiores, entretanto, houve significante correlação negativa entre as alterações comprimento do arco inferior com a área e o volume das vias aéreas.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico/métodos , Arco Dental/anatomia & histologia , Arco Dental/diagnóstico por imagem , Má Oclusão de Angle Classe I/terapia , Braquetes Ortodônticos , Faringe/anatomia & histologia , Faringe/diagnóstico por imagem , Desenho de Aparelho Ortodôntico , Valores de Referência , Estatísticas não Paramétricas , Técnicas de Movimentação Dentária/métodos , Resultado do Tratamento
12.
Bauru; s.n; 2017. 103 p. ilus, tab.
Tese em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-884366

RESUMO

Purpose: The aim of this study was to evaluate the occlusal and arch form stability of self-ligating Damon System appliance treatment, after a mean period of 3 years. Methods: The sample consisted of 20 patients (10 female and 10 male) Class I malocclusion with mild to moderate crowding treated orthodontically without extractions, with a mean initial age of 14.66 years (SD +1.40), mean final age of 17.70 years (SD +1.39) and mean age at posttreatment of 20.62 years (SD +1.42). The mean treatment time was 3.03 years (S.D. +1.17) and the mean posttreatment time was 2.92 years (S.D +0.88). Initial, final and posttreatment dental casts and panoramic radiographs of each patient were evaluated. Crowding, transverse and anteroposterior arch dimensions were measured in digital models in the maxillary and mandibular dental arches. For evaluation of the occlusal stability of orthodontic treatment it was used the Objective Grading System (OGS) in dental casts and panoramic radiographs. Intragroup comparison of all variables evaluated was performed by ANOVA and Tukey test, when necessary. For OGS comparison the dependent T test were used. Intragroup comparison of all variables evaluated was performed by ANOVA and Tukey test, when necessary. For OGS comparison the dependent T test used. Results: During treatment, there was significant decrease in the Little's Irregularity Index in maxillary and mandibular arches. No statistically significant changes in the Little's Irregularity Index were found during the follow-up period after debonding in a mean period of 2.9 years. There was significant increase in all measurements of the maxillary arch width and arch length with treatment. The mandibular measurements of arch width and arch length also showed a significant increase during treatment. At posttreatment, all maxillary and mandibular measurements remained stable, with no significant relapse of arch changes. The OGS index did not show significant changes during the posttreatment period. Conclusions: Treatment with self-ligating Damon System appliances showed increase in maxillary and mandibular arch widths and lenghts, which remain stable after a mean period of 3 years posttreatment. Treatment with this system provides maxillary and mandibular incisor alignment, as defined by Little's Irregularity index, and occlusal stability, as defined by the OGS score, with stability after a mean period of 3 years posttreatment.(AU)


Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar a estabilidade oclusal e a estabilidade da forma do arco em pacientes tratados com aparelho autoligável do Sistema Damon. Material e métodos: A amostra foi constituída por radiografias panorâmicas e modelos de gesso iniciais (T1), finais (T2) e pós-tratamento (T3) de 20 pacientes (10 homens e 10 mulheres) com má oclusão de Classe I, apinhamento moderado a severo, tratados ortodonticamente sem extrações. Os pacientes apresentaram idade inicial média de 14,66 anos (D.P= +1,40), idade final média de 17,70 anos (D.P= +1,39), tempo médio de tratamento 3,03 anos (D.P= +1,17), idade de pós-tratamento média de 20,62 anos (D.P= +1,42) e tempo médio de pós tratamento de 2,92 anos (D.P= +0,88). O Índice de Estabilidade Oclusal (OGS), foi avaliado por meio de modelos de gesso e radiografias panorâmicas. As medidas transversais, sagitais e o Índice de irregularidade de Little foram realizadas utilizando-se modelos de gesso que foram digitalizados com o scanner 3Shape R700 3D (3Shape A/S, Copenhagen, Dinamarca) e mensurados através do Software OrthoAnalyzerTM 3D (3Shape A / S, Copenhagen, Dinamarca). Para comparação intragrupo de todas as variáveis avaliadas entre as fases inicial (T1), final (T2) e controle (T3), ANOVA e teste de Tukey foram utilizados. Para avalição do OGS foi utilizado o teste t dependente. Resultados: No arco superior todas as medidas da forma e comprimento do arco apresentaram um aumento com o tratamento (T2-T1), com exceção do Índice de Irregularidade de Little que diminuiu significantemente com o tratamento. As medidas mandibulares da forma e comprimento do arco também tiveram um aumento significante com o tratamento, já o Índice de Irregularidade de Little diminuiu significantemente. No período pós-tratamento (T3-T2) todas as medidas maxilares e mandibulares permaneceram estáveis, não apresentando recidiva significante da forma do arco e do Índice de Irregularidade de Little. O índice OGS não apresentou alterações significantes do fim do tratamento para o controle. Conclusão: O tratamento com aparelho autoligável do Sistema Damon apresentou aumentos na forma e comprimento do arco, mantendo-se estáveis após o período de contenção. O tratamento com este Sistema promoveu o alinhamento dos incisivos tanto superiores quanto inferiores, com resultados oclusais estáveis após um período médio de 3 anos pós-tratamento.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Arco Dental/patologia , Oclusão Dentária , Má Oclusão de Angle Classe I/terapia , Aparelhos Ortodônticos , Análise de Variância , Arco Dental/diagnóstico por imagem , Má Oclusão de Angle Classe I/diagnóstico por imagem , Desenho de Aparelho Ortodôntico , Radiografia Panorâmica , Fatores de Tempo , Resultado do Tratamento
13.
Braz. j. oral sci ; 15(3)July-Sept. 2016. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-875098

RESUMO

Aim: Evaluate the dimensional accuracy of stone casts of a partially edentulous mandibular arch made by two impression techniques (1-step putty/light-body and 2-step putty/light-body) using addition and condensation silicones. Methods: A partially edentulous steel stainless cast with four markings on teeth 33, 37, 43, and 47 was used to obtain the impressions. The transverse (33-43 and 37-47) and anteroposterior (33-37 and 43-47) distances were measured by measuring microscope (30x magnification; 0.5µm accuracy). For the 1-step putty/light-body technique, both viscosities of the impression materials were handled together. For the 2-step putty/light-body technique, the impression materials of different viscosities were handled separately and a polypropylene spacer (2 mm thick) was used to create a relief. The same distances were measured on stone casts (n = 5). The values were submitted to normality test (Kolmogorov-Smirnov) and analyzed statistically by three-way ANOVA and Tukey's (5%). Results: All distances showed shrinkage (negative linear changes). The addition silicones showed better accuracy than condensation silicones (p<0.05) and no significant difference was found between the impression techniques (p>0.05). The edentulous zone (43-47) presented worst dimensional accuracy results. Conclusions: The accuracy of the casts is more related to the impression material than impression technique. (AU)


Assuntos
Técnica de Moldagem Odontológica , Precisão da Medição Dimensional , Elastômeros de Silicone , Arco Dental , Mandíbula
14.
Ortodontia ; 49(3): 217-222, Maio. 2016. ilus, graf, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-849075

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi correlacionar as medidas transversais dos arcos dentários com a severidade da mordida aberta anterior em pacientes durante a dentadura mista. A amostra foi composta por 40 pacientes escolhidos aleatoriamente, de sete a dez anos, sendo 30 do sexo feminino e dez do sexo masculino, diagnosticados com mordida aberta anterior. A severidade da mordida aberta anterior e as distâncias intercaninos decíduos, intersegundos molares decíduos e interprimeiros molares permanentes dos arcos superiores e inferiores foram mensuradas em modelos de gesso, com o auxílio de um paquímetro digital, por um examinador previamente calibrado. O teste t pareado e a fórmula de Dalhberg foram empregados para calcular o erro sistemático e casual. O teste de correlação de Pearson foi utilizado para avaliar a associação entre as variáveis transversais e a severidade da mordida aberta anterior. Em todos os testes estatísticos, foi adotado um nível de significância de 5%. Os resultados indicaram correlação negativa entre a mordida aberta anterior e as medidas intercaninos decíduos superiores e intersegundos molares decíduos inferiores. Esses achados já eram esperados, uma vez que os fatores etiológicos que causam a mordida aberta anterior também atuam restringindo as dimensões transversais dos arcos dentários.


The aim of this work is to correlate the transversal measurements of the dental arch and the severity of the open bite. The sample comprised 40 patients chosen randomly, 7 to 10 years old, 30 girls and 10 boys, in the mixed dentition, presenting anterior open bite. The intercanines, intersecond deciduous molars and interfirst permanent molars width were measured in dental casts by one calibrated examiner, using a fine-pointed digital caliper. The paired t test and Dahlberg formula were applied to calculate systematic and casual errors. Pearson's correlation test was used to assess the association between the transverse variables and the severity of the open bite. In all statistical tests, the significance level was set at 5%. A negative correlation was found between the severity of the open bite and the upper intercanines width, and the transverse measurements of the lower second deciduous molars. These findings were expected because the same etiological factors could cause open bite and the narrowing of the arches.


Assuntos
Masculino , Arco Dental , Má Oclusão , Dentição Mista , Mordida Aberta/etiologia
15.
Bauru; s.n; 2016. 123 p. tab, ilus.
Tese em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-880935

RESUMO

Introdução: O objetivo do presente trabalho foi comparar os efeitos dentoesqueléticos do expansor com abertura diferencial (EAD) e do expansor Hyrax convencional em crianças na dentadura mista. Métodos: Quarenta e seis pacientes de ambos os sexos e com idades variando de 7 a 11 anos foram aleatoriamente alocados em um de dois grupos de estudo. O grupo experimental foi composto por 22 pacientes (idade média de 8,46 anos) que foram submetidos à expansão rápida da maxila (ERM) com o EAD. O grupo de comparação foi composto por 24 pacientes (idade média de 8,92) tratados com ERM utilizando-se o expansor Hyrax convencional. Fotografias foram obtidas imediatamente antes da expansão (T1) e ao término do período ativo da expansão maxilar (T2). Radiografias oclusais da maxila foram obtidas para cada paciente apenas ao término do período ativo da expansão maxilar (T2). Modelos digitais dos arcos dentários superior e inferior foram obtidos imediatamente antes da expansão (T1) e 6 meses pós-expansão (T3), na ocasião da remoção do aparelho. As variáveis de desfecho primário foram as alterações no diastema interincisal, a quantidade de abertura da sutura palatina mediana, as larguras dos arcos dentários superior e inferior, o perímetro dos arcos, o comprimento dos arcos, a profundidade do palato, a inclinação dos dentes pósterossuperiores e pósteroinferiores e a forma do arco dentário superior. A variável de desfecho secundário foi a quantidade de expansão diferencial nas regiões anterior e posterior do arco dentário superior. As comparações interfases e intergrupos foram realizadas por meio dos testes t pareado e testes t, respectivamente, com correção de Bonferroni para testes múltiplos. Resultados: Tanto o EAD quanto o expansor Hyrax convencional promoveram aumentos significantes do diastema interincisivos e da largura do arco dentário superior. Por outro lado, nenhuma diferença significante foi observada para a largura do arco dentário inferior de ambos os grupos de estudo. O EAD promoveu um aumento significante do perímetro do arco dentário superior e uma diminuição significante da profundidade do palato. De modo contrário, não foram observadas diferenças significantes para o perímetro do arco dentário inferior de nenhum dos dois grupos estudados. O comprimento do arco dentário superior diminuiu significantemente após a ERM com o expansor Hyrax, enquanto que o comprimento do arco inferior diminuiu suavemente no grupo do EAD. Ambos os expansores promoveram um aumento significante da inclinação vestibular dos dentes pósterossuperiores e dos caninos decíduos inferiores. O EAD promoveu aumentos significantemente maiores da dimensão da abertura da sutura palatina mediana, da largura do diastema interincisivos e das distâncias intercaninos, inter-primeiros molares decíduos e intersegundos molares decíduos superiores, quando comparado com o expansor Hyrax. Por outro lado, apenas o grupo de comparação apresentou um suave aumento da distância interprimeiros molares permanentes inferior. O grupo experimental apresentou uma expansão diferencial significantemente maior na região anterior quando comparada à região posterior do arco dentário superior, enquanto que o grupo de comparação promoveu quantidades de expansão similares na região dos caninos e dos primeiros molares permanentes superiores. Conclusões: Na dentadura mista, o expansor com abertura diferencial foi capaz de promover uma disjunção maxilar com uma maior abertura da região anterior da sutura palatina mediana. O EAD promoveu uma maior expansão da região anterior do arco dentário superior quando comparado com o expansor Hyrax convencional. Ambos os expansores se mostraram similares quanto à quantidade de expansão na região posterior do arco dentário superior, e para as alterações do perímetro dos arcos, comprimento dos arcos, profundidade do palato e inclinação dos dentes posteriores. Adicionalmente, pequenas alterações espontâneas do arco dentário inferior foram observadas para ambos os expansores, seis meses após a expansão rápida diferencial e convencional da maxila.(AU)


Introduction: The aim of this study was to compare the dentoskeletal effects of the expander with differential opening (EDO) and the conventional Hyrax expander in children in the mixed dentition. Methods: Forty-six patients of both sex and ages ranging from 7 to 11 years old were randomly allocated into two study groups. The experimental group comprised 22 patients (mean age of 8.46 years) who underwent rapid maxillary expansion (RME) with the EDO. The comparison group comprised 24 participants (mean age of 8.92 years) treated with RME using the conventional Hyrax expander. Photographs were obtained immediately pre-expansion (T1) and at the end of the active expansion phase (T2). Occlusal radiographs of maxilla were obtained for each patient at the end of the active expansion phase only (T2). Digital dental models of the maxillary and mandibular dental arches were obtained immediately preexpansion (T1) and 6 months post-expansion (T3), at the occasion of appliance removal. The primary outcomes were the interincisal diastema width change, the dimension of midpalatal suture opening, the maxillary and mandibular dental arch widths, the arches perimeter, the arches length, the palatal depth, the inclination of maxillary and mandibular posterior teeth and the maxillary dental arch shape. The secondary outcome was the amount of differential expansion in the anterior region compared to the posterior region of maxillary dental arch. Inter-phase and intergroup comparisons were performed using paired t tests and t tests, respectively, with Bonferroni correction for multiple tests. Results: Both the EDO and the conventional Hyrax expander promoted significant increases of the interincisal diastema width and of the maxillary dental arch widths. On the other hand, no significant differences were found for the mandibular dental arch widths of both groups. The EDO promoted a significant increase of the maxillary dental arch perimeter and a significant decrease of the palatal depth. On the other hand, no significant differences were found for the mandibular dental arch perimeter of both study groups. The maxillary dental arch length decreased significantly after RME with the conventional Hyrax expander. On the other hand, the mandibular dental arch length decreased slightly in the EDO group. Both expanders promoted a significant buccal inclination of the maxillary posterior teeth and mandibular deciduous canines. The EDO promoted significantly greater increases of the dimension of midpalatal suture opening, the width of interincisal diastema, the maxillary intercanine distance, the maxillary inter-first deciduous molars distance and the maxillary inter-second deciduous molars distance compared to the Hyrax expander. On the other hand, only the comparison group showed a slight decrease of the mandibular intermolar distance. The experimental group showed a significant differential expansion between the anterior and the posterior regions of the maxillary dental arch while the comparison group produced similar amount of expansion in the maxillary canine and in the maxillary molar regions. Conclusions: In the mixed dentition, the expander with differential opening was capable of producing an intermaxillary split with an increased dimension at the anterior limit of the midpalatal suture. The EDO promoted a greater expansion in the anterior region of the maxillary dental arch compared to the conventional Hyrax expander. Similarity between the two expanders was observed for posterior region expansion and for changes in arch perimeter, arch length, palatal depth and posterior teeth inclination. Additionally, small mandibular spontaneous dentoalveolar changes were observed for both expanders six months after differential and conventional rapid maxillary expansion.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Má Oclusão de Angle Classe II/terapia , Má Oclusão de Angle Classe I/terapia , Desenho de Aparelho Ortodôntico , Aparelhos Ortodônticos , Técnica de Expansão Palatina/instrumentação , Arco Dental/anatomia & histologia , Reprodutibilidade dos Testes , Estatísticas não Paramétricas , Resultado do Tratamento
16.
Bauru; s.n; 2016. 81 p. tab, ilus.
Tese em Inglês | BBO - Odontologia | ID: biblio-880792

RESUMO

Objetivo: O objetivo deste trabalho foi avaliar longitudinalmente, dos 13 aos 60 anos, as alterações dimensionais dos arcos dentários e tamanho dentário em indivíduos com oclusão normal. Material e Métodos: Uma amostra de 82 indivíduos leucodermas com oclusão normal avaliados na adolescência (T1) e no início da idade adulta (T2) foi recrutada para uma terceira avaliação durante a sexta década de vida (T3). Os critérios de exclusão foram histórico de tratamento ortodôntico, perda total dos dentes e ausência de modelos de gesso em um dos três tempos. A amostra final foi composta por modelos de 22 indivíduos (12 homens e 10 mulheres) obtidos em média aos 13,3 anos (T1), 17,8 anos (T2) e 60,9 anos (T3). As seguintes variáveis foram mensuradas em modelos digitais: tamanho mesiodistal dos dentes, altura da coroa clínica, largura do arco, comprimento do arco, perímetro do arco, profundidade do palato, apinhamento dos incisivos superiores e inferiores (pelo Índice de Irregularidade de Little), overjet, overbite e curva de Spee. As alterações interfases foram avaliadas pelo teste ANOVA dependente e teste de Tukey, e as comparações entre os sexos foram realizada pelo teste t independente (p <0,05). Resultados: Observou-se um aumento da altura da coroa clínica dos dentes posteriores e um aumento do apinhamento na região dos incisivos. O tamanho mesiodistal dos dentes diminuiu de T2 para T3. Houve uma diminuição da distância intercaninos inferiores, comprimento do arco, perímetro do arco, overbite e curva de Spee dos 13 aos 60 anos de idade. Não foram observadas alterações para o overjet. A profundidade do palato aumentou dos 13 aos 17 anos. Os homens apresentaram uma maior diminuição no overbite em comparação às mulheres. Conclusão: Os indivíduos com oclusão normal demonstraram alterações dimensionais no tamanho e alinhamento dos dentes, overbite e dimensões do arco da adolescência até idade adulta tardia. O envelhecimento da oclusão normal pode ser amenizado pela instalação preventiva da contenção fixa inferior (3X3) durante a adolescência e pela reconstrução das pontas de cúspide dos caninos, desgastadas durante a idade adulta.(AU)


Purpose: This study aimed at evaluating the changes in the dental arch dimensions, tooth size and incisor crowding in individuals with normal occlusions over a 40-year period. Methods: A sample of 82 White-Brazilian subjects with normal occlusion evaluated at adolescence (T1) and early adulthood (T2) was recruited for a T3 evaluation at the sixth decade of life. The exclusion criteria were history of orthodontic treatment, complete tooth loss and absence of dental model at any of the three time points. The final sample was composed by dental casts of 22 subjects (12 males and 10 females) obtained at a mean age of 13.3 years (T1), 17.8 years (T2) and 60.9 years (T3). The following variables were measured in digital casts: mesiodistal tooth size, clinical crown height, arch length, arch width, arch perimeter, palatal depth, maxillary and mandibular incisor crowding (Little's irregularity index), overjet, overbite and curve of Spee. Interphase changes were evaluated using dependent ANOVA and Tukey tests, and sex comparisons were performed using independent t-tests (p<0.05). Results: An increase of the clinical crown height in the posterior teeth and an increase of incisor crowding were found. Mesiodistal tooth size decreased from T2 to T3. A decrease of mandibular intercanine width, arch length, arch perimeter, overbite and curve of Spee was observed from 13 to 60 years of age. No changes were noted for the overjet. The palatal depth increased between 13 and 17 years and remained stable from 17 to 60 years of age. Males had a greater reduction in the overbite when compared with females. Conclusion: Normal occlusion subjects demonstrated dimensional changes in tooth size and alignment, overbite and arch dimensions from adolescence to late adulthood. Aging of normal occlusion might be prevented by bonding a mandibular 3x3 bar retainer during adolescence and reconstructing worn canine cusp tips during adulthood.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Envelhecimento/fisiologia , Arco Dental/anatomia & histologia , Oclusão Dentária , Coroa do Dente/anatomia & histologia , Dente/anatomia & histologia , Fatores Etários , Análise de Variância , Seguimentos , Estudo Observacional , Valores de Referência , Estatísticas não Paramétricas
17.
Bauru; s.n; 2016. 109 p. tab, ilus.
Tese em Inglês | BBO - Odontologia | ID: biblio-881261

RESUMO

A película adquirida do esmalte (PAE) é um filme orgânico, livre de bactérias, formado in vivo como resultado da adsorção seletiva de proteínas salivares sobre a superfície do dente, contendo também glicoproteínas e lipídeos. A presença de proteínas na PAE forma uma interface protetora sobre a superfície do dente, participando em todos os eventos interfaciais que ocorrem na cavidade bucal. O objetivo deste trabalho foi detectar alterações no perfil proteico da PAE formada in vivo de acordo com a sua localização nos arcos dentários. Fizeram parte da pesquisa 9 voluntários, com idade entre 18 e 35 anos, não fumantes, com bom estado de saúde geral e bucal. A película adquirida foi formada no período da manhã, por 120 minutos, após profilaxia com pedra pomes. Películas formadas nas regiões anterior vestibular superior e inferior (ULALa; dentes 13-23 e 33-43), anterior palatina superior (UAPa; dentes 13-23), anterior lingual inferior (LALi; dentes 33-43), posterior vestibular superior e inferior (ULPLa; dentes 14-17, 24-27, 34-37 e 44-47), posterior palatina superior (UPPa; dentes 14-17 e 24-27) e posterior lingual inferior (LPLi; dentes 34-37 e 44-47) foram coletadas separadamente para análise. Após a sua formação, a película foi coletada em papel filtro embebido em ácido cítrico a 3% e processada para análise por LC-ESI-MS/MS. Os espectros MS/MS obtidos foram confrontados com bases de dados de proteínas humanas (SWISS PROT). A quantificação livre de marcadores foi feita utilizando o software PLGS. Um total de 363 proteínas foi encontrado, sendo 252 proteínas únicas de cada grupo e 25 proteínas comuns entre eles (como Protein S100-A8, Lysozyme C, Lactoferrin, Sthatherin, Ig alpha-2 chain C, ALB protein, Myeloperoxidase and Submaxillary gland androgen-regulated protein 3B). Na análise quantitativa, nove comparações foram realizadas e muitas proteínas foram diferentemente expressas entre os grupos, demonstrando assim que a localização na cavidade bucal pode alterar a composição da película adquirida do esmalte. Foram encontradas tanto proteínas típicas da película quanto proteínas não anteriormente descritas na película, cuja função na película foi inferida com base na literatura. Em conclusão houve diferença na composição proteica da película adquirida de acordo com a localização dos arcos dentários. Esses dados devem ser levados em conta quando se pensa no potencial protetor da película adquirida contra a desmineralização dentária, uma vez que esses resultados fornecem informações importantes para a compreensão dos diferentes papeis protetores da AEP dependendo da sua localização nos arcos dentários.(AU)


The acquired enamel pellicle (AEP) is a bacteria-free organic film formed in vivo as a result of selective adsorption of salivary proteins on the surface of the tooth. It also contains glycoproteins and lipids. The presence of proteins in the AEP forms a protective interface on the tooth surface that participates in the interfacial events that occur in the oral cavity. The objective of this study was to detect changes in the protein profile of the AEP formed in vivo according to its location in the dental arches. Nine volunteers, aged 18 to 35 years, non-smokers, with good general and oral health participated in the study. The acquired pellicle was formed in the morning, for 120 minutes, after prophylaxis with pumice. Pellicle formed at upper and lower anterior labial (ULALa; teeth 13-23 and 33-43), upper anterior palatal (UAPa; teeth 13-23), lower anterior lingual (LALi; teeth 33-43), upper and lower posterior labial (ULPLa; teeth 14-17 24 to 27, 34 to 37 and 44 to 47), upper posterior palatal (UPPa; teeth 14 to 17 and 24 to 27) and lower posterior lingual (LPLi; teeth 34 to 37 and 44 to 47) regions was collected separately for analysis. After its formation, the pellicle was collected with filter paper soaked in 3% citric acid and processed for analysis by LC-ESI-MS/MS. The MS/MS spectra obtained were compared with human protein databases (SWISS PROT). Label-free quantification was done using the PLGs software. A total of 363 proteins were found, of which 252 are unique proteins for one of the regions, while 25 proteins care to all of them, including Protein S100-A8, Lysozyme C, Lactoferrin, Sthatherin, Ig alpha-2 chain C, ALB protein, Myeloperoxidase and Submaxillary gland androgen-regulated protein 3B. In the quantitative analysis, 9 comparisons were made and many proteins were differently expressed among the groups, thus demonstrating that the location in the dental arches can change the composition of the AEP. Some proteins not previously found in the AEP were identified and their function in the AEP was inferred from the literature. In conclusion, the composition of the AEP changes as a function of its location in the dental arches. These data should be taken into account when we think about the protective potential of the acquired pellicle against tooth demineralization and provide important insights for understanding the differential protective roles of the AEP as a function of its location in the dental arches.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Arco Dental/química , Película Dentária/química , Proteômica , Valores de Referência , Saliva/química , Fatores de Tempo
18.
Full dent. sci ; 7(28): 129-137, 2016. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-909234

RESUMO

A aplicação cirúrgica de implantes osseointegrados representa um dos maiores avanços na Odontologia reabilitadora, especialmente para os pacientes com ausência dos elementos dentais permanentes. Esta característica promove grandes reabsorções ósseas alveolares, impedindo a ideal utilização de próteses totais e levando à baixa autoestima dos portadores de tal condição. Como alternativa para diminuir o tempo de tratamento, a aplicação de carga imediata sobre os implantes tem se mostrado bem-sucedida em casos onde se obtém estabilidade primária na instalação dos mesmos. Minimizar micromovimentos no período pós- -cirúrgico é igualmente essencial para a otimização do tratamento. A correta transmissão de tensões ao tecido ósseo subjacente, por meio de próteses de qualidade, além da esplintagem dos implantes, auxilia neste ponto. Barras metálicas rígidas vêm sendo utilizadas com êxito para a reabilitação protética, além de proporcionar esplitagem; todavia, necessitam de fase laboratorial. Componentes pré-fabricados, tal como o sistema de Barra Distal (Neodent), são alvo de pesquisa e apresentam bons resultados, tendo a seu favor a possibilidade de aplicação direta em boca. Sendo assim, o presente trabalho tem por objetivo o relato de caso de reabilitação bucal de um paciente com maxila e mandíbula edêntulas, utilizando-se o sistema de Barra Distal (Neodent) sobre 05 (cinco) implantes corticais instalados em mandíbula, possibilitando sanar o desejo do paciente no que se refere à utilização imediata de uma prótese após o ato cirúrgico e solucionando o caso de maneira rápida, eficaz e com menor custo (AU).


The surgical application of dental implants is one of the greatest advances in restorative Dentistry, especially for patients with absence of permanent dental elements. It promotes large alveolar bone resorption, preventing optimal use of dentures and leading to low selfesteem of patients with this condition. As an alternative to reduce treatment time, the immediate loading of dental implants is successful in cases where primary stability is achieved. Minimized micromovements at postoperative period are also essential. The correct transmission of stresses to the supporting bone tissue is further improved by prosthesis quality and implant splinting. Rigid metal bars have been successfully used for prosthetic rehabilitation and provide implant splinting; however, a laboratory phase is required. Prefabricated components, such as the Distal Bar system (Neodent), have been target of research with good results and the possibility of chairside application. Thus, this study aims to report a case of oral rehabilitation of a patient with edentelous maxilla and mandible, using the Distal Bar System (Neodent) on five (05) cortical implants placed in the mandible. The patient's major complaint was solved by using an immediate prosthesis after surgery with a fast and cost effective option (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Arco Dental , Prótese Dentária Fixada por Implante/métodos , Carga Imediata em Implante Dentário/métodos , Reabilitação Bucal/métodos , Fenômenos Biomecânicos , Brasil
19.
Rev. Odontol. Araçatuba (Online) ; 36(1): 14-23, jan.-jun. 2015. ilus
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-857002

RESUMO

Neste artigo discutiremos a importância do arco base ou arco utilidade de Ricketts na correção de más oclusões do tipo Classe II, com mordida profunda. Dentro do tratamento bioprogressivo, o arco utilidade é utilizado para o tratamento de diversas maloclusões, por ter um desenho simples e grande versatilidade, sendo capaz de intruir, extruir, avançar ou retrair os incisivos superiores e inferiores, manter, diminuir ou aumentar o espaço do arco anterior, além de promover ancoragem dos molares. Sendo sua utilização mais importante na correção da sobremordida profunda, na má oclusão de Classe II


We will discuss the importance of the arc base or Ricketts utility arch in the correction of malocclusion Class II with deep bite. Within the bioprogressivo treatment, the usefulness arc is used for treating various malocclusions, having a simple design and great versatility, being able to intrude, extruding, forward or retract the upper and lower incisors, maintain, decrease or increase the space anterior arch, and promote anchor molars. Being its most important use in the correction of deep overbite in Class II malocclusion


Assuntos
Humanos , Feminino , Criança , Arco Dental , Diastema , Má Oclusão de Angle Classe II , Técnicas de Movimentação Dentária , Sobremordida
20.
Ortodontia ; 48(3): 253-262, maio.-jun.2015. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-782577

RESUMO

O objetivo do presente estudo clínico foi avaliar as dimensões transversais do arco dentário inferior com o uso da placa labioativa aberta e fixa associada à extensão lingual de canino decíduo a primeiro molar permanente. Material e métodos: a amostra constou de 14 pacientes no estágio de dentadura mista e com idade média de oito anos e seis meses. Todos os pacientes realizaram expansão rápida da maxila e expansão lenta do arco inferior com a placa labioativa. Modelos de gesso foram obtidos nas fases de pré-tratamento e pós-tratamento, e digitalizados com o auxílio do scanner 3Shape R700 3D (3Shape A/S, Copenhagen, Dinamarca). Medições transversais foram realizadas para as distâncias entre as pontas de cúspide dos caninos decíduos, pontas de cúspide mesiovestibulares dos molares decíduos e primeiro molar permanente, e ponto médio cervical da face vestibular. O teste t foi utilizado para determinar se o aumento nas larguras transversais foi significativo. Resultados: observou-se um aumento transversal estatisticamente signifi cativo (p < 0,05), que variou de 4,11 mm a 4,51 mm nos referenciais utilizados no nível das pontas de cúspide. Conclusão: a placa labioativa aberta e fixa apresentou um efeito transversal significativo em aproximadamente seis meses de tratamento...


The aim of the current clinical study was to evaluate the transverse dimensions of the lower dental arch with the use of the fixed and expanded lip bumper associated to the lingual extension from the deciduous canine to the permanent first molar. Methods: the sample was comprised of 14 patients in the mixed dentition with a mean age of 8 years and 6 months. All patients were submitted to rapid palatal expansion and dentoalveolar expansion of the lower dental arch with a lip bumper. Pre-treatment and post-treatment cast models were obtained and digitized with the 3Shape R700 3D (3Shape A/S, Copenhagen, Denmark) scanner. Transverse distances between the cusp tips of the canines, the mesial buccal cusps of the deciduous molars and of the permanent first molars and between the cervical middle points of the buccal aspects of these teeth were measured. The t tests were performed to determine whether an increase in transverse distances was signifi cant. Results: a statistically significant transverse increase (p < 0,05) ranging from 4.11 mm to 4.51 mm was observed in the cusp tips. Conclusion: the fixed and expanded lip bumper presented a significant transverse effect within approximately 6 months of treatment...


Assuntos
Humanos , Criança , Arco Dental , Dentição Mista , Técnicas e Procedimentos Diagnósticos , Diagnóstico por Imagem/tendências , Imageamento Tridimensional , Técnica de Expansão Palatina
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA