Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. dental press periodontia implantol ; 2(2): 68-79, abr.-jun. 2008. ilus, tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-605481

RESUMO

A associação dos implantes de titânio com tecido ósseo desenvolvido em cultura poderá contribuir para o tratamento de casos clínicos complexos. O objetivo deste trabalho foi viabilizar a formação do tecido a partir da cultura de célula-tronco hematopoética periférica humana (CTHPh) e avaliar o seu crescimento em implantes de titânio, com diferentes superfícies e tamanhos, para definir o melhor resultado. As CTHPhs foram coletadas no sangue periférico por aféresis e cultivadas em meio D-MEN modificado, em placas de cultura com 24 poços, onde foram incluídos implantes de titânio de 3 e 7mm com superfície lisa e texturizada (por jateamento e ataque de ácido), durante 29 dias. A cultura, com corpo-de-prova identificado, teve “cultura controle” sem o corpo-de-prova. Foram avaliados: adesão celular, após 4 horas da inclusão e no 280 dia (D28); curva de crescimento (D1 e D28); atividade da fosfatase alcalina e proteínas totais dos sobrenadantes das culturas (4 horas e D4, D6, D9, D12, D16, D22, D28). Usou-se estatística descritiva na apresentação dos resultados. Concluiu-se que o tamanho dos implantes (3 ou 7mm) não influenciou no desenvolvimento da cultura; quanto à superfície, os implantes texturizados mostraram maior crescimento e adesão celular, maiores valores de atividade da fosfatase alcalina e proteínas totais, apontando para efeito favorável na formação de tecido ósseo in vitro.


The association of titanium implants with cultured bone tissue could contribute to the treatment of complex affections. The aim of this study was to obtain tissue formation from human haematopoietic stem cell (hHSC) and to evaluate the growth in titanium implants, with different surfaces and sizes in order to determine the best results. The hHSC was obtained from blood and cultured for 29 days in 24-well tissue culture plates containing Dulbecco's modified essential medium (Gibco®) and titanium implants of 3 and 7mm with smooth and rough surfaces. Negative controls were included. Were evaluated: cell adhesion after 4 hours of inoculation and again at day 28 (D28): growth curve at day 1 (D1) and day 28 (D28): activity of alkaline phosphatase and total protein from culture supernatant (4 hours, D4, D6, D9, D12, D16, D22, D28). Were applied descriptive statistics to the data. It was concluded that the size of implant (3 or 7mm) did not interfere with development of the culture. Rough surface implants showed increased growth and cell adhesion, greater alkaline phosphatase and total proteins activity, indicating favorable effect to the formation of bone tissue in-vitro.


Assuntos
Humanos , Diferenciação Celular , Células-Tronco Hematopoéticas/citologia , Osteoblastos , Osso e Ossos , Próteses e Implantes , Propriedades de Superfície , Titânio
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA