Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 109
Filtrar
1.
Rev. Odontol. Araçatuba (Impr.) ; 40(1): 25-28, jan.-abr. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-995151

RESUMO

O sucesso do tratamento endodôntico está diretamente ligado ao processo de limpeza e modelagem dos canais radiculares. E para se conseguir a limpeza e desinfecção são utilizadas substâncias químicas auxiliares como coadjuvantes ao preparo mecânico, pois são essenciais na redução de microrganismos presentes no sistema de canais radiculares. Dentre as principais substâncias químicas auxiliares empregadas, a que apresenta maior destaque é o Hipoclorito de Sódio. O objetivo do presente estudo é mostrar através de uma análise de prontuário, um relato de um acidente com hipoclorito de sódio durante um atendimento odontológico. Para isso, um prontuário foi selecionado, onde a paciente procurou a clínica do Curso de Odontologia do Centro Universitário da Serra Gaúcha para realizar tratamento endodôntico do dente 16. Durante este procedimento, ocorreu um extravasamento do hipoclorito de sódio aos tecidos periapicais, e partir deste fato foi possível relatar maneiras de como prevenir, tratar e evitar esse tipo situação(AU)


The success of endodontic treatment is directly related to the root canal cleaning and modeling process. In order to achieve cleaning and disinfection, auxiliary chemical substances are used as auxiliaries to the mechanical preparation, since they are essential in the reduction of microorganisms present in the root canal system. Among the main auxiliary chemical substances employed, the most prominent is Sodium Hypochlorite. The objective of the present study is to show through an analysis of medical records, an account of an accident with sodium hypochlorite during a dental care. For this, a chart was selected, where the patient sought the clinic of the Dentistry Course of the University Center of Serra Gaúcha to perform endodontic treatment of the tooth 16. During this procedure, an extravasation of the sodium hypochlorite occurred to the periapical tissues, and from this It was possible to report on ways to prevent, treat and avoid this type of situation(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Tecido Periapical/lesões , Hipoclorito de Sódio , Preparo de Canal Radicular , Hipoclorito de Sódio/efeitos adversos
2.
Belo Horizonte; s.n; 2018. 28 p. ilus, tab, graf.
Tese em Inglês, Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-986906

RESUMO

As reabsorções radiculares externas progressivas inflamatórias (RREI) e por substituição (RRES) representam a sequela mais frequente em dentes permanentes reimplantados ou que sofreram luxações intrusivas. O exame clínico, incluindo os sinais e sintomas e ainda os exames complementares, em destaque os exames radiográficos são fatores determinantes para o diagnóstico. A radiografia periapical (RP) é o exame complementar de escolha para o acompanhamento em casos de RRE, no entanto, as imagens bidimensionais apresentam sobreposições de estruturas anatômicas. Para suprir as limitações apresentadas pelas radiografias convencionais as imagens multiplanares vêm sendo amplamente utilizadas, destacando-se a tomografia computadorizada de feixe cônico. O objetivo do presente estudo foi fazer uma avaliação do desempenho de exames de imagem da TCFC e de radiografias periapicais para diagnóstico dos diferentes tipos de RRE pós-traumáticas, em diferentes estágios. A amostra foi composta por 29 pacientes, com 39 incisivos superiores reimplantados após avulsão. Radiografias periapicais e TCFC realizadas no mesmo dia foram examinadas de forma independente por 2 avaliadores, a fim de identificar a presença, o tipo e a extensão da reabsorção radicular nos dois exames. As reabsorções leves e as inflamatórias foram mais frequentemente identificadas pela TCFC enquanto as reabsorções moderadas a severas e por substituição nas radiografias periapicais. Pode-se concluir que apenas uma técnica radiográfica não é suficiente para o diagnóstico de todos os tipos e gravidade de RRE, sendo assim a TCFC é importante para complementar o exame periapical, principalmente em estágios iniciais.


The progressive external inflammatory root resorptions (IERR) and substitution (RERR) represent the most frequent sequelae in permanent teeth replanted or that suffered intrusive dislocations. The clinical examination, including the signs and symptoms and the complementary exams, highlighting the radiographic examinations are determining factors for the diagnosis. Periapical radiography (PR) is the complementary exam of choice for follow-up in RRE cases, however, two-dimensional images show overlaps of anatomical structures. In order to overcome the limitations presented by conventional radiographs, multiplanar images have been widely used, particularly concomitant computed tomography. The objective of the present study was to make a evaluation of the performance of CBCT and periapical radiographs for the diagnosis of different types of posttraumatic RRE at different stages. The sample consisted of 29 patients, with 39 superior incisors reimplanted after avulsion. Periapical radiographs and CBCT performed on the same day were independently examined by 2 evaluators in order to identify the presence, type and extent of root resorption in both examinations. Mild and inflammatory resorptions were more frequently identified by CBCT while moderate to severe resorptions and by replacement in periapical radiographs. It can be concluded that only one radiographic technique is not sufficient for the diagnosis of all types and severity of RER, so CBCT is important to complement periapical examination, especially in the early stages.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Tecido Periapical/diagnóstico por imagem , Reabsorção da Raiz , Reimplante Dentário , Diagnóstico por Imagem , Radiografia Dentária Digital , Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico , Radiologia
3.
Arq. odontol ; 53: 1-6, jan.-dez. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-906764

RESUMO

Objetivo: O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão integrativa comparando a citotoxicidade dos cimentos MTA Fillapex e AH Plus aos tecidos periapicais. Métodos: Foram utilizados artigos na íntegra, nos idiomas português e inglês, publicados durante os períodos de 2010 a 2017, selecionados na base de dados Scielo e Pubmed, utilizando os seguintes descritores: AH Plus, MTA Fillapex e citotoxicidade. Foram excluídos, os trabalhos no idioma não inglês, artigos sem resumo, trabalhos realizados em dentes decíduos e casos clínicos. Resultados: Foram identificados dezenove artigos nas bases de dados, sendo dois artigos no SciELO e dezessete artigos no Pubmed. Após a leitura aprofundada desses artigos, foram excluídos seis artigos por não atenderem aos critérios de inclusão. Dessa forma, a amostra final foi composta por treze artigos científicos, todos de modelos experimentais, publicados em periódicos de procedência internacional, da área odontológica, sendo 50% dos estudos do ano de 2013. Conclusão: Os estudos demonstraram que o MTA Fillapex apresentou maior citotoxicidade aos tecidos periapicais que o cimento AH Plus.(AU)


Aim: This study aimed to perform an integrative review, comparing the cytotoxicity of MTA Fillapex and AH Plus cements to periapical tissues. Methods: Full articles were used in the Portuguese and English languages, published during from 2010 to 2017, selected in the Scielo and Pubmed database, using the following descriptors: AH Plus, MTA Fillapex, and cytotoxicity. Excluded were nonEnglish works, articles without abstracts, work done on primary teeth, and clinical cases. Results: Nineteen articles were identified in the databases, two articles in SciELO and seventeen articles in Pubmed. After the in-depth reading of these articles, six articles were excluded because they did not meet the inclusion criteria. Thus, the final sample consisted of thirteen scientific articles, all of which were experimental models published in international journals in the field of dentistry, with 50% of the studies published in 2013. Conclusion: The studies showed that MTA Fillapex presented greater cytotoxicity to periapical tissues than did the AH Plus cement.(AU)


Assuntos
Materiais Biocompatíveis , Sobrevivência Celular , Cimentos Dentários , Teste de Materiais , Tecido Periapical , Testes de Toxicidade , Revisão
4.
Belo Horizonte; s.n; 2017. 131 p. ilus, tab, graf.
Tese em Inglês, Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-908672

RESUMO

A doença periapical inflamatória é uma sequela da infecção e necrose pulpar. Ela representa a resposta de defesa do hospedeiro à agressão proveniente do canal radicular. Assim, lesões periapicais crônicas se desenvolvem como resposta à manutenção da inflamação e à reabsorção óssea. As células T reguladoras (Treg) e células T helper (Th) 17 (Th17) têm papel fundamental na regulação da resposta imunológica. Forkhead box P3 (FoxP3) é o fator de transcrição para as células Treg, mas a diferenciação e maturação das células T naive em Treg ou Th17 depende também de citocinas específicas como o fator transformador de crescimento ß (TGF-ß), interleucina 10 (IL-10), interleucina 17 (IL-17), interleucina 6 (IL-6) e interleucina 21 (IL-21). Outras citocinas participam na modulação da atividade de Treg e Th17 como as quimiocinas CCL4 e CCL20 com função de recrutamento destas células para atuação no processo inflamatório. O papel de Treg e Th17 tem sido muito estudado em doenças autoimunes, mas ainda pouco avaliado na patogenia das lesões inflamatórias periapicais crônicas. Para este estudo foram utilizadas oitenta e sete amostras de tecido periapical humano para realização de análises morfológicas e dosagem de citocinas por meio de ensaio imunoenzimático (ELISA) (TGF-ß, IL10, IL-17, CCL4, CCL20). As amostras de tecido periapical foram coletadas de três grupos: grupo controle (dentes hígidos), grupo de dentes com necrose pulpar e lesão periapical e grupo de dentes com necrose pulpar sem lesão periapical. Observamos alta expressão de CCL4 e TGF-ß no grupo com lesão periapical quando comparado com os grupos sem lesão e uma correlação positiva entre CCL20 e IL-17, além de um aumento na expressão de CCL20 no grupo com lesão periapical quando comparado ao controle. Nossas observações implicam que essas duas características, tanto pró-inflamatórias quanto imunossupressoras, estão presentes na lesão periapical crônica, ocorrendo de maneira simultânea e com características de co-estimulação, como resultado do intenso trabalho da resposta imunológica do hospedeiro contra o processo inflamatório proveniente das bactérias intracanais e seus subprodutos.(AU)


Inflammatory periapical disease is a sequel of the infection and pulp necrosis. It represents the host defense response to aggression from the root canal. Chronic periapical lesions are developed in response to the maintenance of inflammation and bone resorption. Regulatory T cells (Tregs) and Th17 cells play a key role in regulating the immune response with opposite functions. Forkhead box P3 (FoxP3) is the master transcription factor for Treg cells, but differentiation and maturation of naive T cells in Treg or Th17 also depend on specific cytokines such as transforming growth factor ß (TGFß), interleukin 10 (IL -10), interleukin17 (IL-17), interleukin-6 (IL-6) and interleukin-21 (IL-21). Other cytokines participate in the modulation of the Treg and Th17 activity, as the chemokines CCL4 and CCL20 with function of recruitment of these cells to act in the inflammatory process. The role of Treg and Th17 has been better studied in autoimmune diseases, but sparsely evaluated in the pathogenesis of chronic periapical inflammatory lesions. Eighty-six human samples were used to perform histologic analysis and the cytokine dosage by enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA) (TGF-ß, IL-10, IL-17, CCL4, CCL20) in the periapical tissue of three groups: control group, group of teeth with pulp necrosis and periapical lesion and group of teeth with necrosis without periapical lesion. We observed high expression of CCL4 and TGF-ß in the group with periapical lesion in comparison with the groups without lesion and demonstrated increased expression of CCL20 in the group with periapical lesion when compared to control. Our findings imply that these two characteristics, pro-inflammatory and immunosuppressive, are present in the chronic periapical lesion, occurring simultaneously and with co-stimulation characteristics, as a result of the intense actionof the host's immune response against the inflammatory process coming from intracanal bacteria and their by-products.(AU)


Assuntos
Quimiocinas , Citocinas , Doenças Periapicais , Periodontite Periapical , Tecido Periapical , Células Th17 , Necrose da Polpa Dentária
5.
Rev. Clín. Ortod. Dent. Press ; 13(5): 73-78, out.-nov. 2014. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-856016

RESUMO

Objetivo: a proposta do presente artigo foi relatar um caso clínico onde, ao serem analisados os detalhes anatômicos na radiografia panorâmica de um paciente previamente ao início do tratamento ortodôntico, não foi detectada a presença de dente extranumerário na região apical do primeiro molar superior esquerdo. Resultado: apesar da presença desse elemento extra, não houve a necessidade de removê-lo para a realização do tratamento ortodôntico, entretanto, poderia em uma outra situação clínica comprometer o bom andamento e sucesso do tratamento. Conclusão: dessa forma, conclui-se com a descrição desse caso clínico que a radiografia panorâmica não substitui o exame periapical no planejamento ortodôntico pois são complementares. Radiografias periapicais apenas dos dentes anteriores poderiam ser insuficientes para o diagnóstico e prevenção dos riscos da terapia ortodôntica.


Assuntos
Humanos , Feminino , Criança , Diagnóstico por Imagem , Ortodontia , Radiografia Dentária/normas , Tecido Periapical , Dente Supranumerário/diagnóstico , Planejamento de Assistência ao Paciente , Radiografia Panorâmica/normas
6.
Dent. press endod ; 4(1): 7-14, jan.-abr. 2014. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-722794

RESUMO

Algumas situações clínicas são, aparentemente, difíceis de ser explicadas e/ou compreendidas, como, por exemplo, alguns dos reagudecimentos de lesões periapicais crônicas. Uma abordagem específica, contextualizando os reagudecimentos na etiopatogenia — causas e mecanismos de ação e defesa — das lesões periapicais inflamatórias crônicas pode colaborar na compreensão e na abordagem clínica mais bem fundamentada dessas situações. Esse objetivo representou a proposta do presente trabalho.


Assuntos
Endodontia , Abscesso Periapical , Granuloma Periapical , Periodontite Periapical , Tratamento do Canal Radicular , Tecido Periapical/lesões
7.
Dent. press endod ; 4(1): 71-77, jan.-abr. 2014. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-722804

RESUMO

Introdução: o presente Caso Clínico se refere a dois dentes, de um único paciente, que foram, inicialmente, apenas imobilizados com uma contenção semirrígida por 15 dias e sem intervenção endodôntica. Objetivo: descrever o caso de dois dentes acometidos por luxação extrusiva e tratados por meio de uma pasta obturadora composta por hidróxido de cálcio, clorexidina gel a 2% e óxido de zinco. Métodos: após o acompanhamento de um mês, notou-se que os dentes não apresentavam vitalidade pulpar e que, radiograficamente, demonstravam sinais de reabsorção externa. Foi realizado o tratamento endodôntico e a utilização desse novo protocolo terapêutico de medicação intracanal, que pode ser concluído em uma única sessão, e com possibilidade de permanência por até quatro anos no conduto radicular. Resultados: no presente relato, a pasta obturadora permaneceu no canal radicular, sem necessidade de troca, por 24 meses, com regressão das lesões periapicais e paralisação das reabsorções inflamatórias. Conclusão: diante disso, pode-se concluir que essa pasta obturadora pode demonstrar sucesso e efetividade para o tratamento de dentes traumatizados com reabsorção radicular.


Assuntos
Humanos , Masculino , Adolescente , Hidróxido de Cálcio , Clorexidina , Tratamento do Canal Radicular , Reabsorção da Raiz , Avulsão Dentária , Dente não Vital , Tecido Periapical/lesões , Traumatismos Dentários/terapia , Óxido de Zinco
8.
Araraquara; s.n; 2014. 53 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-867854

RESUMO

Este estudo teve como objetivo avaliar tridimensionalmente a altura e espessura óssea alveolar e alterações dentárias no sentido vertical e transversal na maxila após o uso do aparelho de Herbst. A amostra prospectiva foi composta por 23 indivíduos brasileiros, leucodermas, de ambos os gêneros, com idade média de 15.76 ± 1.75 anos, apresentando a má oclusão de Classe II divisão 1, com deficiência mandibular que foram tratados com o aparelho de Herbst por um período de 8 meses. Para essa avaliação foram utilizadas tomografias computadorizadas de feixe cônico (TCFC) obtidas antes (T1) e depois do tratamento (T2) para análise e medição das alterações estruturais: altura e espessura óssea alveolar na região de molares e, alterações dentárias no sentido vertical de molares e transversal (distância e inclinação intermolar). O erro do método foi avaliado pelo Coeficiente de Correlação Intraclasse (ICC) e o teste t pareado foi usado para comparar as medidas obtidas em T1 e T2 com nível de significância de 5%. Os resultados mostraram que o ICC foi elevado para todas as medições (0,95). Houve aumento da altura (0,37mm) e espessura óssea alveolar apenas na lingual da região dos molares superiores sendo que com os terços médio (0,45mm) e apical (0,58mm) tiveram resultados mais significativos. Quanto à relação dentária teve diminuição significativa da angulação intermolar com média de 4,6° (p<0,05). Concluímos que o tratamento ortodôntico com aparelho de Herbst levou a alterações apenas na lingual da altura e espessura óssea alveolar e na angulação intermolar da arcada superior.


Assuntos
Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico , Dente Molar , Aparelhos Ortodônticos , Tecido Periapical
9.
Dent. press implantol ; 7(3): 84-89, July-Sept. 2013. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-718875

RESUMO

Introdução: o planejamento reabilitador de elementos dentários perdidos procura obter uma boa cicatrização dos tecidos moles ao redor da prótese, criando o correto perfil de emergência. Com isso, pode-se evitar a manipulação excessiva desses tecidos, aproveitando o tecido e/ou osso existente. Objetivo: esse relato de caso descreve a extração de um primeiro molar inferior fraturado, extraído atraumaticamente, seguida de instalação imediata de implante dentário no alvéolo preparado em região de septo ósseo inter-radicular. Métodos: a técnica operacional atraumática e a inserção imediata do implante resultaram na preservação dos tecidos duros e moles no local de extração. Resultados: o paciente não apresentou qualquer evidência clínica de complicações, permitindo a instalação de prótese definitiva implantossuportada, que apresentou-se em harmonia com os tecidos peri-implantares, função, conforto e, o mais importante: preservação dos tecidos.


Introduction: The purpose of rehabilitation after tooth loss is the optimal healing of soft tissues aroundthe prosthesis so that an adequate emergence profile can be achieved. Excessive handling of these tissuesmay be avoided by using existing bone. Objective: This case report describes the atraumatic extractionof a fractured mandibular first molar and the immediate placement of an implant in the inter-radicularseptum. Methods: The atraumatic technique and the immediate placement of the implant preserved hardand soft tissues in the extraction site. Results: The patient had no clinical evidence of complications, thedefinitive implant-supported prosthesis was immediately placed. The adaptation of peri-implant tissueswas satisfactory; function and comfort were restored, and, above all, tissues were preserved.


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Prótese Dentária Fixada por Implante , Extração Dentária/métodos , Carga Imediata em Implante Dentário , Mandíbula , Dente Molar , Tecido Periapical , Alvéolo Dental
10.
Full dent. sci ; 4(14): 358-362, jan.-mar. 2013. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-681714

RESUMO

Avaliou-se, clínica e radiograficamente, o efeito do extravasamento da pasta de hidróxido de cálcio em dentes com lesões periapicais. Vinte e cinco pacientes com dentes exibindo necrose pulpar e lesão periapical foram submetidos a tratamento endodôntico. Como medicação intracanal foi usada pasta de hidróxido de cálcio, iodofórmio e propilenoglicol. Avaliou-se, clinicamente, a sintomatologia após o tratamento e, radiograficamente, a reabsorção da pasta extravasada e o processo de reparo da lesão periapical. Somente três pacientes apresentaram sintomatologia intensa nas primeiras 24 horas, sendo que a pasta foi totalmente reabsorvida em 15 dias e não houve interferência no processo de reparo


It has been evaluated clinically and radiographically the effect of the extrusion of calcium hydroxide paste in teeth with periapical lesions. Twenty-five patients with teeth showing pulp necrosis and periapical lesions were submitted to endodontic treatment. Dressing calcium hydroxide paste, iodoform and propylene glycol were used. Clinically, the symptoms were evaluated after treatment and, radiographically, the reabsorption of extravasated paste and repair process of the periapical lesion. Only three patients had symptoms severe in the first 24 hours, the paste was completely reabsorbed within 15 days and no interference in the repair process


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto Jovem , Hidróxido de Cálcio/química , Radiografia Dentária/métodos , Radiografia Dentária , Tecido Periapical/lesões , Tratamento do Canal Radicular/métodos , Tratamento do Canal Radicular
11.
Dent. press endod ; 3(1): 61-67, 2013. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-688935

RESUMO

Introdução: nesse trabalho, por meio de relato de casos clínicos, será descrito o tratamento endodôntico de dentes com lesões periapicais extensas. Objetivo: analisar a eficácia das trocas da medicação intracanal à base de hidróxido de cálcio, diminuindo ou eliminando a necessidade de procedimentos cirúrgicos parendodônticos e, ainda, observar por meio do controle pós-operatório o reparo periapical. Resultados: após o exame clínico e radiográfico, e constatada a necessidade de tratamento endodôntico, foi realizada a abertura coronária, irrigação com hipoclorito de sódio 1% e o preparo biomecânico com limas endodônticas manuais. O EDTA trissódico 17% foi utilizado por três minutos, com agitação manual, antes da aplicação da medicação em todas as sessões, bem como antes da obturação definitiva. Assim, a medicação à base de hidróxido de cálcio e propilenoglicol foi inserida no canal e trocada sempre que houvesse sido parcialmente reabsorvida. Após ser observado o início do reparo periapical, realizou-se a obturação dos condutos por meio da técnica de condensação vertical e horizontal, e os controles radiográficos foram realizados de acordo com a disponibilidade dos pacientes. Conclusão: nos casos clínicos apresentados, a técnica de renovação do hidróxido de cálcio como curativo de demora se mostrou eficiente no tratamento das lesões periapicais crônicas extensas, reparando o tecido ósseo e periodontal e eliminando a necessidade da intervenção cirúrgica.


Assuntos
Hidróxido de Cálcio , Endodontia , Abscesso Periapical , Propilenoglicol , Irrigantes do Canal Radicular , Tratamento do Canal Radicular , Tecido Periapical/lesões
12.
Dent. press endod ; 3(1): 73-77, 2013. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-688937

RESUMO

Introdução: o primeiro pré-molar superior pode, raramente, apresentar-se com três raízes — uma palatina e duas vestibulares — , exigindo mais atenção do profissional durante a intervenção endodôntica. Objetivo:o presente trabalho relata o caso clínico de um pré-molar superior com três raízes e três canais radiculares, salientando as dificuldades e os cuidados especiais durante o tratamento endodôntico. Métodos: após radiografia inicial e abertura coronária, foi detectada a presença de três raízes e três canais radiculares. A exploração dos canais foi realizada com lima tipo K #10, e a odontometria foi realizada pela técnica radiográfica, por meio da qual foi possível confirmar a variação anatômica e aferir que os canais vestibulares apresentavam-se independentes. A instrumentação foi mista, com limas manuais tipo K até a lima memória #35, e automatizada com o sistema ProTaper (Dentsply). A obturação dos canais foi realizada com a técnica da compactação lateral com o cimento obturador Sealer 26. Conclusão: os profissionais sempre devem analisar cuidadosamente a radiografia de diagnóstico e realizar todos os passos do tratamento endodôntico convenientemente, para que possíveis alterações sejam detectadas e não comprometam o sucesso do tratamento.


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Dente Pré-Molar/anatomia & histologia , Dente Pré-Molar/anormalidades , Hidróxido de Cálcio/uso terapêutico , Obturação do Canal Radicular , Tratamento do Canal Radicular , Raiz Dentária , Tecido Periapical/lesões
13.
Dent. press endod ; 3(1): 78-83, 2013. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-688938

RESUMO

Introdução: paciente do sexo masculino, 37 anos de idade. Após a anamnese, foi constatado que o dente 11 apresentava abertura coronária e presença de hidróxido de cálcio com histórico de trauma dentário nesse dente. Radiograficamente, o dente 11 apresentava formação radicular incompleta, paredes dentinárias finas e frágeis, com divergência foraminal associada a imagem radiolúcida periapical. Objetivo: relatar um caso clínico de apicificação, realizado com trocas de curativo de hidróxido de cálcio. Métodos: o tratamento de escolha foi a apicificação, a qual teve início na segunda sessão, após 15 dias, por meio de desbridamento químico-mecânico de todo o canal radicular, com limas tipo K e irrigação com uma solução de hipoclorito de sódio a 2,5%. Em seguida, pasta de hidróxido de cálcio (hidróxido de cálcio, iodofórmio e propilenoglicol) foi aplicada e trocada de 15 em 15 dias, durante 4 meses. O exame radiográfico foi novamente realizado e demonstrou o fechamento completo da abertura foraminal e regressão da radiolucência periapical. O canal radicular foi obturado utilizando-se um cone confeccionado a partir da união de três cones #60 e pela técnica de condensação lateral com Sealapex. Resultados: seis meses após a obturação, exames revelaram teci-dos periapicais normais e ausência de sintomas. Conclusão: concluiu-se que o tratamento do traumatismo dentário associado à necrose do tecido pulpar e à lesão periapical, com trocas sucessivas de pasta de hidróxido de cálcio, foi adequado para se obter a regressão da lesão periapical, formação de barreira mineralizada e promoção de saúde ao paciente.


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Apexificação , Apicectomia , Necrose da Polpa Dentária , Hidróxido de Cálcio/uso terapêutico , Obturação do Canal Radicular , Tratamento do Canal Radicular , Traumatismos Dentários , Tecido Periapical/lesões
14.
Full dent. sci ; 3(10): 239-244, jan.-mar. 2012. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-642925

RESUMO

Durante o preparo do canal radicular, em algunscasos, se faz necessário o uso de medicação intracanal(MIC) com o objetivo de continuar asanificação do sistema de canais radiculares.Dentre o arsenal de medicamentos do endodontista,encontra-se o PRP (paramonoclorofenol2%, Rinossoro e polietilenoglicol), umacombinação de antissépticos que pode, ainda,ser associada ao hidróxido de cálcio, por suaspropriedades antimicrobianas e capacidade deindução da reparação tecidual. Este trabalhoteve por objetivo apresentar um caso clínicoda paciente F.G.M., 19 anos, leucoderma, quecompareceu à Odontoclínica de AeronáuticaSantos-Dumont, queixando-se de dor intensanos dentes anteriores. Ao exame clínico-radiográficofoi observado edema no palato, percussãovertical positiva e extensa lesão periapical doincisivo lateral superior direito. Após anestesia eisolamento absoluto, procedeu-se acesso, penetraçãodesinfetante, preparo químico-mecânicoe aplicação de pasta de PRP e hidróxido de cálcio,como MIC. Foram realizadas trocas mensaisdesta MIC por seis meses, até que se observassea regressão da lesão. A observação clínica e radiográficademonstrou que a associação dessesmedicamentos parece induzir boa resposta tecidual,culminando com a remodelação óssea dostecidos periapicais.


During root canal preparation, in some cases,it is necessary the use of intracanal medication(ICM) in order to continue the sanitation of theroot canal system. Among the variety of endodonticmaterials, there is PRP (paramonochlorophenol2%, Rinossoro and polyethylene glycol),a combination of antiseptics, which can also beassociated with calcium hydroxide because ofits antimicrobial properties and induction of tissuerepair ability. This study aimed to present aclinical case of FGM patient, 19 years old, Caucasian,who attended the Santos-Dumont AirForce Dental Clinic, reporting intense pain in the maxillary anterior teeth. After physical and radiographicexamination, an edema was observed onthe palate region, presenting positive vertical percussionand an extensive periapical lesion of upperright lateral incisor. After anesthesia and rubberdam isolation were carried out the access, chemical-mechanical preparation and application of PRPpaste and calcium hydroxide as MIC. Exchangesof MIC were conducted on a monthly basis for sixmonths until was observed the regression of thelesion. The clinical and radiographic observationshowed that the combination of these drugs seemto induce good tissue response, culminating in therepair of periapical tissues.


Assuntos
Humanos , Adulto Jovem , Remodelação Óssea , Hidróxido de Cálcio/química , Irrigantes do Canal Radicular/química , Tecido Periapical/lesões , Tecido Periapical , Tratamento do Canal Radicular/instrumentação
15.
Ortodontia ; 45(1): 43-48, jan.-fev. 2012. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-713856

RESUMO

A inter-relação Ortodontia e Endodontia vem sendo esclarecida com aevolução da Odontologia baseada em evidências científicas. Contudo,poucos estudos relacionam o reparo periapical de lesões com movimentaçãoortodôntica. Sendo assim, o objetivo deste estudo foi avaliar a evidênciacientífica disponível sobre o reparo periapical de dentes tratadosendodonticamente durante a movimentação ortodôntica. A estratégiausada foi a de busca eletrônica com palavras-chaves e critérios incluindoartigos publicados até julho de 2011. Foi também realizada avaliaçãoqualitativa da metodologia dos artigos. Embora um significativo númerode estudos reportarem o assunto, apenas dois artigos preencheram oscritérios para inclusão nesta revisão sistemática. Os resultados obtidosna literatura sugerem que o tratamento ortodôntico deve ser interrompidopara realização do tratamento endodôntico. Durante esta terapia,o emprego de curativo de demora à base de hidróxido de cálcio por nomínimo 14 dias e de cimento endodôntico com adequada propriedadebiológica estão indicados. Após esta fase, a movimentação ortodônticado dente tratado endodonticamente pode ser retomada sem necessidadede período de espera.


The relationship of Orthodontics and Endodontics is beingclarified with the development of evidence-based dentistry. However, fewstudies have reported the repair of periapicallesions with orthodontictreatment. Therefore, the aim of this study was to evaluate the availableevidence on periapical repair of endodontically treated teeth duringorthodontic movement. The strategy used was the electronic searchwith keywords and criteria including studies published up to July 2011. Itwas also carried out qualitative assessment of the articles methodology.Although a significant number of studies have reported this topic, onlytwo filled the criteria for inclusion in this systematic review. The resultsobtained in the literature suggest that orthodontic treatment should beinterrupted to perform endodontic treatment. During this therapy, theuse of root canal dressing based on calcium hydroxide for at least 14days, and sealer with adequate biological property are indicated. Afterthis phase, orthodontic movement of the endodontically treated teethcan be resumed without waiting period.


Assuntos
Endodontia , Técnicas de Movimentação Dentária , Ortodontia , Tecido Periapical
16.
Dent. press endod ; 2(2): 71-79, 2012. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-686408

RESUMO

O dens invaginatus, também conhecido como dens in dens,é uma anomalia de desenvolvimento que apresenta alteração da forma e volume, podendo afetar a coroa e a raiz.Devido à sua complexa anatomia, o tratamento endodôntico é mais difícil de ser realizado. Serão apresentados quatro casos de tratamento endodôntico em dentes portadores dessa anomalia, sendo um do tipo I, um do tipo II e dois do tipo III, segundo a classificação de Oehlers. Em três casos realizou-se somente tratamento endodôntico e em um, o retratamento endodôntico com complementação cirúrgica.A proservação em longo prazo dos casos 2 e 4 demonstrou reparo periapical com fechamento apical. O caso 1 mostrou uma remoção total da invaginação e a formação de uma barreira mineralizada apical. A proservação do caso 3 não foi possível porque o paciente mudou-se de cidade. Apesar do tratamento do dens invaginatus ser complexo, ele pode ser realizado com sucesso quando se apoia em um correto diagnóstico e planejamento. Em alguns casos, se necessário,ele pode ser complementado com intervenção cirúrgica


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Hidróxido de Cálcio , Dens in Dente , Dens in Dente/reabilitação , Dens in Dente/terapia , Endodontia , Obturação do Canal Radicular , Tecido Periapical/lesões , Tratamento do Canal Radicular/métodos
17.
Full dent. sci ; 2(8): 410-413, 20110709.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-850861

RESUMO

O preparo biomecânico é a fase endodôntica que tem como finalidade realizar a neutralização do conteúdo séptico e modelagem do canal radicular. É sabido que quando o dente apresenta necrose pulpar, há a presença de bactérias no interior do sistema de canais radiculares e que esse preparo não consegue eliminar por completo as bactérias que se alojam nos túbulos dentinários ou mesmo nos istmos onde os instrumentos não têm ação. Por conta disso, há a necessidade do uso da medicação intra canal na tentativa de neutralizar os restos bacterianos que resistiram ao preparo biomecânico. Este conceito é o mais consagrado entre os profissionais. Ocorre que há também outra linha de pesquisa na qual se admite que mesmo na presença de bactérias, por si só o preparo biomecânico é suficiente para neutralizar o conteúdo séptico do canal principal e, após uma obturação tridimensional, as bactérias que sobreviveram a esta etapa, ficariam confinadas e a reparação da lesão ocorreria naturalmente. O presente trabalho visa demonstrar através de um caso clínico do primeiro molar inferior portador de quatro canais distintos apresentando necrose pulpar e extensa lesão periapical, que o tratamento endodôntico em sessão única pode ser realizado com sucesso


Mechanical preparation is the phase endodontic that aims to clean, neutralize of content septic and shaping the root canal. It is known that when the tooth pulp necrosis present, there is the presence of bacteria inside the root canal system and that this preparation can not completely eliminate the bacteria that lodge in tubules or in the isthmus where the instruments have no action. Because of this, there is the need for intra canal medication use in an attempt to neutralize the remnants of bacteria that resisted the biomechanical preparation. This concept is the most widely used by professionals. It happens that there is a line of research acknowledges that even in the presence of bacteria alone, the biomechanical preparation is sufficient to counteract the main channel and, after a threedimensional obturation, bacteria that have survived to this stage would be confined and repair the injury occur naturally. This paper demonstrates through a case of first molar carrier featuring four distinct channels with pulp necrosis with extensive periapical lesion, the endodontic treatment in one session can be performed successfully


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Endodontia , Necrose da Polpa Dentária/diagnóstico , Necrose da Polpa Dentária/patologia , Preparo de Canal Radicular/instrumentação , Tratamento do Canal Radicular , Tecido Periapical/lesões
18.
São Paulo; s.n; 2011. 97 p. ilus, tab, graf. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-667128

RESUMO

A reparação dos tecidos periapicais testemunha o êxito da terapia endodôntica. Por intervir de forma favorável na reparação tecidual, a ozonioterapia é reconhecida como um importante coadjuvante ao protocolo terapêutico, sendo oportuno verificar sua eficácia no caso da terapia endodôntica. Para isso, foi avaliada, in vivo a influência do gás ozônio, da água ozonizada e óleo ozonizado na reparação tecidual em situações de necrose pulpar com alterações ósseas periapicais, diagnosticado e caracterizado como quadros de infecção primária. Foram feitas radiografias previamente e ao final do tratamento e novamente no terceiro e no sexto mês após a conclusão da terapia endodôntica. Respeitando-se os critérios de inclusão, 36 pacientes da Clínica Odontológica da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo foram divididos aleatoriamente em 3 grupos: Grupo I (12 dentes) Controle: tratamento endodôntico segundo protocolo da Disciplina de Endodontia da FOUSP; Grupo II (12 dentes) protocolo terapêutico empregado pelo Grupo I e associado ao final com irrigação de 10 mL de água bidestilada ozonizada na concentração de 8 g/mL; e, Grupo III (12 dentes) protocolo terapêutico empregado pelo Grupo I e associado ao final do preparo do canal da aplicação de 10 mL do gás ozônio na concentração de 40 g/mL. Foi utilizado como medicação intracanal o hidróxido de cálcio veiculado em PRP no Grupo I e o óleo de girassol ozonizado (Philozon, Santa Catarina, SC, Brasil) nos Grupos II e III. As medicações permaneceram por um período de 15 dias e em seguida foi feita obturação com cimento AH-Plus. A avaliação da reparação óssea periapical foi realizada analisando as radiografias digitalizadas no programa ImageLab.


Após a delimitação e quantificação de pixels das lesões periapicais, as radiografias finais e controles de 3 e 6 meses foram comparadas, indicando o quanto de redução da radiolucência periapical. Paralelamente, foi feita a análise de sensibilidade pós-operatória utilizando uma Escala Visual Analógica. Os pacientes foram questionados com relação à sensibilidade previamente ao início do tratamento, 72 horas após consulta inicial e nos controles de 3 e 6 meses, devendo associá-la com uma nota de 0 a 10 de acordo com a intensidade. Os dados foram submetidos à análise de variância, complementado pelo teste de Tukey, com significância de 5%. Os três protocolos terapêuticos instituídos promoveram redução da imagem radiolúcida periapical sem diferença estatística significante. Na análise da sensibilidade, o Grupo III apresentou os melhores resultados, com diferença estatística significante em relação aos demais grupos. Com base nos dados obtidos e na análise estatística executada, foi possível concluir que a ozonioterapia, por meio do emprego do gás ozônio e água ozonizada na fase do preparo químico cirúrgico e do óleo ozonizado como medicação intracanal, interviu de maneira favorável na reparação, em situações de necrose pulpar com alterações ósseas periapicais, sendo o gás mais efetivo que a água ozonizada, com diferenças estatísticas significantes. Os 2 grupos experimentais de ozonioterapia comparado ao grupo controle (protocolo FOUSP) apresentaram padrão de reparação óssea semelhante. A utilização da água ozonizada como irrigante e do óleo ozonizado como medicação intracanal mostrou a melhor eficácia do ponto de vista sintomatológico.


The success of the endodontic treatment is related to the repair of the periapical tissues. The ozone therapy is known for its therapeutic usefulness, favorable tissue healing, thus it seems suitable for evaluating its efficiency in the endodontic therapy. The aim of this study was to evaluate in vivo the influence of ozone gas, ozonated water and oil in bone repair in cases of pulpar necrosis with radiographic evidence of periapical bone loss associated with primary endodontic infection. Radiographs (Xrays) were taken prior and after the completion of the endodontic treatment, three and six months later. According to the enclosure criteria, 36 patients of the Dental Clinic of the School of Dentistry, University of Sao Paulo, were selected and randomly divided in three groups: Group I (12 teeth) Control: endodontic treatment protocol according to the discipline of Endodontics FOUSP, Group II (12 teeth): endodontic protocol associated with final irrigation with 10 mL of bidestilated ozonated water at concentration of 8 g/mL and Group III (12 teeth): endodontic protocol associated with application of 10 mL of ozone gas at concentration of 40 g/mL. Calcium Hydroxide was used as intracanal medication for 15 days. In Group I it was associated with anesthetic solution and in the Groups II and III associated with ozonated oil (Philozon, Santa Catarina, SC, Brazil). After this period, all teeth were obturated with AH-Plus root canal sealer. Evaluation of periapical bone repair was performed with Image Lab software after image digitalization.


After delimitation and pixel quantification of the periapical lesion area of the images immediately after the endodontic treatment, 3 and 6-months follow up, the obtained data were compared indicating the quantum reduction of the periapical radiolucency. In parallel, a postoperative sensitivity analysis was performed using a Visual Analog Scale. Patients were asked to score the sensitivity from 0 to 10 according to its intensity prior to first appointment, 72 hours later the first visit, 3 and 6 months later. Data were submitted to analysis of variance (ANOVA), complemented by the Tukey test at 5% of significance. All the three groups promoted a reduction of the apical radiolucent image without statistical difference. In the sensitivity analysis, Group III showed the best results with statistically significant...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Endodontia/métodos , Ozônio/uso terapêutico , Tecido Periapical/fisiologia
19.
Rev. odonto ciênc ; 26(2): 172-175, 2011. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-611666

RESUMO

PURPOSE: The objective of this paper is to report the clinical case of a patient who presented a chronic apical periodontitis, arising from internal inflammatory resorption followed by pulp necrosis, and a long-term success of a root canal therapy using calcium hydroxide as root canal dressing. CASE DESCRIPTION: A 20-year-old male patient presented for routine dental treatment. By radiographic examination we noted an extensive radioluscent area, laterally to the permanent maxillary right lateral incisor, with possibility of communication with the lateral periodontium, suggestive of a chronic apical periodontitis. Due to external root resorption detection, we used a calcium hydroxide root canal dressing, changed every 15 days, for a period of 2 months. Root canal filling was performed using gutta-percha cones by lateral condensation technique Radiographic follow up held after 19 years of treatment indicated a periodontium in conditions of normality, with the presence of lamina dura. CONCLUSION: Calcium hydroxide is a suitable material to be used as root canal dressing in teeth with apical periodontitis. Long-term evaluation demonstrated the satisfactory clinical outcome following root canal treatment.


OBJETIVO: O objetivo deste trabalho é relatar o caso clínico de um paciente que apresentava lesão periapical crônica decorrente de necrose de pulpar e o sucesso a longo prazo de uma terapia endodôntica utilizando o hidróxido de cálcio como curativo de demora. DESCRIÇÃO DO CASO: O paciente, do gênero masculino, com 20 anos de idade, compareceu à Clínica Odontológica para tratamento de rotina. Por meio de exames radiográficos observamos uma área radioluscente extensa, lateralmente ao incisivo lateral superior direito, com possibilidade de comunicação com o periodonto lateral, sugestivo de lesão periapical. Devido à presença de reabsorção radicular externa, foi utilizado um curativo de demora à base de hidróxido de cálcio (Calen®), trocado a cada 15 dias, por um período de 2 meses. A obturação do canal radicular foi realizada com cones de guta-percha pela técnica de condensação lateral ativa. O acompanhamento radiográfico realizado após 19 anos do tratamento endodôntico indicou um periodonto em condições de normalidade, com integridade da lamina dura. CONCLUSÃO: O hidróxido de cálcio é um material adequado para ser usado como curativo de demora em dentes com lesão periapical, uma vez que a avaliação a longo prazo demonstrou resultados clínicos satisfatórios após o tratamento endodôntico.


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto Jovem , Hidróxido de Cálcio/uso terapêutico , Tratamento do Canal Radicular , Tecido Periapical/lesões
20.
Dent. press endod ; 1(1): 37-45, 2011. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-685761

RESUMO

Objetivo: avaliar o efeito antimicrobiano de diferentes substâncias químicas auxiliares durante o preparo mecânico de canais radiculares e de uma medicação intracanal.Métodos: foram utilizadas 55 raízes de dentes de cães portadores de lesões periapicais, divididas em cinco grupos experimentais de acordo com a substância química empregada durante o preparo mecânico: GI – solução salina; GII– natrosol gel; GIII – NaOCl 2,5%; GIV – CHX 2% gel; GV– CHX 2% solução. Foram realizadas coletas microbiológicas antes (s1) e após (s2) o preparo químico-mecânico e após o emprego de uma medicação à base de hidróxido de cálcio por 14 dias (s3). Após cada coleta, as amostras foram processadas e realizadas as contagens das unidades formadoras de colônias (UFC). Resultados: em s1, a contagem de UFCs variou de 5,5 x 105 a 1,5 x 106. Esses valores diminuíram significativamente (p<0,05) em s2. Não foi encontrada diferença significativa entre a coleta s2 e s3 (p>0,05).Conclusões: dentre as substâncias testadas, NaOCl 2,5%e CHX gel 2% demonstraram maior potencial antimicrobiano contra patógenos endodônticos in vivo


Objectives: to evaluate the effect of instrumentation, irrigationwith different substances and the use of calcium hydroxideon bacterial load and microbiota profile in dog’s teethwith pulp necrosis and periapical lesion. Methods: Fifty fiveroot canals were divided into groups: I) Saline (SSL) (n=11);II) natrosol gel (n=11); III) 2.5% NaOCl (n=11); IV) 2%CHX-gel (n=11); V) 2% CHX-solution (n=11). Endodonticsamples were cultured, microorganisms counted and themicrobiota analyzed at different sampling times — s1, s2and s3. Results: At s1, the mean CFU counts ranged from5.5 x105 to 1.5 x 106. These values dropped significantly ats2 (p<0.05). No statistical significant difference was foundbetween s2 and s3. Changes in root canal microbiota werefound at s2 and s3. Conclusion: Regardless the use of calciumhydroxide as a root canal medication, 2.5% NaOCl and2% CHX-gel demonstrated a potent antimicrobial activityagainst endododontic pathogens in vivo.


Assuntos
Animais , Cães , Hidróxido de Cálcio , Clorexidina , Doenças da Polpa Dentária , Pulpite , Hipoclorito de Sódio , Tecido Periapical/lesões
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA