Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 7 de 7
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Belo Horizonte; s.n; 2018. 89 p. ilus, tab, graf.
Tese em Inglês, Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-912793

RESUMO

O tratamento endodôntico em dentes com desenvolvimento radicular incompleto está relacionado a algumas dificuldades e limitações. Entretanto, apesar das dificuldades técnicas, a alta susceptibilidade à fratura de dentes com rizogênese incompleta representa o fator chave para a busca de novas modalidades terapêuticas. Adicionalmente, as deficiências estéticas e funcionais apresentadas pelas terapias reabilitadoras após a perda de um elemento dentário permanente em um paciente jovem, também são fatores importantes e estimuladores. Assim, fica evidente a necessidade de pesquisas que disponibilizem novas opções terapêuticas conservadoras, com resultados previsíveis. O estudo objetivou investigar a resposta imunoinflamatória de dentes submetidos a diferentes protocolos descritos na literatura para se executar a terapia endodôntica regeneradora. Para isso, a expressão de moléculas inflamatórias e fatores de crescimento/diferenciação celular expressos nos tecidos pulpares foram analisados em diferentes intervalos de tempo, utilizando-se um modelo murino desenvolvido para a presente pesquisa. 54 Camundongos Balb/C tiveram as câmaras pulpares de seus molares superiores abertas e, subsequentemente submetidas à pulpectomia. Os animais foram então divididos em 3 grupos: grupo Sangramento (Blood) ­ preenchimento do espaço pulpar com coágulo sanguíneo; grupo EDTA + Sangramento (EDTA + Blood) ­ irrigação dos canais com solução de EDTA a 17% por 1 min, seguido do preenchimento do espaço pulpar com coágulo sanguíneo; grupo Vazio (Empty) ­ espaço pulpar deixado vazio. Cada grupo foi composto por 18 animais. De cada grupo, 6 animais foram sacrificados nos intervalos de 7, 14 e 21 dias após os experimentos. Utilizando-se a análise da reação em cadeia da polimerase em tempo real (Real Time PCR) avaliou-se a expressão gênica das citocinas IL-1, TNF-ß, IL-10 e dos fatores de crescimento/diferenciação NGF, IGF e VEGF, comparando-se tais achados inter e extra-grupos, nos diferentes períodos de avaliação. Os resultados demonstraram as maiores expressões dos mediadores pró-inflamatórios no grupo Empty, assim como uma maior expressão de mediadores anti-inflamatórios no grupo experimental preenchido com o coágulo sanguíneo. O grupo EDTA + Blood evidenciou a maior expressão gênica de fatores de crescimento/diferenciação, em todos os períodos analisados, quando comparado aos demais grupos. Pode-se concluir que a irrigação com solução de EDTA a 17%, previamente ao preenchimento dos sistemas de canais radiculares (SCR) com o scaffold (coágulo sanguíneo), estimulou a expressão aumentada de mediadores relacionados ao sucesso da terapia endodôntica regenerativa. Adicionalmente, o modelo animal desenvolvido para a pesquisa mostrou-se eficaz para se analisar longitudinalmente a modulação imune que se processa nos tecidos pulpoperirradiculares após a instituição da terapia.(AU)


Endodontic treatment in teeth with incomplete root development is related to some difficulties and limitations. However, despite the technical difficulties, the high susceptibility to fracture of teeth with incomplete rhizogenesis represents the key factor for the search for new therapeutic modalities. Additionally, the aesthetic and functional deficits presented by rehabilitation therapies after the loss of a permanent dental element in a young patient are also important and stimulating factors. Thus, it is evident the need for research that offers new conservative therapeutic options, with predictable results. Aimed to investigate the immunoinflammatory response of teeth submitted to different protocols described in the literature to perform the regenerative endodontic therapy. For this, the expression of inflammatory molecules and cell growth/differentiation factors expressed in pulpal tissues were analyzed at different time intervals using a murine model developed for the present study. 54 Balb/C mice had the pulp chambers of their upper molars opened and subsequently submitted to pulpectomy (one tooth per animal). The animals were then divided into 3 groups: Bleeding group - filling of the pulp space with blood clot; EDTA + Bleeding group (EDTA + Blood) - irrigation of the channels with 17% EDTA solution for 1 min, followed by filling of the pulp space with blood clot; Empty - pulp space left empty (negative control). Each group consisted of 18 animals. From each group, 6 animals were sacrificed at 7, 14 and 21 day intervals after the experiments. Using real-time polymerase chain reaction (RT-PCR), the cytokines IL-1, TNF-ß, IL-10 and the growth/differentiation factors NGF, IGF and VEGF, comparing such inter and extra group findings in the different evaluation periods. The results showed the highest expressions of the pro-inflammatory mediators in the Empty group, as well as a greater expression of anti-inflammatory mediators in the Experimental group filled with the blood clot. The EDTA + Blood group evidenced the greater gene expression of growth / differentiation factors, in all periods analyzed, when compared to the other groups. It can be concluded that irrigation with 17% EDTA solution, prior to filling the root canals system with the scaffold (blood clot), stimulated the increased expression of detrimental mediators for the success of regenerative endodontic therapy. Additionally, the animal model developed for the research proved to be effective in longitudinally analyzing the immune modulation that occurs in octopus-periradicular tissues after the institution of therapy.(AU)


Assuntos
Animais , Camundongos , Vasos Sanguíneos , Ácido Edético , Endodontia , Regeneração Tecidual Guiada , Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real , Dente não Vital , Epidemiologia Experimental
2.
São José dos Campos; s.n; 2015. 91 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867631

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar a função da via de sinalização Wnt/β-catenina através dos receptores LRP6 e Frizzled6 na diferenciação de células-tronco de polpa dental de dentes permanentes (DPSC) em células endoteliais. DPSC foram transduzidas com marcadores eGFP e vetores lentivirais shRNA (LRP6, Frizzled6 ou vetor vazio - controle) para os experimentos. Os testes in vitro avaliaram a expressão de GSK3-β e β-catenina por western blot na presença de rhWnt1 e rhVEGF165 e de VEGFe CXCL-8 (IL-8) por ELISA. A expressão de marcadores endoteliais (western blot e PCR) e formação de túbulos capilares foram analisados após a diferenciação endotelial das DPSCs. In vivo, fatias dentárias/matrizes condutivas semeadas com DPSCs-shRNA foram implantadas em subcutâneo de dorso de camundongos imunodeprimidos por 28 dias e o número de vasos sanguíneos foi determinado por imunohistoquímica para eGFP e coloração por HE. β-catenina ativa foimais expressa em shRNA-LRP6 e shRNA-Frizzled6 que nas células controle, e sua expressão aumentou com a suplementação com rhVEGF165 e rhWnt1. A expressão de GSK3-β fosforilado foi menor, porém também aumenta ou permanece estável com rhVEGF165 ou rhWnt1. Quanto à expressão de VEGF, em shRNA-Frizzled6 foi maior que nas células controle e em shRNA-LRP6 (p<0,05), enquanto que a expressão de IL8 foi menor em shRNA-LRP6, diferindo estatisticamente das outras células. A expressão dos marcadores endoteliais CD31 eVEGFR2 diminuiu nas células shRNA-LRP6, enquanto que em shRNA Frizzled6a expressão de VEGFR2 foi aumentada. A formação de túbulos capilares de shRNA-Frizzled6 e shRNA-LRP6 foi menor quando comparado ao controle, porém shRNA-Frizzled6 obteve uma tendência de aumento na proliferação de capilares em 144h. In vivo, DPSC-shRNALRP6 apresentou menor número de capilares formados quando comparados com as outras duas células (p<0,05). Coletivamente, os resultados deste estudo sugerem que a via de sinalização Wnt/β-catenina regula a diferenciação ...


The aim of this study was to evaluate the function of Wnt/β-cateninsignaling through LRP-6 and Frizzled-6 receptors in the differentiation ofdental pulp stem cells from permanent teeth (DPSC) into endothelial cells.DPSC were transduced with EGFP-tagged lentiviral shRNA vectors(LRP6, Frizzled6 or empty vector - control) for experiments. In vitro assayevaluated GSK3-β and β-catenin expression by western blot in rhWnt1and rhVEGF165 presence, and VEGF and CXCL-8 (IL-8) expression byELISA. Endothelial markers expression (western blot and PCR) and tubeformation were analyzed after endothelial differentiation of DPSCs. In vivo,tooth slices/scaffolds seeded with transduced DPSCs were implantedsubcutaneously in back of immunodefficient mice and blood vessels werecounted per immunohistochemistry for eGFP and HE staining. Active β-catenin was more expressed in shRNA-LRP6 and shRNA-Frizzled6 thanin control cells, and increased with rhVEGF165 and rhWnt1supplementation. Phosphorylated GSK3-β expression was lower, howeveralso increased or maintained with rhVEGF165 or rhWnt1. VEGF expressionwas higher in shRNA-Frizzled6 than in control and shRNA-LRP6 (p<0,05),IL8 expression was lower in shRNA-LRP6, with statistically difference ofthe others cells. Endothelial markers CD31 and VEGFR2 expressiondecreased in shRNA-LRP6, but VEGFR2 expression increased in shRNAFrizzled6.shRNA-Frizzled6 and shRNA-LRP6 tube formation was lowerwhen compared to control, however shRNA-Frizzled6 had tendency toincrease proliferation in 144h. In vivo, shRNA-LRP6 showed fewer bloodvessels formed than other cells (p<0,05). Collectively, the results of thisstudy suggest that Wnt/β-catenin signaling regulates endothelialdifferentiation of DPSC through LRP6


Assuntos
Vasos Sanguíneos , Neovascularização Fisiológica , Engenharia Tecidual , Via de Sinalização Wnt
3.
São José dos Campos; s.n; 2015. 91 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-870202

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar a função da via de sinalização Wnt/β-catenina através dos receptores LRP6 e Frizzled6 na diferenciação de células-tronco de polpa dental de dentes permanentes (DPSC) em células endoteliais. DPSC foram transduzidas com marcadores eGFP e vetores lentivirais shRNA (LRP6, Frizzled6 ou vetor vazio - controle) para os experimentos. Os testes in vitro avaliaram a expressão de GSK3-β e β-catenina por western blot na presença de rhWnt1 e rhVEGF165 e de VEGFe CXCL-8 (IL-8) por ELISA. A expressão de marcadores endoteliais (western blot e PCR) e formação de túbulos capilares foram analisados após a diferenciação endotelial das DPSCs. In vivo, fatias dentárias/matrizes condutivas semeadas com DPSCs-shRNA foram implantadas em subcutâneo de dorso de camundongos imunodeprimidos por 28 dias e o número de vasos sanguíneos foi determinado por imunohistoquímica para eGFP e coloração por HE. β-catenina ativa foimais expressa em shRNA-LRP6 e shRNA-Frizzled6 que nas células controle, e sua expressão aumentou com a suplementação com rhVEGF165 e rhWnt1. A expressão de GSK3-β fosforilado foi menor, porém também aumenta ou permanece estável com rhVEGF165 ou rhWnt1. Quanto à expressão de VEGF, em shRNA-Frizzled6 foi maior que nas células controle e em shRNA-LRP6 (p<0,05), enquanto que a expressão de IL8 foi menor em shRNA-LRP6, diferindo estatisticamente das outras células. A expressão dos marcadores endoteliais CD31 eVEGFR2 diminuiu nas células shRNA-LRP6, enquanto que em shRNA Frizzled6a expressão de VEGFR2 foi aumentada. A formação de túbulos capilares de shRNA-Frizzled6 e shRNA-LRP6 foi menor quando comparado ao controle, porém shRNA-Frizzled6 obteve uma tendência de aumento na proliferação de capilares em 144h. In vivo, DPSC-shRNALRP6 apresentou menor número de capilares formados quando comparados com as outras duas células (p<0,05). Coletivamente, os resultados deste estudo sugerem que a via de sinalização Wnt/β-catenina regula a diferenciação...


The aim of this study was to evaluate the function of Wnt/β-cateninsignaling through LRP-6 and Frizzled-6 receptors in the differentiation ofdental pulp stem cells from permanent teeth (DPSC) into endothelial cells.DPSC were transduced with EGFP-tagged lentiviral shRNA vectors(LRP6, Frizzled6 or empty vector - control) for experiments. In vitro assayevaluated GSK3-β and β-catenin expression by western blot in rhWnt1and rhVEGF165 presence, and VEGF and CXCL-8 (IL-8) expression byELISA. Endothelial markers expression (western blot and PCR) and tubeformation were analyzed after endothelial differentiation of DPSCs. In vivo,tooth slices/scaffolds seeded with transduced DPSCs were implantedsubcutaneously in back of immunodefficient mice and blood vessels werecounted per immunohistochemistry for eGFP and HE staining. Active β-catenin was more expressed in shRNA-LRP6 and shRNA-Frizzled6 thanin control cells, and increased with rhVEGF165 and rhWnt1supplementation. Phosphorylated GSK3-β expression was lower, howeveralso increased or maintained with rhVEGF165 or rhWnt1. VEGF expressionwas higher in shRNA-Frizzled6 than in control and shRNA-LRP6 (p<0,05),IL8 expression was lower in shRNA-LRP6, with statistically difference ofthe others cells. Endothelial markers CD31 and VEGFR2 expressiondecreased in shRNA-LRP6, but VEGFR2 expression increased in shRNAFrizzled6.shRNA-Frizzled6 and shRNA-LRP6 tube formation was lowerwhen compared to control, however shRNA-Frizzled6 had tendency toincrease proliferation in 144h. In vivo, shRNA-LRP6 showed fewer bloodvessels formed than other cells (p<0,05). Collectively, the results of thisstudy suggest that Wnt/β-catenin signaling regulates endothelialdifferentiation of DPSC through LRP6.


Assuntos
Vasos Sanguíneos , Neovascularização Fisiológica , Engenharia Tecidual , Via de Sinalização Wnt
4.
São Paulo; s.n; 2012. 107 p. ilus, tab, graf. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-682228

RESUMO

O estudo do aporte sanguíneo da face é importante em função da cirurgia como para as cirurgias que fazem uso de retalhos. O bom restabelecimento da área depende da perfusão obtida. Os métodos de aquisição de imagem que investigam a vascularização da face muitas vezes são caros e acrescentam risco à condição do paciente. A ultrassonografia é um método de imagem que não oferece risco ao paciente, sendo acessível e realizado em tempo real. A intensidade do fluxo sanguíneo de uma determinada estrutura pode ser medida pelo modo Doppler e alterações do padrão de normalidade indicam uma possível deficiência na nutrição dos tecidos compreendidos, podendo mesmo levar o clínico a prever futuras afecções. O objetivo neste estudo foi captar a vascularização normal da face, por meio da ultrassonografia modo B e Doppler de modo a se propor um mapeamento dos principais vasos arteriais. Foi possível, utilizando-se transdutores linear e endocavitário proceder-se ao estudo da vascularização da face. Foram obtidos dados referentes à vascularização da face que permitissem a análise da hemodinâmica dos tecidos. Foram estudados três vasos de diâmetro reduzido (0,60mm a. angular; 0,55mm a. palatina maior; 0,45mm a. infraorbital), sendo que nestes foi possível adquirir gráficos de onda de velocidade de fluxo e, consequentemente, obter-se a velocidade de pico sistólico (VPS) e o índice de resistividade (IR).


The study of the blood supply of the facial tissues is important due to oral and maxillofacial surgery as for operations that make use of flaps. The proper restoration of the perfusion is essential to the success of these procedures. The image methods that investigate the vasculature of the face are often costly and add risk to the patients condition. Ultrasound is an imaging method that offers no risk, is affordable and is performed in real time. The intensity of blood flow of a given structure can be measured by Doppler mode and changes in the normal range can indicate a deficiency in the nutrition of tissues end even influence the clinician to predict future conditions. The aim of this study was to access the normal vasculature of the face through ultrasound B-mode and Doppler in order to propose a mapping of the arterial vessels. It was possible, using the linear and endocavitary probes to study the vascularity of the face. Data was obtained allowing the analysis of the tissue hemodynamics. It was possible to access three arteries of small diameter (0,60mm angular artery; 0,55mm greater palatine artery; 0,45mm infraorbital artery) and in all cases graphics of wave flow velocity. Therefore, the resistivity index (RI) and systolic peak velocity (SPV) could also be computed.


Assuntos
Anatomia , Vasos Sanguíneos , Face/fisiologia , Ultrassonografia , Ultrassonografia Doppler
5.
Bauru; s.n; 2009. 152 p. ilus, graf.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-542585

RESUMO

A engenharia de tecido pulpar tem como objetivo substituir a polpa dentária inflamada ou necrosada por um tecido saudável e funcional, capaz de formar nova dentina para reparar a estrutura dentária perdida. Assim, os objetivos deste trabalho foram: avaliar a habilidade de diferenciação de células tronco de dentes decíduos exfoliados humanos (SHED) em odontoblastos funcionais, demonstrando a formação de tecido mineralizado in vivo; e estudar o efeito de VEGF em SHED com relação à estimulação de vias de sinalização celular (STAT3, AKT e ERK), proliferação, migração, formação de estruturas tubulares e diferenciação em células endoteliais. O início do processo de mineralização de SHED tratadas com dexametasona, ácido ascórbico 'beta' - glicerofosfato pôde ser detectado por meio da produção da enzima fosfatase alcalina a partir da segunda semana de cultura, mas a expressão de RNAm para DSPP só foi observada após 28 dias de indução. Utilizando-se o modelo de fatias de dentes e matrizes condutivas implantadas no dorso de camundongos imunodeprimidos, demonstrou-se a diferenciação de SHED em células semelhantes a odontoblastos, as quais tiveram imunomarcação positiva com o anticorpo DMP-1. A deposição de dentina, seguindo um ritmo centrípeto de crescimento, numa taxa de 14,1 µm por dia também foi demonstrada por meio da marcação com tetraciclina. O tratamento das SHED com VEGF estimulou a fosforilação de ERK e AKT e a diminuiu a fosforilação de STAT3 em um período de uma hora, provavelmente por meio de sua ligação com os receptores VEGFR-1 e NP-1 presentes nestas células. Além disso, VEGF intensificou a organização das SHED em estruturas tubulares, havendo diferença estatisticamente significativa entre os grupos tratado e não tratado a partir do 5o dia de tratamento. Entretanto, VEGF não estimulou a proliferação nem a migração destas células. Os resultados de RT-PCR mostraram que SHED cultivadas em fatias de dentes e ...


Dental pulp tissue engineering aims to replace the inflamed or necrotic pulp by a healthy and functionally competent tissue able to form new dentin in order to repair lost structure. The purposes of this work were: to evaluate the differentiation ability of stem cells from human exfoliated deciduous teeth (SHED) into functional odontoblasts, showing the formation of mineralized tissue in vivo; and to study the effect of VEGF on SHED with regards to the stimulation of cell signaling pathways (STAT3, AKT and ERK), the proliferation, migration, capillary sprouting, and the differentiation into endothelial cells. The beginning of the mineralization process of SHED treated with dexamethasone, ascorbic acid and beta-glycerophosphate could be detected through the production of alkaline phosphatase after the second week of culture, but the expression of DSPP mRNA was only observed after 28 days of induction. Using the tooth slice and scaffold model implanted in the dorsum of immunocompromised mice, the differentiation of SHED into odontoblast-like cells, which were immunostained with DMP-1 antibody, was demonstrated. Dentin deposition following a centripetal rhythm, in a rate of 14.1 µm per day, was also shown through the tetracycline labeling. VEGF treatment of SHED stimulated the ERK and AKT phosphorilation, and decreased the phosphorilation of STAT3 over 1 hour period, presumably due to its binding to VEGFR-1 and NP-1 receptors in these cells. In addition, VEGF enhanced SHED organization into tubular structures, with statistically significant difference between the treated group and the non-treated one after the 5th day of treatment. However, VEGF did not stimulate proliferation and migration of these cells. RT-PCR results demonstrated that SHED seeded in the tooth slices and scaffolds expressed VEGFR-2 after the first day of VEGF stimulation...


Assuntos
Adolescente , Adulto , Diferenciação Celular , Dente Decíduo/citologia , Células Endoteliais , Odontoblastos , Células-Tronco , Esfoliação de Dente , Vasos Sanguíneos , Dentinogênese , Fatores de Crescimento do Endotélio Vascular
6.
Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac ; 7(3): 65-70, jul.-set. 2007. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-873487

RESUMO

Objetivo: o estudo avaliou a freqüência de aspirações positivas durante anestesia dos nervos alveolar inferior,lingual e bucal, utilizando a técnica anestésica de Smith (1918). Metodologia: sessenta pacientes saudáveis, com faixa etária entre 15 e 30 anos, foram submetidos à intervenção cirúrgica buco-dental sob anestesia local por bloqueio dos nervos alveolar inferior, lingual e bucal. Utilizou-se, para a realização da anestesia, seringa do tipo carpule com refluxo em forma de arpão. Após arealização da punção, injetou-se um pouco de anestésico e puxou-se gentilmente a seringa durante três segundos. Este procedimento foi realizado no trajeto e no ponto de infiltração durante a anestesia, sendo observado se havia a presença de sangue aspirado no interior do tubete de anestésico. Conclusão: a quantidade de eventos positivos foi significativamente alta, sendo que o bloqueio do nervo alveolar inferior apresentou um maior índice de aspiração positiva, e os testes realizados no ponto de infiltração do anestésico tiveram maior número de aspiração sangüínea positiva do que no trajeto da agulha


Assuntos
Anestesia Local , Bloqueio Nervoso Autônomo , Anestesia Local , Vasos Sanguíneos , Injeções , Nervo Mandibular
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA