Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 18 de 18
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Araçatuba; s.n; 2016. 49 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-881492

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi investigar a influência da extensão da doença periodontal no perfil sanguíneo de ratos Wistar. Foram utilizados 30 ratos divididos em 3 grupos de 10 animais: C- ratos controle; DP1- ratos com doença periodontal em 3 molares superiores; DP2 ­ ratos com doença periodontal em 3 molares superiores e 3 inferiores. A doença periodontal foi induzida por meio da confecção de ligadura em torno do colo dentário dos molares selecionados de acordo com cada grupo. Após 30 dias, os animais foram anestesiados e, por meio de uma punção cardíaca, foi coletado 5ml de sangue para as análises dos parâmetros do hemograma, creatinina, triglicérides e colesterol. Em seguida, os animais foram sacrificados e as maxilas removidas e processadas para análise histopatológica em coloração de H.E. para caracterizar o perfil da doença periodontal em cada animal. Os resultados obtidos a partir do tecido hematológico foram analisados estaticamente por meio dos testes de ANOVA e Tukey, com nível de significância de 5%. Pode-se observar nos grupos DP1 e DP2 presença de infiltrado inflamatório crônico, perda de inserção conjuntiva, perda de estrutura óssea cortical e alveolar, presença de reabsorções dentárias, presença de biofilme e sequestro ósseo. Quanto ao perfil sanguíneo, pode-se observar diferença estatisticamente significante entre o grupo controle e os grupos DP1 e DP2 em relação à quantidade de leucócitos e linfócitos (p<0,05). Ainda, o grupo DP2 apresentou maior quantidade de leucócitos e neutrófilos em relação ao grupo DP1 e controle (p<0,05). Pode-se concluir que a presença da doença periodontal eleva a quantidade de leucócitos, neutrófilo e linfócitos no sangue de ratos Wistar, e que, a extensão da doença periodontal influencia na quantidade de leucócitos e neutrófilos(AU)


The aim of this study was to evaluate the influence of the periodontal disease extension on the blood profile of Wistar rats. Thirty rats were divided into 3 groups of 10 animals each: C control rats; DP1- rats with periodontal disease in 3 upper molars; DP2 - rats with periodontal disease in 3 upper and 3 lower molars. Periodontal disease was induced by ligature around the tooth according to each group. After 30 days, the animals were killed and 5ml of blood was collected for analyzes of blood count parameters, creatinine, triglycerides and cholesterol. Then the animals were sacrificed and the jaws removed and processed for histopathological analysis to characterize, in H.E. staining, the profile of periodontal disease in each animal. The results from the hematologic tissue were analyzed statistically by ANOVA and Tukey test, with 5% significance level. It can be observed in groups DP1 and DP2 presence of chronic inflammatory infiltrates, connective tissue attachment loss and alveolar bone cortical structure loss, presence of resorptions, presence of biofilm and bone sequestration. As for the blood profile, it is can observe a statistically significant difference between the control group and the groups DP1 and DP2 to the amount of leukocytes and ymphocytes (p <0.05). Further, DP2 group had a higher amount of leukocytes and neutrophils compared to DP1 and control group (p <0.05). It can be concluded that the presence of periodontal disease increases the amount of leukocytes, neutrophils, and lymphocytes in the blood of Wistar rats, and the extent of periodontal disease affects the quantification of leukocytes and neutrophils(AU)


Assuntos
Animais , Ratos , Contagem de Células Sanguíneas , Leucócitos , Linfócitos , Neutrófilos , Doenças Periodontais , Creatinina , Ratos Wistar
2.
Natal; s.n; fev. 2012. 129 p. ilus, tab, graf. (BR).
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-867326

RESUMO

Lesões periapicais crônicas são condições inflamatórias dos tecidos perirradiculares consideradas sequelas diretas de processos infecciosos resultantes da necrose pulpar e consequente progressão para a região periapical. A participação da resposta imunológica e da reabsorção óssea na formação destas lesões tem sido bastante investigada, de modo que diversos tipos celulares e citocinas foram apontados como colaboradores deste processo. Nesta perspectiva, o presente estudo objetivou avaliar a expressão imuno-histoquímica da IL- 17, TGF-β1 e FoxP3 em granulomas periapicais (GPs), cistos radiculares (CRs) e cistos radiculares residuais (CRRs), buscando um melhor entendimento sobre a etiopatogênese destas periapicopatias. Para tanto, foram selecionados 20 casos de GPs, 20 de CRs e 10 de CRRs para serem submetidos à análise morfológica e imuno-histoquímica para os biomarcadores supracitados, sendo esta última realizada quantitativamente através de escores e percentuais médios de imunomarcação para a análise da IL-17 e do TGF-β1, enquanto que para o FoxP3 foram contados apenas os linfócitos positivos. Os resultados demonstraram diferenças estatisticamente significativas entre as imunoexpressões do TGF-β1 e do FoxP3 em relação as lesões periapicais pesquisadas (p = 0,002; p < 0,001, respectivamente), mas não entre a IL-17 e estas (p = 0,355).


Além disso, a análise dos linfócitos FoxP3-positivos revelou diferenças estatísticas significativas no que se refere à intensidade do infiltrado inflamatório (p = 0,003) e também quanto à espessura do revestimento epitelial (p = 0,009). Por fim, observou-se nos casos de GPs, forte correlação positiva entre a quantidade de linfócitos FoxP3-positivos e a imunoexpressão do TGF-β1 (r = 0,755; p < 0,001), assim como moderada correlação positiva entre as imunoexpressões da IL-17 e do TGF-β1 (r = 0,503; p = 0,024). Destarte, pode-se concluir que interações entre células Th17 e Treg parecem ser estabelecidas no local da agressão, sugerindo a participação de citocinas tanto próinflamatórias como imunorregulatórias na patogenia das lesões periapicais


Periapical lesions are chronic inflammatory conditions of periradicular tissues considered direct consequences of infectious diseases resulting from pulp necrosis and subsequent progression to periapical region. The participation of the immune response and bone resorption in the formation of these lesions has been investigated, so that different cell types and cytokines have been identified as contributors to this process. In this perspective, this study aimed to evaluate the immunohistochemical expression of IL-17, TGF-β1 and FoxP3 in periapical granulomas (PGs), radicular cysts (RCs) and residual radicular cysts (RRCs), seeking a better understanding of the etiopathogenesis these periapicopatias. To this end, we selected 20 cases of GPs, 20 CRs and 10 RRCs to undergo morphological analysis and immunohistochemistry for biomarkers above, the latter being performed quantitatively using scores and average percentages of immunostaining for the analysis of IL-17 and TGF- β1, while for the FoxP3 were counted only the positive lymphocytes. The results showed statistically significant differences between TGF-β1 and FoxP3 imunoexpressions, in relation to the periapical lesions studied (p = 0.002, p <0.001, respectively) but not between IL-17 and these (p = 0.355).


Furthermore, the analysis of lymphocytes FoxP3-positive revealed significant statistical differences in that refers to the intensity of inflammatory infiltrate (p = 0.003) and also regarding thickness of the epithelial lining (p = 0.009). Finally, it was observed in the case of PGs, strong positive correlation between the amount of FoxP3- positive lymphocytes and the immunohistochemical expression of TGF-β1 (r = 0.755, p<0.001), as well as moderate positive correlation between IL-17 and TGF-β1 imunoexpressions (r = 0.503, p = 0.024). Thus, we can conclude that interactions between Th17 and Treg cells seem to be established at the site of injury, suggesting the involvement of both pro-inflammatory and immunoregulatory cytokines in the pathogenesis of periapical lesions


Assuntos
Citocinas , Cisto Radicular/etiologia , Granuloma Periapical/patologia , Imuno-Histoquímica/métodos , Linfócitos , Doenças Periapicais/diagnóstico , Estudos Retrospectivos , Estatísticas não Paramétricas
4.
Braz. j. oral sci ; 7(26): 1609-1613, July-Sept. 2008. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-521325

RESUMO

Aim: The aim of the present study was to determine age- and gender-related values for healthy mice of CD3+ T and CD19+ B lymphocytes and CD3+/ CD19+ (T/B) ratios in peripheral blood and gingival tissue by the flow cytometry technique. Methods: The study was carried out on periodontally healthy 60 BALB/c mice. They were divided into five groups according to the their age (newborn, weaning, puberty, adult and elder). Males and females were equally represented in each group. CD3+ and CD19+ T lymphocytes and CD3+/CD19+ ratio values in gingival tissue and peripheral blood were determined using flow cytometry in the biopsy samples. Results: There were no significant differences in the CD3+ and CD19+ lymphocytes, and CD3+/ CD19+ ratios in gingival tissue for all age groups (p>0.05). Mean relative number of peripheral blood CD3+ T lymphocyte indicated a decrease in puberty group compared to the other groups (p<0.05), while relative number of peripheral blood CD19+ B lymphocyte increased in adult and aged group. The peripheral blood CD3+/ CD19+ T/B lymphocytes ratios decreased in adult and aged group. Conclusions: The results of the present study showed that differences were present in periods of life and gender in peripheral blood of mice. Moreover,significantly differences were found between genders in gingival tissue.


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Ratos , Efeito Idade , Gengiva , Linfócitos , Doenças Periodontais , Linfócitos B , Linfócitos T
5.
Rio de Janeiro; s.n; 2008. 75 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-553180

RESUMO

O objetivo dessa tese foi avaliar a expressão de citocinas Th1 (IL-12 e INFγ), citocinas Th2 (IL-4, IL-6 e IL-10) e das citocinas pró-inflamatórias IL-18, IL-1β e TNFα no fluido gengival de pacientes com periodontite crônica portadores da doença de Crohn (DC), de retocolite ulcerativa idiopática (RCUI) e em indivíduos saudáveis (o grupo controle, GC). Como objetivo secundário, avaliamos a função dos neutrófilos no fluido gengival desses pacientes através da mensuração das metaloproteinases da matriz -8, -9 (MMP-8 e MMP-9) e da atividade da elastase. Quinze pacientes com DC (idade média 38.2 ± 11.4 anos), 15 pacientes com RCUI (idade média 45.0 ± 10.5 anos) e 15 pacientes saudáveis (idade média 42.1 ± 7.8 anos) participaram desse estudo. Todos os dentes presentes, com exceção dos terceiros molares, foram examinados. Profundidade de bolsa (PB), nível de inserção clínica (NI), presença de placa e de sangramento a sondagem foram avaliados em seis sítios por dente. Em cada paciente, o fluido de 4 sítios com periodontite (PB ≥ 5 mm e NI ≥ 3mm) e de 4 sítios com gengivite (PB ≤ 3 mm e NI ≤ 1 mm) foram coletados através de pontas de papel absorvente pré-fabricadas. O sistema LUMINEX® foi utilizado na mensuração das IL-1β, IL-4, IL-6, IL-10, IL-12p70, TNFα, INFγ, MMP-8 e MMP-9. A IL-18 foi analisada através do ensaio ELISA e a atividade de elastase através de uma reação enzimática. O soro desses pacientes também foi analisado e o coeficiente de correlação de Pearson foi utilizado na análise da correlação entre as citocinas no soro e no fluido gengival. Nos sítios com gengivite, a quantidade total de IL-4 foi significativamente menor no grupo RCUI do que no grupo GC (p=0.016). Nos sítios com periodontite, a quantidade total de IL-4 foi significativamente menor no grupo DC do que no grupo GC (p=0.029)...


The aim of this thesis was to evaluate the expression of Th1 cytokines (IL-12 and INF-γ), Th2 cytokines (IL-4, IL-6 and IL-10) and the pro-inflammatory cytokines IL-18, IL-1β and TNF-α in the gingival crevicular fluid (GCF) from Crohn’s disease (CD) patients, ulcerative colitis (UC) patients and healthy individuals (control group, CG) who had chronic periodontitis. Besides, we measured elastase activity, matrix metalloproteinase -8 and -9 (MMP-8 and -9) to address the neutrophil function in the GCF. Fifteen CD patients (mean age 38.2 ± 11.4 years), 15 UC patients (mean age 45.0 ± 10.5 years) and 15 systemically healthy controls (mean age 42.1 ± 7.8 years) were enrolled in this study. All the present teeth, except for the third molars were examined. Probing pocket depth (PPD), clinical attachment loss (CAL), presence of plaque and presence of bleeding on probing were assessed in six sites per tooth. In every subject, GCF from 4 gingivitis sites (PPD ≤ 3mm and CAL ≤ 1mm) and from 4 periodontitis sites (PPD ≥ 5mm and CAL ≥ 3mm) were collected with filter strips. The data were reported as total amount and concentration. IL-1β, IL-4, IL-6, IL-10, IL-12p70, TNFα, INFγ, MMP-8 and MMP-9 were analyzed by the Luminex® analyzer. IL-18 was analyzed using a commercially available ELISA assay and the elastase activity by an enzymatic reaction. The serum was also analysed and the correlations between the cytokines in the GCF and in the serum were calculated by Pearson correlation analysis. In gingivitis sites, the total amount of IL-4 was significantly lower in the UC group than in the CG group (p=0.016). In periodontitis sites, the total amount of IL-4 was significantly lower in CD group than in the CG group (p=0.029). The total amount of IL-4 was lower in UC group than in CD group (p=0.077)...


Assuntos
Humanos , Citocinas/química , Citocinese/imunologia , Líquido do Sulco Gengival/química , Linfócitos/química , Periodontite Crônica/enzimologia , Estudos de Casos e Controles , Doença de Crohn , Doenças Inflamatórias Intestinais , Elastase de Leucócito , Metaloproteinases da Matriz/química , Proctocolite
6.
Porto Alegre; s.n; 2008. 107 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-533995

RESUMO

O objetivo do presente trabalho é analisar os componentes celulares e de fibras do tecido conjuntivo nas hiperplasias inflamatórias (HI), nos fibromas (F) e na fibromatose gengival hereditária (FGH), além de investigar a imunocompetência e efetuar análises moleculares de pacientes com FGH. Para atingir os objetivos foram desenvolvidos 4 artigos, com diferentes metodologias e universos amostrais. No 1° artigo, pretendeu-se estabelecer critérios microscópicos validos para diferenciar F e HI. Foram avaliadas em microscópio óptico 136 lesões coradas pela Hematoxilina-eosina (HE) e pelo Tricrômico de Masson quanta às características microscópicas. Os resultados mostraram que uma área central de fibras colágenas dispostas de forma enovelada e mais densa, circundada por uma camada de fibras dispostas de forma paralela são características dos F, enquanto a presença de hiperplasia epitelial, infiltrado inflamatório e fibras colágenas organizadas de forma paralela são características das HI. Tais resultados motivaram o 2° artigo, no qual estudamos 18 lesões de F e 13 de HI, que foram preparadas histologicamente e coradas pelo picrosírius red e pelo direct blue para avaliação quantitativa das fibras colágenas e de fibras do sistema elástico, respectivamente, em microscopia a laser confocal. Os resultados confirmaram a disposição estrutural das fibras colágenas observada no 1° artigo, além de apontarem diferenças nas áreas ocupadas pelas fibras colágenas em todas as regiões estudadas. A fim de proceder a uma avaliação dos componentes fibroso e celular das 3 lesões fibrosas, foi desenvolvido o 3° artigo. Especimes das 3 lesões foram estudados em microscopia ótica, a fim de avaliar suas populações de fibroblastos e de células inflamatórias e os seguintes componentes fibrosos do tecido conjuntivo...


The objective of this study was to analyze the cellular and fibrous components of connective tissue in inflammatory hyperplasia (IH), oral fibroma (OF) and hereditary gingival fibromatosis (HGF), and to investigate the immuno competence and to perform molecular analysis in HGF patients. To achieve the goals were developed 4 articles, with different methodologies and sample universes. In the 1st article, we intended to establish microscopic criteria to differentiate F and IH. The microscopic characteristics of the lesions (n=136) stained by hematoxylin-eosin (HE) and Masson trichrome were evaluated in an optical microscope. The results showed that a central area of wound collagen fibers and arranged in a higher density, surrounded by a layer of parallel fibers are characteristic of F, while the presence of epithelial hyperplasia, inflammatory infiltrate and parallel collagen fibers are characteristics of HI. These results led the 2nd article, which studied 18 F and 13 and IH, histologically prepared and stained by picrosirius red and direct blue for the direct quantitative assessment of collagen fibers and elastic fibers of the system, respectively, in the confocal laser microscope. The results confirmed the structural arrangement of collagen fibers found in Article 1, and indicate differences in the areas of collagen fibers in all regions studied. In order to evaluate the cellular and fibrous components of the 3 fibrous lesions, was developed the 3rd article. Specimens of the 3 lesions were studied in optical microscopy, to assess their populations of fibroblasts and inflammatory cells and the following components of fibrous connective tissue: collagen fibers, elastic fiber system, reticular fibers and oxytalan fibers. The results showed different arrangement and concentration of collagen fibers in the 3 lesions and a higher concentration of reticular fibers in HGF. The analysis of...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Fibroblastos , Fibroma , Fibromatose Gengival/genética , Linfócitos , Neoplasias Bucais , Proliferação de Células
7.
RFO UPF ; 12(3): 49-55, set.-dez. 2007. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-873361

RESUMO

Este estudo teve como objetivo investigar a prevalência da doença periodontal e a associação de fatores de risco, como o fumo e uso de drogas, em pacientes portadores do vírus da imunodeficiência (HIV). A amostra foi constituída de 48 indivíduos HIV positivos, sendo 24 do sexo feminino e 24 do sexo masculino, com idade média de 33 anos, participantes do programa DST-Aids do Hospital Municipal Dr. César Snatos, no setor Hospital Dia do município de Passo Fundo/RS. Desses pacientes, 32 apresentaram-se assintomáticos para HIV (66,66 por cento), 11 sintomáticos (22,91 por cento) e cinco (10,42 por cento) não possuíam exames laboratoriais de carga viral e contagem de linfócitos CD4. Um examinador treinado realizou o exame clínico periodontal dos pacientes a partir de um prontuário clínico padronizado, que constou de médias de profundidade de sondagem e nível de inserção. Observou-se que a periodontite se manifestou mais em pacientes assintomáticos para HIV, dos quais 12 apresentaram periodontite leve (25 por cento), 11 periodontite moderada (22,91 por cento) e nove periodontite severa (11,75 por cento). Entre os fatores de risco analisados destaca-se o fumo como fator preponderante, havendo uma redução de 50 por cento nos casos de periodontite severa em indivíduos não fumantes. A doença periodontal na população estudada não apresentou uma correlação direta com o número de linfócitos CD4.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Doenças Periodontais , Fatores de Risco , Imunidade , Linfócitos , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
8.
Periodontia ; 16(4): 91-95, dez. 2006.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-466425

RESUMO

A resposta do hospedeiro a fatores liberados pelo bioflime dentário nas doenças periodontais envolve uma série de mecanismos iniciados pela resposta imune inata e subsequente ativação da resposta imune adquirida. Diversos estudos têm tentado delinear um perfil de resposta linfocitária Th1/Th2 em infecções periodontais crónicas. O fato de lesões periodontais avançadas apresentarem uma maior proporção de células B (imunidade humoral) e lesões periodontais iniciais apresentarem maior proporção de células T (imunidade celular) poderia sugerir que lesões progressivas seriam mediadas por células Th2, enquanto lesões estáveis mediadas por células Th1. No entanto, estudos recentes têm mostrado proporções iguais dê ambos os tipos celulares em tecidos periodontais doentes. Além disso, a presença de linfócitos Th1 tem sido associada à destruição tecidual em outros processos caracterizados por inflamação excessiva como em doenças auto-imunes. O objetivo desta revisão é avaliar a regulação da resposta Th1/Th2 na patogênese das doenças periodontais.


Assuntos
Citocinas , Linfócitos , Doenças Periodontais , Células Th1
9.
Periodontia ; 16(2): 71-75, jun. 2006. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-510818

RESUMO

O objetivo do presente estudo foi avaliar a atividade de ß-Glucuronidase (ß-G) em sítios com destruição tecidual em pacientes com periodontite crônica generalizada. Foram selecionados para participar do estudo dez indivíduos adultos (três homens e sete mulheres), com a média de idade de 45,7 anos. De cada indivíduo, foram removidas duas biópsias, uma da área experimental e outra da área controle. A área experimental apresentava profundidade de bolsa a sondagem (PBS) > 4 mm e < 7 mm e presença de sangramento a sondagem (SS). A área controle apresentava PBS < 3 mm, sem SS. Os resulta-dos mostraram uma marcação de ß-G significativamente mai-or na área experimental quando comparada ao controle (p < 0,001). Concluindo, os resultados mostraram que uma alta atividade de ß-G pode ser observada em sítios com destruição tecidual, e que a presença de células mononucleares, associada a ausência de neutrófilos sugere uma outra fonte de enzimas proteolíticas na bolsa periodontal.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Glucuronidase , Linfócitos , Periodontite
10.
Periodontia ; 16(02): 71-75, junho 2006. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-853441

RESUMO

O objetivo do presente estudo foi avaliar a atividade de ß-Glucuronidase (ß-G) em sítios com destruição tecidual em pacientes com periodontite crônica generalizada. Foram selecionados para participar do estudo dez indivíduos adultos (três homens e sete mulheres), com a média de idade de 45,7 anos. De cada indivíduo, foram removidas duas biópsias, uma da área experimental e outra da área controle. A área experimental apresentava profundidade de bolsa a sondagem (PBS) > 4 mm e < 7 mm e presença de sangramento a sondagem (SS). A área controle apresentava PBS < 3 mm, sem SS. Os resulta-dos mostraram uma marcação de ß-G significativamente mai-or na área experimental quando comparada ao controle (p < 0,001). Concluindo, os resultados mostraram que uma alta atividade de ß-G pode ser observada em sítios com destruição tecidual, e que a presença de células mononucleares, associada a ausência de neutrófilos sugere uma outra fonte de enzimas proteolíticas na bolsa periodontal.


Assuntos
Adulto , Humanos , Masculino , Feminino , Glucuronidase , Linfócitos , Periodontite
14.
Porto Alegre; s.n; 2000. 127 p. ilus, tab. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-407933

RESUMO

Foi realizado um trabalho experimental, objetivando avaliar as manifestações clinícas e histológicas a partir da implantação submucosa, em língua de ratos,de materiais abrasivos de uso odontológico. Para tanto, foram utilizados 128 ratos machos divididos randomicamente de acordo com o material a ser implantado em 16 grupos de 8 ratos cada, denominados de grupo I, II, II, IV, V, VI, VII, VIII, IX, X, XI, XII, XIII, XIV, XV, XVI. Deste modo, a pasta profilática Herjos-F (Vigodent S.A.), tanto na sua composição normal como desprovida de seus componentes abrasivos (Controle 1), a pedra-pomes da SSWhite e o pó abrasivo da lixa de acabamento e polimento dental 3M, tiveram sua implantação executada em 32 animais para cada material. Em todos os espécimes, os referidos materiais foram implantados na submucosa do terço médio do dorso lingual, sendo realizada uma incisão controle (Controle 2), no terço posterior deste mesmo sítio anatômico, naqueles animais que recebem o implante do pó abrasivo da lixa de acabamento e polimento dental 3M. Os animais dos grupos I, V, IX e XIII; II, VI, X e XIV; III, VII, XI e XV; e IV, VIII, XII e XVI foram submetidos a análise clínica em 30, 60, 90 e 120 dias, respectivamente, quando foram sacrificados para posterior avaliação histológica. Na avaliação clínica, aos 30 e 60 dias, não se verificou a presença de lesão em mucosa bucal nos espécimes implantados com os diferentes materiais. A partir do observado aos 90 dias, a análise clínica demonstrou que houve formação de lesões nodulares em animais implantados com a pasta profilática Herjos-F, pedra-pomes da SSWhite e pó abrasivo da lixa de acabamento e polimento dental 3M. Constatou-se, ainda, ausência de lesão clinicamente evidenciável em todos os animais, nos 4 grupos estudados, que receberam o implante da pasta profilática Herjos-F desprovida de seus componentes abrasivos. Foi realizada a avaliação histológica das alterações teciduais presentes, em cada um dos grupos experimentais, suscitadas pelo contato com os materiais testados. Destes, a pasta profilática Herjos-F desprovida de componentes abrasivos promoveu as mais brandas reações, inclusive com ausência de resposta inflamatória, verificada, em um número progressivamente maior de casos, a partir do intervalo de 90dias. Os demais materiais, por sua vez, produziram marcantes reações crônicas granulomatosas, onde as de maior exuberância e variedade celular foram observadas nos espécimes implantados com a pasta


Assuntos
Animais , Ratos , Materiais Biocompatíveis , Carbonato de Cálcio , Materiais Dentários , Corpos Estranhos , Língua/anatomia & histologia , Língua/patologia , Linfócitos , Macrófagos/patologia , Neutrófilos , Plasmócitos , Distribuição de Qui-Quadrado , Estatísticas não Paramétricas
15.
In. Pinto, Leäo Pereira; Souza, Lélia Batista de; Freitas, Roseana de Almeida; Figueiredo, Cláudia Roberta Leite Vieira de; Galväo, Hébel Cavalcanti; Câmara, Maria Leonor Assunçäo Soares; Carvalho, Rejane Andrade de. Patologia básica: sinopse. Natal, EDUFRN, 1997. p.92-113, ilus.
Monografia em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-246580
16.
In. Pinto, Leäo Pereira; Souza, Lélia Batista de; Freitas, Roseana de Almeida; Figueiredo, Cláudia Roberta Leite Vieira de; Galväo, Hébel Cavalcanti; Câmara, Maria Leonor Assunçäo Soares; Carvalho, Rejane Andrade de. Patologia básica: sinopse. Natal, EDUFRN, 1997. p.124-54, ilus.
Monografia em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-246582
17.
J. periodontol. (1970) ; 68(9): 881-3, Sept. 1997. ilus, tab
Artigo em Inglês | BBO - Odontologia | ID: biblio-851396

RESUMO

Th2 type lymphocytes are characterized by high expression of CD30 glycoprotein. Increased serum levels of CD30 and Th2 IL-4 producing T-cells are found during AIDS progression. Since Hiv-positive patients are more susceptible to periodontal disease, quantitative analysis of positive cells for the CD30 receptor in chronic gingivitis of both HIV-infected and non-infected patients (NSG) would help to clarify the immunoregulation of HIV associated periodontal diseases. The purpose of this study was to evaluate CD30+lymphocytes in gingival biopsies from sites exhibiting chronic gingivitis on HIV-positive patientes (CG-HIV) and NSG. A biotin-streptavidin amplified system was used for identification of the CD30 receptor. The results demonstrated increased proportions of Th2 cells in CG-HIV as compared to NSG. Additional studies are necessary to understand the importance of these cells to the biological activity or inactivity of the disease


Assuntos
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , Gengivite , Linfócitos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA